[Resenha] O Poder do Fogo - Khêder Henrique | Minha Vida Literária
11

nov
2011

[Resenha] O Poder do Fogo – Khêder Henrique

Título: O Poder do Fogo
Autor: Khêder Henrique
Editora: Novo Século
Número de Páginas: 240
Ano de Publicação: 2011
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

Kiara, um jovem de Diaspos, nunca se sentiu como uma verdadeira cidadã de sua cidade. As habilidades compartilhadas por seus moradores nunca foram seu forte nem realmente lhe agradaram. Eis que a chegada de Lucius, um jovem forasteiro, acaba por lhe proporcionar a possibilidade de uma vida que somente havia sido imaginada em seus mais secretos sonhos: a de seguir os passos de sua falecida mãe, tornando-se, um dia, uma elementar como ela fora. Mas, para isso, seriam necessários o real interesse e a determinação, características incertas para a jovem.

Primeiro de tudo, devo dizer que a história criada por Khêder Henrique, aliada a sua envolvente narrativa, conquistou-me por completo. As 236 páginas foram lidas em um dia, sem que o cansaço fosse sentido em momento algum. Entrei de cabeça na história, a qual me convenceu e me deu a sensação de realidade, mesmo sendo uma fantasia.
Acredito que o principal fator para meu total envolvimento tenha sido a narrativa do autor, mais do que a própria história. Não que essa não tenha seu mérito, mas se não fosse tão fluida, como achei, talvez não tivesse me conquistado. Não apenas a capacidade de envolver, a escrita de Khêder é capaz de nos fazer imaginar tudo que é descrito. Tenho em minha mente todos os locais e personagens da história como se tivesse assistido a um filme.
As personagens, inclusive, são as mais variadas. Kiara é sensata, altruísta, corajosa e com uma vontade de agradar a todos, colocando de lado seus próprios desejos. Lucius, por sua vez, é dedicado, tem senso de conhecimento e desperta risadas com seu jeito “trapalhão” e comentários inapropriados, comumente conhecidos como “foras”. Elemiah, a mestra elementar, em muitos momentos me lembrou Dumbledore, de Harry Potter, por sua sabedoria e ensinamentos, porém uma versão mais rígida e menos carismática do maior bruxo de todos os tempos. Estas são as principais, mas mesmo as personagens secundárias também merecem destaque, principalmente por não se mostrarem desnecessárias em momento algum, todas contribuem, de alguma forma, para a construção do enredo: Laureon e Leoni, pai e avô de Kiara, respectivamente, Tácita e sua fama de “fofoqueira”, Adail e sua bondosa personalidade, além de Suzi e Feron, que mesmo aparecendo na segunda metade da história, tornam-se importantes figuras em seu desenvolvimento.
Sobre esse, foi muito bem feito, além de o enredo ser criativo. Os pontos principais foram concluídos no desfecho, mas com algumas pontas e mistérios tendo sido deixados para dar continuidade aos próximos volumes. Só registrei alguns pontos negativos: primeiro, perdi a noção do tempo cronológico da história, achei que pouco tempo havia se passado enquanto, na realidade, foram vários meses. Por esse motivo, os outros dois pontos negativos ocorreram. Tanto o romance da história quanto o aprendizado de Kiara e Lucius, ao meu ver, não tiveram suas evoluções muito bem apresentadas. Vi a situação inicial e a final, porém não visualizei muito bem o meio entre elas, a ligação entre os dois estágios. Senti falta de pequenos indícios que indicassem que as transformações estavam acontecendo, principalmente com relação ao romance. É possível, porém, que eu tenha perdido esses detalhes em minha avidez pela leitura.
Excetuando-se esses fatos, só tenho elogios a fazer. O universo criado por Khêder é rico e criativo: há mitologia, romance, suspense, ação, além da noção de respeitar diferentes culturas e, até mesmo, críticas políticas muito tênues. Como já disse em outras resenhas, sou imensamente atraída por detalhes e significados ocultos em palavras e gestos, gosto de imaginar o que mais uma mesma coisa pode querer dizer. E, claro, nada melhor do que uma fantasia para contar metáforas.
Em dado momento, é explicado o motivo de a educação ser gratuita no continente de Myruna: graças a um governador autoritário que, uma vez, negou a educação à população como uma forma de controlá-la pela ignorância. Ao perder sua posição de governante, o ensino passou a ser gratuito devido à imposição de Acácia, deusa do conhecimento. Impossível de não pensar em porque a educação em nosso país recebe tão pouco investimento. Não só isso, Khêder apresenta como diferentes culturas podem interpretar um mesmo fato e, por isso, devemos respeitar a todas. Por fim, há também o ensinamento moral, sutil, na forma de as pessoas e intenções serem responsáveis por boas ou más atitudes, e não as ferramentas ou os conhecimentos utilizados para isso.
Só tenho a agradecer ao autor pela parceria e dizer que não vejo a hora de ler a continuação de O Poder do Fogo. É sempre gratificantes ser envolvida e conquistada por uma leitura tão prazerosa e divertida.




Deixe o seu comentário

45 Respostas para "[Resenha] O Poder do Fogo – Khêder Henrique"

Niii - 11, novembro 2011 às (20:14)

fiquei curiosa pelo mundo criado pela autora! adoro novos mundos .*_* bj

Responder

Introducing you a book - 11, novembro 2011 às (20:48)

Não tinha conhecimento desse livro!!
Amo livros de fantasia! *-*
Pois é Mi, histórias bem descritas e que não se tornam tão maçantes e nem o que eu chamo “lista de supermercado” (sem descrição) é algo que eu prezo, e muito, nos livros!! Se não, o livro já se torna ruim… e pelo que eu vejo, esse não é o caso! hahaha
Adorei!!

Bjs
Ale
http://www.introducingyouabook.com/

Responder

Michelle' - 11, novembro 2011 às (21:06)

Adorei a resenha!
Adorei o modo como você colocou a estória do livro, realmente me deu vontade de ler, adoro estórias com outros mundos, fantasia e ter esse toque real das personagens e acontecimentos!
Beijinhos
Michelle, Minha Bagunça

Responder

Jonathan Henrique - 11, novembro 2011 às (21:10)

Olá, Aione! Primeiramente, desculpe-me por ter sumido do Minha Vida Literária. Estava meio sem inspiração para comentar decentemente.
Eu já gosto desse livro só pelo tema que o Khêder trabalhou: adoro filmes/desenhos/livros em a trama nos apresenta personagens que dominam os elementos da natureza.
A capa, apesar de singela, me atraiu. Quanto a história, pela sua resenha, gostei da atmosfera de O Poder do Fogo! =) Só lamento o fato de o romance e o aprendizado da protagonista ter se desenrolado tão depressa.
Mas, no geral, eu curti da proposta do autor.

Bom final de semana!

Beijos,
Jonathan Henrique
@Jonathan_HGF

Responder

Vanessa - 11, novembro 2011 às (21:25)

Há um tempinho atrás eu entrei em contato com o autor para firmar parceria , to na expectativa pois, já vi falarem super bem do livro dele, a sua resenha também me deixou ainda mais curiosa.

Vanessa – Balaio de Livros.

Responder

Julia Cedro - 11, novembro 2011 às (21:51)

Acho que vou gostar do seu livro. Ele parece ser muito bom, para você ter lido ele em apenas um dia, sem se tornar cansativa em momento algum. Nunca tinha ouvido falar desse livro, mas parece ser bom e adorei a capa. Adorei a sua resenha, você a escreveu muito bem, haha.

Beijos,
Sonhos de Garota

Responder

Lariane - 11, novembro 2011 às (23:02)

Primeira resenha que leio e fiquei interessada.

Já disse que adoro suas resenhas e a capacidade de abordar tão bem todos os lados do livro, positivos ou negativos?

Beijocas,
Lariane – http://www.leiturasedevaneios.com.br

Responder

Jovens Leitoras - 11, novembro 2011 às (23:48)

Eu já tinha visto a capa e o nome por aí, mas não tinha lido nenhuma resenha. Fiquei curiosa!

Beijos, Bárbara.

Responder

Gilciany Viana - 11, novembro 2011 às (23:48)

Oi Aione, eu tmbm estou lendo este livro e gostando bastante.
Claro que não posso ler cm vc, em um dia, pq não tenho tempo, bem que eu gostaria, mas acho que até semana que vem eu termino.
Gostei dos pontos que vc ressaltou e estou curiosa para saber o fim que terá Kiara e Lucius.
Um beijão.

Responder

Lucas Martins - 11, novembro 2011 às (23:58)

Acho que estou cansado de fantasias neste momento, porque por incrível que pareça essa história não me chamou muita atenção.
Não desqualificando a resenha, que está ótima! Mas simplesmente não me atraiu.
Não posso deixar de falar que a capa do livro é lindíssima! *-*
Bjão, Mi!

Responder

Camila Costa - 12, novembro 2011 às (01:52)

Uau parece ser um livro realmente muito bem escrito e com um tema muuuito interessante! Me interessei!
Beijos!

Responder

Mariana Ribeiro - 12, novembro 2011 às (02:17)

Olá,Aione!
Adorei a sua resenha!
Eu achei interessante a sinopse e pelo fato de se tratar de um livro de autor nacional. Não cstumo ler livros de fantasia, mas a julgar pela sua análise a história não deve ser cansativa e parece ser mesmo envolvente do início ao fim, né?
Bom findi.
Bjos.

Mariana Ribeiro
Confissões Literárias.

Responder

Milena - 12, novembro 2011 às (03:35)

Adorei sua resenha, Mi! (Como não gostar, não é mesmo?! hahahaha)
Fiquei interessada pelo livro, principalmente por você dizer que você leu o livro em um dia.. Adoro quando a leitura flui rapidamente não nos deixando cansados.

Beijos e um parabéns ao autor e a você, por mais uma resenha super bem elaborada! ;*

Responder

Vanessa Tourinho - 12, novembro 2011 às (03:38)

Gostei da história, pelo que pude captar com sua resenha.
Achei a capa bem bonita.
Outro livro para minha lista que continua crescendo. 😛

Bjs
ParaísoEmPapel

Responder

Natalia Dantas - 12, novembro 2011 às (10:19)

Oi, Aione 🙂

Que capa mais linda, né?
A história me atraiu muito :0
bem legal.

Beijos :*
Natalia.
http://musicaselivros.blogspot.com/

Responder

Amanda - 12, novembro 2011 às (13:28)

Oi Aione!
Olha, eu não conhecia esse livro, mas a sinopse me deixou super curiosa!
Amei tua resenha. Vou olhar esse livro com mais atenção agora.

Beijo,
Amanda
Amanda’s World

Responder

Luana Farias - 12, novembro 2011 às (13:28)

Pois é tem livros que conseguem fazer a gente ler e ler sem parar, livros assim são super bons.

Bjs

Responder

Milly - 12, novembro 2011 às (14:26)

Oi Aione!

Não conhecia e nem tinha lido nenhuma resenha desse livro, mas suas palavras conseguiram me deixar bastante curiosa.
E adorei a capa, linda neh?

Beeijos ;*

Responder

Bruna Donini - 12, novembro 2011 às (15:22)

Felizmente, já tive o prazer de ler “O Poder do Fogo”. Não tenho blog, e acabei fazendo uma resenha no Skoob mesmo, a pedido do autor (que, convenhamos, é um poço de simpatia).
O livro é realmente muito bom (e entrou pra lista de livros nacionais que vieram pra acabar com o meu preconceito contra os títulos brasileiros =x kk)
Minha personagem preferida é a Suzi (por motivos desconhecidos, ela simplesmente é), e até já falei isso pro Khêder kk

Fiquei super ansiosa por uma continuação *o*

Beijos =*

Responder

Karine Marinho - 12, novembro 2011 às (16:14)

Agora fiquei muiiito curiosa quanto ao livro! 😀
Beijos,K.
Girl Spoiled

Responder

Marcelo Lima - 12, novembro 2011 às (16:51)

Acho que vou ler esse livro ano que vem , o autor e eu já batemos um papo rs agora que eulembrei que tenho que formular as perguntas para uma entrevista com ele ! OMG sua resenha está uma das melhores,estrutura…PERFEITA! Mi só achei que a fonte da pequena,não sei se é o pc onde eu estou …mas ta acho que 11 rs

Responder

PamFardin - 12, novembro 2011 às (17:10)

ótima resenha, Aione… Deu para ficar curiosíssima para ler o livro 😀

Beeijos!
aritmeticadasletras.blogspot.com

Responder

Igor Gouveia - 12, novembro 2011 às (17:25)

Ai Aione, dá pra parar de aumentar a minha lista de Desejados?

Fiquei muito curioso com o livro. Você escreve muito bem. Adorei a resenha!

Responder

Loucos Por Livros! - 12, novembro 2011 às (17:44)

Eu não tenho curiosidade de ler esse livro. Eu gosto da capa, porque dá um ar de mistério de página sendo virada. 🙂 Acho que eu acharia a história chata e demoraria séculos para acabar, mas para isso ser comprovado, precisaria ler o livro…
Assim mesmo, adorei a sua resenha! Muito bem elaborada!
Beijos ;*

Ana Carolina
http://loucospor-livros.blogspot.com

Responder

Thais Priscilla - 12, novembro 2011 às (18:06)

Não conhecia o livro mas fiquei bastante interessada. Vou procurar conhecer mais 🙂

xoxo,
Thais P.
http://thaypriscilla.blogspot.com

Responder

Naty - 12, novembro 2011 às (19:46)

Adorei a resenha, é ótimo quando o livro nos envolve, fazendo-nos apreciar o livro ainda mais 😉 Fiquei interessada pela história.

Bj;*
Naty – Just Books !

Responder

Samuely B B L - 12, novembro 2011 às (20:34)

mi, sua resenha tá muuuuito boa!
espero ler um dia ‘o poder do fogo’ também!
beijos,
samuely

Responder

Ana Ferreira - 12, novembro 2011 às (22:35)

Mi,

Achei a história do livro bem interessante… A uma altura dessas, acho quase impossível eu não me encantar por um bom enredo de magia e fantasia.

Talvez não se trate da sua avidez, mas da dificuldade mesmo que a ordem cronológica dos fatos representa. Acho que escrever é algo muito sentimental e às vezes deve ser comum sermos incentivados por nossos pensamentos impulsivos, adiando ou atropelando alguns fatos de acordo com o que se passa em nossas cabeças.

Gostei principalmente do fato de haver certo engajamento, que sempre completa uma boa obra. Essa crítica intrínseca a uma realidade nossa aproxima a fantasia dos tempos modernos e da humanidade, afinal.

Beijinhos,
Ana – Na Parede do Quarto

Responder

Luana Feres - 13, novembro 2011 às (01:17)

Oi, Aione! Não conhecia o livro e devido à tematica, não fiquei muito interessada. Lembrou-me Pacto secreto, livro que estou lendo no momento e que não estou curtindo como achei que deveria. Talvez por isso fiquei um pouco com trauma de autores brasileiros, mas vou tentar abandonar. As vezes tem a ver com a opinião da pessoa e não com o talento do autor né? Mas gostei da sua resenha, bem construida, como sempre. 🙂

Beijos

Responder

Eduarda Menezes - 13, novembro 2011 às (17:40)

Mi, esse livro parece ser muito bom! Gosto demais quando encerro uma leitura e noto que não tinha nenhum personagem “sobrando” na narrativa, que todos, até os mais secundários, são importantes e bem construídos. E também adoro detalhes e mensagem ocultas dentro de qualquer história. Acho que vou gostar do Poder do Fogo! ^^ Pra variar mais uma ótima resenha rs

Responder

Fernando - 13, novembro 2011 às (19:54)

Oi aione, primeiro: sabia que você escreve muito bem ? 🙂

Quanto ao livro, eu quero ler ! A história realmente parece ser bem envolvente ! Quando sobrar tempo (risos) eu leio ! 🙂

Fernando

http://nerdliterario.blogspot.com/

Responder

Emmy - 13, novembro 2011 às (22:19)

Oi Aione,
Nossa adorei sua resenha! Tenho que admitir que não tinha me interessado muito por esse livro com outras resenhas que li, mas a sua me deixou curiosa!
Ah já li vários livros em que perdi a cronologia, passam-se meses enquanto eu ainda estava achando que estava na primeira semana! Ainda bem que isso geralmente não atrapalha muito a leitura 😉
Bjs, Emmy
Literary World

Responder

Pah - 13, novembro 2011 às (23:50)

Oi Mi

Como sempre, uma ótima resenha, deu para perceber o quanto o autor te envolveu com o ritmo empregado na narrativa, isso me deu uma vontade de ler o livro, gosto de tramas assim. O autores nacionais estão cada mais melhores ^^

Beijokas

Pah, Livros & Fuxicos

Responder

αmαndα cristinα ツ - 14, novembro 2011 às (03:46)

Aioneeeeeeee! Não conhecia o livro, mas depois de ler essa resenha fantástica eu já tenho certeza de que livro pedir de presente nesse natal! AUSHUAHSUAS*
Adoro histórias com tramas envolventes assim… E sério que leu em um dia? o.O (tô pasma!)

Beijinhos, Amanda Cristina.
http://www.primeiro-livro.com

Responder

Tici - 14, novembro 2011 às (11:42)

Não conheci ao livro ainda, mas pelo que li sobre, parece ser ótimo.
Só pelo pouco que você falou dos personagens eu me identifiquei com Lucius, agora só resta ler para ter certeza.
Sua resenha está ótima, acho que ele ultrapassou muitos livros na lista de compras literárias. rsrs

Beijos.
Tici- ObsessionValley

Responder

Bruno Miranda - 14, novembro 2011 às (12:13)

Aione, essa capa é muito linda! Pelo que você diz o livro é realmente muito bom, eu gosto desse gênero e espero ter a oportunidade de lê-lo um dia! Beijos,

@minha_estanteMinha Estante

Responder

Pabline - 14, novembro 2011 às (12:20)

Como é gratificante uma leitura envolvente, e o principal, te convença por mais fantasiosa que ela possa ser.
Pois é, a narrativa é algo muito importante.
Amo quando escritor(a) sabe escrever tão claramente, que nos fazem imaginar os lugares, as características dos personagens…
A capa já achei um luxo XD
Gostei da historia, me interessei bastante XD
BJ!

-Amigas Entre Livros-

Responder

Raquel - 14, novembro 2011 às (13:01)

Oiii!

Fico apenas uns dias sem te visitar e já tem um monte de posts e até sorteio rolando! Como assim?rs

Gostei bastante da sua resenha, acho que sou parecida com você, pois também gosto de imaginar os significados das coisas..rs Mais um livro vai para a grande pilha dos que quero ler!rs

beijão!

Responder

Andressa Tomaz - 14, novembro 2011 às (13:23)

Oi Mi!
O livro já me atraiu pela capa! Eu adorei esse livro nela e as cores também. Sua resenha ainda aumentou minha curiosidade, ler quase 250 páginas em só dia é porque a história deve ser realmente cativante!
Adoro livros que deixam um gancho para a continuação, é empolgando continuar lendo!

Beijos!

Responder

Thamires R. - 14, novembro 2011 às (13:34)

Oiie Mii, adoreei a resenha.
O livro me parece ótimo, além da capa ser linda, a sinopse me deixou completamente curiosa para iniciar a leitura.
A história me chamou bastante a atenção! Beijos.

Responder

Alinne - 14, novembro 2011 às (15:50)

Não conhecia esse livro, mas pelo que você disse ele deve se muito bom mesmo. Fiquei curiosa =)
Beijos.
Books e Desenhos

Responder

Ni - 15, novembro 2011 às (14:49)

Opa, este livro sim fiquei curiosa. Só esse fator de tempo que me desanimou um pouco… Odeio quando fico perdida na história, parece que “quebra” tudo o que eu construí, me deixa meio obrigada a repensar tudo o que passou e “organizar” meus pensamentos novamente, sabe? Hahahaha!Mas, nossa, muito, muito legal mesmo. Menina você escreve muito bem.

Um beeeeeeijo!
Nininini

Responder

Clícia Godoy - 16, novembro 2011 às (04:26)

Estouuuuuuu SUPERRRRR na expectativa para ler esse livro. É o próximo da lista! Mas vejo a hora! =)

Adorei sua resenha e só fiquei mais curiosa…Tamanha a quantidade de elogios.

Bjinhos
Psiu!
Silêncio Que Eu To Lendo

Responder

Nightwing - 25, novembro 2011 às (01:48)

Esse livro é mt loko!!! Ele é repleto de significados ocultos. TIpo o nome dos personagens: Tácita (deusa romana do silêncio), Lucius (luz), Feron (rei do Egito), Paloma (“pomba” que é símbolo da Paz), Abadon (destruição), Kedar (escuro e brincadeira com nome do autor), Taline (estrela do céu, ou seja, algo que brilha com luz), Tharsos (coragem), Babilônia (confusão), Acácia (imortalidade), etc.

Se vc reparar os sobrenomes dos personagens é um sinônimo de uma característica de sua personalidade. Ex: Kalinka Bruma (bruma é algo nebuloso como o passado dessa personagem), Feron Dinarte (dinarte é alguém destemido e corajoso…assim como o Feron), Radamento Mendaz (mendaz é uma pessoa maldosa e falsa e o personagem é exatamente assim!!!) , etc.

Débora, eu tb acho que a Suzi esconde um segredo pq ela é a única personagem do livro que é chamada por um apelido (ninguém sabe o nome dela completo) ou se ela se chama mesmo Suzana. E ninguém sabe onde fica a cidade dela também…

Esse livro também possui muitas referências a cultura pop! Tem até referência ao Superman! No Festival de Paloma, Kalinka chama Kiara de Kara por engano. Kara é o verdadeiro nome da Supergirl, a prima do Superman!!! E pra mim a codra do Radamanto é uma referência ao ônix do Pokémon!!! =D

Responder

Ana Mistral - 10, dezembro 2011 às (17:10)

O livro é encantador! Fala de um outro tempo, um outro lugar! Fala de magia, de poder, e energias que nos rondam! Eu adorei e recomendo!

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por

Blogs Brasil