[Resenha] Se Eu Morrer Antes de Você - Allison Brennan | Minha Vida Literária
28

jun
2012

[Resenha] Se Eu Morrer Antes de Você – Allison Brennan

Título: Se Eu Morrer Antes de Você
Autor: Allison Brennan
Editora: Universo dos Livros
Número de Páginas: 480
Ano de Publicação: 2011
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

Seis anos atrás, Lucy Kincaid foi atacada e quase morta por um predador que conheceu online. Ela sobreviveu. Seu agressor não. Agora o objetivo de Lucy é juntar-se ao FBI e lutar contra o cyber-crime, mas nesse meio tempo, ela é voluntária em um grupo de direitos das vítimas, navegando na internet disfarçada para enganar e atrair agressores sexuais para as mãos da lei. Mas quando os predadores que ela caça começam a aparecer como vítimas de assassinatos, o FBI tem todo um novo interesse por Lucy. Com seu futuro e possivelmente até sua liberdade em perigo, Lucy descobre que ela é um peão na história de alguém para obter justiça. Ela junta suas forças com o especialista em segurança Sean Rogan e, juntos, eles traçam seu caminho desde salas de chat online até as ruas de Washington, DC. Mas outra pessoa está seguindo-os: um perseguidor tem os olhos em Lucy. O úncio jeito de ela escapar de sua brutalidade pode ser outra luta até a morte.

 


Se Eu Morrer Antes de Você é o primeiro livro de Allison Brennan que leio e que espero não ser o único. Esse é, também, o primeiro volume de uma série policial, a qual estou torcendo para que continue sendo publicada no Brasil pela Editora Universo dos Livros.
Acompanhamos, aqui, a história de Lucy Kincaid, uma mulher que, há seis anos, foi sequestrada e abusada sexualmente. Ainda que seu passado nunca a tenha abandonado definitivamente, a protagonista conseguiu seguir com sua vida, trabalhando em um departamento especial da policia de proteção às mulheres e às crianças, o PCM. Seu sonho, no momento, é o de integrar o FBI, a famosa polícia federal americana.
O fato de Lucy ser uma personagem forte contribuiu de maneira muito positiva com a construção da história, tanto pelos acontecimentos em si quanto pelo acompanhamento psicológico que a autora fez em sua narrativa. Cada episódio ocorrido durante o enredo despertava um diferente misto de emoções em Lucy e acho que a autora trabalhou isso muito bem, sendo capaz de transmiti-las ao leitor.
Ainda, achei interessantíssimo que a protagonista se permita viver. Sinceramente, se fosse eu a escrever o livro, provavelmente cairia no estereótipo de uma vítima de estupro, isso por não ter o conhecimento adequado sobre o assunto a ponto de escrever sobre isso. Lucy não se coloca, em momento algum, no papel de vítima, e achei isso muito satisfatório.
Sobre a trama policial em si, também foi bem elaborada. São vários os detalhes que a compõe e não fui capaz de solucionar a resolução do caso. Se o livro é totalmente imprevisível ou não, não sei afirmar, apenas que o mistério permaneceu, literalmente, até o fim para mim.
A história, também, não é composta apenas de suspense. Há um envolvimento romântico na trama que igualmente me agradou, já que as duas personagens envolvidas são cativantes. Por mais que eu tenha achado que o surgimento de tudo tenha parecido um pouco rápido, fui convencida do relacionamento de ambos.
Um ponto negativo é que eu tinha a sensação de já existir um livro anterior a esse que trazia a história em detalhes, simplesmente por me deixar a impressão de que as personagens apresentadas já serem conhecidas pelos leitores. Tinha a sensação de que os fatos narrados sobre o passado eram mais uma recapitulação de obras anteriores do que, de fato, uma apresentação deles. Contudo, até onde me consta, esse é o primeiro volume da série e não há outros anteriores a ele. De qualquer maneira, minha leitura em nada ficou prejudicada, tudo é muito bem compreendido ao longo da leitura. Não me senti confusa em momento algum.
Outro ponto negativo diz respeito à revisão. Foram vários os erros ortográficos que vi terem passado batido, na maioria com relação à falta de espaçamento entre duas palavras, que acabaram por ficarem aglutinadas. Isso foi incômodo apenas em alguns momentos, quando eu demorava a perceber o erro e ficava tentando entender o que era aquela desconhecida palavra.
Embora esse não tenha sido a melhor leitura que já fiz do gênero ou que não tenha me encantado a ponto de encará-lo como “sensacional”, o livro me agradou muito e o suficiente para classificá-lo como tendo cumprido otimamente sua função de romance policial. Fiquei envolvida pela história desde o início e a leitura foi muito prazerosa, não tendo me dispersado em momento algum.
Tanto me envolvi que, ao ler a prévia do próximo volume – Kiss me, Kill me –, fiquei desapontada por não ter reconhecido nenhum dos nomes citados, o que me leva a crer que as histórias narradas serão independentes nessa série. Aparentemente, já precisei me despedir de Lucy, Sean, Kate, Dillon e todos os outros ao chegar ao ponto final da última página de Se Eu Morrer Antes de Você. Honestamente, adoraria continuar acompanhando os próximos casos em que eles se envolveriam.




Deixe o seu comentário

12 Respostas para "[Resenha] Se Eu Morrer Antes de Você – Allison Brennan"

Raquel Machado - 29, junho 2012 às (00:20)

Oi flor,
Nossa não tinha ouvido falar desse livro ainda acredita???Ele pareceu interessante pelo que você descreveu tirando a parte da ortografia ne…bah isso e triste quando acontece mas enfim…
Bjksss
Bjksss
Raquel Machado
Leitura Kriativa
http://leiturakriativa.blogspot.com/

Responder

Ana Ferreira - 29, junho 2012 às (03:04)

Mi,
Às vezes nós reclamamos das séries e de suas várias extensões, mas nos esquecemos, nesse ponto, do quão bacana é poder acompanhar personagens queridas ao longo de uma trajetória literária. É o que pude perceber na sua resenha de “Se eu morrer antes de você”.
Particularmente falando, já tinha esbarrado com essa capa em outros blogs, mas a história, até então, não era de meu conhecimento. E achei verdadeiramente interessante, ainda mais pela sua maneira enfática ao dialogar sobre alguns temas, como a força da protagonista mesmo diante de tantos infortúnios (quem não admira protagonistas fortes, não) e do romance súbito. Romances são sempre bem-vindos, não? hahaha
Sua resenha ficou ótima!
Beijão!

Responder

Eduarda Menezes - 29, junho 2012 às (06:51)

Mi, adoro tramas policias, então assim que vi a sinopse desse livro já me interessei e antes dessa ainda não tinha lido nenhuma resenha sobre ele.
Mesmo não sendo dos melhores do gênero, a história parece-me ter sido muito bem elaborada, bem conduzida. Gosto quando os autores nos surpreendem, e ainda mais quando escrevem uma trama completa, com conhecimento de causa sobre o assunto abordado!
É uma pena que os personagens não tenham uma continuidade nos próximos, pelo visto eles souberam cativar.
Adorei a resenha! ^^
Beijão!

Responder

Danzinha - 29, junho 2012 às (13:18)

Oiie Mi,

Ando sumida né? Desculpa. Este final de período está me matando, seriamente, é tanto trabalho ao mesmo tempo que sinto que minha cabeça vai explodir. aff. Mas, enfim, o livro parece ser muito interessante, gosto de livros policiais, embora só tenha lido um até o momento. Gosto do tema do livro, e apesar de você não tê-lo achado um livro excepcional acredito que deve valer a pena. Erros de revisão dão nos nervos não é? É muito chato tentar desvendar o que está escrito, ainda mais em uma parte importante do texto. Espero não ficar sumida por tempo novamente.

Beijos

Amigas entre Livros

Responder

leitoracompulsiva - 29, junho 2012 às (13:51)

Oi Mi,
Tenho a maior curiosidade de ler esse livro, mas infelizmente tá difícil incluí-lo na lista.
Adoro livros policiais e já vi excelentes críticas sobre as histórias da autora!
Fiquei feliz de saber que as histórias parecem ser independentes.
beijos
Camis – Leitora Compulsiva

Responder

Ni - 29, junho 2012 às (17:49)

É policial? Não sabia, pelo título achei que era um romance descarado! Fiquei curiosa, apesar de que romances policias normalmente não me agradam :/ Mas o título é tão chamativo, e você disse que os personagens são cativantes… Repito, fiquei bem curiosa!

Responder

Lylu P. - 29, junho 2012 às (18:52)

Oiii Miiii
Eu ganhei esse livro, mas confesso que não estava tãooo animada para lê-lo, mas depois de ler sua resenha fiquei mais animada… AMO policiais… *-* acompanhar o crime junto ahuahauhauhau

Beijão
Lylu
http://reliquiasdalylu.blogspot.com.br/

Responder

Lili - 30, junho 2012 às (18:55)

Essas coisas de estupro não entram facilmente na minha lista de leitura. Eu fico muito mal e a leitura se torna uma tortura. A exceção foi “Quarto” pelo medo que foi escrito.

liliescreve.blogspot.com

Responder

Lucas Martins - 01, julho 2012 às (18:39)

Olha, Mi, quando o livro foi lançado eu achei interessado e fiquei até interessado. Mas depois li uma resenha que me tirou todo tipo de vontade que eu poderia vir a ter, então, hoje, não quero ler.
Essa questão da revisão é uma coisa chata. Para mim é como se o trabalho do escritor não fosse porcaria nenhuma. Custa fazer um trabalho bom?
Beijão, Mi!

Responder

Mariana FS - 02, julho 2012 às (01:30)

Oi Aione!

Na minha opinião, esse livro podia ir para a coluna “Parece, mas não é”. O título e a capa jamais me remeteriam a um livro policial.
Bem interessante o que você comentou sobre a personagem e a maneira dela de levar a vida. Dificil mesmo um autor dar uma caracteristica como essa a uma personagem (o abuso, no caso) e não fazer com que isso a defina por completo.
Eu não sabia que esse era o primeiro livro de uma série. Adorei o título do próximo.
Tive que rir do “tentando entender o que era aquela desconhecida palavra”. Já me imaginei no teu lugar, lendo e relendo – inclusive em voz alto – tentando desvendar o significado oculto da tal palavra..haha.
Beijos
http://www.alemdacontracapa.blogspot.com

Responder

Gabriela - 22, outubro 2013 às (18:32)

Antes desse livro existe uma trilogia – Evil –, onde são contadas as histórias dos irmãos de Lucy, inclusive o que aconteceu com ela, no livro Fear no Evil. Portanto, alguns fatos citados superficialmente em Se eu Morrer antes de você, foi mais bem explicado nos outros livros.
Adorei a resenha!

Responder

Aione Simões 22 out 2013

Gente, não fazia ideia dessa trilogia, adorei saber!! Obrigada pela dica, fiquei mega curiosa pra ler 😀
Beijos!

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por

Blogs Brasil