[Livros Na Telona] Orgulho e Preconceito - Jane Austen | Minha Vida Literária
17

jul
2012

[Livros Na Telona] Orgulho e Preconceito – Jane Austen

Livros Na Telona é uma coluna na qual analiso filmes que foram baseados em livros!

Sobre o Livro

Título: Orgulho e Preconceito
Autor: Jane Austen
Editora: Best-Bolso
Número de Páginas: 392
Ano de Publicação: 2010
Skoob: Adicione
Orelha de Livro: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

Orgulho e Preconceito é, provavelmente, a obra mais famosa e amada de Jane Austen. Também, os motivos para isso são muitos.
A começar pela protagonista: Elizabeth Bennet é a personagem mais à frente de seu tempo dentre as mocinhas de Austen. Independente, de gênio forte e personalidade única, a heroína preza sua própria inteligência e não aceita se casar pura e simplesmente por acordos familiares. Prefere ficar sozinha a um casamento arranjado. Por todas essas características, acredita-se que a personagem tenha sido inspirada na própria Jane Austen.
Não simplesmente a personalidade de Elizabeth é cativante como toda o enredo que se desenvolve. Recheada de ironias e críticas sociais, como característica das obras de Austen, acompanhamos a história da família Bennet e não simplesmente de Elizabeth. Cada uma das irmãs é diferente da outra e tais divergências são completamente visíveis, culminando em diferentes acontecimentos ao longo da narrativa.
Provavelmente, o que torna a obra tão atraente é o romance nela existente. Mr. Darcy foge dos padrões idealizados, sendo arrogante e orgulhoso, ao mesmo tempo em que encanta com todo seu mistério. É delicioso acompanhar a transformação das personagens aos olhos de Elizabeth e talvez seja essa a chave do romance.
Ainda, a narrativa de Austen é ótima de se acompanhar. Leve e descontraída em muitos momentos, a autora faz uma ótima caracterização da época e de seus costumes, o que possibilita conhecer um pouco da sociedade britânica do final do século XVIII e início do século XIX. É sempre interessante compreender como era o pensamento das pessoas em outras épocas e compará-lo com o atual. Da mesma forma que muitas coisas se modificam ao longo do tempo, percebemos que outras continuam as mesmas, como a discriminação com diferentes classes sociais.
Orgulho e Preconceito só não é meu favorito de Jane Austen porque ela escreveu Persuasão. Sendo assim, a leitura é certamente recomendada, principalmente aos que se encantam com belas histórias de amor. Se você está procurando um livro clássico para começar, pense com carinho em Orgulho e Preconceito.
Sobre o Filme
Já disse em outros Livros na Telona de obras de Jane Austen que as adaptações de seus livros costumam ser muito bem feitas, e isso não é diferente com Orgulho e Preconceito.
Quero deixar claro que só assisti à versão de 2005 e, portanto, não posso falar de outras.
A história toda foi muito bem adaptada. Tudo aquilo que era imprescindível à história, está no filme. Os poucos cortes e alterações ocorreram com o intuito de minimizar a história para não torná-la muito longa ou cansativa. De qualquer forma, a essência dela não se perdeu ou se alterou e o resultado final foi um filme doce e encantador.
A escolha dos atores também foi importante para o sucesso do filme. Keira Knightley fez um belíssimo trabalho como Elizabeth Bennet, não consigo imaginá-la de outra maneira. O mesmo vale para Rosamund Pike: sua doçura é a mesma descrita para Jane Bennet. Matthew Macfadyen tem o porte e a seriedade perfeitos para Mr. Darcy e uma beleza que se destaca por não ser óbvia. Também, não posso deixar de citar  Donald Sutherland e Brenda Blethyn, ambos me fizeram sentir as mesmas reações tidas enquanto eu lia sobre as atitudes do Sr. e da Sra. Bennet: quanto a ele, um carinho e uma enorme vontade de abraçá-lo, por ser tão fofo. Quanto a ela, uma intensa vontade de correr para a direção oposta. Ela transmitiu muitíssimo bem o quão irritante é a personagem.
A única coisa que senti falta no filme foi o final existente no livro. Nas telonas, a história se encerra no penúltimo capítulo do livro. Sim, Jane Austen nos presenteou com um pouco mais de Elizabeth e Mr. Darcy no livro e só isso já é o suficiente para que o livro seja lido, e não somente o filme assistido!
Portanto, por mais bela e ótima que seja a adaptação, o livro é mais completo e mais rico em detalhes, de forma que o filme não consegue ser, por mais fiel que seja. Recomendo e muito os dois!
 
Confira o Trailer do Filme!






Deixe o seu comentário

12 Respostas para "[Livros Na Telona] Orgulho e Preconceito – Jane Austen"

Lucas Martins - 17, julho 2012 às (18:29)

Mi, Orgulho e Preconceito é o único livro da Jane que eu li (pretendo mudar isso muito em breve), mas já é favorito dentre todos que já li. A delicadeza em moldar a história, o trabalho em personificar cada personagem.. nossa, a Jane é uma das autores que mais gosto, sem sombra de dúvidas!
O filme é uma das adaptações que mais gosto também! Você já viu eu falando do livro/filme num Dos livros para o cinema, então tem uma noção do que eu acho sobre ele. Mas enfim, realmente gosto muito das atuações, figurino, fotografia… O filme é muito bom!
Quero ver o que tu vai falar de clássicos nessa semana, Mi! Beijão! 😀

Responder

JennyCullen - 17, julho 2012 às (19:27)

Mi,eu sempre quis muito ler o livro,ele é mesmo o mais elogiado dos da Jane.
Eu assisti há um tempo atrás o filme,e pra minha surpresa,eu a-m-e-i! Não gostei muito do final porque ficou meio vago,mas é bom saber que no livro fala um pouco mais.
Quase comprei o livro,mas por algum motivo que não me lembro desisti da compra =/
Desde que comecei a frequentar o blog,minha vontade de conhecer as obras de Jane Austen só aumentou,principalmente Persuasão e Orgulho e Preconceito,por serem os que você mais elogia.

Agora bateu até uma vontade de assistir o filme de novo xD

Beijoos,
Jennifer

Responder

Santos - 17, julho 2012 às (19:57)

meu amor por livros começou em Orgulho e preconceito, muito bom por sinal.
Vi o filme milhões de vezes e um certo dia resolvi ler o livro, descobri que a história poderia ser cada vez mais bonita, amei!
tanto que foi este que me fez criar o blog e compartilhar um pouco sobre o que ando lendo!

Amo o livro amo o filme…

http://www.leituradeouro.blogspot.com

Responder

Clara Beatriz - 17, julho 2012 às (20:59)

Eu amo a adaptação de Orgulho e Preconceito de 2005 (assisti ontem mesmo), mas aquele final nos deixa com um gosto de quero mais! Já li o livro e é muito bom!
maravilhosomundodetinta.blogspot.com

Responder

✿Vanessa✿ - 17, julho 2012 às (22:54)

Oi Mi*
Eu adorei ler este livro e o filme é maravilhoso, muito bom!!
Ainda não li os outros livros da Jane Austen, mas eu pretendo ler!!

Bjinhs*
http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

Responder

Lili - 18, julho 2012 às (00:53)

O que mais eu posso dizer? Eu adoro a Keira, adoro todo o resto do elenco do filme, e esse é meu livro preferido.

E adoro esse diretor!

liliescreve.blogspot.com

Responder

Taiane - 18, julho 2012 às (18:24)

Eu amo Orgulho e Preconceito! Amo Jane Austen!
A primeira coisa que pensei a ver seu blog: que blog fofo!
Segunda coisa que eu pensei: AHHHHHHHHHHHHHHH! A FOTO DELA LENDO “A ABADIA DE NORTHANGER”!!
Terceira coisa que eu pensei: AHHHHHHHHH! ORGULHO E PRECONCEITO #morta
Rsrsrs
Ameiii seu blog, está de parabéns!
O meu é esse: bloglivrosecha.blogspot.com
Beijinhos,
Taiane.

Responder

Raquel Machado - 19, julho 2012 às (00:42)

Oi flor,
Devo confessar que esse livro me chama muitaaaa atenção mesmo e se for ler algo classico como eu disse esse seria o escolhido…visto que ele lida com todo um romance e questões sociais como vc disse…quem sabe que compro ele ne???Rsrs
Bjkss
Raquel Machado
Leitura Kriativa

Responder

Marcelo Lima - 19, julho 2012 às (19:24)

eu adoro o livro já o filme achei tão fraco.

Responder

Glaucia Silva - 20, julho 2012 às (12:08)

Oi Mi!!

Ainda não vi o filme e nem li nenhum livro da autora, mas sempre ouvi falar muito bem…
Adoro ver filmes que foram baseados em livros, mas procuro sempre ler o livro primeiro…
Vou colocar este na listinha…

Bjinhos

Responder

Eduarda Menezes - 22, julho 2012 às (06:19)

O filme é muito, muito bom! E tenho vergonha de admitir que nunca li esse livro completo, só peguei umas partes preferidas e fui lendo aleatório, mas quero mudar isso LOGO! Por mais que a adaptação seja maravilhosa, imagino que os detalhes da história também façam a diferença, e só por conter o capítulo a mais já vale a pena mesmo. Uma das coisas que mais me deixaram com raiva nesse filme foi aquele final abrupto com o pai da Lizzie rindo e… acabou! Por isso que adoro ver a cena adicional que tem no DVD com eles dois namorando um pouquinho na mansão do Darcy! haha
Beijão!

Responder

Ni - 24, julho 2012 às (11:01)

SIM! O filme é ótimo! Ai Mi que inveja de você que consegue lembrar até capítulos do livro. Sério, a minha memória é ruim AO EXTREMO e eu fico muito triste, porque costumo esquecer basicamente todas as histórias que leio – por isso eu releio muito (e mesmo assim esqueço). Preciso reler “Orgulho e Preconceito”, só não esqueci de tudo porque assisto o filme sempre que posso! (Só para você ver como minha memória é ruim, estou no final de um livro e não consigo lembrar direito do começo. Sério ):)

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por

Blogs Brasil