[Resenha] Belo Desastre - Jamie McGuire | Minha Vida Literária
06

ago
2012

[Resenha] Belo Desastre – Jamie McGuire

Título: Belo Desastre
Autor: Jamie McGuire
Editora: Verus
Número de Páginas: 389
Ano de Publicação: 2012
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

A nova Abby Abernathy é uma boa garota. Ela não bebe nem fala palavrão, e tem a quantidade apropriada de cardigãs no guarda-roupa. Abby acredita que seu passado sombrio está bem distante, mas, quando se muda para uma nova cidade com America, sua melhor amiga, para cursar a faculdade, seu recomeço é rapidamente ameaçado pelo bad boy da universidade. Travis Maddox, com seu abdômen definido e seus braços tatuados, é exatamente o que Abby precisa – e deseja – evitar. Ele passa as noites ganhando dinheiro em um clube da luta e os dias seduzindo as garotas da faculdade. Intrigado com a resistência de Abby ao seu charme, Travis a atrai com uma aposta. Se ele perder, terá que ficar sem sexo por um mês. Se ela perder, deverá morar no apartamento de Travis pelo mesmo período. Qualquer que seja o resultado da aposta, Travis nem imagina que finalmente encontrou uma adversária à altura.

Fiquei curiosa por Belo Desastre no minuto em que o livro chegou a minhas mãos. Primeiro, perdi a noção do tempo olhando para a capa, tentando entender seu significado. A primeira coisa que pensei foi em “mistério”. E na música da Kelly Clarkson (ouça aqui). E, enquanto eu fazia a leitura, foram muitos os significados que me vieram à mente. Sentimentos reprimidos, ansiosos por serem liberados. Liberdade e identidades contidas. Personalidade contida. Por fim, uma tentativa de se evitar o Efeito Borboleta, da Teoria do Caos, o qual afirma que um simples bater de asas de uma borboleta pode causar um tufão do outro lado do mundo. E acredito que a capa represente tudo isso. Provavelmente até mais do que isso.
Sem saber do que se tratava a leitura – eu não havia lido a sinopse (que não faz jus ao livro, à propósito) e adorei não tê-la lido, gostei muito mais de tudo ter sido uma surpresa -, estava esperando por um livro intenso e sensual, o que, de fato, Belo Desastre é. Mas ele vai muito além disso. É também complexo e muito mais profundo do que aparenta ser. Não esperava que questões como família, ganância e prioridade pudessem ser debatidas no enredo.
Não é sempre que me deparo com personagens que fazem de suas características as características da história, mas foi isso que Jamie McGuire fez em sua obra. Não fazia ideia de como o livro terminaria, porque tanto um final feliz quanto um extremamente dramático eram possíveis. A cada momento, eu simplesmente não sabia o que esperar, ao mesmo tempo em que esperava um milhão de acontecimentos diferentes. E essa imprevisibilidade faz parte do relacionamento de Abby e Travis.
Havia momentos em que me irritava profundamente com ambos, porém, também foi impossível não compreender seus sentimentos. Em diversos momentos, senti em mim a dor de Abby e quando pensava em recriminá-la por alguma atitude, colocava-me em seu lugar e percebi que, na maioria das vezes, eu teria agido como ela e me sentido como ela. Vale destacar, também, que a personagem é extremamente racional e isso interfere completamente no que Travis significa para ela. Ele foge a sua razão, que diz exatamente o contrário de suas emoções. Esse choque entre a razão e a emoção só contribuem para intensificar o envolvimento do leitor e o impacto da leitura.
Travis Maddox é simplesmente viciante, contraditório por ser perfeito com tantas imperfeições. O primeiro momento que notei a semelhança do personagem com os sentimentos que o livro desperta foi logo no começo. Abby e Travis desenvolvem uma relação de amizade pelo simples fato de Abby ser a única garota a não se interessar por Travis e isso motivá-lo. Bastou que ela dissesse “não” para ele pela primeira vez para que eu me visse desesperada para vê-los juntos. Quanto mais eu lia, mais eu queria ler, mais eu queria saber o que estava por vir.
Não simplesmente a história é viciante como a narrativa de Jamie também o é. Cada frase da autora é carregada de intensidade, a ponto de atingir o leitor logo nos primeiros parágrafos e envolvê-lo sem grandes esforços. Foram diversos os quotes que destaquei mentalmente enquanto lia, e me vi retornando algumas vezes apenas para relê-los.

“Eu poderia passar mil anos tentando bloquear aquele momento da memória, e ele ainda arderia em minha mente”.

página 299
Sinceramente, por mais ansiosa que estivesse pela leitura, achei que ela somente seria envolvente, esperava apenas o acompanhamento do desenvolver de uma relação. Porém, fiquei surpresa ao ver como aquilo que há de mais íntimo em cada personagem foi exposto, fazendo-me refletir em diversos momentos. Adoro quando uma leitura me faz analisar sentimentos e reações, e Belo Desastre me proporcionou isso. Quanto mais profundamente eu conhecia cada personagem, melhor eu as compreendia e mais reais elas se tornavam.
Foi visível como as temáticas familiares tiveram um peso importante na história. Elas não só contribuem para dar o suspense ao enredo, como também, e principalmente, para construir a personalidade dos protagonistas. Achei apenas que alguns pontos foram pouco explicados, se considerada a profundidade com que o relacionamento de Abby e Travis foi exposto. Entretanto, deve-se considerar que a história é narrada em primeira pessoa por Abby e, por isso, reflita diretamente aquilo que ela quer ou não falar a respeito. Há fatos de sua vida que ela procura ignorar e, assim, é natural que eles sejam abordados de maneira mais branda, da mesma forma que aquilo que mais interessa a ela seja o destaque da história.

Sobre o final, ele foi diferente do que eu esperava e, embora tenha me agradado, não entrou para os melhores finais que já li. Todo o livro foi intenso demais para mim e esperava finalizá-lo arrebatada, o que não aconteceu. Olhando por outra forma, acredito que tenha sido a conclusão mais perfeita possível, pelo que representou na história, de um modo geral. Desculpem-me por ser tão vaga nesse momento, mas se eu tentar me explicar, acabarei dando algum spoiler.

Por fim, gostaria de falar sobre o título. Inicialmente, achei que ele se referisse apenas a Travis. Porém, a leitura me fez compreender que não se trata apenas de Travis, mas sim de Abby também. E de Travis E Abby. O título é o casal, assim como o livro é o casal. A história é tão completamente ligada aos dois que tudo se funde em apenas uma coisa: o relacionamento deles.

Ainda que alguns pontos da história tenham ficado um pouco vagos, principalmente se considerado o grande suspense feito ao redor deles inicialmente, de um modo geral isso não influenciou em nada a leitura. A graça dela consiste no turbilhão de emoções transmitido ao leitor e em seu grau de envolvimento com a história. Foi impossível querer parar de ler e continuei presa à Belo Desastre mesmo horas após o fechamento de meu exemplar. Para quem gosta de paixões arrasadoras e histórias intensas, essa é uma leitura obrigatória e que foi direto para minha lista de favoritos. Abby e Travis continuarão por um bom tempo em minha mente.

 





Deixe o seu comentário

51 Respostas para "[Resenha] Belo Desastre – Jamie McGuire"

Lili - 06, agosto 2012 às (18:45)

Eu me senti assim quando li a sinopse. Você me mostrou o livro. E o título e a capa mudaram minha vida (hehe). E então eu li a resenha da Pah e percebi que aquele livro era necessário para mim.

E quando leio aquela sinopse é o único momento de dúvida. Porque a história parece ser tão estúpida nela. Ainda bem que as resenhas trazem esperança de novo.
Com certeza irei adquirir (a Pah podia me sortear lá no blog né?)

liliescreve.blogspot.com

Responder

Julia G - 06, agosto 2012 às (19:48)

“Para quem gosta de paixões arrasadoras e histórias intensas, essa é uma leitura obrigatória”. Se essa é uma definição tão fundamental quanto eu penso ser, com certeza lerei esse livro. Não fazia idéia do que ele se tratava, e nem li a sinopse, para ser sincera, mas vendo tantos comentários positivos nas redes sociais e agora essa resenha, é improvavel que eu consiga passar sem ler.
Adorei cada palavra mi, e degustei delas devagar, como imagino que deva ser feito com o livro. Espero gostar tanto quanto você.

Beijinhos

Responder

Jessinha Cruz - 06, agosto 2012 às (20:33)

Eu já queria muito muito esse livro mas agora ainda quero mais. Estou completamente desesperada porque não sei quando chega a Portugal, se é que alguma vez chegará :3
http://www.fofocas-literarias.blogspot.pt

Responder

✿Vanessa✿ - 06, agosto 2012 às (20:36)

Oi Mi*
Ai, todas as resenhas que estou lendo estão falando muito bem deste livro.
E pelo que vejo este livro é bem do jeito que eu gosto, livro que nos prende e nos dá uma certa emoção. Quero logo poder ler.

Bjinhs*
http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

Responder

Lindsay - 06, agosto 2012 às (21:42)

Oi Aione/Mi rsrsrs

Que linda a sua resenha! Esse livro é meu sonho de consumo atual!
Quero muito conhecer essa história, essa paixão que parece arrebatadora e o Travis ai ai
Não vejo a hora de ir a Bienal (quero comprar ele lá!)
Parabéns pela resenha, perfeita! A Música indicada também é linda!
Beijão

Responder

Danzinha - 06, agosto 2012 às (22:35)

Ai Mi, sempre me fazendo desejar os livros loucamente os livros. Achei essa capa linda demais e depois desta resenha estou oficialmente desesperada para ler este livro.

Beijos

Amigas entre Livros

Responder

Lady Leitura - 06, agosto 2012 às (23:29)

A capa do livro é muito ♥lindaaaa♥! No momento estou mais para histórias leves, mas com certeza vou ler esse livro um dia!

Beijos!

Responder

leitoracompulsiva - 06, agosto 2012 às (23:34)

Oi Aione,
Eu estou no meio da leitura desse livro e estou adorando!
Beijos
Camis – Leitora Compulsiva

Responder

Neiva Meriele - 07, agosto 2012 às (00:15)

Uau!!! Tua resenha ta ma-ra-vi-lho-sa guria, simplesmente adorei, o único problema é que surtei de vontade de ler o livro. E que capa linda é essa hem? Não tiro tua razão de ter ficado encarando ela por um bom tempo kkk.

Ps. minha net ta muito lenta, to tentando te seguir mas tá difícil rs, mas uma hora eu consigo. Beijos e tô muito feliz com nossa parceria.

Responder

Raquel Machado - 07, agosto 2012 às (00:29)

Oi flor,
Nossaaa tipo eu já quero esse livro e agora você me fez querer ele ainda mais…buaaaaa….parece ser muito intenso e tratando de romances arrebatadores bom eu adoroooo isso então com certeza esse é um livro que obrigatoriamente teria que ter na minha estante..
Bjsssss
Raquel Machado
Leitura Kriativa
http://leiturakriativa.blogspot.com/

Responder

Lygia Netto - 07, agosto 2012 às (00:39)

É verdade, Mi, temos sentimentos diferentes em relação ao livro. O que acontece é que percebi q vc se identificou muito mais com o livro do que eu, no caso, em algumas características e sentimentos dos personagens. Por mais que eu concorde que a escrita da autora é envolvente, ela funcionou melhor pra vc! 😉

A leitura é rápida mesmo e recomendo que as pessoas leiam para poder ter sua própria opinião. Hahaha…percebi que a esmagadora maioria (brasileira, no caso) curtiu o livro. Somente agora estou lendo sobre algumas pessoas que não curtiram tanto assim.

Beijo grande!

Responder

Lucas Martins - 07, agosto 2012 às (03:40)

Leitura obrigatória… lista de favoritos… Mi, assim você me mata, hein! Hahaha
Estou percebendo o sucesso do livro, mas não imaginava o motivo e nem o que falariam dele.. Confesso que fiquei interessado na leitura, afinal, não é sempre que conhecemos, por surpresa, um livro tão bom. É bem no estilo que eu gosto, quero ler!
Beijão!

Responder

Sora Seishin - 07, agosto 2012 às (12:29)

Oi Aione!
Eu já estou com esse livro em casa, louca para começar a leitura.
Pena que o final te decepcionou, mas de modo geral o livro foi muito bom, né!

Beijos,
Sora – Meu Jardim de Livros

Responder

Érica Lopes - 07, agosto 2012 às (12:40)

Oi, Mi!
É tão bom quando os personagens ficam na nossa mente, né?
Os últimos livros que ando lendo, alguns personagens não querem me deixar em paz.
O livro parece ser bom, paixão e muito amor humm… fiquei curiosa. Mas, confesso que a capa não chamou minha atenção.

Beijos

Responder

Eduarda Menezes - 07, agosto 2012 às (15:36)

Mi, parabéns pela resenha super intensa, imagino que o livro desperte emoções do tipo para que você a tenha escrito assim! Parece ser uma história bem profunda e apaixonante, e adoro quando as resenhas falam sobre o livro, ao mesmo tempo que não soltam quase nada do enredo, nos deixando ainda mais curiosa – e você consegue isso muito bem! Fiquei curiosíssima para conhecer mais sobre esses personagens tão complexos e únicos. Caso não houvesse todo esse frenesi acho que nem teria olhado muito para o lado de Belo Desastre, agora simplesmente preciso tê-lo na minha estante!
Beijão, querida!

Responder

Alinne - 07, agosto 2012 às (17:52)

OI Mi.
Adorei a resenha
E esse livro me chamou muito a atenção, eu não o conhecia! Parece ser de tirar o fôlego, fiquei curiosa.
Dica anotada.
Beijão.

Responder

Andressa Tomaz - 08, agosto 2012 às (13:52)

Oi Mi!
Nossa, que resenha ótima! Ela, pelo que pude notar, passou exatamente todos os sentimentos profundos que você teve na leitura e isso só me deixou com mais vontade de ler este livro. Já tinha visto alguns blogueiros comentarem sobre ele no twitter, mas sua resenha ficou arrebatadora. Tenho certeza de que vou me envolver na história dos dois assim como você.

Beijos!

Responder

Ni - 08, agosto 2012 às (19:08)

Segunda resenha que leio sobre o livro, primeira positiva! Acabei de comentar na resenha anterior que li “acho que não vou dar uma chance” e agora vem você falando tudo de bom sobre “Belo Desastre”. Arg! Está fazendo tanto barulho na blogsfera! Será que leio? Será que não leio? Apesar de tudo, ainda não consigo ficar maluquinha para lê-lo… Mas a resenha está um amor, que bom que você gostou! É tão bom quando a gente realmente se envolve em uma leitura, né? <3

Responder

Tathy - 09, agosto 2012 às (00:35)

De início fiquei com o pé atrás com esse livro pq achei q tinha algo de sobrenatural, mas depois de ler algumas resenhas confiáveis e ver que o livro é realmente tão bom quanto minha timeline (praticamente em peso tem dito) só estou com mais e mais vontade de ler 😀

Responder

Movidos por Palavras - 09, agosto 2012 às (01:09)

Eii!!
eu já li algumas resenhas desse livro,e todos estão amando esse livro,mas nenhuma resenha me deixou morrendo de ler esse livro,que nem a sua.Pela sua resenha, já estou adorando o Travis,parece ser um daqueles personagens por qual você se apaixona.
Beijos.

Responder

Kéziah Raiol - 09, agosto 2012 às (01:25)

Oi Aione *-*
Eu estou louca por esse livro e a sua resenha em especial despertou mais ainda meu interesse *-*
Preciso conhecer mais o Travis.

Beijocas!

Responder

O Vazio na Flor - 09, agosto 2012 às (13:06)

Confesso que é a primeira resenha que leio sobre esse livro. E fui procurar saber sobre ele, por conta do tanto de contradições nos comentários.rs
Muitos positivos, muitos negativos.
Acho que tudo isso faz com que o livro fique em mais evidência ainda.
Mesmo achando a resenha um pouco longa, foi possivel sentir que o livro é bom pra caramba…ou não.rs
Queda de braços assim, nem sempre saem favoráveis a quem torcemos.
Mas com certeza,quero muito ler o livro.

Beijos

Responder

Gustavo - 09, agosto 2012 às (16:11)

pela capa , eu tbem achei q fosse um misterio no começo , mais o livro começou a ficar famoso nos blogs , e ai começei a ler as resenhas e simplismente me apaxonei pelo livro , quero muito ler ele , otima resenha …

Responder

Bianca de Borba Machado - 09, agosto 2012 às (18:37)

Eu to namorando esse livro desde que vi na caixinha de correio da Pah. Ela falou tão bem que me deixou com uma vontade de ler! Quero muito conhecer o Trevis que tantos falam! *-*

Beijinhos!

Responder

Priscilla Duhau - 10, agosto 2012 às (05:34)

Ádorei a resenha, Mi. Tenho lido muito a respeito sobre esse livro na blogosfera, mas não tinha parado pra ler nenhuma resenha dele, até agora. Confesso que no começo pensei: “hum, muito ‘Um Amor pra Recordar'”, mas pelo que você descreveu, o livro parecer ser bastante itenso e eu gosto muito disso.
Não preciso nem dizer que mesmo sem ter lido uma frase desse livro eu já gosto do Travis. Sim, sou dessas que têm uma queda por bad boy, ainda mais por bad boys tatuados, haha.
Espero não antipatizar com a Abby, já que eu tenho uma tendência a não gostar de personagens extremamente certinhas e tudo mais.
E é claro, também adoro um drama familiar e como você disse que esse drama é bem preponderante para a história como um tudo do livro, me inteiressei ainda mais!
Enfim, resenha maravilhosamente bem escrita. ^^

Beijão ♥
Priscilla Duhau
Livrificando

Responder

Nanda - 13, agosto 2012 às (21:48)

Ah, esse livro ta causando por aí!

Adorei a resenha! Os personagens parecem ser incríveis! Consigo entender perfeitamente essa questão de o Travis ser um personagem para se amar E odiar. Deve ser por aí mesmo.

Fiquei super super curiosa! 😀

Responder

Vanilda - 14, agosto 2012 às (01:11)

Tenho lido muita coisa a respeito desse livro e como a resenha do Guilherme, todos estão muito empolgados! A história é tudo isso mesmo? Estou ficando cada vez mais curiosa e ansiosa para me jogar nesse livro!

Responder

Brubs. - 14, agosto 2012 às (13:38)

Todo muito falando do livro e eu cada vez ficando mais curiosa.
Amei sua resenha, realmente o livro para ser muito bom.
Os personagens parecem ser incríveis.
Beijos
Bruna-Livros de Cabeceira

Responder

Karen Araki - 14, agosto 2012 às (14:02)

Adore a resenha. Estou ansiosa para ler o livro e também estou ansiosa para ver a adaptação para o cinema que a Warner Brothers irá fazer livro.

Responder

cristiane - 15, agosto 2012 às (21:19)

Adorando ver resenhas desse livro! Mas é muito bom mesmo, eu já decidi que é bom demais. Tem alguma coisa nele que me deixa tão curiosa…eu não sei, mas parece que é um daqueles que a gente não esquece. Eu gostei.

Responder

JennyCullen - 16, agosto 2012 às (03:13)

Mii,que resenha linda!
Eu também pensei em algo como mistério ao ver essa capa…
Estou louca por ele,quando se tornou destaque na blogosfera. Ainda mais quando tantAS leitoRAS ficam ai falando tãão bem do Travis,eu preciso conhecer esse cara! Rsrsrs
“Bastou que ela dissesse “não” para ele pela primeira vez para que eu me visse desesperada para vê-los juntos.” Isso que você disse é tão minha cara 😛

Enfim,estou super curiosa pra ler Belo Desastre!

Beijooss,
Jennifer

Responder

Joana Masen - 17, agosto 2012 às (00:33)

Muita vontade de ler o livro, pena q a fila tá grande e tem outros antes dele… mas não vejo a hora de começar e conhecer o romance desses dois! A cada resenha q leio fico mais curiosa, e espero me apaixonar pela história, assim como td mundo! Bjos!

Responder

Julyana Mendes - 20, agosto 2012 às (02:45)

Ao ler a sua resenha só fiquei ainda mais com vontade de ler esse livro, já li várias resenhas sobre ele que não aguento mais, precso lê-lo urgentemente e conhecer esse Travis,que só pelas resenhas já ganhou meu coração rs!

Beijos,
Julyana
http://emsintoniacomoslivros.blogspot.com.br/

Responder

Cristiane de oliveira - 20, agosto 2012 às (15:34)

Fiquei bem curiosa com sua opinião, está todo mundo falando desse livro e já li uma resenha de uma pessoa que não gostou.
Vou ler pra tirar minha propria inpressão da história quero conhecer o Travis pra ver se é isso tudo mesmo, apesar de não gostar de como ele é.

Responder

Carol - 20, agosto 2012 às (17:16)

Adoro demais!!!!
Livro muito bem construido. Travis é muito louco e maravilhosamente obcecado.
Gostei muitoooo

Responder

Wallace Alves - 20, agosto 2012 às (18:05)

Esses livros mais sensuais e eróticos estão entrando na moda agota e esse livro em si, está me deixando cada vez mais curioso, só está recebendo elogios já li várias resenhas dele, gostei do fato do livro se passar na faculdade. Li em outra resenha que ano que vem será lançada uma outra versão sob a pov do Travis.

Responder

Luiza Helena Vieira - 20, agosto 2012 às (22:57)

Sinceramente, de todas que já li, sua resenha foi a que mais passou emoção sobre o livro.
Também achei que a sinopse não faz jus ao livro. Tanto que, na minha opinião, a tal aposta ficou em segundo plano.
Fiquei impressionada como a Jamie conseguiu fazer uma história muito envolvente e interessante com um casal clichê. Tiro meu chapéu pra ela.
Todo dia, me seguro pra não pedir emprestado de novo (tenho uma lista de livros na fila)
Posso dizer que Belo Desastre foi um dos melhores livros que já li na vida!

Luiza Helena Vieira
Obsession Valley
http://obsessionvalley.blogspot.com

Responder

Arca de Tinta - 21, agosto 2012 às (12:01)

Nossa adorei sua resenha!!! Bom para falar a verdade não tinha muita vontade de ler este livro já que ele vem sendo extremamente divulgado e eu geralmente me decepciono com histórias desse tipo, mas pelo que você disse aí o livro parece ser muito bom e complexo, isso me fez ter realmente vontade de lê-lo. Adorei a forma como você faz sua resenha, muito bem mesmo!!

Responder

Natiii - 21, agosto 2012 às (22:49)

Aione esse livro está dando o que falar.
Só li resenhas positivas sobre ele,e é claro fiquei super curiosa.
Quase que eu comprei ele na Bienal,mas estava caro.
Confesso que fiquei intrigada com a sua resenha,a parte que vc fala do final.
Adoro livros que nos deixam pensando nele após horas depois de ter finalizado a leitura.
Como vc disse,a Abby disse não para o Travis pela primeira vez,e isso o incentivou a conquistá-la…E acredito que todos os leitores torcem por isso

bjs Nati

Responder

cinthia oshiro - 23, agosto 2012 às (20:57)

Meu deus eu PRECISO ler esse livro, vejo tantas resenhas e pessoas dizendo como esse livro é bom!! parece que pode até virar um filme. adorei sua resenha

Responder

Monique Químbely - 24, agosto 2012 às (00:06)

Como eu quero esse livro! Sua resenha tao bem escrita tá me fazendo roer os dedos, aliás, como vc consegue escrever tanto e, ainda assim, nao deixar a resenha sem pé nem cabeça? hhe Amei! Já estou seguindo o blog e participando das promos.
Bjss

Responder

Lú Miranda - 24, agosto 2012 às (15:41)

eu quero muito esse livro, portanto estou participando do sorteio…
Li muitas resenhas positivas sobre o livro, porém a sua foi a que fez eu ficar mais apaixonada pelo livro, e só fez eu querer mais e mais.

Responder

thayla - 25, agosto 2012 às (17:21)

Esse livro é tão desejado que passei dois dias só procurando por ele e pensando nele. A sua resenha só fez crescer ainda mais o meu amor por ele. <3

Responder

Paola Alves - 26, agosto 2012 às (02:55)

São tantas as resenhas positivas que encontro de “Belo Desastre” pelos blogs. Acho que não vi nenhuma negativa. Apesar do famoso romance clichê que ocorre entre o Travis e a Abby, tem o lance mais sexy, que me deixa curiosa e desesperada, não posso contar os segundos para lê-lo. rs
Mesmo sem ter tido a oportunidade de conhece-lo, já espero a sua continuação.
Ps: A primeira vez que vi sua capa, também demorei longos minutos pra tentar entender o que realmente significa rs

Parabéns pela ótima resenha. Beijos

Responder

Maria B SOUZA - 27, agosto 2012 às (11:58)

Confesso que no primeiro momento não achei esse livro muito interessante, mas não é que depois de algumas resenhas que li, minha opinião mudou completamente!!! Quero muito ler esse livro.

Responder

Khrys Anjos - 31, agosto 2012 às (10:54)

Adorei sua resenha. Estou louca para conhecer o Travis.Já li tantos elogios sobre esse livro que quero conferir por mim mesma.

Um leve bater de asas para todos!!!!!!!

Responder

Tais Bruna Castro - 01, setembro 2012 às (19:53)

Quero tanto ler esse livro Mi.
Ele tá no topo da minha lista de desejados, quero conhecer e entender o porque todo mundo se apaixonou pelo Travis..rsrs
Adorei a sua resenha porque você soube abordar bem todos os pontos do livro até mesmo os que não foram tão positivos na sua opinião.

bjs
Tais
http://www.leitorafashion.com.br

Responder

Erickson Farias - 03, setembro 2012 às (05:36)

A resenha me proporcionou enxergar o enredo por um novo ângulo, o que foi bem legal. Deu para sentir o calor da história, o quão intensa ela é.
É ótimo saber que o casal clichê não desestimula o leitor. Fiquei a fim de conhecê-los.
Parabéns pela excelente resenha!

Responder

Luciana Cardoso - 04, setembro 2012 às (00:54)

A algum tempo eu estou namorando esse livro, quero muito lê-lo, li resenhas positivas sobre ele e fiquei curiosa. Espero lê-lo logo.

Parabéns pela ótima resenha, apesar de alguns comentários sobre os pontos “negativos” do livro eue ainda quero muito lê-lo.

Responder

caroline - 04, janeiro 2014 às (21:07)

Todo mundo me indicou esse livro para ler e quando terminei entendi o por quê!
Travis é viciante,até o nome dele é legal rs. Achei a Abby um pouco chata.
Não vejo a hora de poder ler Desastre Iminente.

Responder

Thamiris da Silva - 05, março 2016 às (18:02)

Recomendo, eu considero o melhor romance que eu já li, mas eu não leio muitos romances então não sei se é uma opinião lá muto boa, mais é simplesmente um livro maravilhoso, repleto de personagens maravilhosos, literalmente.

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por

Blogs Brasil