janeiro 22, 2012 | Minha Vida Literária
22

jan
2012

Coluna da Duhau #20 – Moda Parte 2

Oi pessoal, tudo bem? Eis que a nossa coluna chega à sua edição de número 20! o/ Parece que foi ontem que recebi o convite da linda da Mi pedindo para que eu fosse colunista aqui do Minha Vida Literária. *-* Além de agradecer à Mi como sempre, também tenho que agradecer a cada um dia vocês que sempre leem, apoiam, comentam em minhas postagens aqui. Obrigada de verdade. 😀
 
Agora paremos com o melodrama e vamos ao que interessa, não é mesmo? haha Como vocês me pediram nos comentários na semana retrasada, voltei com a Parte II das palavras ligadas à moda! o/ 
Espero que vocês gostem dessa segunda edição tanto quanto gostaram da primeira. 🙂
 

 

 

– Saia Trompete – 
 
Saia com modelagem justa nos quadris, abrindo a partir da altura do joelho em direção à barra.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
– Cap Toe – 
 
Semelhante ao modelo de calçado peep toe, porém difere-se por conter uma capa no bico do sapato de cor ou material diferente. O modelo foi criado nos anos 1950 por Coco Chanel, com o intuito de alongar as pernas e diminuir o tamanho dos pés.
 
 
 
 
 
 
 
 
– Prêt-a-porter –
 
Pronto para usar. Palavra surgiu com a industrialização da moda. Em inglês, também significa ready-to-wear (RTW). Diz-se dos desfiles onde as roupas já aparecem prontas para serem usadas, tais quais como estão, ao contrário de outros desfiles onde é comum mostrar “roupas de passarela”, ou seja, roupas que não necessariamente são para serem usadas do jeito que aparecem, mas servem para mostrar tendência, tecidos, conceitos, etc.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
– Sapato Oxford –
 
Modelo de sapato de couro de amarrar, com recorte no bico, que originou outros modelos. (tenho um milhão desses sapatos e sou perdidamente apaixonada por eles).
Tem o mesmo nome de um estilo de tecido.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
– Smoking –
 
Conjunto masculino usado em festas de gala, feito em tecido nobre, composto por paletó com gola acetinada e calças galonadas de cetim nas costuras laterais. Sua origem data de 1860, quando o Príncipe de Gales (posteriormente Rei Eduardo VII) mandou a empresa Henry Poole & Co. costurar-lhe um casaco para usar em jantares informais, como alternativa à casaca. Logo o casaco popularizou-se entre os aristocratas, sendo copiado inclusive por membros do Tuxedo Club, grupo privado fundado em 1886 na cidade de Tuxedo, Estados Unidos.

 

Posteriormente, foi adotado como uma vestimenta informal que os homens utilizavam para fumar, com o propósito de proteger as roupas do cheiro do tabaco. Em 1966, Yves Saint Laurent criou um dos ícones da libertação feminina, o terninho Le Smoking, com referência a esse traje masculino.

 

 
 
 
 
Palavra Bônus: – Deerstalker – 
 
Tradicional boné masculino inglês de tweed utilizado para caça e, por esta finalidade, é também conhecido como “chapéu caçador”.  Possui abas na frente e atrás, e algumas versões têm protetores para as orelhas, que podem ser amarradas debaixo do queixo para protegê-las do frio. No início do século 20 também foi utilizado por mulheres. É conhecido por compor o figurino do famoso personagem Sherlock Holmes.
 
 
 
 
 
 
 
Espero que tenham gostado! o/ E se quiserem sugerir algum tema ou assunto pra daqui a 15 dias, sintam-se à vontade. 🙂
 
Beijão e uma ótima semana para todos! o/
 
 
 
 

 

Olha só! Dessa vez tivemos até palava bônus!
O único que eu conhecia pelo nome, nessa lista, era o Smooking! Adorei ler sobre o Cap Toe!
Edição #20 já? Eu é que te agradeço, Pri, por trazer posts sempre tão interessantes pro blog ^^
E, claro, parabéns por suas colunas de sucesso aqui 😀

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por