[Livros Na Telona] O Discurso do Rei - Mark Logue & Peter Conradi | Minha Vida Literária
17

ago
2011

[Livros Na Telona] O Discurso do Rei – Mark Logue & Peter Conradi

Livros Na Telona é uma coluna na qual analiso filmes que foram baseados em livros!

 

Oi gente!

O “Livros na Telona” de hoje é sobre uma adaptação que, na verdade, não é uma adaptação.
Em “O Discurso do Rei”, livro e filme foram criados em paralelo, sendo que o surgimento do segundo precedeu o do livro.
Em uma introdução geral, a história, verídica, conta sobre a superação do problema de gagueira do Rei George VI da Inglaterra, pai da atual Rainha Elizabeth, graças ao tratamento não convencional com o especialista de fala Lionel Logue.
Por se tratar de uma história real, os produtores do filme, a fim de conseguirem desenvolver ao máximo uma trama fiel, entraram em contato com o neto de Lionel, Mark Logue, para que esse pudesse fornecer dados retirados do acervo pessoal do avô: diários, cartas, recortes de jornal. Mark, cada vez mais envolvido com a incrível história de seu avô e maravilhado com a criação do filme, que veio a receber 4 Oscars, incluindo o de Melhor Filme e de Melhor Ator (Colin Firth), decidiu, então, escrever o livro com a colaboração de Peter Conradi, abrangendo um maior período de tempo do que o contido no filme.

Sobre o Livro

Título: O Discurso do Rei
Autor: Mark Logue; Peter Conradi
Editora: José Olympio
Número de Páginas: 279
Ano de Publicação: 2011
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

Não é uma leitura que flui rapidamente, mas não é, tampouco, cansativa a ponto de querer se abandonar o livro.
A impressão que tive, enquanto lia, era a de, em alguns momentos, estar lendo um livro de história, porém um agradável. Digo isso porque não era fã de história na escola e ler os livros didáticos para estudar para as provas era um suplício pra mim.
O livro começa com o a cerimônia de coroação do Rei George VI, até então Albert ou apenas Bertie, para a família. Logo em seguida, há um retorno ao passado, onde é narrado o início da vida de Lionel Logue, na Austrália, até parte de sua vida adulta, antes de conhecer aquele que viria a ser rei da Grã-Bretanha. Depois, há novamente uma mudança temporal, dessa vez para narrar a infância de Bertie e sua vida até o ponto em que ela se cruza com a de Lionel. A partir daí, a história segue a linha cronológica até a morte de ambos.
Acima de tudo, achei a história interessantíssima: a personalidade de ambos, totalmente diferentes, a maneira como Lionel conduz o tratamento, fazendo questão de tratar Albert como um igual e não como um membro da Monarquia, a amizade desenvolvida por eles, belíssima! Lionel nutre por toda a vida respeito pelo seu paciente e amigo, que se sente grato por toda a vida, também.
Outros detalhes que achei lindos foram os relacionamentos de ambos com suas respectivas esposas. Nos dois casos houve amor e companheirismo por toda a vida, foram casamentos que um dia eu espero ter pra mim! Várias vezes é descrito no livro o hábito que Elizabeth, a Rainha Mãe, tinha de segurar a mão do marido quando esse se sentia nervoso ao falar em público. Era sua maneira de apoiá-lo e tranquilizá-lo!
Não simplesmente com o relacionamento de Albert e Elizabeth, me encantei com o relacionamento de Albert e suas filhas. O rei era um pai atencioso, carinhoso e, até mesmo, brincalhão!
A leitura vale a pena pela história pra lá de interessante relatada! Mas não é um livro para simples diversão, até porque a história é muito linear, sem grandes altos e baixos.
Sobre o Filme
Já ouvi vários comentários sobre o filme ser entediante. Parado, eu concordo. Mas não entediante.
Achei o filme incrível. A atuação de Colin Firth fez jus ao Oscar recebido, é emocionante! O ator conseguiu transmitir o quanto seu problema era um peso para ele, toda sua angústia frente a isso. Consegue, também, demonstrar toda a garra que Albert precisou ter para enfrentar a doença e se transformar no grande rei que veio a ser. Geoffrey Rush também merece os parabéns. Conseguiu demonstrar todo o caráter de Lionel, sua devoção em seguir seus princípios e a profunda admiração que nutria pela dedicação de Albert. Helena Boham-Carter também merece destaque: sua atuação como Elizabeth demonstra todo o amor da esposa pelo marido e como ela torcia e acreditava em seu sucesso.
O filme abrange uma linha de tempo bem menor do que a do filme, apenas alguns anos são retratados, mas é possível notar pontos importantes abordados no livro, como o relacionamento de Albert com as filhas e a esposa, a confiança que Albert cria em Lionel e o desenvolvimento da amizade de ambos.
É um filme que não contém cenas de ação e, por isso, pode ser monótono para muitos. Mas é pontuado com grandes e interessantes conversas, além de um show de atuação.
É válido tanto para quem já leu o livro quanto para quem ainda não leu, podendo servir de interesse para a leitura, que desenvolve mais a fundo a história retratada nas telonas. 
Confira a seguir o trailer do filme!



Espero que tenham gostado!
 
Beijos!

 





Deixe o seu comentário

31 Respostas para "[Livros Na Telona] O Discurso do Rei – Mark Logue & Peter Conradi"

Van Castro - 17, agosto 2011 às (19:54)

Ouvi falar muito bem dos dois também, livro e filme!
Devem ser muito bons mesmo… e é bom pra variar a leitura, né?

^^

Responder

Kivia Nascentes - 17, agosto 2011 às (19:59)

Não li o livro nem assisti o filme ainda. Apesar das boas criticas tenho preguiça de assisti-lo, mas um dia ainda verei quando estiver inspirada para isso, hahah

beijos!

Responder

Jovens Leitoras - 17, agosto 2011 às (20:08)

Esse livro/filme deve ser muito bom mesmo. Mas se fosse pra escolher um dos dois pra saber mais, eu iria escolher o filme. O livro não me atraiu muito. É estranho, porque é a mesma história então escolher um – por achar melhor – não faz sentido né?! HUAHAUH. Mas prefiro o filme porque não é o que costumo ler, como já disse, haha.
Adorei o post.

Beijos.

Responder

Lucas Martins - 17, agosto 2011 às (20:12)

Aione, estou mega ansioso para assistir o filme, e ler o livro também. Já eu, adoro história e biografias de personagens históricos. Eu ia assistir assim que lançou, porém, deixei passar e foi passando (passando, e passando), até que ainda não assisti. D:
Eu ia te perguntar no twitter, quando saia a atualização da coluna e fiquei feliz que foi hoje. rsrsrs.
Enfim, muito bom! Adorei os comentários, e mais uma vez, quero saber qual o próximo filme. 😀

Responder

Aym - 17, agosto 2011 às (20:53)

eu ainda não li o livro… mas o filme… sinceramente… perfeito.
sem tirar nem por.
beijos
boa semana.

Responder

Mah - 17, agosto 2011 às (21:24)

Oii. Eu assisti o filme e adorei, sou profundamente apaixonada por história e curto filmes assim. O livro ainda não li e espero logo lê-lo, pois prefiro o livro ao filme em qualquer caso.

Beijos,
Mah | Livro e Coração

Responder

Vanvan - 17, agosto 2011 às (21:50)

Ainda não li o livro e nem assisti ao filme, mas estão na fila, gosto de histórias assim. Ah, meu namorido olhou o filme e já havia me falado sobre ele…beijo

Balaio de Livros.

Responder

Sofia - 18, agosto 2011 às (00:03)

Nossa, que legal, ouvi falar muito bem do filme!
Gostei bastante do trailer. Fiquei curiosa, hehe… =^.^= Enfim… AMEI Aione!
Beijos e parabéns pela resenha, tá muito boa!
Sofia
http://so-soline.blogspot.com

Responder

Lady Marinah - 18, agosto 2011 às (01:10)

Quero muuito ler esse livro, muitão mesmo.
Minha amiga disse que é ótimo.

Beijos

Responder

Naty - 18, agosto 2011 às (01:13)

Ainda não tive a oportunidade de ler ao livro e nem ao menos assistir ao filme, mas já li muito bem sobre ambos.

Quando o filme foi lançado lembro que ia assistí-lo no cinema, mas algo aconteceu e não pude ir… Agora é esperar para ter a oportuindade de vê-lo. ^^

Beijoos;*
Naty – Just Books !

Responder

Pabline - 18, agosto 2011 às (01:27)

Já assistir o filme e amei, sou louca por historia, então ficou difícil eu não gostar. XD
O livro parece ser interessante pela historia em se e pelas informações. Eu leria. XD

Responder

Jessica Asato - 18, agosto 2011 às (01:45)

Ai flor, mesmo que o livro não seja histórico, eu tenho o nariz torcido para livros meio biográficos envolvendo a História. Não sei, acho que justamente por imaginar estar lendo um paradidático. Talvez com “O discurso do rei” eu mude um pouco minha opinião. Claro que leio alguns livros mais históricos mas não são meus preferidos, se é que me entende…

Mas gostei bastante da sua resenha!! *-*

E o filme, sei lá, não estou no humor de ver um filme parado, hauhauahuah

Beijos!

Responder

Andressa Tomaz - 18, agosto 2011 às (01:51)

Não achei o filme entediante, obviamente é parado mesmo, mas eu gostei bastante! Achei bem bonita a história dos dois. E tava querendo muito ler o livro depois que vi o filme, mas li muitas resenhas negativas e desanimei auahahhau agora não sei se leio ou não!
Beijos

Responder

Jaine - 18, agosto 2011 às (02:44)

Estou com vontade de conferir, essa história mas estou bem sem tempo para ler (pilha enorme me esperando… =P) mas espero poder assistir o filme em breve.

Beeijos
Jaine – Little Things

Responder

Eduarda Menezes - 18, agosto 2011 às (04:29)

Ahh nunca que acharia esse filme monótono, pra mim pelo menos de monótono ele não tem nada!! Eu o achei incrível, as atuações, a história, saber que de fato tudo aquilo aconteceu, a superação, o tratamento, enfim, adorei do começo ao fim!

Confesso que não tenho vontade de ler o livro, já que satisfiz a minha curiosidade em relação a tudo que queria saber. Mas é super válido uma leitura mais à fundo para aqueles que se interessam em saber um pouco mais sobre a história já que o filme, justamente por se tratar de uma película, não consegue aprofundar-se tanto quando uma biografia o faria.

Mas confesso totalmente que assim que cheguei do cinema, fui correndo no google e procurei saber muito mais sobre a história dos dois! Após trinta minutos de curiosidade porém, ela foi completamente saciada e fiquei muito satisfeita por conhecer essa linda história de amizade e superação, presente na família real britânica! Antes do filme não fazia nem ideia sobre nada disso! E torci muito durante o Oscar para que recebesse a tão merecida estatueta! ^^

Bjão, Mi!

Responder

Érica Lopes - 18, agosto 2011 às (11:52)

Olá, flor!

Ouvir criticas boas sobre esse filme!
Sem falar que ele passa uma grande lição de vida!
Quero muito assistir!

Bjos

Responder

Nessa - 18, agosto 2011 às (12:25)

Olá!! adorei o post!!
Sabe que esse tipo de filme não me chama muito atenção! Mas este livro tenho visto em muitos blogs e estou com uma certa curiosidade para ler!! bjs
http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com

Responder

@whosthanny - 18, agosto 2011 às (14:04)

Esse post ficou muito bom, parabéns! O filme de O Discurso do Rei era o meu favorito para o Oscar, fiquei muito feliz quando eles ganharam HAHAHAHA Achei tudo lindo! Mas não sei se conseguiria ler o livro, estou lendo um que tem um pouco de história e minha leitura está bastante lenta por isso 🙁

xx thanny in wonderland

Responder

Amanda Moreira - 18, agosto 2011 às (14:46)

Já vi o filme e adoreeei, achei muito legal!

http://doblushaosalto.blogspot.com/

bjkss

Responder

Jonathan Henrique - 18, agosto 2011 às (15:23)

Fiquei sabendo agora, Aione, por você, que O Discurso do Rei é uma história verídica… Achei a temática do livro/filme fantástica.
Ao contrário de você, eu até que curto história. Se for referente a alguma personalidade que admiro, eu leio sem nenhum problema.

Beijos!
@Jonathan_HGF

Responder

Vanessa - 18, agosto 2011 às (16:20)

Hey 😀
Ain , eu adorei esse filme, tão tudo de bom <3 Mas não sei se leria o livro, sei lá. Mesmo que eu tenha gostado do filme UAHSUAHSUAS

Beijos, Vanessa.
This Adorable Thing

Responder

Loucos Por Livros! - 18, agosto 2011 às (17:19)

Eu gostei muito do filme, aind amais na parte que ele fica falando os palavrões. Geraram boas risadas. HAUHAUA. 🙂 A minha amiga leu o livro e até achou o bom. Acho que eu só o leria por curiosidade mesmo. O Colin Firth arrasou no papel de George e mereceu o Oscar.
Adorei a resenha!
Beijos ;*

Ana Carolina
http://loucospor-livros.blogspot.com

Responder

Milena - 18, agosto 2011 às (17:48)

Olha só, não sabia sobre o livro! :OO Já ouvi falar sobre o filme (e bem) mas também já ouvi comentários de pessoas falando que era um filme meio cansativo.. Ainda não posso comentar sobre porque não assisti, mas parece-me ser interessante! (Amo História!! Hahahaha)

Beijos!!

Responder

Alinne Lopes - 18, agosto 2011 às (17:56)

Já ouvi falar muito bem do livro quanto do filme. Tenho vontade de assistir O Discurso do Rei, para ver se gosto, aí sim partirei para o livro.
Beijos.

Books E Desenhos

Responder

Julia G - 18, agosto 2011 às (18:23)

Ótima análise e comparação Aione. Eu não li nem assisti a história, mas é bom saber como transcorre. Não tenho curiosidade de ler o livro, esses aspectos históricos me irritam e acabo não indo adiante. Mas o filme eu assistiria com certeza!

Beijos
Conjunto da Obra

Responder

Entre Fatos & Livros - 18, agosto 2011 às (20:01)

Por essas e outras que prefiro ler antes de assistir. A impressão que temos do filme, obviamente interfere, na leitura. Eu ainda não li O Senhor dos Anéis, pq detestei o filme. O mesmo aconteceu com as Crónicas de Nárnia.

Eu ainda não li nem assisti ao O discurso do rei. Tenho vontade de ler, mas tenho tantos livros na lista…

BjoO
Pri
Entre Fatos e livros

Responder

Marcelo Lima - 18, agosto 2011 às (22:14)

Esse filme não mereceu o oscar , me deu sono kkk e o livro não é o que me agrada , mas a história é linda

Responder

May L. - 19, agosto 2011 às (02:48)

Ainda não vi esse filme 🙁
E o livro então? Nem se fala.
Mas os dois parecem legais.

Beijos -glowofthemoonlight-

Responder

Regiane Cristina S. - 19, agosto 2011 às (18:45)

Oi flor!

Eu sempre curto ler o livro antes do filme, mas nesse caso, eu quero assistir o filme primeiro.

Ouvi dizer mesmo que ele é meio parado, mas tendo a Helena Bonham Carter, eu não vou perder a oportunidade.

Fiquei feliz em saber que o livro tem um ritmo melhor que do livro.

Beijinhos

Ler e Almejar

Responder

Clícia Godoy - 23, agosto 2011 às (02:21)

OI Querida!

Estou louca para ler o livro. POis adorei o filme!
Achei muito bacana!
=D

Bjinhos
Psiu!
Silêncio Que Eu To Lendo!!

Responder

Becca Martins - 31, julho 2015 às (00:04)

Nossa Mi, não sei como você conseguiu gostar deste filme, sério.
Quando eu comecei a ver, não via hora de acabar. Achei muito cansativo e entediante.
Mas enfim, gosto cada um tem o seu né?
Beijos.

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por