[Livros Na Telona] Diário de Uma Paixão - Nicholas Sparks | Minha Vida Literária
06

jun
2012

[Livros Na Telona] Diário de Uma Paixão – Nicholas Sparks

Livros Na Telona é uma coluna na qual analiso filmes que foram baseados em livros!

Sobre o Livro

Título: Diário de Uma Paixão
Autor: Nicholas Sparks
Editora: Novo Conceito
Número de Páginas: 244
Ano de Publicação: 2010
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

Até a metade do livro, não havia encontrado nada que pudesse destacar Diário de Uma Paixão dos demais livros de Sparks. Uma história de amor, recheada de dúvidas e acontecimentos da vida, que transbordava a incerteza de um futuro. Porém, ao finalizar a leitura, me senti arrebatada pela ela, de forma que quase nenhum livro de Sparks conseguiu fazer comigo.
A história começa narrada em primeira pessoa por alguém não identificado, que retorna quase 50 anos no tempo ao ler a história de Noah e Allie, contada a nós através da narrativa em terceira pessoa. Não consegui me prender ao casal, de início, porque a ligação entre eles foi iniciada 14 anos antes do que o leitor começa a acompanhar. O fato dos momentos vividos por eles serem apenas citados e não vivenciados não permitiu minha conexão com o casal. Porém, não foi o início da história o que me encantou. Ela apenas é o começo, o ponto de partida para algo muito maior.
É muito difícil falar desse livro sem soltar algum spoiler, pois para explicar tudo o que senti eu precisaria dizer o que despertou esses sentimentos em mim. Por mais que eu acredite que a maioria das pessoas já conheça a história, não quero estragar a leitura de ninguém.
O engraçado é que eu já havia visto o filme há muitos anos e, por mais que não me lembrasse dos detalhes, eu sabia o contexto geral. Assim, a maior surpresa da história para quem não conhece nada dela, já era conhecida por mim (e pela torcida do Corinthians também). Contudo, isso não diminuiu em nada o efeito da leitura em mim. Aliás, pela primeira vez, um livro de Nicholas Sparks se tornou um entre os meus livros favoritos, um daqueles que vou me lembrar com um carinho único para sempre, que, de algum jeito, me marcou de uma forma especial.
Foi uma vida repleta de amor que tanto me conquistou nesse livro. Foi a força de um sentimento maior do que a própria vida, incrível, mágico, que fez tudo valer a pena. Não pude deixar de desejar, por toda minha leitura, viver algo tão intenso e verdadeiro quanto o que é descrito. Se isso é possível ou provável, já são outros quinhentos, mas me senti renovada ao finalizar a leitura, cheia de uma esperança de que tudo é possível.
“É a possibilidade que me faz continuar, não a certeza, uma espécie de aposta da minha parte. E embora você possa me chamar de sonhador, de tolo ou de qualquer outra coisa, acredito que tudo é possível.”
página 5
Acredito que não serei capaz de falar mais do que isso. O livro mexeu demais comigo, a ponto de limitar minhas palavras. Reforço que a primeira metade da história não traz nada demais, mas a segunda carrega sentimentos pelo livro inteiro. Recomendo a leitura para qualquer romântico de plantão!
Sobre o Filme

Diário de Uma Paixão é a melhor adaptação de algum livro de Nicholas Sparks que já assisti, se comparada ao livro (Amo Um Amor Para Recordar, mas, como não li o livro, não posso falar das questões da adaptação). Acredito ter sido a única que não me deixou insatisfeita com nada, que não alterou em nada a mensagem ou o conteúdo do livro. Todas as alterações serviram apenas para enriquecer a história.
A ausência de conexão que senti no início da leitura não aconteceu aqui. Isso porque a história é narrada desde o início, quando Noah e Allie se conhecem. No livro, começamos a acompanhar a história de ambos quando eles se reencontram. Porém, no filme, todos os anos em que ficaram separados nos são  mostrados e isso serviu para nos envolver ainda mais com a história.Tirando essa questão de as cenas do início da história deles terem sido incluídas, quase não há modificações com relação à obra de Sparks. Várias falas, inclusive, foram reproduzidas no filme. Ressalto, também, que o final, no filme, foi um pouco modificado, a fim de realmente finalizar a história. Já o final do livro é mais aberto, caracteriza mais um momento do que, de fato, um final.

Tanto Rachel McAdams e Ryan Gosling quanto Gena Rowland e James Garner ficaram perfeitos em seus papeis. Além de terem captado muito bem os personagens, a química entre eles é ótima e os quatro conseguiram transmitir tudo aquilo que senti com a leitura.

Dessa vez, não acredito que seja necessário ler o livro para assistir o filme. Mesmo quem apenas assisti-lo, conseguirá captar toda a alma da história. Porém, é claro, a leitura é um complemento incrível, porque vai ainda mais fundo nos sentimentos das personagens, nos possibilita enxergar com muito mais riqueza os olhares e as falas ditas pelos atores na adaptação. Ainda, o livro é recheado por poemas e cartas que são apenas citados no filme, e seria uma pena não serem lidos. São belíssimos.

Confira o Trailer do Filme!

 





Deixe o seu comentário

18 Respostas para "[Livros Na Telona] Diário de Uma Paixão – Nicholas Sparks"

Entre Fatos & Livros - 06, junho 2012 às (21:42)

OI Aione!

Não posso dar uma opinião pq não assisti e nem li. Tdo o que sei é o que conferi nas resenhas. Mas fico feliz que seja uma boa adaptação. Eu só assisti Querido John, mas não gostei mto. A Última música eu pretendo assistir qdo eu tiver oportunidade.

BjoO
Pri
Entre Fatos e Livros

Responder

Marcelo Lima - 06, junho 2012 às (21:57)

eu odiei o filme e o livro não li ainda por trauma do filme , mas sei lá quem sabe um dia…

Responder

Angélica Roz - 06, junho 2012 às (23:45)

Oi Aione!

Nossa que legal! O livro não mexeu assim comigo…
Gostei, mas não entrou para os meus favoritos.
Para dizer a verdade, até agora, nenhum livro do Sparks entrou para os meus favoritos.
Eu adoro os livros do cara, mas nenhum consegue me tocar muito…

Quanto ao filme, lembro que assisti há alguns anos. Mas, não me lembro mais direito para poder comparar com o livro. :/

O post ficou belíssimo!!

Beijos!

Obs: demorei para voltar aqui porque não estava encontrando o seu blog. Quando clicamos em seu perfil, aparecem muitos blogs. Então eu entrava nos primeiros, não te encontrava e desistia. Mas, hoje, fui persistente e descobri que o seu é o último da lista. Agora não te perco mais!! o/

Responder

Ana Ferreira - 07, junho 2012 às (02:34)

Mi, você falando tão bem da adaptação me faz compreender por que adorei o filme de “Diário de uma Paixão”. Lembro de ter me envolvido bastante pela história na época, pela persistência que o casal tinha em se amar e manter unido apesar de todos os empecilhos para separá-los. Achei lindo, emocionante do início ao fim. Pena que eu não me lembre muito bem do fim, sério :/
Beijo!

Responder

Yago Dalben - 07, junho 2012 às (03:19)

Hey,

Eu já li o livro e assisti ao filme, gostei muito dos dois. Também acho que esta é a melhor adaptação, bem emocionante! Ainda mais por causa da atriz jovem, que interpreta perfeitamente bem 🙂

Abraços,
Yago.

Responder

Danzinha - 07, junho 2012 às (14:47)

Oiie Mi,

Incrível como a gente sempre acaba discordando uma da outra né? aushaushaush. Eu assisti ao filme faz algum tempo, e me lembro de ter amado muitíssimo, acredito que todos saibam que não sou grande fã do Sparks, mas, resolvi dar uma chance a esta estória que já havia me conquistado. Infelizmente não consegui passar da metade do segundo capítulo, acredito que o meu momento de leitura não ajudou. Estava em uma daquelas ressacas literárias brabas e achei que um romance pudesse me ajudar, porém não foi o que aconteceu. Pretendo dar uma nova chance ao livro daqui a algum tempo, mas, por enquanto ele continua no hall de abandonados. :/

Ps: Desculpa a falta aqui no blog, mas, minha vida tá meio estranha no momento, e meu computador deu piti, assim quase não tenho tempo para ficar na internet.

Beijos

Amigas entre Livros

Responder

Lili - 07, junho 2012 às (15:56)

Eu tô na página 95 do livro. Comecei ontem, olha a coincidência.
Esse filme tem uma das histórias de amor que eu mais me encantei no cinema. Assisti e voltei a ver o DVD desde o começo com a minha sogre e meu sogro.

É linda!

Fiquei muito tempo aguardando ler um livro do Sparks e acabei comprando esse. Que era a história que eu mais gostava diante dos filmes que vi (embora curta muito Um amor pra recordar).
E apesar de ter uns momentos que meu coração dispara, eu ainda não consegui me sentir encantada com o livro. Fico pensando que o filme era melhor. Talvez seja.
Vou terminar de ler pra dar mais retornos.

Bom feriado Aione.

liliescreve.blogspot.com

Responder

Eduarda Menezes - 07, junho 2012 às (16:26)

Ai Mi, Acho que esse vai ser o próximo livro do Sparks que vou ler, já que dos antigos é o único que está faltando. Como é o meu filme preferido dele, tenho certeza de que o livro tem grandes chances para também ser! ^^ A história de amor do Noah e da Allie é arrebatadora, aquele tipo de amor que vence a passagem do tempo, de tudo, que todo mundo sonha encontrar algum dia.
Fiquei curiosa pelas pequenas modificações, pois lembro de cada detalhe do filme, mas ainda que elas aconteçam sei que funcionou muito bem do jeito que ficou, então foram para melhor!
Adorei a sua análise!
Beijão!!

Responder

✿Vanessa✿ - 07, junho 2012 às (19:47)

Oi Mi*
Faz tempo que eu tenho curiosidade de ler este livro. Até já tenho o filme, mas quero ler primeiro!!
Adorei o post de hoje, boa dica!!

Bjinhs*
http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

Responder

Mari ♥ - 07, junho 2012 às (20:41)

Oi Mi,
Esse é um dos livros que quero ler viu, por ler algumas resenhas que destacaram a mesma coisa que você, essa riqueza de sentimento na segunda parte do livro.
O filme eu ainda não assistir quero ler o livro primeiro.
Amei o post flor, como sempre está de parabéns.
Beijos

Responder

Vanessa - 07, junho 2012 às (23:26)

Eu nunca li o livro – infelizmente – mas em compensação este foi um dos filmes que mais me emocionaram até hoje. É lindo!

Vanessa – Balaio

Responder

Camila Costa - 08, junho 2012 às (00:46)

ooooooi Aione! Sem duvidas essa é a melhor adaptação! Sinceramente? Até gostei mais do filme; não sei se foi porque o vi beeeeeeeem antes de ler (ou seja, ja tinha me mataaado de chorar só com o filme) mas o livro nem mesmo me emocionou tanto… e as atuações então? estão perfeitas *-*
Beijããão!

CC
Cabelos ao Vento

Responder

Lis - 08, junho 2012 às (07:15)

Oi Mi!
Olha só a diferença, do livros do Sparks esse é o que menos gosto, na verdade foi um livro que li e nem guardei muito dele pois não me marcou em nada se comparado com os outros, por conta disso não em interessei em assistir o filme, mas se bem que na época em que li digamos que não foi uma época muito favorável a romances, quem sabe não temos uma ligação aí né, acho que ainda vou assistir o filme e reler o livro já que estou em outro momento de minha vida.
Ótimo post Mi!

Beijos
Lis – Batalha Literária

Responder

Milena - 08, junho 2012 às (18:07)

Quero muito assistir a esse filme e ler esse livro! Uma vez eu assisti uma pequena parte dele e saí correndo da sala porque o filme estava mais ou menos na metade e eu não queria pegar nenhum spoiler..

Beijos, Milena.
Livros na Cabeça

Responder

Anna Carolina Schermak Alves - 08, junho 2012 às (23:11)

Mi!
Eu amo esse filme, acho ele uma forma tão linda de demonstrar o que o amor é capaz.
Apesar de não ser uma das pessoas mais romanticas do mundo mas adooooro esse filme *O*

http://www.pausaparaumcafe.com.br

Responder

Lucas Martins - 11, junho 2012 às (17:44)

Mi, acredita que revi o filme esta semana para postar a coluna Dos livros para o cinema? Juro! Hahaha!
Eu já li e já assisti ao filme e concordo, é a melhor adaptação de um livro dele! Melhor até que Um Amor para Recordar, que também já li!
Concordo que as alterações feitas foram para enriquecer a história. Gostei dos atores escolhidos também! Souberam captar a essência dos personagens.
Só fiquei WTF no final do livro. Tinha assistido ao filme antes e gostado do final. Achei os dois finais legais, mas acho que gostei mais do final do filme, rsrs
Enfim, adorei e recomendo também!
Beijão, Mi!

Responder

Érica Patricia Lopes - 11, junho 2012 às (20:08)

Oi Mi!!!

EU AMO ESSE LIVRO E O FILME!
Chorei muito quando assitir, ele é lindo!
Sou suspeita… Porque sou super fã do autor ^^

Beijokas florzinha 🙂

Responder

Planet Pink - 16, junho 2012 às (12:22)

Oi Mi!
Acredita que nunca nem li o livro nem vi o filme? =x pois é, sou uma grande exceção hahaha
Mas morro de vontade de ler!
Sobre a adaptação do Um Amor pra Recordar, eu até que achei fiel alguns pontos, apesar de ter coisas diferentes, você deveria ler o livro pra comparar 😉

Beijocas!

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por