[Livros Na Telona] O Diabo Veste Prada - Lauren Weisberger | Minha Vida Literária
07

set
2011

[Livros Na Telona] O Diabo Veste Prada – Lauren Weisberger

Oi gente! 
 

Com uma semana de atraso, mas o “Livros na Telona #5” finalmente saiu! 
Espero que gostem!  

Livros Na Telona é uma coluna na qual analiso filmes que foram baseados em livros!

Sobre o Livro

Título: O Diabo Veste Prada
Autor: Lauren Weisberger
Editora: Objetiva
Número de Páginas: 410
Ano de Publicação: 2004
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

Quando comecei a leitura da obra de Lauren Weisberger me deparei com uma narrativa agradável e cômica, que arrancou algumas risadas de mim com o tom irônico e sarcástico da personagem Andrea Sachs. Recém saída da faculdade, Andy sonha em ser jornalista do The New Yorker, jornal de prestígio. Entretanto, em sua busca por emprego, acaba aceitando virar assistente de Miranda Priestly, editora da maior revista de moda existente, a Runaway. Miranda é o maior nome da indústria da moda e Andrea aceita a jornada de 1 ano como sua assistente com a promessa de, ao final do período, conseguir o emprego que tanto sonha, já que Miranda é influente em qualquer ramo que desejar ser.
O emprego que tantas garotas matariam para ter logo mostra ser um verdadeiro inferno, resumido a atender 24h por dia as vontades e ordens de Miranda, das maneiras mais absurdas possíveis, e Andrea logo vê sua vida ser resumida à Miranda.

E ai são mais de 400 páginas de história, sendo 90% delas reclamações de Andrea e ordens absurdas de Miranda. Conforme prossegui na leitura, o tom sarcástico e irônico de Andy, que inicialmente me fizeram rir, passaram a me irritar. Pequeno desabafo: eu odeio pessoas que somente reclamam da vida e não fazem absolutamente nada para mudar. Fica a dica: sua vida só muda se você fizer algo, porque você é o único responsável por ela. E se for pra esperar que ela mude sozinha, melhor esperar sentado. Andrea faz isso o livro inteiro: reclama página após página sobre como trabalhar pra Miranda é um suplício e como ela não tem escolha nenhuma quanto a isso. A Miranda é mesmo terrível e acredito que eu jamais aguentaria essa pressão e as tarefas absurdas ordenadas por ela. Mas Andrea tem opção: ou pedir demissão ou aceitar que escolheu permanecer no emprego e encarar as consequências. Outro ponto que me desagradou é o tom arrogante que a personagem demonstra. Ela chama, em um momento, Harry Potter de “deplorável”. Acredito que nesse momento ela perdeu todo o meu respeito.

Tirando a personalidade e as atitudes de Andrea, achei o livro sem profundidade alguma. Todos os pontos que não tem a ver com o trabalho de Andy são citados superficialmente e praticamente não são explorados. Aqui fica uma análise: como o livro é narrado em primeira pessoa e a vida de Andrea passa a ser resumida em seu emprego, talvez tenha sido essa a intenção da autora, mostrar como Andy enxergava os outros acontecimentos ao redor de sua vida. De qualquer forma, senti falta de ver mais história e menos reclamações e tarefas absurdas, ainda mais com tantos pontos que poderiam ser melhor abordados. Um exemplo: a personagem Lilly, melhor amiga de Andy.
O final também me decepcionou: Lauren parece ter resolvido terminá-lo rápido e correu em colocar os acontecimentos, sem contar que não gostei especificamente de uma parte do final, que infelizmente não poderei contar.
Para ressaltar alguns pontos positivos, que existem:

  • Algumas piadas e situação são realmente engraçadas;
  • A história é baseada no momento da vida de Lauren em que ela trabalhou como assistente de Anna Wintour, editora da Vogue americana;
  • O Alex, namorado há 3 anos de Andy, entrou pra minha lista de melhores namorados da ficção;
  • Eu gosto de Miranda. Ela é uma megera? Sim. Ela parece uma máquina? Sim. Mas ela faz o que quer, quando quer e consegue que o mundo faça o que ela quer simplesmente porque ela quer. Resumindo: ela pode. Só senti falta de a autora não ter se aprofundado no lado humano de Miranda, caracterizando-a excessivamente como uma máquina sem sentimentos. Existem poucos momentos em que Lauren tenta mostrá-la como uma mulher infeliz, mas é tudo muito superficial;
  • Há um momento do livro que eu pensei “Finalmente, um ponto interessante e que valeu a pena ser lido”. Em determinado momento, Andy lê a carta de uma garota fã da Runaway e faz uma reflexão sobre como milhares de garotas têm problemas com sua aparência e auto-estima e sonham ser como as mulheres que vêem na revista, amando a editora que nem ao menos sabe que essas garotas existem ou que sequer se importa com elas. Essa parte eu adorei. Adoro uma boa reflexão e essa certamente foi uma. Entretanto, foi novamente tratada com superficialidade e falta de aprofundamento, infelizmente.

Em poucas palavras: o livro me decepcionou. Para mim, a autora poderia ter escrito menos reclamações e exemplos de quão absurdo é o emprego de Andy (sério, tinha vontade de dizer: “ok, eu já entendi, podemos continuar a história?”) e se aprofundado mais nas personagens e na própria história. Ou, se quisesse escrever nesse estilo como escreveu, acho que 300 páginas teriam sido mais do que suficientes, isso se 300 também não forem muitas.

 

Sobre o Filme

Costumo dizer que, em 90% dos casos, prefiro o livro ao filme. Esse é um dos casos que se enquadra nos 10% restantes.
Uma das coisas que normalmente me faz preferir o livro é a profundidade emocional que esse alcança em comparação a uma adaptação cinematográfica. Nesse exemplo, ocorreu o contrário.

O filme mostra o lado humano de Miranda, que tanto senti falta no livro, e conta com a diva Meryl Streep  no papel, dando mais um show de atuação. Meryl soube captar a essência de Miranda, não precisando de falas para dizer o que quer ou pensa, exatamente como a personagem. Há momentos em que ela simplesmente olha e você sabe o que ela está dizendo.

Anne Hathaway outra diva que amo é ótima como Andrea. Eu gosto da Andrea do filme, mesmo sem gostar da Andrea do livro. A Andy do livro parece fazer seu trabalho de qualquer jeito e mesmo odiando-o, transforma-o na parte mais importante de sua vida. A Andrea do filme, embora não goste do seu trabalho, aceita o desafio e entra de cabeça nele, dando seu melhor para obter os resultados. Isso tudo com uma incrível dose de graça, sem a irritante arrogância da personagem do livro e muita beleza. Sério, a Anne é linda demais!

O filme também supera a obra de Lauren por não enrolar demais, deixando claro quão absurdo é o emprego, mas sem exagerar na dose. Isso sem falar da maravilha em ver o desfile da moda durante toda a história: eu olhava para alguns sapatos maravilhosos, peças de roupas incríveis e pensava “eu também quero”.

Como a maioria das adaptações, o filme tem diferenças quanto ao livro. A começar pelo Alex ter sido transformado em Nate, que não só teve seu nome modificado como também sua profissão: de professor passou a ser cozinheiro. Lilly, a melhor amiga de Andy, mal tem uma vida no filme, enquanto no livro sua contribuição é importante, embora não tão profundamente abordada. E no filme há um amigo de Andy, Nate e Lilly que não existe no livro. Alguns conflitos no final do filme também foram inéditos, mas, nesse caso, gostei da modificação, sintetizou e exemplificou a personagem de Miranda, além de fazer Andrea entender tudo aquilo que não compreende a história inteira.
Resumindo, já que falei demais: o filme foi melhor e recomendo-o mais do que o livro. É um filme agradável, para ver e se divertir. O livro eu recomendo se você tiver paciência e tempo para lê-lo e não estiver nem um pouco interessada em grandes conteúdos. É um livro grande, mas sem que muita coisa aconteça.

Confira o Trailer do Filme!

Desculpem-me se fui muito dura com o livro, mas quando a personagem principal me irrita a esse ponto, dificilmente acabo gostando. Espero que tenham gostado do post! Beijos!





Deixe o seu comentário

36 Respostas para "[Livros Na Telona] O Diabo Veste Prada – Lauren Weisberger"

Andressa Tomaz - 07, setembro 2011 às (22:59)

Concordo totalmente com você. Comprei esse livro faz alguns anos e quando peguei para ler eu demorei uns intermináveis meses porque simplesmente não conseguia continuar com a história chata de Andy. Acho que o livro ficou abandonado uns quatro meses no mínimo, até eu ter coragem de retomá-lo. Com certeza o livro também me decepcionou.
Assisti ao filme depois de ter lido e na verdade não sei nem como tive vontade, mas descobri que o filme também está nos meus 10% restantes. Sem contar que também adoro a Anne!
O filme realmente é bem mais recomendável que o livro.
Muito bom saber que não fui só eu que achei o livro um saco. Estou lendo agora outro livro da autora(Todo mundo que vale a pena conhecer), e me parece melhor. As vezes dá uma enrolada também, mas me sinto mais envolvida nessa história.
Enfim, também já falei demais. Adorei o post, e gosto muito da forma que você expõe suas opiniões! 🙂
Beijos!

Responder

Fernanda Faria - 07, setembro 2011 às (23:16)

Eu nunca cheguei a assistir ao filme inteiro(sempre que assistia era altas horas e acabava dormindo no meio).
Mas que coisa, hein!? Reclamações demais acabam ficando chato mesmo.
Um dia eu ainda assisto ao filme inteirinho, pelo que eu lembro das poucas partes achei legal 😉

Beijos

Responder

Igor Gouveia - 07, setembro 2011 às (23:21)

Nunca li o livro, mas já vi o filme umas 55612145 vezes! E gosto muito, muito bom mesmo! 😀

Igor Gouveia
25conto.blogspot.com

Responder

Lis - 07, setembro 2011 às (23:24)

oi flor!!!
Eu só assisti o filme e nem gostei tanto qdo vi, mas mesmo assim encasquetei que queria o livro, mas ai fui lendo tanta gente falar que não é tão bom assim que acabei desistindo, eu também odeio gente reclamona então certeza que o livro não será uma boa ideia pra mim…
Adorei o post ^^

Beijos
Lis – Batalha Literária

Responder

Eduarda Menezes - 08, setembro 2011 às (00:34)

Ainda bem que nunca me aventurei a ler esse livro, provavelmente também não iria gostar! Quem ja viu falar mal de HP? Só isso já é o suficiente para antipatizar totalmente com a protagonista ^^

Mas, sério, também gosto de histórias mais aprofundadas e ler um livro com (não sei quantas páginas), onde só tem reclamação e mais do mesmo não é mesmo a minha praia, fico feliz de nunca o ter lido, agora que vi a sua resenha! =)

O filme achei divertido, mas também não é das comédias que mais gostei, e a roupas, belíssimas, valeria a pena só por isso rs

Show de atuação da Meryl e adoro a fofa da Anne!

Comigo acho que até hoje só aconteceu uma vez de gostar mais do filme do que do livro, e no caso foi o Bonequinha de Luxo, que simplesmente adoro!!

Beijos, Mi! :*

Responder

May L. - 08, setembro 2011 às (01:00)

Eu simplesmente Amo esse filme.
Já vi tantas vezes que perdi a conta.
Mas ainda não li o livro, mas pretendo.

Beijos -glowofthemoonlight-

Responder

Yago Dalben - 08, setembro 2011 às (01:01)

Oi,

“Pequeno desabafo: eu odeio pessoas que somente reclamam da vida e não fazem absolutamente nada para mudar. Fica a dica: sua vida só muda se você fizer algo, porque você é o único responsável por ela. E se for pra esperar que ela mude sozinha, melhor esperar sentado.” AMEI ISSO *-*

Eu ainda não li o livro, mas já assisti o filme, e gostei MUITO 😀
E a Miranda é uma cobrinha, haha. A Anne realmente está ótima – como sempre – nesse filme (:
Ótimo post!

Abraços,
Yago.
http://amigodolivro.blogspot.com

Responder

αmαndα cristinα ツ - 08, setembro 2011 às (01:07)

Li o livro e assisti ao filme há um tempo. Lembro que achei muito estranho, pois o final deles são diferentes :/
> O do livro é muito melhor! 😀
Já assisti o filme, milhares de vezes e tenho vontade de ler o livro novamente (mas não o tenho em mãos). Gostei de seus comentários sobre eles. No livro, Miranda é uma “máquina”, realmente.

Beijinhos, :*
http://www.primeiro-livro.com

Responder

Aym - 08, setembro 2011 às (01:17)

achei uma ótima adaptação.
é claro que nunca fica igual… mas chegou próximo.
beijos
ótima semana.

Responder

Lucas Martins - 08, setembro 2011 às (01:19)

Comecei a ler, talvez um capítulo, e como a Andrea reclama! Nas primeiras páginas captei uns 5 palavrões, se não mais. Me decepcionei com o livro, sob a ótica de sua resenha, afinal, quase sempre os livros superam os filmes. E o filme. O que é aquele filme? 😮 Eu adoro esse filme. O roteiro foi mais bem colocado, a atuação da Meryl é impecável, e temos a coincidência de gostar da Anne Hathaway. O filme num todo é muito bom! Contudo ainda quero ler o livro, mesmo com as críticas ruins, mesmo com as alterações… Enfim, está aqui na estante, mas quando comecei tive de parar… E agora que você falou “tão bem” dele, acho que vai ter que esperar outro momento.
Eu estranhei que semana passada não teve, e espero que tenha semana que vem, hein? Ficou MUITO bem escrito (a novidade, cadê? Rsrsrs), adorei!
Beijão, Mi! 🙂

Responder

Estefânia - 08, setembro 2011 às (01:22)

Olá , tudo bem? Nunca li o livro, mais já assiste o filme, e confesso que adoro o modo como a Andrea “dá a volta por cima” durante o filme, gostaria de ler o livro, só por curiosidade rsrs

beijos, http://bloghoradaleitura.blogspot.com

Responder

Camila Costa - 08, setembro 2011 às (01:58)

poxa ainda nem li o livro; e queria muito; mas confesso que desanimei um pouco…
quem sabe se surgir alguma oportunidade…
Beijoos!

Responder

Vanessa Vieira - 08, setembro 2011 às (02:56)

Parabéns pela dica Aione! Já assisti O Diabo Veste Prada e amei! Muito em breve pretendo ler o livro. Beijos!

Responder

sonhosentrepontinhos - 08, setembro 2011 às (11:18)

Olá Querida! Você foi sorteada, no post #Novidades Literárias Especial, Bienal do Livro!
E ganhou um kit de marcadores vindos direto da Bienal!
Por favor, envie seus dados para o email: sonhosentrepontinhos@hotmail.com – se quiser é claro =D
Beijos, Caah ♥

@sonhospontinhos
http://sonhosentrepontinhos.wordpress.com

Responder

Natalia Dantas - 08, setembro 2011 às (11:27)

Oi”
Gostei muito desse filme, que assisti várias vezes. Mais em alguns pontos, que o filme tenha referência a um livro, muitas vezes prefiro o livro, provavelmente por ele ser mais complexo. Mais também em alguns pontos prefiro o filme 🙂

Beijos:* Adorei sua nova coluna
Natalia.
# Músicas, livros e blábláblá…

Responder

Paulinha (Louca por Romance) - 08, setembro 2011 às (12:11)

Já assisti ao filme milhões de vezes e gosto bastante ^^
Eu era doidinha pra ler o livro, mas… me deixou sem vontade, Mi ;P

;*

Responder

Vanessa - 08, setembro 2011 às (14:18)

Já vi o filme e li o livro, mas também prefiro o filme. Sei lá, é mais legal UAHSUAHSUHAUS Adorei o post.

Beijos, Vanessa.
This Adorable Thing

Responder

Pabline - 08, setembro 2011 às (14:29)

Já li esse livro e concordo em gênero, numero e grau.
Não gostei muito desse livro não viu, preferir mil vezes o filme.
Concordo com os pontos que vc citou que não gostou. Praticamente tirou as palavras da minha boca XD

A Meryl Streep é incrível, ela é uma atriz exemplar. Também amo a Anne Hathaway, gosto muitos dos filmes delas. O meu preferido foi sem duvida Amor e Inocência. Está na minha lista de preferidos *.*

Post maravilhoso, e como sempre vc escreve divinamente bem.

BJ!

Responder

Van Castro - 08, setembro 2011 às (14:52)

Nossa, é difícil o filme ser melhor que o livro, e esse conseguiu hein?

E concordo com você, a Anne Hathaway e a Meryl Streep são DIVAS!

Responder

Beatriz Gosmin - 08, setembro 2011 às (17:02)

Uau!

Eu já assisti ao filme e gostei MUITO, e sempre tive vontade de ler o livro.
Mas agora, acho que vou pensar duas vezes, afinal também nao gosto dos pontos que voce nao gostou no livro.

Se o filme é bom então está tudo certo!
Beijos

Bia | Blog Livros e Atitudes

Responder

Julia G - 08, setembro 2011 às (17:43)

Mi, eu amo o filme! Não li o livro e nem sei se tenho vontade de ler, de tão perfeito que eu acho o filme 😀 Bom saber que não estou perdendo muito.

Beijos
Conjunto da Obra

Responder

Niii - 08, setembro 2011 às (18:16)

amooo, amoo esse filme!
tbém adoro os desfiles de lindas roupas que a Anne tem! haha
=)
e amo a Anne!!!!!!
nunca li o livro =x

bj

Responder

Aline Lopes - 08, setembro 2011 às (19:30)

Ainda não tive a oportunidade de ler e nem assistir esse filme, porém fiquei surpresa por você dizer que achou o filme melhor e isso é bem dificil de acontecer. Quando der irei conferir.
Beijos.

Books e Desenhos

Responder

Kivia Nascentes - 08, setembro 2011 às (19:45)

Anne Hathaway e a Meryl Streep *suspira*
Nunca li o livro, parece ser bem bacana. ADORO o filme, eu sou 100% apaixonada por moda e acho que o filme é um prato cheio. Ainda quero ler o livro, só tenho que achá-lo ainda.
Adorei essa coluna, ahazou, pra variar.
DIVA! haushuas
beijos!

Responder

Kivia Nascentes - 08, setembro 2011 às (19:47)

Anne Hathaway e a Meryl Streep *suspira*
São umas das atrizes que mais gosto. Esse filme é incrivel, genial. Acho que ainda mais pra mim, que trabalho com Jornalismo e que amo moda, é um prato cheio e recheado de lições.
Ainda quero ler o livro um dia.
Adorei essa coluna, diva é você, sua linda!

beijos!

Responder

Luana Feres - 08, setembro 2011 às (20:00)

Oi, Aione!
Nunca li o livro, apesar de ter outro livro dessa autora que é divertido, engraçado. O livro é A caça de Harry Winston, e não tem reclamação nele. Não achei que você foi dura com o livro, muitas vezes autores fazem isso e é extremamente irritante. Tipo, “minha vida sucks, mimimi”. E esse filme é óótimo! A Meryl tá simplesmente fantastica. Ela é uma super atriz e Anne é uma fofa.

Beijos
Mulher gosta de falar

Responder

Luiza Bertoncini - 08, setembro 2011 às (20:10)

Heey Aione! Bah eu só vi o filme, e mesmo assim nao achei nada demais haha (sim, mesmo com as divas da Meryl e da Amy <3)
E pelo que tu falou o livro eh uma droga hahahah acho que vou passar longe dele entao, tambem odeio personagens que só reclamam! é muito irritante!
Ótimo post querida:)
Beijoca!

http://www.estantechick.com

Responder

Marcelo Lima - 08, setembro 2011 às (20:20)

Ah eu gostei do filme,não li o livro e pelo que vc flou do final apressado … Odeio isso , estraga o livro , mas enfim tenho que ler …Só deus sabe quando! Adoreiii mi “)

Responder

Caíque Pereira - 08, setembro 2011 às (20:28)

Que ótima ideia de coluna Aione! Vou até anotar aqui para ser o tema de um ‘Controle Remoto’ lá no blog, quem sabe no mês do meu aniversário =] Poxa, esse filme é um dos meus favoritos, não canso de assistir e apreciar todos os detalhes. O livro já estou namorando há um tempo, espero conseguí-lo o mais rápido possível! Acho que a ironia e o sarcasmo nunca são demais, porém um livro com uma protagonista que só sabe reclamar deve mesmo ser chato. Ela disse o quê?! HARRY POTTER DEPLORÁVEL?! Die Andrea Sachs, DIE! Creio que essa falta de profundidade se deve à autora querer mostrar que a principal, naquele momento, só tinha olhos para o trabalho e não dava atenção à outras coisas, independente de sua importância. Minha atriz favorita é Meryl Streep, e isso foi depois de assistir o filme, então, ele conta muito pra mim. É incrível como as expressões dela traduzem exatamente o que ela quer dizer, é simplesmente inacreditável que uma atriz chegue a tal ponto de tão brilhante. Muito bacana o post, adorei o fato de sobrepôr suas opiniões livro/filme, ficou ótimo mesmo. Beijão!

;* Livros, Letras e Metas

Responder

Planet Pink - 08, setembro 2011 às (20:35)

Oiee!!! =)

Depois de ver seu nome citado em zilhoes de lugares heuaheuae, resolvi vir conhecer o blog =)

Nunca li o livro e tb nenhuma resenha dele, esta é a primeira!
E uoow, agora vc me fez perder a total vontade de ler o livro! hahahahaah, isso é ótimo! Um gasto a menos e um desgosto a menos tb hahaha

Amo³³³ o filme, é um dos meus preferidos, na vdd, acho que é o preferido haha, é aquele filme que vejo, mil e uma vezes se deixar, decoro fala e musica <3

No filme tudo eh perfeito! A Miranda diva, a Andy, o Nigel, maravilhoso, o figurino aiaia

enfim
hahahaah

Vou voltar sempre aqui 😉

Bejinhos ;*

Responder

Entre Fatos & Livros - 12, setembro 2011 às (20:23)

OI Aione!

Eu já li e assisti e tb concordo que o filme foi melhor. Não que o livro seja ruim, mas o filme foi bem adaptado e as cenas vistas na telinha ficaram mais engraçadas.

BjoO
Pri
Entre Fatos e Livros

Responder

Pah - 14, setembro 2011 às (01:33)

Oi Mi

Não li o livro, então não posso falar, mas como assim fala que HP é deplorável? Taí um livro que não vou ler, nem adianta, ahuahauah

Já o filme, ótimo é pouco, muito bom mesmo, tão divertido, e ao mesmo tempo capaz de nos dar uma bela lição né!

Beijokas

Pah, Livros & Fuxicos

Responder

Clícia Godoy - 16, setembro 2011 às (05:58)

auhsuahsa

POsso fazer um comentário de quem faz Moda?

Falem bem ou falem mal, só não falem do figurino DIVO desse filme!
haushashas

Amo o figurino desse filme!

=)

Bjinhos
Psiu!
Silêncio Que Eu To Lendo!!

Responder

Vanessa Tourinho - 01, outubro 2011 às (23:31)

Ainda não li o livro, mas adorei o filme.
Na maioria das vezes o livro, realmente, supera o filme. Bom saber que neste caso o filme superou ao livro.

Bjs
ParaisoEmPapel

Responder

Anonymous - 22, dezembro 2011 às (16:17)

Bem já li o livro e assisti o filme MILHOES de vezes….
Realmente, eles adaptaram muito para o filme, no livro a Llly grande amiga de Andy é uma alcoolatra……
e isso o filme nem sequer notou…..

Responder

Becca Martins - 30, julho 2015 às (23:50)

Oi Aione!
Todo mundo fica dizendo que prefere que prefere este filme do que o livro. E como só assisti ao filme – que por sinal é muito bom -, acho que não animo a ler não.
Mas sempre que possível eu assisto o filme novamente. rs
Beijos!

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por