[Resenha] Julieta Imortal - Stacey Jay | Minha Vida Literária
17

jan
2012

[Resenha] Julieta Imortal – Stacey Jay

Título:  Julieta Imortal
Autor: Stacey Jay
Editora: Novo Conceito
Número de Páginas: 237
Ano de Publicação: 2011
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

Julieta Capuleto não tirou a própria vida. Ela foi assassinada pela pessoa em quem mais confiava, seu marido, Romeu Montecchio, que fez o sacrifício para assegurar sua imortalidade. Mas Romeu não imaginou que Julieta também teria vida eterna e se tornaria uma agente dos Embaixadores da Luz. Por setecentos anos, Julieta lutou para preservar o amor e as vidas de inocentes, enquanto Romeu tinha por fim destruir o coração humano. Mas agora que Julieta encontrou seu amor proibido, Romeu fará de tudo que estiver ao seu alcance para destruir a felicidade dela.

Considerando a enorme quantidade de resenhas do livro, não preciso me prender muito à história, certo? Acredito que todos já estejam cansados de ler sobre ela, então manterei apenas a sinopse encontrada no skoob.
Encontrei as mais diversas opiniões sobre “Julieta Imortal”: há o grupo dos que amaram, há aqueles que não gostaram, praticamente todos acharam o início confuso e o final desagradou a muitos. Essa foi, então, a chance de saber o que eu acharia da história. E já adianto: estou entre o grupo dos que amaram.
Stacey Jay foi originalíssima do início ao fim em sua história. Ela se utilizou de artifícios clichês como o triângulo amoroso? Sim, mas isso não muda o fato de sua obra ser original. Acima de tudo, a autora foi audaciosa por recontar de uma maneira completamente nova um dos maiores clássicos de todos os tempos: a história Shakesperiana de Romeu e Julieta. O resultado poderia ser desastroso, mas achei genial a maneira encontrada por ela para conduzir os fatos.
A começar por sua narrativa, impecável. Há frases de impacto por todo o livro, trechos poéticos e uma escrita carregada de emoção, a ponto de nos fazer compreender o sentimento das personagens. Há sim momentos confusos, principalmente no início, mas isso porque Stacey Jay não entrega de bandeja muitos dos fatos, ela os conta aos poucos, sutilmente, fazendo com que o leitor possa pensar sobre o que realmente está acontecendo. Ela não tem pressa para nos contar nada. Se a leitura estiver sendo feita com atenção, a confusão inicial é muito minimizada. Além disso, ela se utiliza de diversas figuras de linguagem, tanto para florear sua narrativa como para causar os efeitos desejados por ela. Sem dúvida, a autora tem domínio sobre sua escrita, ela sabe o que está fazendo e sabe o que quer com sua forma de escrever. Também, a autora se utilizou de muitos elementos da obra original, inclusive através da construção de frases baseadas na tragédia de Shakespeare. Não somente para o belo e romântico, Stacey Jay se mostrou capaz de construir ótimas cenas de terror, visto que pude sentir repugnância ao ler as descrições feitas por ela nesses momentos.
Toda a história lida com a oposição de Luz e Escuridão e algo que me agradou demais é a presença de ambas em Julieta. Sua função, como Embaixadora da Luz, é a de iluminar as trevas. Entretanto, ela mesma possui uma escuridão em si, pelo ressentimento que carrega, precisando, também ser iluminada. Uma das cenas que mais me agradou foi uma em que Julieta, no corpo de Ariel, pinta um cenário com Ben. Enquanto ela traz cores sombrias à parede de tijolos, ele é responsável por iluminá-la. Preciso dizer o quanto amo simbologias desse tipo?
Ainda, todas as personagens me agradaram. Todas, inclusive as que eu deveria antipatizar. Ariel, embora não esteja diretamente na história, já que é Julieta que está em seu corpo, é uma garota fechada em seu próprio sofrimento e devo dizer que amei a construção do relacionamento dela com a mãe, longe de qualquer idealização. Acho que gostei de todas as personagens por todas serem extremamente humanas. Julieta, embora tenha um enorme coração, deixa-se cegar por sua mágoa, mostrando, portanto, ser essa sua fraqueza. Ben também tem seu lado obscuro, assim como Gema e Romeu possuem luz em meio de suas trevas. Em resumo, as personagens apresentem defeitos e qualidades, não são nem de todo mal nem de todo bem. Dessa maneira, foi possível, para mim, compreender o porquê de agirem como agem e por terem feito as escolhas que fizeram, o que impossibilitou que alguma delas me desagradasse.
E o final, que muitos desaprovaram? Particularmente, eu adorei. Acho que não poderia ter sido de uma maneira diferente e fiquei bastante surpresa com a conexão feita com a história original. Além disso, o gancho deixado para o próximo livro me deixou doida para lê-lo e com a sensação de que gostarei tanto quanto desse ou até mesmo mais. Entretanto, vale ressaltar que o fato de o final ter me agradado foi, em partes, por ter me desapegado da história original e embarcado de cabeça nas mudanças sugeridas por Stacey Jay. Acredito que seja imprescindível, aqui, levar em consideração o impacto das escolhas de Romeu e Julieta em suas vidas e tudo o que elas puderam alterar.
O livro não se tornou um dos meus favoritos apenas pelo fato de não ter mexido tanto com minhas emoções. Ainda que eu tenha compreendido muito bem os sentimentos de Julieta, não compartilhei deles, já que sua situação, para mim (e acredito que para todos) estava clara. Assim, a previsibilidade aqui teve influência nas minhas emoções, apesar de minha curiosidade ter permanecido aguçada em todo o enredo.
Julieta Imortal me cativou desde o início por sua belíssima narrativa que, combinada a uma história pra lá de interessante, detiveram minha atenção por completo. Recomendo a qualquer um que se sinta apto a ler uma versão diferente da criada por Shakespeare, além de todos aqueles que adoram um bom romance com uma pitada especial de fantasia e mistério.




Deixe o seu comentário

31 Respostas para "[Resenha] Julieta Imortal – Stacey Jay"

Marcelo Lima - 17, janeiro 2012 às (20:38)

Não AMEI o livro , achei ele bem mediano , mas nãoé um livro ruim não. Estou no aguardo da continuação”) Otima resenha Mizita!

Responder

gabi - 17, janeiro 2012 às (21:03)

Eu também já li resenhas de pessoas que gostaram e de pessoas que não gostaram. Quero ler para ter minha própria opinião. Só de ler a sinopse, já dá para ver a Stacey é bem original mesmo. Eu adoro a história original de Romeu e Julieta, então quero ler!!

Adorei a resenha!!

Gabi

Responder

Aetria (Camila Loricchio) - 17, janeiro 2012 às (21:32)

só pela sinopse eu já me interessei pelo livro…
=3
agora com a resenha então…HAHAHA XD

Responder

Thamires R. - 17, janeiro 2012 às (21:46)

E essa é a Aione que adora os finais que a maioria não gostou kkk
Eu não tenho certeza se gostaria de ler este livro ou não. Geralmente não costumo simpatizar com todos os personagens de um livro, ótima resenha Mi!
Beijos.

Responder

Fernanda Faria - 17, janeiro 2012 às (22:10)

Adoei a resenha…Assim como você gostei bastante da história e inovadora. Trabalhar em cima de personagens conhecidos foi demais.
O começo achei meio confuso, mas depois foi só amores.

P.S.: Já disse que vc escreve divinamente? *-*

Beijos, Mi!

Responder

✿ Nessa✿ - 17, janeiro 2012 às (22:17)

Oi Mi*
Confesso que pulei umas partes da sua resenha pois eu ainda não li.
Li apenas seus comentários sobre o livro e fiquei mais curiosa para ler, já que vc gostou!!
Eu tnm vi deversos comentários sobre e confesso que estava com receio de ler. Mas agora vc me animou, logo lerei!!
Bjinhs
http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com/

Responder

Eduarda Menezes - 17, janeiro 2012 às (22:19)

Mii, adorei a resenha!
Vou ler esse livro em breve, e mesmo já tendo lido inúmeras resenhas a respeito, as coisas que você ressaltou aguçaram ainda mais a minha curiosidade! Estou louca para saber se irei amar ou odiar, e descobrir a respeito desse final misterioso que todo mundo tanto comenta! De certa forma a minha vontade inicial que nem era tanta assim, foi aumentando mais e mais após as diversas resenhas!
Beijos!

Responder

Nuvem de Letras - 17, janeiro 2012 às (22:24)

Olá Aione, tudo bem?
Em primeiro lugar adorei a sua resenha! Julieta Imortal não era um livro que eu, de fato, estava com vontade de ler (mesmo eu não tendo procurado saber sobre a história, e nem lido resenha, ó que feio). Acho que é a primeira resenha que leio mesmo (pelo que eu me lembro), mas, enfim, eu não sabia o que esperar da história, e acredito que devo gostar. Gostei que você apontou os elementos que a autora utilizou, como as figuras de linguagem. Eu particularmente adoro figuras de linguagem rsrsrsrs acho que me daria bem com o livro, não sei… Eu tenho o primeiro capítulo aqui vou dar uma olhadinha hehe
Beijão!!!!!!!!

(Daisy)
nuvemdeletras.blogspot.com

Responder

Vanessa - 17, janeiro 2012 às (22:54)

Eu concordo com você quando disse que a Stacey foi bastante original da história, realmente foi um livro que eu nunca poderia ter imaginado, me surpreendeu muito.

Vanessa – Balaio

Responder

Priscilla Duhau - 17, janeiro 2012 às (23:08)

Eu tava ansiosa para que você publicasse logo essa sua resenha de Julieta Imortal, pois queria saber se você tinha gostado também do livro. Adoro e confio muito na sua opinião, por isso adorei tudo o que você escreveu.
Eu não tinha atinado para o fato de a Escuridão também se fazer um pouco presente em Julieta e não somente em Romeu. Realmente isso faz todo sentindo, especialmente na cena que você disse, onde ela pintava as sombras e o Ben, a luz. Ótima simbologia de fato.
Acho que o livro se torna muito bom pela audácia da autora em mexer na maravilhosa obra shakespeariana. Esse foi um enorme risco que ela tomou, mas que soube conduzir de uma ótima maneira, ainda mais adicionando esse toque sobrenatural/fantasia. Ficou um “remake” diferente, curioso, criativo e super legal!
Adorei sua resenha, Mi. *-*

Beijão ♥
Priscilla Duhau
Livrificando

Responder

Bruno Miranda - 17, janeiro 2012 às (23:25)

Nossa, nossas opiniões são IDÊNTICAS! haha Eu também gostei bastante do livro: desde o final até a narrativa e a originalidade em recontar a história! Parabéns pela resenha! Beijos.

@minha_estanteMinha Estante

Responder

Anna Carolina Schermak Alves - 17, janeiro 2012 às (23:31)

Ai, eu estou lendo resenhas ótimas desse livro e… céus eu preciso ler *–* Preciso guardar um dinheirinho pra poder comprar, e olha que ja to ficando sabendo de tanto spoiler já pois leio todo tipo de resenha sobre ele que daqui a pouco nem vou conseguir ler o livro hahaha

http://www.pausaparaumcafe.com.br

Responder

Mari ♥ - 17, janeiro 2012 às (23:31)

Nossa Aione lendo sua resenha me encantei mais ainda, ok posso está criado expectativas demais, mas eu sou apaixonada por romance e acredito que eu como você foi está no grupo que amaram o livro. Eu também li algumas resenhas que as pessoas não gostaram respeito a opinião delas mas preciso ler pra poder defender um lado.
Parabéns pela resenha e muito obrigada por visita o blog *-*

Beijo
http://marifriend.blogspot.com/
@Storieandadvic

Responder

Rafael Fernandes - 17, janeiro 2012 às (23:34)

Já sabia que irias adorar o livro. Adorei as palavras lindas suas, sem mais!

Rafael Fernandes (@rafa__rafa)
http://www.LeiturasVivas.com

Responder

Camila Leite - 17, janeiro 2012 às (23:40)

aaaaah você leu! *-*
Mi, eu te amo garota! rs
Adorei a resenha, florzinha, ficou ótimaaaa!!!!!
Eu gostei muito do livro e como estava muito engajada na leitura não me confundi muito no início, concordo em gênero, número e grau com o que disse, a história é sim original e ponto…
Apesar de não ser um romance forte que te faça chorar e tudo mais, te faz sentir um prazer involuntário. Uma ótima sensação de: “É por causa de livros assim, que sou apaixonada pela leitura1.”
Enfim, o livro é ótimo e eu estou ansiosa pela continuação.
Beijos

Camila Leite.
@sonhospontinhos
http://www.sonhosentrepontinhos.com

Responder

Marli Carmen - 18, janeiro 2012 às (00:20)

Ganhei o livro da blogueira Rudy….quero muuuito ler…sua resenha está maravilhosa. Parabéns!

http://amazoniaumcaminhoparaosonho.blogspot.com/

Responder

Vanessa Vieira - 18, janeiro 2012 às (01:26)

Parabéns pela resenha Aione! Estou ansiosa para ler Julieta Imortal! Beijos!

Responder

Camila Costa - 18, janeiro 2012 às (01:34)

Oi Aione!
pois é concordamos mesmo quase em tudo sobre esse livro!
Fiquei muito feliz por ter recebido da NC, pois acho que nunca compraria e agora que já li fico MUITO contente de ter tido a chance! *-*

Beijãão!!!

Responder

Ni - 18, janeiro 2012 às (01:40)

“Ela se utilizou de artifícios clichês como o triângulo amoroso? Sim, mas isso não muda o fato de sua obra ser original.” concordo! Hahaha, eu achei que você iria ficar no grupo dos que não gostaram do livro, não sei porque. Bom que gostou, também achei um livro super original e bem escrito! 😀

Responder

Naty - 18, janeiro 2012 às (01:53)

Também estou entre o grupo que amou o livro, a história me conquistou, a narrativa da Stacey é cativante (:

Adorei a resenha!

Bj;*
Naty.

Responder

Lucas Martins - 18, janeiro 2012 às (02:21)

Mi, já comentei contigo a minha vontade de ler Julieta Imortal, né?
Bom, confesso que no início, conforme foram surgindo as resenhas, eu estava bem em dúvida quanto a vontade de lê-lo, mas confesso que as suas leituras e resenhas positivas me influenciam muito, juro!
Então quando ler o livro, acho que vou gostar dele tanto quanto você. 😀
Bjão!

Responder

Nana - 18, janeiro 2012 às (06:44)

Olá!
É verdade a maioria das resenhas que leio o pessoal reclama do final.
Eu ainda não li Julieta Imortal, mas ele me atraiu pela capa..
Mas também já vi bastante gente comentando que não emociona…

Resumindo, tenho medo de ler esse livro e odiar.

beijos
Nana – Obsession Valley

Responder

Érica Lopes - 18, janeiro 2012 às (12:31)

Estou em dúvida se quero ler ou não esse livro!

Vejo resenhas boas e outras nem tão boas, no momento não quero ler, mas ainda assim fico curiosa hehehe

Doida né?

Beijos flor ^^

Responder

Sora Seishin - 18, janeiro 2012 às (13:12)

Oi Aione!
Gostei da sua resenha, mas ao contrário de você, não gostei muito desse livro. Para mim foi apenas “legal” ^^
Beijos,
Sora – Meu Jardim de Livros

Responder

Lari - 18, janeiro 2012 às (14:29)

Eu gostei bastante desse livro tbm.
Mas não gostei da Julieta. Achei ela muito melosa. hihi.
Já o Romeu… hmmmmmmmmm. Fiquei doida pra ler o próximo livro.

Que bom que você gostou 🙂

Beijocas

Responder

Pah - 18, janeiro 2012 às (16:01)

Oi Mi

Adorei a resenha. Realmente os sentimentos presentes na narrativa nos cativam, não tem como não se envolver com os conflitos de Julieta. Eu gostei mto da história e dos personagens também, como vc disse, achei o início um pouco confuso, mas se fosse mais claro a história seria direta demais. O final, gostei da união com a história original, mas achei que faltaram detalhes, sabe quando você quer mais? O fato é que não sabia que teria continuação, lembro que até na resenha brinquei que achava que a autora partiria pro “Romeu Imortal”, acho que eu não tava tão errada assim, ahauahuah Vamos ver como a narrativa irá se desenvolver no próximo livro!

Beijos

Pah, Livros & Fuxicos

Responder

Alinne - 18, janeiro 2012 às (19:10)

Também gostei dese livro, só não me agradou o fato daquela paixão rápida ocorrida entre Julieta e Ben, achei forçada demais. Mas tirando isso a história foi boa.
Agora estou curiosa para ler a continuação que será o ponto de vista do meu querido Romeu.
Beijos.
http://booksedesenhos.blogspot.com

Responder

Entre Fatos & Livros - 18, janeiro 2012 às (20:16)

OI MI!

Eu ainda não li, mas já tá quase chegando a vez desse livro na minha lista.

Sempre leio resenhas dele na blogosfera e gostei mto da sua. Acho que simpatizar com as personagens já é meio caminho para ter uma boa leitura. Qdo isso não acontece comigo parece q a leitura não fluí.

Vejo mtas opiniões distintas, sobre ele. Acho q esse é o tipo de livro que só lendo para saber se vai gostar ou não.

BjoO
Pri
Entre Fatos e Livros

Responder

Jessica Asato - 18, janeiro 2012 às (21:14)

Eu amei esse livro!!! E justamente por causa do final, acredita??? Nossa, achei super lindo!! No começo estava meio desanimada achando que a autora tinha tomado umas antes de escrever, mas foi chegando no final, meu Deus, adorei!!! Huhuhuhuh!!!

Que bom que também gostou do livro, flor!

=*

Responder

Raquel Machado - 18, janeiro 2012 às (22:37)

Oi flor,
Então eu não sei se me encaixo em algum dos grupos que você citou porque nem gostei nem “desgostei” ehehehe…acho que a história de Stace e diferente e teve um fundo bem interessante só que como você disse a todo tempo eu pensava”não mas agora o romeu vai ficar bonzinho”hauhauha fiquei torcendo por isso em vários capítulos…hauha…e sobre o final bom não sei se me agradou completamente mas devo dizer que foi inusitado e um bom livro para quem gosta desse gênero e tem a mente aberta para uma nova experiência.
Bjks
Raquel Machado
Leitura Kriativa

Responder

Julia G - 19, janeiro 2012 às (17:54)

Mi, bom saber que você gostou. Ganhei o livro em uma promoção e estou curiosa para ler, só que está realmente bem dividido.

Beijinhos

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por