[Resenha] Outono de Sonhos - Adriana Brazil | Minha Vida Literária
30

mar
2012

[Resenha] Outono de Sonhos – Adriana Brazil

Título: Outono de Sonhos
Autor: Adriana Brazil
Editora: Novo Século
Número de Páginas: 360
Ano de Publicação: 2011
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

Outono de Sonhos é o primeiro volume da Série Foi Assim que te Amei. Nesse romance Helen é uma jovem cheia de sonhos e objetivos a conquistar, filha única de uma família estruturada e feliz. No início da trama ela se vê envolta à expectativa do primeiro dia de aula na faculdade de Letras da UFSC – Universidade Federal de Santa Catarina. O talento para escrever rende a Helen o convite para dar continuidade a um projeto parado na faculdade, terminar um conto de amor entre um príncipe e uma plebeia, iniciado pelo escritor e estudante de teatro, Andrew Gamberini, que sofreu um acidente há um ano e abandonou a faculdade. Conforme entra em contato com a trama, Helen descobre-se apaixonada pelo seu autor e viverá intensamente um romance pelas quatro estações do ano. Outono dos Sonhos é uma obra apaixonante, levando o leitor a mergulhar em uma surpreendente e emocionante história de amor.

Outono de Sonhos é a doce história escrita pela Adriana Brazil, que fala de sonhos, esperança e, acima de tudo, sobre o verdadeiro amor em suas mais diversas formas. O primeiro volume da série Foi Assim Que Te Amei nos introduz a história de Helen, uma jovem estudante de Letras que, ao se apaixonar por um conto, acaba por se apaixonar, também, por seu autor, sem nem ao menos conhecê-lo.
Ainda que o livro seja pertencente a uma série, ele não traz uma história incompleta. Aliás, se nenhuma continuação fosse publicada, não haveria grandes prejuízos, já que o enredo foi bem construído e finalizado.
Adriana faz uso da metalinguagem para criar o enredo. Dessa maneira, temos não só a história de Helen sendo contada como também a do projeto literário da UFSC, o conto entre um príncipe e uma plebeia. Esse foi um dos pontos que mais gostei, já que esse conto é belíssimo e demonstra outras facetas da escrita da autora. Para desenvolver Outono de Sonhos, a história é mais lenta por ser, literalmente, maior, enquanto que o conto é mais resumido, e essa diferença reflete na construção de cada um. Ainda, há muitos outros textos, músicas e poesias feitas pelas personagens, cada qual com suas diferenças, tanto pelas próprias características de cada modalidade quanto pela diferente personalidade e processo de escrita de cada personagem.
Apesar de a história ser bela e transmitir uma linda mensagem, não me envolvi e me emocionei como achei que aconteceria. Talvez a culpada tenha sido minha expectativa antes de iniciar a leitura; porém, acredito que outros fatores tenham sido grandes contribuintes. O livro é predominantemente composto por diálogos e, por isso, senti falta de maiores descrições e de passagens mais narradas, como acontece em suas últimas páginas. Ainda que os diálogos deem velocidade à leitura por dinamizá-la, senti falta de passagens descrevendo mais profundamente as cenas, as reações e emoções das personagens, o ambiente ao redor, entre outras descrições. Não que essas sejam ausentes, apenas são poucas se comparadas a quantidade de diálogos. Tais descrições, quando presentes, acabam por contribuir com meu envolvimento com a leitura, o que acabou acontecendo mais com o conto do príncipe e da plebeia do que com o próprio romance de Helen. Ainda, alguns diálogos me pareceram um pouco artificiais, além de eu ter estranhado o conservadorismo na família de Helen. Ressalto que estranhei esse último fator apenas por ele divergir de minha realidade e da realidade a que estou acostumada, não sendo uma crítica à história.
Outro ponto que foi diferente do esperado para mim foi a ausência de um clímax na história. Ao contrário do que imaginei, o enredo é linear, muito mais focado em introduzir o romance do que em criar dificuldades. Assim, devo dizer que estou receosa de ler os próximos volumes porque sinto que o clímax e as dificuldades ainda virão, a não ser que eu esteja muito enganada. Sabe aquele medo do que pode acontecer com a história, não por não confiar na autora, mas por medo de algo que você não deseja acontecer? É como me sinto nesse momento.
Em linhas gerais, o livro me agradou por trazer uma bela e leve história de amor, e, ainda que não tenha me envolvido como eu esperava, pretendo ler os próximos livros da série. Agradeço muito à autora por ter possibilitado a leitura!




Deixe o seu comentário

18 Respostas para "[Resenha] Outono de Sonhos – Adriana Brazil"

Mônica - 30, Março 2012 às (22:16)

Oi Aione, eu nunca li esse livro, mas por sua resenha fiquei louca pra ler. Mas eu fiquei muito curiosa quanto a predominar os diálogos com menos descrição. Geralmente é ao contrário. A capa é linda e sua resenha está muito boa. Beijos

Responder

✿Nessa✿ - 30, Março 2012 às (22:19)

OI MI*
Achei muito interessante isso que vc diz que sentiu falta de descrições, pois eu não senti.
Agora eu tenho muito vontade de ler os outros livros, mas tbm pensei como vc, de medo do que possa acontecer!!
Bela resenha!!
Bjinhs

http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

Responder

Vanessa - 30, Março 2012 às (23:42)

Oi Mi, a sua resenha é a terceira que leio só esta semana de Outono dos Sonhos e com certeza a mais crítica, eu não conheço o livro, então não posso tirar minhas conclusões, mas achei muito interessante esta diferença entre as opiniões que são favoráveis à história mas com pontos de vista diferentes.

Vanessa – Balaio

Responder

Nana - 31, Março 2012 às (00:13)

Gosto do fato dela ser estudante de Letras.
Acho que não sabia que tinha primeiro livro O.o
A capa desse livro é linda.

Espero ler algum dia!

Gostei muito da resenha =D

beijos e um excelente final de semana pra você
NANA – OBSESSION VALLEY

Responder

Lucas Martins - 31, Março 2012 às (00:51)

Acho bem bacana a ideia do livro, Mi!
Eu já li algumas resenhas elogiando a escrita da autora e tal; a singeleza. Eu gosto bastante de romances, então tenho vontade de ler esse, afinal, é brazuca, e quero ler mais brazucas esse ano, rsrs
Entendo o fato de você não ter se envolvido emocionalmente como queria. Infelizmente acontece pelas nossas grandes expectativas mesmo.
Enfim
Beijão, Mi!

Responder

Vanessa Tourinho - 31, Março 2012 às (01:29)

Oi Mi,
Já tinha visto o livro em outros blogs e achei interessante, só não sabia que ele faz parte de uma série.
continuo interessada nele, assim que eu puder irei ler.
Beijos, flor.

Responder

Milena Liebe - 31, Março 2012 às (11:47)

Bom dia, Mi!
Achei muito legal a autora unir o conto a sua história. Eu acompanho a autora já faz quase dois anos (de longe), mas ainda não li os livros (tenho que dar um tempo nos meus).
Parabéns pela resenha, as melhores da rede.
Beijos,
Denir.

Responder

Ana Ferreira - 31, Março 2012 às (14:37)

Mi,

Assim como você, se eu pegasse “Outono de Sonhos” para ler, provavelmente começaria a leitura cheia de expectativas e talvez, também, frustrasse-me ao final. Não que eu achei, propriamente, que o livro seja ruim. Muito pelo contrário, creio que o romance tem tudo para ser interessante, mas só esse fato de muitos diálogos já me desmotivou um pouco. Sei o quão importante é a ação no contexto literária, mas a descrição e a narração, juntas, são a alma de tudo. Sem elas a gente não compreende o estilo do autor, não se aprofunda na história como deveria…
Eu sabia que era uma série pelo fato de uma das blogueiras parceiras do blog ser super amiga da Adriana e sempre comentar a respeito de seus livros. Os próximos títulos são nomes de estações também, acompanhados de um tema 🙂

Beijinhos!
Ana – Na Parede do Quarto

Responder

Bárbara Murat - 31, Março 2012 às (15:46)

Bom, como ainda não li o livro, não tenho muito o que falar. Já vi várias resenhas positivas, mas gostei mais da sua. Falou sobre coisas do livro que as outras não falavam..
Beijos.
http://www.sobremeuslivros.blogspot.com.br

Responder

Eduarda Menezes - 31, Março 2012 às (16:21)

Oi Mi! ^^
Faço minha as suas palavras e a da Aninha logo acima; muito provavelmente se lesse o livro antes da sua resenha iria cheia de expectativas e é quase certo que me decepcionaria com a história. Por isso que adoro as suas resenhas, já li tantas de Outono dos Sonhos e nenhuma delas comentou esses aspectos negativos da obra, e isso longe de fazer bem ao livro, acaba por criar uma falsa expectativa onde é quase certo que o leitor irá se decepcionar.
Nesta semana estava comentando com outra pessoa uma coisa que vem me irritando nos últimos tempos: o fato de que praticamente todos os livros lançados, nacionais ou internacionais, são pertencentes de uma série, todos têm continuação, mesmo quando a história muitas vezes poderia facilmente comportar tudo no primeiro volume – tornando até o livro mais interessante e ágil, por assim dizer.
Não estou dizendo que é este o caso aqui, nem criticando a autora sem ao menos ter lido, mas é que mais uma vez (e não foram poucas), encontro histórias que não imaginava ser assunto para uma continuação, e sinceramente acho que muitos deles apenas querem garantir o seu próximo, sabe? Mas não veem que isso acaba sendo prejudicial para eles mesmos. Desculpa pelo desabafo hahaha repito mais uma vez, que não estou dizendo que seja esse o caso aqui, pode até ser, mas não tenho como saber… é só uma coisa que vinha na minha cabeça mesmo! 🙂
Voltando a resenha, sei muito bem como é isso de uma narrativa não nos envolver. Não é bom quando tem poucos diálogos, mas também não é bom quando tem muitos, torna a história um pouco rasa mesmo; não conseguimos nos conectar com o personagem.
De qualquer forma a autora parece ter o seu potencial, e até onde sei esse é apenas o primeiro livro, então ela ainda pode consertar algumas falhas nos próximos!
Adorei a resenha Mi ^^
Beijocas!

Responder

Milena - 31, Março 2012 às (16:24)

Oi, Mi!
Expectativas realmente são um problema.. sofro do mesmo mal! As vezes não consigo me envolver com a história também por causa das minhas super expectativas. Já tinha visto esse livro em alguns outros blogs e ele despertou o meu interesse.. é um livro que eu leria sim, mas vou usar a sua experiência como um alerta para mim, vou tentar não criar tantas expectativas assim..

Beijos!
http://livrosnacabeca.blogspot.com

Responder

Natalia Dantas - 31, Março 2012 às (17:01)

Oi Mi!
Na maioria das vezes que pego um livro para ler tenho minhas expectativas que de certo modo acabo me decepcionando com elas. Quanto mais eu leio o livro creio que minha expectativas ao ler novos livros vão diminuindo, não por não gostar do livros, mais eu não crio mais expectativas com relação a eles e deixo a leitura fluir de seu modo me deixando doida é claro 😀
Ótima resenha!

Beijos ;*
Natalia.

Responder

Marcelo Lima - 31, Março 2012 às (18:35)

Entendo o que vc quis dizer , as vezes lemos um livro no momento errado e mesmo que ele seja bom não rola!

Responder

Planet Pink - 31, Março 2012 às (21:48)

Oi Mi!
Suas resenhas sempre tão sinceras e cheias de opinião, adoro isso!
Comprei o livro com a autora, que é uma super querida. Também tenho grandes expectativas com a história, mas acho que não irei me frustar, gosto de diálogos… mas só lendo pra saber né? Qndo terminar meus viajantes, será minha próxima leitura (:

Beijão!
Nati

Responder

Movidas por Palavras - 01, Abril 2012 às (19:25)

OI Aione,
Não conhecia a escritora Adriana Brazil,e ela parecer ser um escritora muito boa,adorei a resenha, simplesmente amei a capa,e o livro parecer ser muito bom,ele com certeza vai para a minha listinha de livros.
Beijos!!

Responder

Danzinha - 01, Abril 2012 às (22:35)

Oiie Mi,

A estória parece ser bem bonita, mas eu não gosto de livros muito dialogados. Tenho um pouco de resistência em ler livros neste estilo. Mesmo assim, a estória me parece interessante. Eu concordo com a Duda, que comentou mais acima, quando ela disse que existem muitas séries hoje em dia mesmo que muitas vezes desnecessárias, infelizmente.

Beijos

Amigas entre Livros

Responder

Jonathan Henrique - 03, Abril 2012 às (02:37)

Outono dos Sonhos, pelo que pude perceber com sua resenha, traz ao leitor uma história bonita e romântica. É um tipo de leitura que eu certamente faria; mas é uma pena que faltem descrições e que os diálogos que sobreponham ao restante do texto… tudo que é demais acaba ficando ruim.
Gostei da capa, mas acho que ela não reflete bem o conteúdo do livro!

Beijos!
@Jonathan_HGF

Responder

Vii Zanetti - 03, setembro 2013 às (21:33)

Oi Mi!
queria te agradecer pelo toque lá no meu blog! muito obrigada mesmo! acabei de apagar aquele post haha!
PS. tambem amo a hermione!!!!!
beijoos!!

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por