[Livros Na Telona] Qual Seu Número? - Karyn Bosnak | Minha Vida Literária
08

ago
2012

[Livros Na Telona] Qual Seu Número? – Karyn Bosnak

Livros Na Telona é uma coluna na qual analiso filmes que foram baseados em livros!

Sobre o Livro

Título: Qual Seu Número?
Autor: Karyn Bosnak
Editora: Novo Conceito
Número de Páginas: 414
Ano de Publicação: 2011
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Buscapé
Como o livro já foi resenhado aqui, não falarei muito dele.

Basta dizer que o livro é hilário e deliciosamente escrito. Suas quase 500 páginas mal são percebidas, pela boa fluidez da leitura. No início, apenas, demorei um pouco para me conectar à história, mas conforme prossegui na leitura, o envolvimento foi uma consequência natural.

As personagens são ótimas. Delilah Darling me fez rir em diversas situações, ao mesmo tempo em que me fez refletir ao se questionar sobre sua auto-imagem. Colin merece entrar para a lista dos fofos de plantão, e o avô de Delilah me fazia sentir vontade de entrar no livro para abraçá-lo. A única personagem que não me agradou foi a mãe de Delilah, com sua maneira de fazer a protagonista se sentir mal simplesmente por estar solteira.
Para quem gosta de um bom chick-lit, Qual Seu Número? é um prato cheio!
Sobre o Filme

Esse é um excelente exemplo para o significado de “baseado em”.

O filme Qual Seu Número? foi claramente inspirado no livro de Karyn Bosnak e toda a base da história é a mesma do livro. Entretanto, a adaptação tomou rumos próprios e em muito se diferencia da obra literária.
A começar pelo nome da protagonista: Delilah passou a se chamar Ally. O avô de Delilah não existe no filme, dando espaço ao pai dela. Eva, a cachorrinha comprada por Delilah, responsável por uma das passagens mais cômicas da história, infelizmente foi eliminada da adaptação.
Como há muitas páginas no livro, no filme os encontros com os ex de Ally precisaram ser reduzidos. Essas situações foram mais rapidamente apresentadas e algumas mal acontecem. Além disso, a maioria ocorre de maneira diferente do livro.

Ainda, no filme houve um maior foco na relação de amizade entre Ally e Colin, inclusive muitos momentos não existentes no livro foram criados. Isso contribuiu para haver uma maior conexão entre os dois, já que muitas partes da história original deixaram de existir.
Se você assistir ao filme esperando encontrar as cenas do livro, as chances de você detestar a adaptação são enormes. Entretanto, se você conseguir se desprender daquilo que leu e entrar de cabeça nas novas cenas apresentadas, você terá cerca de duas horas gostosamente bem aproveitadas. O filme é hilário, ainda que diferente do livro.

Parte do mérito fica por conta de Anna Faris, a atriz é extremamente engraçada. Recomendo muito assistir ao filme com o áudio original em inglês, para que se possa prestar atenção em seus sotaques e entonações. Isso, aliado às diferentes feições da atriz, me fizeram soltar altas risadas enquanto assistia.
Também, por mais que muitas cenas novas tenham sido incluídas na história, elas foram muito bem boladas, contribuindo satisfatoriamente com o enredo.

Chris Evans também merece destaque. Ele poderia não ter fala alguma na história, simplesmente figurar lindamente ao lado de Anna. Garotas, preparem o coração. Na maioria das cenas em que o galã aparece, ele mal está vestido, e devo dizer que o ator estava em excelente forma física durante as gravações. Aos namorados e garotos de plantão, fiquem tranquilos. Ainda que ele apareça praticamente nu por diversos momentos, é de uma maneira descontraída e cômica, sem aquela tensao sexual. De qualquer forma, sim, sendo uma mulher, é quase impossível não babar no ator.
Algo que foi inserido no filme e que me agradou é que o auto-julgamento feito por Delilah no livro acabou por se extender ao Colin na adaptação. Tanto ela quanto ele poderiam ser considerados tipos de pessoas não ideais para um relacionamento, mas a abordagem com ambos deixa claro as qualidades de cada um, colocando de lado os possíveis primeiros julgamentos.
A maneira de como o final da história se encaminhou no filme também divergiu do livro e, nesse ponto, eu preferi o original. Não que o da adaptação tenha me desagradado, eu apenas achei o do livro mais fofo e mais emocionante. De qualquer forma, o do filme tem seu mérito pela conclusão que Ally chega sobre si mesma.
Apenas por destaque, deixarei aqui uma das minhas cenas favoritas do filme. Fiquem tranquilos que ela não estragará o filme de ninguém, por mais que só aconteça lá pelo final da história. Tanto no livro quanto no filme, está sendo preparado o casamento da irmã de Delilah/Ally e, no filme, os votos feitos por ela e o marido no casamento foram um dos melhores que já vi dentre todas as cenas de casamento que já assisti. Sério, esse foi o único momento do filme que chorei, de tão fofo e verdadeiro que me pareceu. Claro que assistindo somente aos votos não é lá muito emocionante (no geral, provavelmente não é, mas sou uma manteiga derretida quando se trata de casamentos. Não só quando se trata de casamentos, mas enfim); ainda assim, é bem fofo e vale à pena ser visto! Quem quiser assistir, é só dar play. Peço desculpas pela qualidade do vídeo, mas precisei converter o arquivo que eu tinha aqui para poder editá-lo (não achei a cena no Youtube), e, com isso, a qualidade se perdeu um pouco. Depois, ao fazer o upload para o blogger, a qualidade piorou ainda mais. Além disso, aconselho assistir à cena no formato “Tela Cheia”, porque quase não é possível ler a legenda com esse tamanho, mesmo que ao ampliar a imagem a resolução dela fique pior.

No resumo, já que já falei muito, esse é um filme que deve ser assistido completamente isolado do livro. Ele me agradou e muito, mas só porque consegui abstrair aquilo que já havia lido. Recomendo tanto a leitura quanto o filme, pois ambos podem proporcionar gostosos momentos de diversão, cada um a seu modo.

Confira o Trailer do Filme!




Deixe o seu comentário

14 Respostas para "[Livros Na Telona] Qual Seu Número? – Karyn Bosnak"

✿Vanessa✿ - 08, agosto 2012 às (19:23)

Oi Mi*
Tenho o livro e ainda não li e tenho muita vontade de assistir ao filme.
Eu vi muitos comentários negativos sobre os dois e isso acabou me influenciando um pouco e deixei o livro de lado. Mas assim que eu por em dia algumas leituras, pretendo lÊ-LO.

Bjinhs*
http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/2012/08/dicas-de-leitura-com-marco-antonio.html

Responder

Érica Lopes - 08, agosto 2012 às (19:26)

Oi, Mi!
Tenho livro e ainda não o li. O filme deve ser hilário mesmo. Gostei da forma como você falou do filme, critica muito bem escrita. Parabéns!!

Beijos

Responder

Dany - 08, agosto 2012 às (19:51)

Eu assisti o filme e gostei muito.
Não li ainda o livro, mais quero muito ler.
Bjos…

Responder

Denir Junior - 08, agosto 2012 às (20:03)

Não assisti e nem li, mas me lembrou um que eu adorei. O filme e o livro foram feitos em conjunto, o resultado foi muito satisfatório. Vale a pena: O Segredo do Abismo
Beijos,
Denir.

Responder

Marcelo Lima - 08, agosto 2012 às (23:06)

Esse filme é muito ruim , a cada 10 palavras , 20 eram sexo ou coisa do tipo. Fiquei chateado quando vi porque amei o livro :/

Responder

Marcelo Lima - 08, agosto 2012 às (23:08)

eu achei muito ruim eu quis dizer rs !!! Me expressei mal.

Responder

Neiva Meriele - 08, agosto 2012 às (23:59)

Oi linda, eu sou mega afim de ler esse livro, ainda mais que eu amo a NC(um dia ainda publico com eles kk). Mas então, desde que vi a capa do livro quis ler mas tirar do orçamento pra comprar livro não dá né rs, marido me mata, então acho que o jeito vai ser alugar o filme pra ver em casa. Adorei a forma como vc fez suas críticas sem massacrar como tenho visto muito por aí.

Beijokas

Responder

O Vazio na Flor - 09, agosto 2012 às (13:11)

Ainda não li o livro, mas pude ver o filme e adorei!
Mas admito que não sabia que haviam tantas diferenças assim. Sempre soube que filmes são bem mais enxutos, até pq são adaptações e não os livros de fato.
Mas agora fiquei curiosa para ler o livro e ver principalmente a cena da cachorrinha..rs(curiosidade a mil)

Beijos

Responder

Vitória Rodrigues - 09, agosto 2012 às (17:24)

Não li o livro e nem vi o filme, apesar de já ter ouvido muito falar sobre ambos. Porém, fiquei curiosa para ler/ver os dois, o mais rápido possível.
E foi só saber que o Chris está nele, que fiquei mais curiosa ainda.
Beijos,
Shake Your World

Responder

Lucas Martins - 09, agosto 2012 às (22:36)

Eu tenho o livro, portante fiz o esforço de não terminar de ver o filme (minhas colegas começaram a ver, mas não conseguimos terminar. Ainda bem)
Quando ler/ver o filme, comento com você o que achei, Mi, hehehe
Beijão!

Responder

Ana Ferreira - 15, agosto 2012 às (02:29)

Mi,
Até agora eu só tive a oportunidade de ler o livro e, como você, morri de rir com a Delilah e desfrutei cada momento dessa história divertidíssima e maravilhosa. Li tudo numa noite e quase não senti o tempo passar…
Daí, com meu entusiasmo, minha mãe também pegou meu exemplar emprestado, adorou a história e foi assistir ao filme. Fez toda uma crítica dizendo que ficou completamente diferente e até mais apelativo em alguns pontos, mas que o Colin bateu um bolão de qualquer forma. heiuehieuhihee
Lendo sua resenha muito bem composta agora, acho que entendo o seu ponto de vista. Logo, quando tiver a oportunidade de assistir ao filme, com certeza o analisarei de um olhar menos crítico em comparação ao livro, mas tentando puramente me divertir e rir das caras e bocas da Anna Faris. haha
Beijo!

Responder

Mundo Potinho - 15, agosto 2012 às (19:08)

Bem eu vi esse post achei muito legal mas esqueci de comentar então voltei hehe, o trailer esta engraçado e estou louca para assistir mesmo que eu não tenha lido o livro

bjos

Responder

Mariana FS - 18, agosto 2012 às (20:51)

Oi Aione!
Bom, eu que não leio chick-lit me diverti horrores com o livro, mas não penso em assistir o filme. Como assim, tiraram o avô dela da história? Ele é tão fofo. E a cachorrinha? Não consigo imaginar a Delialah sem a cachorrinha..hehe.
Acho que é muito dificil conseguir fazer o que você fez (se abstrair da história do livro e assistir apenas o filme como ele é). Eu nunca consigo fazer isso.
Beijos

Responder

Becca Martins - 31, julho 2015 às (00:36)

Eu comecei a ler o livro, estava gostando, mas não sei o que deu em mim que acabei desanimando.
Mas vou tentar ver o filme e se eu gostar eu tento ler o livro.
Acho que fiquei tão cansada porque só estava lendo new adult, YA, romance, essas coisas que perdi a vontade de ler.
Mas agora voltei com tudo!
Beijos!

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por

Blogs Brasil