[Livros Na Telona] O Código Da Vinci - Dan Brown | Minha Vida Literária
19

out
2011

[Livros Na Telona] O Código Da Vinci – Dan Brown

Livros Na Telona é uma coluna na qual analiso filmes que foram baseados em livros!

Sobre o Livro

Título: O Código Da Vinci
Autor: Dan Brown
Editora: Sextante
Número de Páginas: 475
Ano de Publicação: 2004
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

Quando Robert Langdon é acordado no meio da noite pelo telefonema da polícia de Paris, convidando-o a comparecer imediatamente no Louvre, sequer poderia imaginar tudo que o esperava: o assassinato do curador de um dos mais famosos museus do mundo seria apenas o começo de uma aventura incessante, na qual estariam envolvidos, inclusive, segredos capazes de mudar toda uma religião.
Esse é o máximo que consigo dizer da história sem acabar com qual surpresa entre aqueles que ainda não leram a obra de Dan Brown ou assistiram a sua adaptação, por mais que a maioria saiba do que se trate a história.
O Código Da Vinci foi o primeiro livro de Dan Brown que li e se tornou um dos meus favoritos. Imagine uma história impregnada de suspense do começo ao fim, que se desenvolve em um ritmo frenético e lotado de informações sobre história e arte. Essa é a fórmula básica das histórias protagonizadas por Rober Langdon, que já havia aparecido em Anjos e Demônios e torna a aparecer em O Símbolo Perdido.
Na primeira vez que li, não consegui desgrudar das páginas até chegar ao fim. Fiquei boquiaberta com cada novo acontecimento, chocada com o final e refleti durante todo o livro com a polêmica criada pelo autor. Aliás, esse pra mim é um dos pontos altos: o ar de teoria da conspiração existente na história. Que atire a primeira pedra quem não questionou o quanto dos fatos ali não seriam verídicos, principalmente com todas as referências dadas pelo autor do que realmente não era fictício. Simplesmente adoro essa característica de Dan Brown, de criar temas polêmicos, normalmente envolvendo a fé e a igreja. Ele aborda o tema como ninguém. Além disso, a obra é riquíssima em cultura artística. Me deliciava na leitura com as informações sobre grandes nomes da arte, principalmente Leonardo Da Vinci, por quem nutro uma profunda admiração.
Entretanto, ler a versão original, sem ser a edição ilustrada, pode dificultar um pouco a leitura, uma vez que nem sempre as obras mencionadas são conhecidas e a imaginação pode não ser tão fértil assim. Portanto, minha mãe fez questão de garantir a Edição Ilustrada e minha segunda leitura foi muito mais fácil do que a primeira, já que pude acompanhar a cada página as obras de arte descritas.
Deixando de lado a riqueza do livro e a pesquisa que foi necessária ao autor para nos trazer tantas informações,  sua escrita é característica e digna de um best-seller. A leitura é envolvente, fluida, cativante e magnética, a história desperta a vontade em ler sem parar. Com certeza recomendada, principalmente aos amantes do suspense!
Sobre o Filme
Ao receber a notícia de que O Código Da Vinci viraria filme, eu já era uma apaixonada pelo livro. Assim, minha espera em vê-lo nas telonas foi imensa e não me decepcionei com a adaptação!
Primeiro, Tom Hanks protagonizando Langdon foi perfeito. Não era assim que o imaginei quando li, mas o ator se encaixou maravilhosamente bem no papel. Da mesma maneira, Audrey Tautou encarnou Sophie Neveu belissimamente: ela tem a graça da personagem e sua postura inteligente, determinada.
O filme tem a vantagem de ilustrar as páginas do livro. Ver nas telas o que foi descrito na história foi ainda melhor do que ver as fotos da edição ilustrada, pois há vida nas imagens, há a noção espacial muitas vezes perdida nas fotos. Devo confessar que O Código Da Vinci é o maior causador de minha vontade de conhecer o Louvre, em Paris.
Mas, é claro, o filme não consegue alcançar a magnitude do livro. Isso porque este é muito mais rico em detalhes, apesar da desvantagem de não conter as imagens como no filme. Uma história tão rica em informações certamente não conseguiria ser 100% adaptada para o roteiro, que mesmo com os cortes, é longo. Dessa maneira, o filme é uma versão resumida, que não deixa de ser recomendada, e mais superficial de uma trama mais amplamente discutida na versão escrita.
Recomendo o filme tanto aos que já leram o livro quanto aos que não leram. Para os que leram, há a chance de visualizar todas as cenas que antes só poderiam ser vistas na imaginação. Aos que não leram, há a chance de que a vontade para a leitura seja despertada, uma vez que essa complementaria o filme. De uma maneira geral, é uma ótima opção de entretenimento.
Confira o Trailer do Filme!

 





Deixe o seu comentário

25 Respostas para "[Livros Na Telona] O Código Da Vinci – Dan Brown"

Sofia - 19, outubro 2011 às (20:28)

Oi Mi!

Ótima escolha! Ainda não li, e se não me engano já assisti ao filme e amei! Meu pai reclama que o Dan é muito exagerado, pois é impossível todos os acontecimentos (nos livros) ocorrerem em um dia… Li apenas um livro dele (o suficiente para amar suas obras) Fortaleza Digital, amei o modo como escreve e tudo mais. Principalmente por ele ser tão histórico, haha!

Ainda pretendo ler O Código da Vinci, rsrs…

Beijos

Sofia – Lendo de Tudo

Responder

Lucas Martins - 19, outubro 2011 às (20:29)

Adoro o filme, pena que ainda não tive a oportunidade de ler o livro. Sou fã do autor desde que li Fortaleza Digital, é ótimo! O incrível é que eu tenho todos livros dele e ainda não li, haha! Juro que vou ler qualquer hora…
Enfim, adorei Mi! O filme é ótimo e mesmo sem ter lido, tenho certeza de que a escolha dos atores foi bem feita.
Bjão!

Responder

Gabriela Wegner - 19, outubro 2011 às (21:00)

Eu ainda não li o livro nem assisti o filme.
Mas as pessoas dizem que ambos são meio confusos.
Não tenho tanta curiosidade de ler não…
Beijoos

Responder

Jovens Leitoras - 19, outubro 2011 às (21:14)

Já tinha ouvido falar do livro (é lógico) mas é a primeira resenha que vejo dele. Fiquei curiosa!
Não assisti ao filme também.. Mas se um dia eu for conhecer a história, acho que vou preferir o livro.
Adorei o post!

Beijos.

Responder

Vanessa - 19, outubro 2011 às (21:26)

Eu assisti ao filme antes de ler o livro. No filme fiquei um pouco boiando na história, achei tudo muito rápido, mas depois com o livro eu compreendi melhor…

Balaio de Livros.

Responder

Igor Gouveia - 19, outubro 2011 às (21:49)

Mi (:

Poxa, eu amo o livro. É demais. Assim como em outras adaptações, o filme deixou um pouco a desejar, mas também é muito bom. Em algumas partes até melhor que no livro. O jeito que o Dan escreve é maravilhoso, eu adoro. E outra os livros dele surpreendem muito.

Responder

Natalia Dantas - 19, outubro 2011 às (23:45)

Demais, né? Aione!
Já assisti o filme, só falta agora o livro! Já li dois livros do Dan Brown, e nossa, são demais, ideias fantásticas! Que nos deixam boquiabertos ^^

Beijos:*
Natalia.
http://www.musicaselivros.blogspot.com/

Responder

Eduarda Menezes - 20, outubro 2011 às (00:18)

Oi Mi,
Compartilho da sua admiração por essa obra de Dan Brown, ela também foi o primeiro livro que li do autor e simplesmente amei, é mesmo impossível parar a leitura antes do final da mesma, pois ficamos sempre na expectativa do que virá a seguir, querendo desvendar e conhecer a fundo todos os mistérios mostrados.
Também adorei esse clima de conspiração no ar, ainda mais levando em consideração de que muito do que ele fala é baseado em fatos reais, o que só ressalta ainda mais a inteligência e criatividade do autor ao mesclar tudo isso em uma trama impossível de largar! Não é a toa que fez tanto sucesso!
Também gostei do filme, mas devo confessar que acho que não chegou nem perto da magnitude do livro em si, o achei em certos pontos bem fraquinho na verdade, mas ainda sim é uma ótima pedida, principalmente para quem já leu o livro e quer ver tudo aquilo ganhar vida!

Infelizmente não li a versão ilustrada mas gostaria muito de tê-lo feito, realmente é muito mais fácil apreciar a obra de forma geral, pois de vez em quando ficava voando em algumas descrições rs

Beeijos! Ótima análise como sempre! ^^

Responder

Pabline - 20, outubro 2011 às (01:11)

Amoooooooooooooooooooooooooooooooooooo O Código da Vinci, com certeza um de meus livros favoritos. Amo a mente conspiradora de Dan Brown tanto que só falta um livro dele para eu ler dos que já foram lançados o/
Sou fascinada pela história que Dan Brown conseguir criar, cheia de intrigas e referencias históricas e artísticas. Foi ele um dos incentivadores para eu amar tanto história, pois lia seus livro e depois ia pesquisar para ver o que era verdade no que ele escrevia.
Tom Hanks é um dos meus autores favoritos então imagina a felicidade que sentir ao velo na pele de Langdon . Tbm amei a adaptação, é certa que não é tudo o que o livro foi, mas fez jus a magnífica obra de Dan.
Parabéns pela post, simplesmente ameeeeeeeeeeei.
BJ!

http://amigasentrelivros.blogspot.com

Responder

Clícia Godoy - 20, outubro 2011 às (01:16)

Huuum!

Nunca li o livro! Somente assisti o filme. Mas é o tipo de livro pelo qual não tenho apelo nenhum!
Talvez coloque na lista um dia, quem sabe, quando eu não tiver nada mais pra ler! hausha
#Sonha hehehhe

Bjinhos
Psiu!
Silêncio Que Eu To Lendo

Responder

Rafael Fernandes Henrique dos Santos - 20, outubro 2011 às (01:34)

As vezes tenho medo da história, as vezes sinto curiosidade, mas percebo que a história é muito inteligente e bem escrita, mas tem que ter muita cabeça pra entendê-lo totalmente. Belo post! Leituras Vivas

Responder

Nessa - 20, outubro 2011 às (10:01)

Oi Mi!!
Já faz um tempinho que eu li código da vinci, eu li por curiosidade e ficava até altas horas lendo! Eu adorei! Quando fiquei sabendo do filme, corri para assistir, mas confesso que eu não gostei, com certeza o livro é bem melhor!
bjinhos
http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com/

Responder

ALINE T.K.M. - 20, outubro 2011 às (12:03)

Apesar de ter curtido o livro, não achei o filme lá grande coisa. O que salva são os atores de peso, especialmente a presença de Audrey Tautou (adoooro!).

Bj
escrevendoloucamente.blogspot.com

Responder

Débora - 20, outubro 2011 às (12:12)

Eu amei o filme! Robert é um máximo! Prende a respiração até a última cena! E o livro não é diferente! Te prende, ual, é um arraso. Se eu te contar que levei o maior susto por estar totalmente concentrada no filme?! Naquela parte em que o padre aparece do nada, eu pulei, e que pulo, eu estava quase comendo a TV. Bem Anjos e demônios não é diferente! Agora falta o Símbolo Perdido!
Beijos, até mais.
Débora

enfimdeasasabertas.blogspot.com

Responder

Andressa Tomaz - 20, outubro 2011 às (13:20)

Oi, Aione!
Também concordo que o livro não é muito bom. Achei o final um tanto diferente do que tinha imaginado, agora não me lembro muito pois já faz um tempão que vi, mas me lembro que senti isso. ahuah
O livro é maravilhoso, já li também Anjos e Demônios e agora falta O Simbolo Perdido. To ansiosa pra ler o último!

Beijos!

Responder

Gilciany Viana - 20, outubro 2011 às (16:48)

Eu ainda não li o livro, mas o filme eu assisti e simplesmente amooo. A história é super estrururada e me fez refletir sobre essa parte religiosa que ele aborda. É uma nova visão, mas bem sacada e que o filme trouxe numa magnitude esplêndida. Vale muito a pena assistir. Bjus

Responder

Julia G - 20, outubro 2011 às (17:40)

Eu comecei da forma inversa: vi o filme, depois li o livro. O filme, inclusive, não entendi muito bem da primeira vez que vi. Então, quando li o livro, já tinha algumas imagens formadas, o que foi muito mais fácil. Adoro os livros do Dan Brown, e essa pesquisa, mistura de arte, ciência, arquitetura, me deixa fascinada!

Beijos

Responder

Alinne - 20, outubro 2011 às (18:53)

Já assisti esse filme e confesso que não gostei, achei ele parado, tanto que me deu sono. Acho que não é bem o meu estilo preferido de filme.
Quanto ao livro ainda não li mas até tenho vontade para conhecer melhor a história.
Beijos.

Books e Desenhos

Responder

Evellyn - 20, outubro 2011 às (20:20)

Ihh
eu nem sabia que existia versão ilustrada… e vc leu 2 vezes!
Vou confessar, neste caso, eu vi o filme antes e quando peguei pra ler, demorei horrores… achei a história mt arrastada e até diria que não curti mt… Eu ate comentei sobre isso no meu antigo blog (que ainda funciona) num meme… sei lá, acho que o Dan descreve exageradamente as coisas e como nunca estive em Paris nem vi nada do que ele citou, me senti meio ‘perdida’
Na epoca, lembro de ter achado o filme melhor, por ser mais ‘visual’, embora tenha algumas mudanças que fazem efeito né..

No entanto devo dizer que talvez se eu lesse agora, gostasse mais, porque estou lendo muito mais e acostumada a diversos tipos de escritores!

Beijosss
Hey Evellyn

Responder

This Gomez - 20, outubro 2011 às (20:42)

Ganhei meu livro do meu namorado (ex ^^) e li em dois dias e meio porque a gente ia ver o filme naquele mesmo fim de semana. Li num pique só, mas lembro de ter ficado pasma com o número de conexões que Dan fez no livro, uma lógica quase matemática…

Gostei mais do livro que do filme, claro, e li a versão simples, mas adoraria ver a ilustrada *.*

Beijos, Mi!

This
Steampink
Canto e Conto

Responder

Ana Ferreira - 20, outubro 2011 às (22:08)

Mi,
Assim como comentaram, eu não fazia ideia da existência de uma versão ilustrada do livro.
Creio que ela se faça realmente necessária, tendo em vista a grande quantidade de códigos e figuras, como você disse, que devem aparecer.
Ainda não li “O Código da Vinci” e lembro-me de ter assistido a muito pouco do filme, tenho apenas vislumbres em minha mente. Entretanto, não me restam dúvidas de que é uma ótima história e, só esse lado questionador, cético, já me atrai muito mais que tudo. Tenho minhas convicções particulares e sempre as encontro em livros como esse.
Preciso ler Dan Brown, tsc tsc.

Beijinhos,
Ana – Na Parede do Quarto

Responder

Renata G. de Souza - 21, outubro 2011 às (02:37)

Adoro o filme Código da Vinci *-* Assisto sempre que posso!
Adoro esse estilo de tentar descobrir por meio de pistas, e o estilo de Dan Brown de te deixar pensando se é verdade ou não =D
Infelizmente ainda não li o livro de O Código =X Mas já li 2 livros do autor e amei, agora quando eu puder vou comprar esse para ler ^^ e na versão ilustrada, claro, porque eu não ia conseguir visualizar os quadros e fatos históricos, sou péssima com isso kkk
Uma coisa que eu realmente queria é que os outros livros do Dan fossem para o cinema, seria muito legal *-* Principalmente Ponto de Impacto e Fortaleza Digital, meus favoritos!
Bjus =*

Responder

Marcelo Lima - 21, outubro 2011 às (18:07)

Esse é um livro que NUNCA vou ler ,por mais que seja maravilhoso e bla bla bla …não é pra mim kkk Otimo texto mi “)

Responder

Cesar S. Farias - 23, outubro 2011 às (02:36)

Acho interessante esse tipo de suspense, no mesmo estilo de “Em Nome da Rosa”. Nas adaptações cinematográficas, no entanto, muita coisa se perdeu em ambas as obras.

Responder

Van Castro - 24, outubro 2011 às (16:10)

Tá aí um livro que eu gostaria de reler!
E assistir o filme de novo também, porque, na minha opinião, os dois foram ótimos… mas eu já esqueci muita coisa dos dois!
Me envolvi muito nas histórias do Dan Brown… também sou louca por essas teorias da conspiração! Sempre fico tentando achar outros símbolos escondidos, hehehe!
Beijão!

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por

Blogs Brasil