[Resenha] Estigmas da Luz - Liana Cupini | Minha Vida Literária
06

ago
2011

[Resenha] Estigmas da Luz – Liana Cupini

 Oi gente!
O post de hoje era pra ser o Lendo Linda, certo? Porém, a Clícia teve um contra tempo e essa semana a coluna não será postada!
Assim, trago pra vocês a resenha de “Estigmas da Luz”, que terminei de ler essa semana!

 Título: Estigmas da Luz
 Autor: Liana Cupini
 Editora: Publicação Independente
 Número de Páginas: 320
 Ano de Publicação: 2011
 Skoob: Adicione
 Compre: Site da Autora

Aurora, ou Lola, acorda em um local desconhecido, após ter tido um estranho sonho. Ali, a única pessoa que reconhece é seu irmão gêmeo, Tomas, que explica a ela onde estão, quem são aquelas pessoas e como foram parar lá.
 Há dois anos, ambos foram diagnosticados com uma rara doença de pele e, desde então, permaneceram internados em uma clínica nos EUA, onde foram cada vez mais isolados do mundo e submetidos a um tratamento interminável pelo Dr. Kuan.
Tomas, desconfiado de que o tratamento ao invés de ajudar estava debilitando os irmãos e se sentindo prisioneiro da clínica, recebe a ajuda de um dos enfermeiros que compartilhava de sua opinião. Esse apresenta ao garoto Sarah, Lucas e Gale que revelam a Tom algo que ele jamais poderia imaginar e, juntos, arquitetam um plano de fuga para os gêmeos.
Lola não recebe nada bem as notícias, que não param por aí. Os dois possuíam um dom, o qual Tom pôde aperfeiçoar desde que conheceu os novos amigos, cúmplices na fuga. Esses, aliás, não eram humanos: eram nefilins, meio-homens e meio-anjos, seres cuja missão na Terra era a de servir aos homens.
Tomas consegue se adaptar muito bem à nova realidade, mas isso não acontece para Lola: além de não se sentir a vontade, a garota não consegue confiar completamente em seus novos amigos, nem entender qual a intenção desses em ajudá-los. Nesse misto de confusão, mistério, ação e, claro, uma pitada de romance, “Estigmas da Luz” se desenvolve como primeiro livro da trilogia “Luz e Escuridão”.
A história me surpreendeu. Liana Cupini conseguiu desenvolvê-la com criatividade e reconstruindo fatos históricos, tornando possível enxergar a fantasia por trás dos acontecimentos reais, como se essa fosse a realidade. Para mim, foi o ponto alto do livro! Ademais, achei interessantíssima a lenda dos nefilins, Liana foi realmente criativa!
                Além disso, há uma sutil reflexão acerca do preconceito racial e o que achei mais interessante foi ter sido abordado por parte de Tomas, loiro de olhos claros, completamente diferente de Lola, morena de olhos castanhos. Frutos de um pai descendente de indígenas e de uma mãe americana, os filhos não parecem irmãos, muito menos gêmeos. E é Tomas quem mais se sente incomodado pelas diferenças, diz se sentir muito díspar de seu povo. Liana abordou o assunto habilmente, trazendo a reflexão de que as diferenças físicas não são as que importam.
                Outra questão abordada é a referente ao conhecimento x ignorância, trazendo a reflexão de até que ponto é preferível não conhecer sobre um assunto e o quanto o conhecimento pode alterar a realidade conhecida. Não só isso, toca no fato de uma mesma história possuir diferentes lados e descobrir em qual é preferível acreditar não é tarefa fácil, visto que um pode ser contraditório ao outro.
                Como o livro é uma produção independente e, portanto, não foi revisado por editoras, apresente vários erros, ora de digitação, ora de concordância, mas o fato é completamente compreensível. Apesar disso, a linguagem de Liana é ágil e dá fluidez a leitura, que não se torna maçante em momento algum. Muito pelo contrário, as 320 páginas passam em um piscar de olhos!
                Quanto aos personagens, não gostei tanto de Lola inicialmente, ela me passou a impressão de ser daquelas que reclama demais sem necessidade. Mas, ao passar do livro, percebemos seu amadurecimento e sua concessão em aceitar novas idéias, diferentes das suas originais. Não só isso, Lola aprende a respeitar as decisões de Tomas, mesmo quando essas diferem das suas. Tomas, por outro lado, é muito mais cativante do que a irmã, faz o estilo “de bem com a vida” e é mais fácil simpatizar com ele desde o início.
                Liana finaliza o livro, mas deixa abertura para a continuação. Alguns pontos ficam esclarecidos ao final de “Estigmas da Luz”, mas muitos outros ficam sem resposta, apenas aguçando a curiosidade de quem leu, querendo descobrir o que ainda está por vir.
                Se você gosta de mitologia e mistério aliados a uma leitura leve, “Estigmas da Luz” certamente vai agradar!
                E, para quem já leu, só nos resta esperar pelo próximo!

Espero que tenham gostado e se interessado pelo livro!
Tenho alguns marcadores de “Estigmas da Luz” e, pra quem se interessar, avise por favor nos comentários que farei um sorteio entre aqueles que quiserem ok?

Beijos!





Deixe o seu comentário

24 Respostas para "[Resenha] Estigmas da Luz – Liana Cupini"

Liana Cupini - 06, agosto 2011 às (19:37)

Aione, essa é sem dúvida umas das melhores resenhas que eu já li!! Amei!!

E temos um fato quase inédito: estou sem palavras…

Obrigada, do fundo do meu coração, por ter descrito meu livro de maneira tão grandiosa!!

Bjao

Responder

Alinne Lopez - 06, agosto 2011 às (19:48)

Essa é a primeira resenha que leio deste livro.E foi conforme eu esperava que fosse uma história bem gostoda de se ler.
Parabéns pela resenha.
Pode fazer o sorteio dos marcadores sim que eu participo.
Beijos.


Books E Desenhos

Responder

May L. - 06, agosto 2011 às (20:06)

Estou esperando para ler esse livro.
Sempre falam bem dele, tô ficando cada vez mais curiosa.

Beijos -glowofthemoonlight-

Responder

Luana Farias - 06, agosto 2011 às (20:34)

Ai quero demais ler esse livro parece ser tão legal, mas gostava ainda da outra capa sabe?

Bjs

Responder

Bruno Miranda - 06, agosto 2011 às (21:00)

Aione, parabéns pela resenha! Eu já li o livro da Liana e gostei muuito! Ela tem muito talento. Espero que consiga editora para seus próximos lançamentos porque ela realmente merece! Ela escreve de uma maneira muito gostosa de ler, eu não consegui desgrudar do livro! Beijos,

@minha_estanteMinha Estante

Responder

Sofia - 06, agosto 2011 às (21:04)

Nossa Aione, esta resenha despertou muito interesse em mim… Gostei demais, MESmo!
Ah, eu quero os Marcadores, hehehe…
Mais inf.
Lendo de Tudo

Beijão Aione

Responder

Eduarda Menezes - 06, agosto 2011 às (21:33)

Ahh sua resenha tá muito boa ^^
Na medida certa para atiçar a curiosidade em relação ao livro! Tava louca para ler uma resenha desse livro e ainda não tinha lido nenhuma, gostei bastante!
A leitura parece fluir de maneira satisfatória e sempre gosto quando os autores misturam realidade com ficção! Esse com certeza é um dos que eu vou ler! ^^
Beijos

Responder

Vanvan - 06, agosto 2011 às (23:30)

hummmm, coisa boa ver uma resenha tão bem escrita deste livro, quando a autora fez uma promoção com a valor super em conta eu corri pra comprar, mas agora quero ver tempo pra ler….

http://balaiodelivros.blogspot.com/

Responder

Pabline - 07, agosto 2011 às (00:26)

Macaco quer banana? kkkk! Claro que eu quero os marcadores… A resenha estava ótima, já li outra resenha sobre o livro, mas cá entre nós, preferi mais sua resenha, foi mais explicada. E em muito me interessei pelo livro, a historia parece fantástica…

http://jpabline.blogspot.com

Responder

Simone Santiago ( Luka ) - 07, agosto 2011 às (02:15)

Ahhhh que vontade de conferir essa história de perto ! Adorei a resenha 🙂

Responder

Nana - 07, agosto 2011 às (02:44)

Oiee
Aii amei a resenha de hoje!
Desejo todo sucesso para Liana, esse livro dela parece ser ótimo. E as capas lindas.
Eu quero marcador o

bjs e bom domingo
Nana – Obsession Valley

Responder

Robledo Filho - 07, agosto 2011 às (04:39)

Uau, moça. Parabéns pela resenha! Tremendamente bem escrita, realçando pontos que eu nunca vi serem mencionados (como essa questão das relações raciais) e deixando todo mundo a par da história sem soltar spoilers. Legal mesmo.
Contudo, por mais que a sua análise seja ótima, acho que eu não leria esse livro, não… Gostei da primeira parte da sinopse, dessa história da rara doença de pele, mas não gostei da introdução – que me pareceu repentina – de criaturas sobrenaturais na trama. Essa é uma tendência da literatura atual da qual eu realmente não gosto, mas aí é uma questão pessoal, mesmo. Não li o livro e não posso julgar a maneira como a autora se expressou, por isso. Só é uma temática que não me atrai.

Parabéns pela resenha, novamente!
Seguindo você!

http://livrosletrasemetas.blogspot.com/

Responder

Niii - 07, agosto 2011 às (13:09)

eu adorei a capa nova! *_*
a história é bem legal mesmo! Espero que a Liana mehore ainda mais! ela é fofa! sucesso p/ ela!

bjs

Responder

Vanessa - 07, agosto 2011 às (13:35)

Eu to querendo muito ler esse livro, parece ser bem legal. Sua resenha ficou ótima, só me deixou com mais vontade *-* Ain ain, melhor ainda por ser de uma autora brasileira, né? 😀

Beijos, Vanessa.
This Adorable Thing

Responder

Andressa Tomaz - 07, agosto 2011 às (14:57)

Nossa, adorei muito a resenha, queria eu fazer uma como a que você fez!! Parabéns 🙂
E o livro me pareceu muito bom, já tiveram alguns livros eu que eu também não gostei da personagem inicialmente, mas que depois me cativou!
Espero ter a oportunidade de lê-lo!
http://abrigoliterario.blogspot.com/
Beijos!

Responder

Priscilla Duhau - 07, agosto 2011 às (15:50)

Esse livro é de fato bem legal, também gostei muito 🙂 Adorei sua resenha, Mi! Conseguiu aprofundar na história, como o fato das reflexões sobre preconceito racial e o debate de conhecimento X ignorância, parabéns.
Beijão.

Responder

Alessandra Helena - 07, agosto 2011 às (22:49)

Já tinha ouvido falar desse livro, mas essa é a primeira resenha que eu leio dele! Esse livro nunca tinha despertado muita curiosidade em mim… mas agora que eu li a tua resenha me parece ser um livro bom!!! Adoro histórias com nefilim e uma pitada de romance! Tbm gostei que o livro trata sobre preconceito racial, mesmo não sendo o foco do livro! Acho importante isso!

Ahhh, eu quero sim o marcador do livro!!! *-*

Beijos
Ale
http://www.introducingyouabook.com/

Responder

Marcelo Lima - 07, agosto 2011 às (23:59)

Me emocionei ao ler essa resenha pelo motivo de você ter se importado apenas com a essencia do livro e não as coisas idiotas como diagramação e etc e tal … sabe acho que quando vc escreve bem as outras coisas não importam. Muito boa a resenha e me desanimou quando disse CONTINUAÇÃO . To fujindo de séries ! kkk mas eu quero e quero o marcador !!!

Responder

Clícia Godoy - 08, agosto 2011 às (00:16)

Oi Mih!

Confesso que só li umas partes da resenha, porque o livro chegou semana passada e não quero pegar nenhum spoiler!
=D

Mas estou super na expectativa!
=)

Bjinhos
Psiu!
Silêncio Que Eu To Lendo

Responder

Lucas Martins - 08, agosto 2011 às (17:36)

Muito boa a resenha, Aione! Eu tento não ler muitas resenhas sobre este livro, porque estou doidoooo para lê-lo, mas preciso de dinheiro e tempo, né? Rsrs. Contudo, sua resenha me chamou muita atenção e me deixou maiiiiis curioso ainda para ler Estigmas da Luz.
Bj.

Responder

Gláu - 09, agosto 2011 às (01:52)

Primeira resenha que leio do livro e acho que foi o q eu esperava… Pretendo ler em breve…
Otima resenha..

bjs

Responder

Jessica Asato - 09, agosto 2011 às (04:01)

Olha só que super elogio da autora para a sua resenha hein flor, parabéns!!

Parece um livro super interessante, espero poder lê-lo em breve! o

Beijos!

Responder

Entre Fatos & Livros - 09, agosto 2011 às (19:41)

Eu li o livro e tive algumas impressões parecidas com a sua. Tb não gostei da Lola, no início, mas depois ela foi começando a amadurecer… Não q seja uma das minhas top personagens, mas com o amadurecimento dela, melhorou mto o livro.

Eu gostei do livro e foi uma boa surpresa!

Eu sou curiosa e aquele final me deixou roendo as unhas!

Quero mais, Liana!

BjoO
Pri
Entre Fatos e Livros

Responder

Pah - 10, agosto 2011 às (20:16)

Oi Mi

Já li várias resenhas que dizem mal da Lola, e no início achei que isso iria atrapalhar a leitura (vou ler esse livro graças a um book tour ^^), mas agora que li sua resenha estou muito curiosa, e mega arrependida e não tê-lo comprado (Tava tãoooo barato). Primeiro que o cenário me parece muito inovador, algo inusitado e diferente, parece também que o irmão dela rouba a cena, e gosto de personagens paralelos fortes. To vendo que vo gostar muito desse livro!

Parabéns pela resenha Mi, adoro a forma que tu escreve!

Beijokas

Pah, Livros & Fuxicos

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por

Blogs Brasil