Especial: Literatura Fantástica | Minha Vida Literária
12

jul
2012

Especial: Literatura Fantástica

É inegável o quanto esse gênero literário cresceu nos últimos tempos e, provavelmente, é um dos maiores na literatura contemporânea.

Mas, segundo o Aurélio, o que é Fantástico?

s.m
1. O que só existe na imaginação.


adj. 
1. Quimérico, fingido, que não tem realidade e só existe na imaginação. 
2. Que pertence à fantasia; fantasioso, imaginativo. 
3. Aparente, simulado, fictício. 
4. Jactancioso, blasonador. 
5. Caprichoso, exótico, extravagante.

A Literatura Fantástica é subdividida em diferentes subgêneros, e, assim, falarei um pouco de cada um. Porém, em termos gerais, todos possuem algumas mesmas características, que são eventos não pertencentes à realidade do homem. Aquilo que foge à lógica se enquadra na categoria Fantástica.
Vamos falar um pouco sobre cada subgênero?
Ficção Científica
A Ficção Científica foi desenvolvida no século XIX e tem, como elemento chave, o impacto da ciência, real ou imaginada, sobre a sociedade e/ou indivíduos. Os romances góticos Frankstein (1818), de Mary Shelley, e O Médico e o Monstro (1886), de Robert Louis Stevenson são considerados precursores do gênero literário, enquanto que o verdadeiro início da Ficção Científica se dá no final do século XIX com as obras de Julio Verne.
Em 1926, o inventor e editor Hugo Gernsback fundou a revista Amazing Stories, o que foi considerado o momento em que a ficção científica se tornou consciente de si mesma. Porém, nessa época, as histórias do gênero não eram vistas, ainda, como literatura, e sim como sensacionalismo. Em 1937, com a mudança de editor da revista e a publicação de contos e novelas por autores como Arthur C. Clarke, escritor do conto The Sentinel, que deu origem ao filme 2001: Uma Odisseia no Espaço, a ficção científica despontou como uma forma de ficção séria.
Após a Segunda Guerra Mundial, alguns títulos do gênero se tornaram best-sellers, além de ter ocorrido uma sofisticação intelectual em suas obras, e, também, um aprofundamento psicológico e social, o que culminou com uma maior aproximação com o leitor.
O crescimento do gênero foi tão grande que acabou por ser difundido em outras áreas, como o cinema, a televisão e, até mesmo, as histórias em quadrinhos.
Fonte: Wikipédia
Algumas obras do gênero:
Fantasia
Segundo o Wikipédia, “Fantasia é um gênero que usa a magia e outras formas sobrenaturais como elemento principal do enredo, da temática e/ou da configuração”. Por isso, é normal que o cenário dessas obras seja o de planetas ou planos da ficção onde a magia é comum.
A Fantasia se distingue dos outros subgêneros da Literatura Fantástica (Ficção Científica e Sobrenatural) por se distanciar de temas científicos e macabros, embora possa haver uma sobreposição entre eles.
A forma medievalista das obras de Fantasia é uma das mais dominantes, e tem como base antigos mitos e lendas.
Algumas obras do gênero: 
Sobrenatural

Os Sobrenaturais são os derivados dos livros de Horror, originados dos romances góticos do século XVIII.
A ideia desses romances era a de provocar medo em seus leitores. Porém, com a evolução do gênero, o que temos hoje é a presença de seres sobrenaturais, como vampiros, lobisomens, fantasmas, zumbis, etc, mas nem sempre acompanhados pela ideia do medo. Aliás, diria que a maioria, atualmente, é muito mais voltada para o romance do que para o terror.
Um dos precursores do gênero e, provavelmente, um dos mais famosos, é Drácula, de Bram Stoker, o qual deu origem às inúmeras histórias de vampiros contemporâneas, tanto na literatura quanto no cinema.

Algumas obras do gênero:

Distópicos

E, então, a febre do momento.
Segundo o Wikipédia, temos:

Distopia ou antiutopia é o pensamento, a filosofia ou o processo discursivo baseado numa ficção cujo valor representa a antítese da utopia ou promove a vivência em uma ‘utopia negativa’. As distopias são geralmente caracterizadas pelo totalitarismo, autoritarismo, por opressivo controle da sociedade. Nelas, caem as cortinas, e a sociedade mostra-se corruptível; as normas criadas para o bem comum mostram-se flexíveis. A tecnologia é usada como ferramenta de controle, seja do Estado, seja de instituições ou mesmo de corporações”.

Só esse fragmento já diz tudo e resume muito bem os livros desse gênero. Devo dizer que, dentre todos os citados, esse é, provavelmente, o que mais me agrada, visto que todos os livros que já li dessa categoria me agradaram e muito. Nas outras categorias, esse fato nem sempre foi frequente.
Talvez seja a forte crítica social embutida nos distópicos ou a própria narrativa de seus autores. De qualquer maneira, é compreensível o porquê de as distopias estarem cada vez mais em ascensão atualmente!

Alguns livros do gênero:

Acredito que não seja novidade para ninguém que acompanha o blog a resistência que tenho com livros de Literatura Fantástica. Dificilmente algum consegue, realmente, me cativar. Porém, isso não significa que aqueles que me agradam me agradem em menores proporções do que livros de outros gêneros. Um exemplo é que a minha série favorita de todos os tempos é Harry Potter e duvido muito que outra consiga ocupar esse lugar.
Outras séries que me apaixonei são: Crepúsculo, Jogos Vorazes, Academia de Vampiros, Gregor e Feios.  Como livros únicos, até o momento, também amei A Hospedeira, Ponto de Impacto e Fortaleza Digital.
Muitos dos que coloquei de exemplo eu ainda não tive a oportunidade de ler, mas tenho curiosidade por Delírio, Estilhaça-me, Destino, Hush-Hush, The Wolves of Mercy Falls, Sangue Quente, 1984, Operação: Cavalo de Tróia e Admirável Mundo Novo.
 
E vocês? Quais já leram? Quais querem ler?
Beijos!
 
 
 




Deixe o seu comentário

16 Respostas para "Especial: Literatura Fantástica"

Érica Lopes - 12, julho 2012 às (18:35)

Oi, flor!
Desde a série Crepúsculo e Destino, sou apaixonada por ambos. Também tenho vontade de Delírio e a série Jogos Vorazes que estou super louca pra ler ^^
Saudades de você, Mi!
Beijokas

Responder

Planet Pink - 12, julho 2012 às (19:16)

Muito bom conhecer um pouco mais desse gênero que é tão amplo!

Eu tinha um pouco de dúvida sobre distópicos

Beijos

Responder

Nuvem de Letras - 12, julho 2012 às (20:53)

Oiê, quanto tempo não passo aqui!!!
Adorei o post, e posso afirmar que literatura fantástica é o gênero literário que mais me atrai. Acho incrível a criatividade dos autores e o quanto a mente humana é capaz de criar coisas tão incríveis. Gosto de outros gêneros, mas com certeza esse é o meu favorito.
Tenho vontade de ler vários dos livros que você postou como exemplo *-*

Beijinhos
Daisy — blog Nuvem de Letras

Responder

Nuvem de Letras 12 jul 2012

Destino, Feios, Mochileiros das Galáxias, Guerra dos Tronos (apesar de eu achar esses livros gigantes demais, e me dá uma preguicinha de ler…), Percy Jackson que será minha próxima leitura (assim espero), Cidade dos Ossos… tantos outros!!!! ♥

Responder

Kivia Nascentes - 12, julho 2012 às (23:16)

Sabe o que é fantástico/ca? VOCÊ, SUA LINDA, hahaha

Eu ando viciada nas distopias ultimamente, e parece que de uns tempos pra cá o gênero começou a super pipocar né? Adorei o post diva!

beijos!

Responder

SÔNIA Montenegro - 12, julho 2012 às (23:28)

Muito bom este teu artigo!
Não tem curiosidade de ler a série Crônicas de Gelo e Fogo? Pois eu tb tenho certa resistência a ler esse tipo de literatura, mas não me decepcionei com esta. A mesma coisa aconteceu com a trilogia Jogos Vorazes, q só li porque ganhei num sorteio, e acabei por gostar muito.
Às vezes a gente alimenta “pré-conceitos” a respeito de alguns estilos de literatura q nos fazem perder boas leituras. É o caso de Harry Potter, q até hoje não li…
Só não me façam ler histórias de vampiros! Já passei da idade de curtir isso rsrsrs.
Bjk.

Responder

Natalia Dantas - 12, julho 2012 às (23:55)

Oi Aione ^^

Quero muito ler alguns livros que você citou aí em cima, mas alguns desses eu já li!
Já me indicaram do Robert Louis, pois gosto desse tema. Apesar de já ter sido lançada a um tempinho, ainda não li a série de Harry Potter, nossa mais é vontade demais HAUHAUAHAU /Õ

Beijos :*
Natalia do blog Entre Livros e Livros (http://musicaselivros.blogspot.com.br/)

Responder

Jonathan Henrique - 13, julho 2012 às (00:19)

Mi, eu amo literatura fantástica!! E o mais legal é que dentro dela, a gente encontra um leque de outros subgêneros, para todos os gostos e estilos.
Eu adorei o post! Ainda bem que mesmo não sendo um nicho que te conquiste por completo, há livros de que você gosta!

Beijos!

Responder

Téh Moura - 13, julho 2012 às (01:33)

Parabéns, Aione, seu post ficou muito legal! Literatura fantástica eu diria que é um dos gêneros que mais leio. Geralmente me agrado facilmente com livros desse gênero. Já li:
toda a saga Crepúsculo,
House of Night até o livro 5,
Feios,
Perfeitos,
O Guia do Mochileiro das Galáxias,
A Hospedeira,
Sangue Quente
Sussurro
A saga Harry Potter
A Breve Segunda Vida de Bree Tanner
Entrevista Com o Vampiro
Formaturas Infernais
O Sobrinho do Mago
Diários do Vampiro – O Despertar
Diários do Vampiro – O Confronto
Diários do Vampiro – A Fúria

Acho que é “só” isso. Nem todos eles me agradaram. “A Hospedeira”, por exemplo, foi um livro que eu particularmente não gostei muito, idem “O Guia do Mochileiro das Galáxias”. “Diários do Vampiro” foi uma série que não me agradou muito. Mas de resto acho que gostei de todos, principalmente de “Harry Potter”, os livros da série “Feios”, “Sangue Quente” e “Entrevista Com o Vampiro”. Dá uma chance para a Fantasia. Acredito que existam muitos que vão te agradar, o que não quer dizer que vai ser qualquer um que você vai gostar. Mas provavelmente vai valer o risco.

Um beijo!

Téh Moura – http://www.aminhadimensao.blogspot.com

Responder

Vanessa - 13, julho 2012 às (09:58)

Compartilho com você da mesma resistência aos livros de Fantasia na minha humilde opinião nada supera um bom romance ou mesmo um chick-lit, estes são meus gêneros favoritos, mas é claro que já li muitos livros de fantasia que entraram para minha lista de favoritos, como por exemplo Sereia da Tricya Rayburn.

Vanessa – Balaio

Responder

Sora Seishin - 13, julho 2012 às (14:10)

Oi Aione!
Adorei esse post! Eu adoro literatura fantástica, acho que é o gênero que mais tenho em casa. Mas dentro dela, o que mais gosto são os sobrenaturais.
Outro dia minha mãe me pediu um livro emprestado, mas disse que queria um sem vampiros, nem lobisomens, nem fantasmas… Foi difícil achar um assim na estante 😀

Beijos,
Sora – Meu Jardim de Livros

Responder

Lili - 13, julho 2012 às (17:17)

Aione,
eu simplesmente amo de paixão romances clássicos e sou apaixonada por literatura fantástica. A prova é meu amor incondicional à Harry Potter, Tolkien, Crônicas de Gelo e Fogo.
Confesso que os sobrenaturais não me agradam tanto. Mais o estilo gótico que vemos menos hoje em dia.
Ainda assim alguns me despertam.

Adorei saber mais sobre o estilo distópico. Nem sabia que isso entrava em literatura fantástica. Que surpresa!
Vivendo, lendo blogs e aprendendo.

Beijão,
liliescreve.blogspot.com

Responder

leitoracompulsiva - 13, julho 2012 às (18:22)

Oi Aione,
Adorei a explicação!! Decididamente são vidrada em literatura fantástica. Não importa qual gênero! hehehe
Já li tantos dessa sua lista que nem vou ficar relacionando aqui senão não acabo nunca de comentar! hehe
beijos
Camis – Leitora Compulsiva

Responder

JennyCullen - 13, julho 2012 às (23:49)

Amei o post especial!
Eu não sabia dos subgêneros,bem legal conhecer um pouquinho de cada.
Não curto muito ficção científica,mas também amei ‘A Hospedeira’,e estou lendo a série ‘Mochileiro das Galáxias’,e é bem legal.
De Fantasia,dos exemplos citados,eu comprei os três primeiros volumes de ‘Instrumentos Mortais’,e estou ansiosíssima pra ler! Nunca tive a oportunidade de ler Harry Potter,infelizmente,mas quero muito.
Sobrenatural eu já li a saga Crepúsculo,que eu amei,e comecei a ler House of Night,mas não gostei muito,e parei. E quero muito muito muito ler ‘Sangue Quente’!!!
Distopia,a moda do momento,eu nunca li. Tenho ‘Estilhaça-me’ e pretendo lê-lo em breve,e minha amiga está me implorando pra ler ‘Jogos Vorazes’ porque é muito bom.

Beijooss,

Jennifer.

Responder

Mariana FS - 16, julho 2012 às (20:41)

Oi Aione!
Adorei este post! Eu costumo dizer que literatura fantastica não me atrai, mas conforme fui lendo o post vi que já li alguns dos livros que você citou, e o mais interessante, nunca tinha me dado conta que alguns deles são fantásticos, hehehe (como Fortaleza Digital e Ponto de Impacto ou mesmo Frankenstein, Drácula e O Médico e Montro – fora que tenho muita curiosidade de ler Julio Verne), mas faz todo o sentido: “aquilo que foge à lógica é fantastico”
Também li a série Harry Potter e adoro o mundo criado pela JK Rowling. Como não adorar? E cada leitor tem uma visão única, um personagem preferido, um sentimento…isso mostra a riqueza da criação da autora.
Eu nem sabia que Feios era distópico, hehe. Quero dar uma chance ao gênero, mas isso ainda não aconteceu . Provavelmente acontecerá com Jogos Vorazes. Veremos..hehe

Beijos
http://www.alemdacontracapa.blogspot.com

Responder

Lucas Martins - 17, julho 2012 às (05:55)

Adorei a post, Mi! Confesso que fantasia, estilo Senhor dos Aneis não me atrai tanto, mas os demais subgêneros me agradam bastante. Já li alguns livros desses estilos, portanto gosto.
Uma dúvida: não era para Admirável Mundo Novo, Eu, Robô e 1984 terem ficado nas distopias? O enredo deles envolve ciência, ok.. mas acho que melhor se encaixariam nas distopias. (Posso estar falando uma grande besteira, me corrija, Mi, rsrs)
Enfim, adorei os livros que você destacou também, Mi, super completa a post!
Beijão!

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por

Blogs Brasil