[Livros Na Telona] A Fera - Alex Flinn | Minha Vida Literária
09

maio
2012

[Livros Na Telona] A Fera – Alex Flinn

Livros Na Telona é uma coluna na qual analiso filmes que foram baseados em livros!

Sobre o Livro

Título: A Fera
Autor: Alex Flinn
Editora: Galera Record
Número de Páginas: 320
Ano de Publicação: 2011
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

A Bela e a Fera sempre foi meu desenho favorito da Disney. Dessa forma, toda e qualquer adaptação dessa história, anterior ou não a ela, despertam minha atenção e interesse. Não poderia ser diferente com A Fera.

Fazia muito tempo desde a última vez em que eu peguei um livro pra ler e não consegui me separar dele até terminar o último ponto final. Foi isso que aconteceu com a obra de Alex Flinn: não foi possível parar de lê-la, e concluí a leitura em poucas horas.
Como é fácil de imaginar, a narrativa da autora é altamente fluida e ágil. Alem disso, a estruturação dos capítulos em partes, cada qual composta por capítulos curtos, dá ainda mais velocidade à leitura, já que você termina um com o pensamento de “vou ler só mais um, é tão curtinho” e, quando se dá conta, mais da metade do livro já foi lida.
O livro é claramente infanto-juvenil. A história é ambientada em um cenário High School de New York e é daquelas bem leves, bem agradáveis de serem lidas. Ainda, as diferentes partes do enredo são divididas por conversas online de um grupo de “AA – Aberrações Anônimas”. Seres que foram transformados de sua forma original para outra, como no caso de Kyle, que virou uma fera, compartilham suas experiências em um chat e não pude deixar de me divertir nessas partes. As conversas foram hilárias e adorei a sacada da autora de misturar diversos contos infantis, nesse momento. A única coisa que me incomodou um pouco foi a linguagem utilizada pelo Sapo, altamente típica da internet e, muitas vezes, mais difícil de se entender do que se não fosse tão resumida.

Alex se baseou em várias diferentes versões de A Bela e a Fera para compor a sua moderna versão. Porém, foram claros alguns elementos da, provavelmente, mais conhecida das versões – a da Disney. Há, inclusive, uma cena em que Lindy e Adrian, nome escolhido por Kyle em sua forma de fera, estão na neve e a roupa que a garota utiliza é rosa, exatamente como no desenho. Ainda, gostei da sacada da autora de não nomear a mocinha como Bela, mas sim como Linda.

Sobre as outras personagens, acho que é difícil não se afeiçoar por Will e Magda. Os tutores de Kyle são os que acreditam nele, que permanecem ao seu lado quando todo o resto do mundo o abandonou. São os que enxergam além da aparência do garoto, fazendo jus ao ensinamento de Kendra.
Apesar de ter gostado demais da leitura, achei que o romance deixou um pouco a desejar. Kyle diz que precisa se apaixonar por Lindy, já que essa é sua única solução para quebrar o feitiço. Assim, todo o encantamento do amor se perdeu, para mim, nessa única frase, uma vez que fiquei com a sensação de que ele se condicionou para gostar dela, e não realmente a amou por quem ela era. Fora isso, não duvidei de que Lindy realmente tivesse se apaixonado por Kyle, ou melhor dizendo, Adrian.
Um ponto interessante e que ficou claro ao ler a nota da autora, ao final do livro, foi o fato de ela ter colocado o pai de Lindy como um mal caráter. Segundo ela própria, o que mais chamou sua atenção nas tantas versões lidas por ela dessa história, é que o pai de Bela a entrega para a Fera para se salvar, fato amenizado na versão da Disney, no qual ela se oferece e ele não tem outra escolha que não essa. Assim, o caráter dos pais da Bela de tantas versões foi exposto no pai de Lindy na versão de Flinn.

Também sobre essa questão de caráter, gostei da maneira de como ela expôs o de Kyle. Na verdade, não o achei tão maldoso assim (ênfase no “tão”). Achei, na realidade, que o garoto era muito mais um reflexo do que o seu pai o ensinou do que por personalidade própria. Desde pequeno ele foi ensinado de que as aparências são o que realmente importam, então, para ele, é essa a verdade universal. Alie isso a uma total falta de atenção paterna e isso, muito provavelmente, resultará em uma fera como a descrita. Ainda, se a índole dele fosse por completo “deturpada”, dificilmente ele teria uma redenção.

Análises a parte, a leitura, ainda que bem infanto-juvenil, foi muito prazerosa e agradável, me garantindo uma boa tarde fria de feriado embaixo das cobertas! Torci realmente ao chegar ao final do livro, sentindo o coração acelerar, os olhos encherem de lágrimas e sorrir com o desfecho. Aliás, há um ponto no final que realmente me surpreendeu, porque jamais esperei o que acontece. Recomendo a todos!
Sobre o Filme
Só posso começar essa comparação de uma maneira: o filme e o livro são notavelmente, para não dizer completamente, diferentes. Porém, ambos me agradaram, além de que a essência do livro continuou presente no filme.
As diferenças se estendem desde nomes e características físicas até ao enredo propriamente dito. Lindy é ruiva, o que Vanessa Hudgens visivelmente não é; Magda é Zola; Kendra é magra e loira desde sua primeira aparição, o que contrasta com a gótica morena e acima do peso descrita no livro, entre outras alterações. É claro que nenhuma delas deve influenciar no filme, porém, como existem, estou aqui as relatando.
As diferenças do enredo também são muitas: Kyle não é o príncipe do baile, no filme, mas sim eleito como Presidente do Comitê Verde da escola. Kendra não lhe dá dois anos para que alguém aprenda a amá-lo, e sim um; sua aparência de fera não é peluda e com garras, como no livro, mas sim com desenhos de árvores que lembram cicatrizes (aliás, acho que preciso comentar que gostei muito dessa modificação. Além de o ator já ser naturalmente bonito, achei que essas cicatrizes deram a ele um charme extra e todo um mistério. Não o achei, de modo algum, feio, apenas diferente). Outras diferenças, e principalmente cortes, acontecem, inclusive o do espelho mágico, presente no livro. Porém, a principal alteração e, ao meu ver, extremamente positiva, foi que Kyle, no filme, dá sinais de que já começa a se apaixonar por Lindy antes mesmo de se tornar uma fera. Desse modo, meu lado romântico que havia ficado necessitado de algo a mais, no livro, foi suprido no filme, por ser possível ver o amor realmente nascer de Kyle para Lindy.

Sobre os personagens, Mary-Kate Olsen arrasou como Kendra. Simplesmente adorei a atuação dela! Alex Pettyfer também ficou perfeito de Kyle (além de ser um colírio para os olhos), sua atuação realmente me convenceu. Vanessa Hudgens, apesar de eu não tê-la achado ruim no filme, não chamou minha atenção. Achei que faltou brilho nela, sem contar que o final não me tocou porque achei que faltou emoção, principalmente da parte da atriz. Já Neil Patrick Harris, como Will, me garantiu boas risadas. O humor do personagem é ótimo!

Também senti falta, no filme, dos livros. Essa é uma marca registrada da Bela e é também muito presente e importante no livro, já que há uma visível conexão entre Kyle, Lindy e a literatura, principalmente Jane Eyre. No filme, porém, apenas fica subentendido que Lindy gosta de ler. Atenção para pequeno spoiler a seguir. Inclusive, o presente de Kyle para ela, no filme, que realmente a agrada, são jujubas, balinhas, e não livros. Realmente senti falta deles. Fim do pequeno spoiler.

Apesar das claras diferenças, o filme não foi daqueles que me deixou irritada por ser diferente. Gostei da adaptação e, provavelmente, ela foi feita de maneira a agradar mais do que se seguisse os exatos passos do livro, sem contar que o principal – a essência da história – foi mantido.
Recomendo ambos, sem uma ordem em que devam ser feitos. Acredito que assistir ao filme não prejudicará a leitura, da mesma maneira que o filme não depende do livro para ser compreendido. É interessante que ambos sejam feitos para que as diferenças e particularidades em cada um sejam percebidas.
Confira o Trailer do Filme




Deixe o seu comentário

22 Respostas para "[Livros Na Telona] A Fera – Alex Flinn"

Vanessa Vieira - 09, Maio 2012 às (22:19)

Parabéns pela dica Aione! Já assisti A Fera e curti bastante. Estou ansiosa para ler o livro! Beijos!

Responder

Evellyn - 09, Maio 2012 às (22:47)

Engraçado… Tinha o VHS mas nunca foi meu fav (apesar da historia, linda, da Bella leitora, da Fera que é linda por dentro e tal.. Sei lá, acho que peguei raiva pq quando comprei queria Aladdin (sempre meu fav) e tinha acabado, ai mamy comprou Bela e Fera – momento_revelação_inoportuna_da_infancia_off)
Mas eu tb acho mt interessante os esclarecimentos que a Alex faz ao final do livro.. sobre porque quis escrever e as versões que usou.. Porque realmente a da Disney (sempre) é mais leve e fofa.. e Essa coisa do pai dela é bem marcante – alias, no filme eles tb amenizaram isso!
E o que vc falou dos dois é mt certo! A essencia é a mesma (assim como qq livro que conte essa historia) mas eles foram por caminhos diferentes e gostei de ambos.. Acho que é bom porque lendo ou vendo, (não importa a ordem) vc acaba surpreendido!
E o elenco é mt afiado mesmo.. Will é ótimo! E olha seu spoiler não tem nada de spoiler baby! Huahuahua Eu NEM lembrava dessa cena no filme…
E é isso mesmo, fizeram algo meio ‘unipublic’ (?) pra agradar quem leu, quem não leu… Mas quem gosta e conhece um conto de Bela e fera!
Adorei a resenha dupla!

bjsss
Evellyn!

Responder

Milena Liebe - 09, Maio 2012 às (23:47)

Olá, Aione.
Eu gosto de infanto-juvenil e os desenhos da Disney e Pixar são imbatíveis. A Bela e Fera, não pode faltar na minha estande. (basicamente composta por filmes e não livros). Logo quero ler o livro do Alex Flinn.
Adorei o post.
Abraços,
Denir.

Responder

Natalia Dantas - 09, Maio 2012 às (23:55)

Ótima dica!
Ainda não li o livro, nem menos assisti ao filme U.U Mais por comentários ele deve ser ótimo!

Beijos :*
Natalia. http://www.musicaselivros.blogspot.com.br/

Responder

Lili - 10, Maio 2012 às (00:45)

Acho que descobri porque simpatizo tanto contigo. A Bela e a Fera é meu conto de fada preferido.

E claro que quando saiu no cinema A Fera fui correndo ver. Sem grandes expectativas. mas saí de lá com elas ainda piores. Eu não gostei nenhum pouquinho do filme. Achei itneressantes algumas coisas (como o modo de transformação da Fera, coisa que também te agradou e que vtu disseste que é diferente do livro).
Pareceu-me que o livro em encantará. Acho que vou tentar ler.

liliescreve.blogspot.com

Responder

Marcelo Lima - 10, Maio 2012 às (01:39)

Amo tanto o filme quanto o livro !

Responder

Entre Fatos & Livros - 10, Maio 2012 às (01:46)

Oi Aione!

Eu tb amava- ainda amo- A Bela e a Fera, minha animação preferida. Ainda não li, então não me animei a assistir. Agora lendo o seu post, consegui ter uma ideia do que esperar.

Ah, adoro a Mary Kate. Cresci assistindo ela e a irmã, sinto falta delas no cinema. Fiquei feliz de saber que ela atuou no filme e se saiu bem.

Enfim, eu qro! Qro ler e assistir!

BjoO
Pri
Entre Fatos e Livros

Responder

cath´s m. - 10, Maio 2012 às (11:10)

Não li o livro ainda, mas vi o filme, tirando a Vanessa que falta emoção na interpretação dela e como da a sensação que podia ser mais desenvolvido eu adorei.
Kyle é fofo correndo contra o tempo.
Sem fala que Bella e a Fera é meu preferido.

Responder

A Leitora - 10, Maio 2012 às (11:14)

To com este filme no meu computador para ver mais ainda não tive tempo, o livro eu li e amei, a história é bem rapidinha de ler (li em uma tarde) e bem gostosinha para uma tarde de frio.
Espero poder ver o filme logo para poder fazer a comparação.
Beijokas enormes
Brih
Meu Livro Rosa Pink

Responder

Danzinha - 10, Maio 2012 às (12:30)

Oiie Mi,

Assisti ao filme há algum tempo e gostei bastante, principalmente daquela coisa mais linda do universo que é o Alex Pettyfer, A estória é bem interessante, e concordo com você quando diz que a Fera não ficou feia nem com todas aquelas cicatrizes. Ainda não li o livro, mas, quero fazê-lo em breve. Você sabe que há outros livros com outras maldições da Kendra? Parecem muito interessantes.

Beijos

Amigas entre Livros

Responder

Érica Patricia Lopes - 10, Maio 2012 às (12:43)

Acho que toda garota amava A bela e a fera! Pelo menos, curtia muito! Ainda não li o livro, mas já assistir ao filme! Ah, gostei… é gostei o filme é bom! Porém achei que a Vanessa Hudgens deixou muito a desejar como atriz :S

Quero ler o livro agora!!!

Beijokas flor

Responder

Sora Seishin - 10, Maio 2012 às (13:24)

Oi Aione!
Eu adoro suas resenhas duplas de livro + filme!
Eu ainda não li nem vi o filme, mas queria muito ler ou assistir, pois adoro a história da Bela e a Fera (a versão Disney, pelo menos). Pelo que você comentou, tem várias diferenças na adaptação, então vou tentar ler o livro primeiro. Mas claro que preciso ver o filme para ver o Alex 😉

Beijos,
Sora – Meu Jardim de Livros

Responder

Andressa Tomaz - 10, Maio 2012 às (16:16)

Oi Mi!
Não li o livro A Fera mas fiquei muito curiosa agora. Gosto de livros que prendem bastante e sou fã de capítulos pequenos tanto por poder parar a leitura a qualquer momento (odeio parar no meio do capítulo), quanto por essa história de ”vou ler só mais um pouco”, que sempre resulta em mais algumas horas!
Sobre o filme, não sabia das diferenças, mas gostei da história. Não foi algo que me surpreendeu, mas realmente Kyle é um colírio e a história é divertida.

Beijos!

Responder

leitoracompulsiva - 10, Maio 2012 às (17:18)

Oi Mi,
Eu adorei o livro! Para mim, A Bela e a Fera é a melhor história adaptada pela Disney! Já assisti o musical duas vezes aqui no Brasil e uma versão resumida na Disney! Sendo tão fã da história, fiquei curiosa para saber como ela seria na versão moderna e adolescente e achei a versão da Alex Flinn muito bacana! E quando assisti o filme, tive a impressão que o filme era bom, mas um tanto diferente do livro! Me pareceu quase que uma nova adaptação! rs… Senti falta da parte da biblioteca também!!
Beijos
Camis – Leitora Compulsiva

Responder

Eduarda Menezes - 10, Maio 2012 às (18:44)

Oi Mi! Adorei a sua análise super, hiper, mega completa! Acho que você não deixou passar nada. ^^
Eu também adorei o filme, apesar das várias pequenas adaptações que foram feitas, digo pequenas, porque acho que nenhuma delas mudaram o sentido e rumo da história, apesar que teria preferido que algumas coisinhas aqui e ali tivessem se mantido (por exemplo – senti falta daquela grande surpresa que tivemos no final do livro, um detalhe que nós não esperávamos, mas que não aconteceu no filme ¬¬, morguei total quando vi que cortaram totalmente).
Quanto ao final adaptado já te disse a minha opinião, realmente o do livro é melhor, mas o outro funcionou melhor no filme, e gostei que tenham deixado daquele jeito.
Concordo com você, também senti falta da parte do amor pela literatura, acho que não faria mal algum deixá-la presente, não entendi o porquê de trocarem os livros pelas jujubas – ficaria muito melhor com os livros, e também mais fiel.
Ah, também adorei o fato do personagem demonstrar algum interesse pela Lindy antes mesmo da maldição, ficou mais emocionante e trouxe mais sentimento à história.
Enfim, adorei o seu texto! Muito bom mesmo! =)
Beijão!

Responder

Ni - 10, Maio 2012 às (22:39)

Eu tinha esquecido o quanto queria ver este filme. Infelizmente minhas influências da Disney começaram com “Lizzie McGuire” (ou seja, nada de desenhos!) eu era muito mais ligada à desenhos do Cartoon Network, nunca fui muito de filmes :/ fui assistir “A Bela e A Fera” apenas estes dias! Enfim, sobre o livro, quando você escreveu “Assim, todo o encantamento do amor se perdeu, para mim, nessa única frase”, desanimei. Sério, sou muito chata com essas coisas, e quando um personagem deixa uma impressão meio estranha, no caso, “estou me obrigando a me apaixonar por ela” eu não consigo engolir muito bem. Mas, felizmente, você falou que o filme é muito bom e não interfere no caso de eu querer ler o livro depois (uma vez que são um bocado diferentes), então vou ver o filme e ver se me empolgo para ler o livro! Fim de semana ta chegando… Tomara que faça frio…
Beijão, Mi!

Responder

Julia G - 11, Maio 2012 às (01:42)

Ei Mi, depois que eu li um livro que era exatamente igualzinho ao filme, eu mudei completamente minha opinião sobre isso. Eu morro de vontade de ler o livro e ver o filme, mas falta tempo – e eu não posso comprar agora. Também sou fascinada pela história da Bela e a Fera, mesmo que não mantenha mais aquele encanto da infância, mas não dispenso qualquer adaptação feita da história.

Um beijo

Responder

Jonathan Henrique - 11, Maio 2012 às (13:36)

Oi, Mi! (Vou te chamar de Mi, tudo bem? Rs)
Quando eu li o livro, me decepcionei… Ainda não tinha visto o filme, mas esperava que seguissem os mesmos caminhos.
Não curti a linguagem escolhida pela autora. Não gostei da maneira como ela imaginou a fera (peluda, com garras e… blé!). Não curti o fato de Alex Flinn ter mantido em sua versão certos fatos do conto original.
Enfim, não gostei do livro!
Mas quando, recentemente, vi o filme, apesar de não considerá-lo uma obra-prima e de achar que foi muito mal produzido (e às pressas), acabei gostando e, principalmente, da visão que eles me passaram da história. Senti falta de algumas coisas em relação ao livro e alguns pontos deixaram a desejar (a paixão de Lindy pelos livros, por exemplo).
Arrependo-me de ter trocado o livro (Buáááááááá…). Talvez quando o li eu não estava num bom momento.

Beijos!
@Jonathan_HGF

Responder

Michelle' - 12, Maio 2012 às (02:12)

Oi Mi!
Nesse caso eu só vi o filme e gostei bastante.
A Bela e a Fera sempre foi o meu favorito também, e gosto bastante de saber um pouco mais sobre adaptações que surgem e esta não deixa a desejar.
Achei que a Vanessa ficou muito apagada, como você mesma disse, mas a atuação dos demais me conquistou bastante.
Acho que talvez eu demore pra ler o livro por causa desse ponto que você citou, sobre o Kyle se obrigar a gostar de Lindy, me sinto meio desapontada com essas coisas.
Beijinhos
Michelle, Minha Bagunça

Responder

Lucas Martins - 13, Maio 2012 às (00:47)

Mi, já vi o filme e consegui adorar, coisa que nuuuuuunca imaginaria! Sério, nem pensei que fosse gostar tanto de A Fera!
Apesar de achar a Vanessa horrível, no filme, gostei do resto. Ainda mais a participação da Olsen (nunca sei que gêmea é), adorava os filmes delas quando pequeno, rsrs
Que bom que o filme manteve a essência do livro, mesmo com as mudanças básicas.
Eu tenho vontade de ler o livro. Sempre perco as promoções do Submarino e me arrependo depois, rsrs
Enfim!
Beijão, Mi!

Responder

Alinne - 13, Maio 2012 às (20:38)

Ainda não li o livro, mas tive a oportunidade de assistir ao filme e gostei. Achei a história bem bonitinha com personagens agradáveis. Mas não se compara com o original Bela e a Fera que também é um dos meus preferidos! Creio que podem fazer adaptações, porém nenhuma se igualaria ao clássico da Disney.
Beijão.

Responder

Becca Martins - 31, julho 2015 às (00:17)

Oi MI!
Eu vi o filme, porque nem sabia que era uma adaptação. Agora eu fico aqui, toda curiosa para saber se eu vou gostar do livro.
Então eu pretendo ler, mas o ruim é que já acabou toda surpresa do livro e já sei o que acontece do ínicio ao fim – devo ter visto o filme zilhões de vezes, rs -, mas pretendo ler sim.
Beijos!

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por