[Resenha] Um Dia - David Nicholls | Minha Vida Literária
08

jul
2011

[Resenha] Um Dia – David Nicholls

Título: Um Dia
Autor: David Nicholls
Editora: Intrínseca
Número de Páginas: 410
Ano de Publicação: 2011
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

“Um dia” é lançamento da Editora Intrínseca aqui no Brasil. Escrito por David Nicholls, apresenta 411 páginas e já foi adaptado para o cinema, com Anne Hathaway (AMO) no papel de Emma. A estréia nas telonas, pelo menos nos EUA, é hoje e, por isso, a resenha!
Aviso: ela foi escrita logo após de eu ter terminado de ler o livro e visto pela primeira vez o trailer do filme (não quis ver antes pra não ver nenhum spoiler nem deixar minha imaginação ser afetada pelas cenas do filme). Por isso, eu estava um tanto quanto extasiada. Sabe aquela sensação pós-leitura, que você fica super sensível e sentindo e pensando um milhão de coisas ao mesmo tempo? Bom, se for só comigo que isso acontece, é assim que estava naquele momento e com certeza a resenha foi afetada por isso.
Mas, sinceramente, esse livro merece ter tido sua resenha escrita naquele momento, naquele misto de emoções. Porque é isso que é “Um Dia”: uma mistura de sensações e emoções por ele inteiro.

Não tenho uma palavra pra descrevê-lo. “Um Dia” é intenso, é emocionante, é lindo, é triste, é real, é sincero. Seus acontecimentos são tão palpáveis, as personagens são tão bem construídas, a história toda é tão bem moldada! O livro inteiro é tão “tão”!
“Um Dia” conta a história de Emma e Dexter, Dex e Em. Ambos estudaram na mesma faculdade, mas nunca se conheceram realmente, a não ser pelo dia da formatura, quando passam a noite inteira juntos, compartilhando sonhos e muitas outras coisas mais se é que vocês me entendem. O dia: 15 de julho. E a história de ambos é conhecida, durante os próximos 19 anos, exatamente nessa data. O livro inteiro mostra apenas esse dia.
Tinham momentos que eu esquecia que, acabado um capítulo, o próximo seria o ano seguinte, então as situações teriam mudado completamente. Em certos acontecimentos, eu ficava morrendo de curiosidade, pensando no que aconteceria depois, no dia seguinte. Mas, ao invés disso, David Nicholls pula para o próximo ano e, de uma maneira incrível, mostra todos os acontecimentos passados. A sutileza com que escreve te deixa tão bem adaptado que você acompanha a história inteira sem sentir o baque de “um ano inteiro se passou”.
A maravilha do livro é acompanhar o crescimento dessas personagens, perceber a evolução de ambos a cada ano. Tinham momentos que eu visualizava Emma e Dexter como duas linhas em um gráfico: ora crescendo, ora oscilando. E, novamente, o amadurecimento vai se dando de maneira tão sutil, tão contínua que, ao final do livro, se comparados com os jovens de 22 e 23 anos do início, é possível observar todas as mudanças ocorridas e que, durante a história, foram acontecendo naturalmente.
A história, enquanto narrada, é recheada de momentos “e se”. São várias as “outras possibilidades”, mas, para mim, a história foi perfeita como se deu. Apresenta milhares de encontros e desencontros, momentos que desencadeiam uma série de outros acontecimentos. Entretanto, ao meu ver, tudo aconteceu como devia, a história inteira é uma preparação para seu desenrolar.
Quanto às personagens, Emma, como muitas vezes é descrita, é maravilhosa. É forte, mesmo que demore pra conseguir sua autoconfiança, inteligente, com senso de humor e, principalmente, tem vida. Me apaixonei por ela! O amadurecimento dela é o que é mais facilmente visualizado por toda a história. Dexter, por outro lado, é o contrário da estabilidade.  Como muitas vezes é dito, Dexter faz aniversário dia 1º de agosto, o que faz dele leonino (não podia deixar essa passar), e achei o signo perfeito para ele: gosta de ser o centro das atenções, intenso e, muitas vezes, arrogante e autoconfiante até demais. Dexter seria na minha imagem do gráfico a linha que oscila.
A escrita de David é inteligente, os diálogos são muito bem estruturados, cheio de referências aos acontecimentos dos anos em questão. Só fico imaginando o tamanho da pesquisa que precisou ser feita para que o livro fosse construído. Sem contar a criatividade para fazer a história dessa maneira, através de um corte no tempo. O que poderia ter sido uma série de capítulos desconexos se transformou em uma história contínua narrada de maneira inusitada. É ou não obra de quem sabe o que faz e faz de maneira espetacular?
“Um dia”, também, é um contínuo alerta da realidade. É tudo muito palpável, é tudo muito possível. A história não tem nada de romance meloso ou água com açúcar, mas é incrível e intensamente romântica. É perfeita.
Por mais que eu tenha achado que o final caiu um pouco no clichê, acredito também que causou um impacto o qual não consigo imaginar que seria causado caso fosse diferente. E acredito também que foi o fim que selou a história definitivamente como romântica.
Acho que deu pra perceber que o livro entrou pra lista de favoritos, certo?
Super recomendo a todos!
Comentário quanto ao trailer: filmes geralmente não conseguem atingir a profundidade emocional dos livros ou sua qualidade. Não sei como esse será, até porque deverão ser 20 anos retratados em aproximadamente 2 horas. Mas acho que Anne Hathaway ficará perfeita no papel de Emma e, pelo trailer, há cenas totalmente fiéis ao livro, inclusive algumas falas ou até mesmo cores das roupas! Necessito assistir!
Comentário astrológico: fiquei pensando que signo eu daria pra Emma e cheguei à conclusão de que a classificaria como aquariana (gosta de manifestar sua opinião, gosta de revoluções, não tem facilidade em assumir que está apaixonada, dedicada e preocupada com as pessoas que ama, preza sua liberdade). A história deixa claro que Emma e Dexter são tipos opostos de pessoas. E, com a mágica da astrologia, Aquário e Leão são signos complementares, que nada mais são do que “Os opostos se atraem”. São aqueles signos totalmente contrários um ao outro e exatamente por isso que combinariam – pelo menos na teoria. Quando pensei em aquário para a Emma, pensei somente nas características dela e só depois de definir que tentei combinar com o signo de Dexter e percebi que seriam complementares! Precisava fazer esse comentário aqui hehe!
Enfim, espero que vocês tenham gostado!
Por favor, comentem!
Beijos!




Deixe o seu comentário

18 Respostas para "[Resenha] Um Dia – David Nicholls"

Mariane Braga - 08, julho 2011 às (17:33)

Oi Aione!

Você capricha nas resenhas! Parabéns!

Um excelente final de semana! Bjus

Responder

Gláu - 08, julho 2011 às (17:36)

aaaaii o q eu faço??? sou uma pessoa desprovida de dinheiro e preciso desse livro… estao todos apaixonados por ele e sua resenha me deixou com muita raiva de mim msm por nao ter comprado o livro…
fui na fnac e pude escolher entre ele o nudez mortal na nora e eu peguei nora, nao acreditooo…

sua resenha ta otima e instiga muuuuito

bjs

Responder

Marcelo Lima - 08, julho 2011 às (17:47)

Tivemosimpressões diferentes , mas enfim ninguém pensa igual uashau sua resenha ficou otima mi “)

Responder

Geovanna Ferreira - 08, julho 2011 às (17:48)

Ótima sua resenha, já vi que tenho que comprar esse livro, todos dizem que é ótimo e de chorar e como amo isso não vou perder a chance!!

http://garotadasletras.blogspot.com/

Responder

Julia G - 08, julho 2011 às (18:04)

Muito legal a resenha. Acho que resumiu o que eu li em todas as outras resenhas, mas não deixou menos interessante.

Esse não é um livro que tenho vontade de comprar, mas se tivesse oportunidade de pegar emprestado, com certeza leria.

Beijos
Conjunto da Obra

Responder

Raphaela - 08, julho 2011 às (19:41)

Eu quero MUITO ler esse livro, mas ainda está muito caro! Estou lendo otimas resenhas a respeito e o livro adapaado para os cinemas deve ter ficado lindo, tenho certeza que a Anna fez um excelente trabalho!!

Beijokas:*

Raphaela
Equalize da Leitura
@EqualizeLeitura

P.s.: to seguindo o blog, segue de volta?!

Responder

Maria Luisa - 08, julho 2011 às (19:55)

Aquariana como eu!!!!

Ai, ai, aquario e leão, leão e aquario…Conheço essa história. Tenso*

Responder

Vanessa - 08, julho 2011 às (20:36)

Adorei a resenha (: To louca pra ler esse livro, mas ainda não tive a oportunidade de comprar. To querendo ver o filme também, tomara que estreie logo *-*

Beijos, Vanessa.
This Adorable Thing

Responder

Clícia Godoy - 08, julho 2011 às (20:46)

OLá!

Adorei a resenha! Estou louca de vontade de ler esse livro!
Mas não posso comprar simplesmente nada!
NADA!

ahuhas

Bjinhos
Psiu!
Silêncio Que Eu To Lendo

Responder

Letícia - 08, julho 2011 às (21:47)

Você caprichou na resenha, já estava com vontade de ler, agora estou morrendo de vontade hahahaha!!!
E se o filme vai ser com a Anne Hathaway, com certeza vou ver! Adoro!

Beijos, o blog tá ficando muito legal!!

Responder

Ana L. S. Castro - 08, julho 2011 às (23:13)

Amiga!

Adorei a resenha! Fiquei com muita vontade de ler o livro.

beijinhos

Responder

Pah - 09, julho 2011 às (00:26)

Oii

Ok eu já estava apaixonada por esse livro, mas agora estou amando ele, esse seu: O livro é tão… me encantou, pq. só de ler as duas primeiras folhas eu já percebi isso, e o que mais gostei foi como a estória parece ser real, próximas da vida dos leitores!

Ai to doida para lê-lo e claro, para ver o filme também!!

Beijokas

Livros & Fuxicos

Responder

Entre Fatos & Livros - 09, julho 2011 às (03:05)

OI!

Eu vim retribuir a visita e comentário em meu blog. Obrigada!

Adorei a sua resenha! Mto interessante a analise astrológica da personagem!

Eu ainda não tinha interesse pelo livro, mas agora quero mto tê-lo em mãos! Eu qroo!

BjoO
Pri
Entre Fatos e livros

Responder

Alessandra Helena - 09, julho 2011 às (19:24)

Miii, adoro ler as tuas resenhas!!!! São muito bem escritas e construídas! 😉
Eu já estava com vontade de ler esse livro e agora, depois de ler a tua resenha, fiquei com mais vontade aindaaaaaa! *-* Preciso, necessito desse livro! hahaha
Não posso deixar de comentar que fiquei muito feliz em vc achar que a Em combina com o signo aquariana (eu *-* hahaha)!!!

Beijos
Ale
http://www.introducingyouabook.com/

Responder

Cassia - 10, julho 2011 às (15:36)

Ah agora só falta lançar o filme aqui no Brasil e eu também amo essa atriz

http://aleitoracassia.blogspot.com/

Responder

Evellyn - 11, julho 2011 às (03:03)

Hm..
te entendo completamente e amei sua resneha!! Realmente tb passei por esse estado extase… Mas acho que Um Dia provoca isso nas pessoas, pelo menos as que gostam… Sabe, é um livro que mexe mesmo com as emoções e fica dificil escrever qnd estamos uma confusão emocional!!
O que vc falou da Em e do Dex ta mt legal, o mesmo que eu penso ^^
Acho mesmo que david criou um livro mt proximo, mt espirituoso e virou meu fav!!

E super concordo que o trailer do filme já é magnifico, mt mt parecido com o livro e fiquei arrepiada! Eu tinha visto antes, mas confesso q ver depois de ler provocou algo diferente… Acho que pra quem leu, o trailer faz mt mais ‘sentido’

bjss
Hey Evellyn

Responder

Niii - 11, julho 2011 às (14:16)

Eu estou doida p/ ler o meu *____*
fiquei empolgada com o q vc falou!

bjs

Responder

Anonymous - 03, Fevereiro 2014 às (17:36)

ja tinha vontade de ler o livro, agora estou ainda mais ansiosa pelo livro o filme é lindíssimo, e como os livros sao sempre melhores, este com certeza não me desapontará… bjux

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por