[Resenha] Amor no Ninho - Maribell Azevedo | Minha Vida Literária
26

mar
2012

[Resenha] Amor no Ninho – Maribell Azevedo

Título: Amor No Ninho
Autor: Maribell Azevedo
Editora: Baraúna
Número de Páginas: 324
Ano de Publicação: 2011
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

E se você fosse escolhida, para ser irmã do amor de sua vida? Num mesmo ninho, podem nascer diferentes tipos de amor. Irmãos por acaso, Marina e Daniel se tornam grandes amigos. O tempo passa e à medida que eles crescem a semente do amor, enraizado em seus corações desde a infância, começa a germinar, desafiando assim as regras impostas por seus pais. Eles estarão preparados para enfrentar todos os desafios que o destino lhes apresentar?

Fazia tempo que não me envolvia tanto com a leitura de um livro como me envolvi com Amor No Ninho. A escrita de Maribell Azevedo me conquistou desde as primeiras linhas, tornando a leitura das quase 500 páginas rápida e completamente fluida.
A narrativa é, notoriamente, bem desenvolvida. Em primeira pessoa, acompanhamos por quase todos os capítulos a vida dos protagonistas segundo a visão de Marina. Disse “quase” porque em alguns capítulos há uma modificação na narrativa que, embora permaneça em primeira pessoa, alterna-se para a ótica de Daniel, bem como para a dos melhores amigos de ambos, Shanti e Lance.
A história é completamente doce e intensa. O amor descrito existe desde o início e, assim, as personagens precisam aprender a lidar com ele. Foi esse, inclusive, o maior motivo para que eu não achasse a história polêmica como acreditei que seria: os irmãos nunca se viram como irmãos pelo simples fato de sempre terem sido apaixonados um pelo outro. Por mais complicada que seja a situação familiar que os envolvem, eles nunca se enxergaram irmãos e, portanto, eu também não consegui encará-los dessa maneira.
Um ponto que me incomodou um pouco, apesar de não ter interferido na minha leitura, foi a maneira madura de como Marina encara seus sentimentos, tanto quando criança quanto depois, quando adolescente. Achei que a maneira usada para descrever Daniel quando o conheceu não foi condizente com a idade tida na época. Não estou me referindo aos sentimentos sentidos, acredito que ela possa sim ter sentido tudo o que sentiu, só acho que ela era criança demais para compreender o que sentia (como de fato não compreende), e, principalmente, criança demais para descrever Dan como o descreve. Mesmo depois de crescer, continuei achando Marina madura demais para sua idade. Talvez ela de fato o fosse, só que por toda a história acabei a encarando muito mais como uma mulher do que como uma adolescente.
Outro foi apenas um detalhe: Daniel, após formado na escola, investe na carreira de ator e consegue um papel secundário em um filme, estrelando ao lado de outros atores mais famosos. Ainda que seu papel seja secundário, o filme parece ter sua importância e estranhei a ausência total da imprensa e de paparazzis em cima do garoto.
Quando iniciei a leitura, não me lembrava de ter lido que Amor no Ninho teria uma continuação (Amor Inteiro – ainda não finalizado). Assim, até o último ponto final eu acreditei que esse seria um volume único e, dessa maneira, que a história seria concluída nele. Por isso, enquanto eu lia, fiquei com a sensação de que alguns momentos pareciam ser desenvolvidos muito lentamente e que o final acabaria se desenrolando rápido demais. Mas, ao compreender que o livro terá uma sequência, pude também entender que esse primeiro volume foi feito tanto para apresentar a história como para se aprofundar no relacionamento entre Marina e Dan a fim de demonstrar a intensidade do sentimento que compartilham, além de quão complicada é essa situação.
Uma observação que acho importante ser feita: a sinopse do livro contém uma frase que conta um fato que só acontece lá pela metade da história. Assim, recomendo que a sinopse não seja lida, caso você não aprecie spoilers. A sinopse que coloquei no início da resenha é a mesma do livro, porém alterada para não conter a frase em questão.
A maneira de como a história foi finalizada, da mesma forma que me deixou doida para ler a continuação, também me deixou agoniada e encantada, tudo ao mesmo tempo. Gostaria de explicar melhor a parte que eu achei mais linda, mas, se fizer isso, darei o maior spoiler de todos, então infelizmente não poderei fazer comentários.
Recomendo o livro a todos os românticos de plantão. Ele tem muitas partes bem “água com açúcar” e se isso não for do agrado de alguém, talvez o livro não seja tão recomendado nesse caso. Mas no meu, que amo um bom romance, posso afirmar que leitura foi extremamente agradável e prazerosa.




Deixe o seu comentário

15 Respostas para "[Resenha] Amor no Ninho – Maribell Azevedo"

marla - 26, março 2012 às (23:14)

A capa me chamou bastante a atenção, e pela sinopse o livro parece ser bem interessante.
Ótima resenha!!
*bye*

loucaporromances.blogspot.com

Responder

Maribell - 27, março 2012 às (00:01)

Oi, Aione!

Obrigada pela ótima resenha e por participar do book tour.
Apreciei todos os seus comentários, gosto muito de saber como “outros olhos” enxergaram a história.E sempre aprendo algo interessante, acredite!
Pode deixar, Amor Inteiro vem aí!
Bjks,

Maribell

Responder

Danzinha - 27, março 2012 às (01:05)

Adorei a sua resenha, como sempre, você consegue descrever suas impressões como poucos. Eu não fazia ideia do que se tratava esta estória até ler sua resenha, e confesso que fiquei com muita vontade de descobrir mais sobre a estória. Adoro temas polêmicos e quando isso se junta a um romance bem fofo e meloso aí é que eu gosto mesmo. rsrs.

Beijos

Amigas entre Livros

Responder

Vanessa Tourinho - 27, março 2012 às (01:49)

Esse livro me atrai tanto, Mi.
Não imaginava que ele fosse tão grande. É tão bom ler sem se dar conta de quantas páginas foram viradas. É um claro sinal de que o livro é bom.
Parabéns pela resenha, flor. 😉

Beijos.

Responder

Lygia Netto - 27, março 2012 às (02:47)

Oi, Aione!
É o tipo de leitura que sei que não irá me agradar. É um assunto um pouco polêmico sim, e por mais que os protagonistas nunca tenham se enxergado como irmãos, se fosse uma situação real próxima a mim, com certeza acharia estranho! 🙁

O preço do livro tbm não é mt convidativo.
Gostei da sua análise, como sempre. Fez os comentários pertinentes e foi justa!

Beijos.

Responder

Maribell 27 mar 2012

Oi, Lygia!

Só para esclarecer, Marina foi adotada pela família, então não irmãos de sangue.
Bjks,

Maribell

Responder

Pah - 27, março 2012 às (12:13)

Oi gêmea, quem não gosta de um bom romance que atire a primeira pedra. rsrs Adoro livros assim, com essa forte carga sentimental, que nos envolvem com o drama e romance presentes na narrativa. O fato deles serem irmãos é um ponto que restringe, estou aqui tentando entender esse amor, e confesso, isso me deixou muito curiosa. Queria ler o livro, mas ando tão atolada por aqui, quem sabe em outra oportunidade!

Beijos

Pah, Livros & Fuxicos

Responder

Colina do Tordo - 27, março 2012 às (13:18)

Não sei se gostei da história. Realmente é uma bela história, mas o fato de serem irmãos me deixou meio chocada. Não acho que seja o tipo de leitura que me agrade.

Beijos

Responder

Maribell 27 mar 2012

Oi, Colina!

Só para esclarecer, Marina foi adotada pela família, então não irmãos de sangue.
Bjks,

Maribell

Responder

Vanessa - 27, março 2012 às (16:34)

Oi Mi tudo bem?
Viu spo que sucessão tá a nossa promo né, eu to adorando muito!!!
Sobre este livro, estou participando de duas promoções para ganhá-lo e to com fé que vou conseguir, quero muito ler Amor no Ninho!

Vanessa – Balaio

Responder

✿Nessa✿ - 27, março 2012 às (18:11)

Oi Mi*
Eu que sou uma romântica de plantão amei o livro, desde a capa até sua resenha!
Nunca li um livro assim, parece ser muito bom, envolvente e com muito amor. Adoroo

Bjinhs
http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

Responder

Eduarda Menezes - 27, março 2012 às (20:28)

Oi Mi!
Adoro romances água com açúcar, mas fiquei atônita com o fato dos dois serem irmãos, por mais que não se enxerguem dessa forma. Tô participando do BT do livro e nem sabia disso (desinformada nada, né) mas ou eu sabia e esqueci completamente, ou eu não prestei atenção a isso mesmo. Espero que isso não me incomode tanto quando for ler o livro =/ Sei lá, acho super estranho!
Mas que bom que o livro te agradou, fico feliz, espero que aconteça comigo. Também não sabia da continuação, achei que era aquelas histórias de um livro só, mas se tem assunto tá mais que certa!
Beijos!

Responder

Priscilla Duhau - 28, março 2012 às (00:35)

Ah, Mi, acho que o que aconteceu que fez com que eu não gostasse tanto de ler esse livro assim foi que esse realmente não é o meu tipo de literutura preferido. E isso que você citou na sua resenha, da Marina tecer conclusões a respeito do amor que ela sentia pelo Dan de uma forma muito madura, até mesmo na parte do livro que ela ainda é criança, isso me incomodou bastante.
E como a Duda falou aqui no comentário de cima, isso deles serem irmãos me incomodou um pouco também. Mesmo eles não sendo irmãos consanguíneos e não se enxergando como tal. Sei lá, acho que os pais deles nunca deram uma educação diferenciada por Marina ser adotada e sempre a trataram como um membro da família. Achei meio contraditório ela conseguir se sentir como de fato filha daquele casal, mas no caso do Dan, não sentí-lo como irmão.
Enfim, sua resenha tá ótima. Expõe tudo que o livro tem a oferecer. 😀

Beijão ♥
Priscilla Duhau
Livrificando

Responder

Marcelo Lima - 28, março 2012 às (18:05)

Esse livro mantém varias opiniões e eu não sei se eu ia gostar dele não “s

Responder

Lucas Martins - 31, março 2012 às (00:35)

Eu já tive vontade de ler, Mi, por causa deste tema mais polêmico e tal, sabe?
Hoje, depois de ler outras resenhas não tão positivas, não tenho mais tanta vontade. Quer dizer, seria legal conhecer a história, mas acho forçado tudo isso, do amor forte, entre crianças e tal.
Spoiler grave esse na sinopse, hein? Por isso que nem é bom ler sinopse, rsrs
Que bom que a leitura foi fluida para você, Mi!
Beijão!

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por