Fome de Leitura | Minha Vida Literária
12

set
2012

Fome de Leitura

Hey peeps!
Hoje o post vai ser um pouquinho diferente.
Resolvi misturar duas coisas que eu definitivamente amo: livros e comida. Não se deixem levar pela minha magreza aparente, sou o que pode ser considerada como “magra de ruim”, “Magali” e outras denominações do tipo. Minha teoria é a de que tenho algum tipo de buraco negro no lugar do meu estômago, porque eu realmente não sei para onde vai tudo que eu como. Tenho uma dívida eterna com meu metabolismo e espero que ele nunca me abandone.
Assim sendo, por que não fazer um post guloso?
Quem nunca salivou durante a leitura por causa de algum alimento descrito que atire a primeira pedra.
Já aconteceu de eu ficar dias com vontade de comer alguma coisa só por causa de algum livro que li. Isso sem contar da minha vontade eterna de comer algumas coisas que só existem, infelizmente, na ficção.

Vamos ver algumas dessas deliciosas tentações?

AVISO: Se alguma gestante estiver lendo esse post, corra enquanto há tempo. Há sérios riscos de seu bebê nascer com cara de comida.
Depois, não diga que não avisei.

 

Quem já leu a série Faeriewalker, de Jenna Black – resenhas aqui -, com certeza conheceu a Kimber, melhor amiga de Dana, a protagonista, e seu famoso mingau. A bebida é descrita como um líquido “espesso e leitoso”, aparentemente não tão atrativa. É quente, tanto pela sua temperatura quanto por um de seus ingredientes: uísque.

“O uísque e o mel estavam bem fortes, por isso eu meio que esqueci que estava bebendo leite misturado com farinha de aveia. E, apesar de nunca admitir isso em voz alta, a coisa era quente e reconfortante, com uma textura cremosa e decadente que me comandava a sequer pensar em quantas calorias havia ali.”
Glimerglass, página 90
Pois é. Eu sei que parece uma mistura estranha, mas juro que cada vez que lia sobre o mingau, sentia uma vontade absurda de prová-lo, a ponto de tentar imaginar o sabor e meu cérebro tê-lo registrado, mesmo sem eu nunca tê-lo provado. E, sim, eu já tentei fazer uma versão minha, mas sem a parte do uísque. Ainda não deu certo, mas quem sabe um dia eu consigo…
Ah, J.K. Rowling.
Não contente em criar a melhor série ever (pelo menos pra mim é a melhor de todas), ela precisava criar inúmeras delícias que só poderão existir na imaginação de cada leitor. Confesso que boa parte da minha vontade de conhecer esse mundo mágico sempre foi para poder comer todas as tentações alimentícias descritas.
Alguém pode me dizer como não querer provar daqueles banquetes do primeiro dia de aula, que são descritos TODO SANTO LIVRO (exceto no último), só pra nos deixar com ainda mais vontade?

” O queixo de Harry caiu. Os pratos diante dele agora estavam cheios de comida. Ele nunca vira tantas coisas que gostava de comer em uma mesa só: rosbife, galinha assada, costeletas de porco e de carneiro, pudim de carne, ervilhas, cenouras, molho, ketchup e, por alguma estranha razão, docinhos de hortelã”

A Pedra Filosofal, página 109

“Depois que todos comeram tudo o que podiam, as sobras desapareceram dos pratos deixando-os limpinhos como no início. Logo depois surgiram as sobremesas. Tijolos de sorvetes de todos os sabores que se possa imaginar, tortas de maçãs, tortinhas de caramelo, bombas de chocolate, roscas fritas com geleia, bolos de frutas com calda de vinho, morangos, gelatinas, pudim de arroz…”

A Pedra Filosofal, página 110

 

Isso porque eu ainda nem falei da Dedosdemel com suas delícias gasosas e afins…

“Havia prateleiras e mais prateleiras de doces com a aparência mais apetitosa que se possa imaginar. Tabletes de nugá, quadrados cor-de-rosa de sorvete de coco, caramelos cor de mel; centenas de tipos de bombons em fileiras arrumadinhas; havia uma barrica enorme de feijõezinhos de todos os sabores, Delícias Gasosas – as tais bolas de sorvete de fruta que faziam levitar que Rony mencionara -, em outra parede havia os doces de ‘efeitos especiais’: os melhores chicles de baba e bola (que enchiam a loja de bolas azulonas e se recusavam a estourar durante dias), o estranho e quebradiço fio dental de menta, minúsculos Diabinhos Negros de Pimenta (‘sopre fogo em seus amigos!’), Ratinhos de Sorvete (‘ouça seus dentes baterem e rangerem!’), Sapos de Creme de Menta (‘faça sua barriga saltar pra valer!’), frágeis penas de algodão-doce e bombons explosivos.”

O Prisioneiro de Azkaban, página 163

 

E os sapos de chocolate? E os feijõezinhos de todos os sabores? E o suco de abóbora? E A CERVEJA AMANTEIGADA?
De todas, a minha maior frustração é essa. Eu quero cerveja amanteigada.
Pelo menos, a Disney fez o favor de criá-la no Parque Temático, junto de outras dessas gostosuras!

Sobre a próxima tentação, não falarei nada. Deixarei que Erin Morgenstern faça isso, da maneira perfeita com que ela faz em seu livro.

“Até a comida era incrível. Maçãs mergulhadas em caramelo tão escuras que pareciam quase enegrecidas, mas que se mantinham leves, crocantes e doces. Morcegos de chocolate  com asas impossivelmente delicadas. A cidra mais deliciosa que Bailey já experimentara.”

página 54

“As sobremesas são sempre surpreendentes. Doces delirantes confeccionados com chocolate e manteiga caramelizada, frutas vermelhas transbordando de cremes e licores. Bolos em camadas de alturas impossíveis, tortas mais leves que o ar. Figos gotejando mel, açúcar formando flores e ondas. É comum os convidados comentarem que é tudo bonito demais, impressionante demais para ser comido, mas sempre acabam dando um jeito.”

página 58


“Os chocolates têm a forma de camundongos, com orelhas de amêndoas e caudas de licor.”

página 154

Sentiram o drama?

Por fim, é um fato de que não comemos apenas com a boca. Aliás, arrisco a dizer que comemos muitos mais com os olhos e com o nariz do que com o paladar propriamente dito.
E a cena a seguir demonstra isso perfeitamente: como podemos saborear um alimento e ficarmos doidos por ele apenas por sentirmos seu cheiro…

“Eu fechei meus olhos, preparei minhas narinas e deixei as fragrâncias entrarem. A mais forte delas era caramelo e açúcar mascavo, cheirava como amarelo-laranja, como o sol. Essa era fácil. Essa é o que qualquer um nota ao entrar na loja. E então, chocolate, claro, escuro e amargo e o leite com chocolate açucarado. (…) Menta rodopiou até minhas narinas, dura como vidro, então framboesa, quase muito doce, como fruta madura. Maçã, nítida e pura. Nozes, amanteigado, quente, terroso, como Sam. A fragrância sutil e suave do chocolate branco. Oh, Deus, algum tipo de mocha, rico, quente e pecaminoso. Eu inalei com prazer, mas havia mais. As bolachas amanteigadas nas prateleiras adicionaram o cheiro enfarinhado reconfortante, e os pirulitos, um tumulto de cheiro de frutas muito concentrado para ser real. A pitada salgada dos pretzels, o cheiro brilhante de limão, a borda frágil de anis. Cheiros que eu nem sabia nominar. Eu gemi.”

página 252

 

Só a título de curiosidade: para mim, essa é a melhor cena de todo o livro.

Apesar de eu não ter lido, sei que o livro a seguir deixa qualquer um com água na boca, a começar pela capa. E creio que sua continuação não deixará a desejar nesse quesito!

Acho que já está bom de passar vontade por hoje, né?

Beijos a todos!

P.S:  Durante a confecção desse post, foram consumidos um pedaço de pizza de queijo e um pote de sorvete  de chocolate coberto com ovomaltine de chocolate.




Deixe o seu comentário

19 Respostas para "Fome de Leitura"

Loren - 12, setembro 2012 às (19:29)

Amei o post! Nunca reparei muito na comida dos livros.
“Os chocolates têm a forma de camundongos, com orelhas de amêndoas e caudas de licor.”

Não importa se tem forma de camundongo, o que importa é o sabor, hehe.
Kisses
Loren
amooinverno.blogspot.com

Responder

Bárbara Murat - 12, setembro 2012 às (23:53)

Que fome de chocolateeeeeeeeeeeee! HAUHAUHA. Também sou “magra de ruim” hhaha.
Pior que ficar com vontade de comer alguma coisa descrita no livro, é quando ela não existe mesmo 🙁 HAUHA.
Enfim, adorei o post.
Beijos.

PS.: Recebi hoje os marcadores do blog! Amei, muito obrigada! 😀

Responder

Eduarda Menezes - 13, setembro 2012 às (00:07)

Mi, eu acho que engordei uns 3kg lendo O Mistério do Chocolate huahaua isso porque toda vez que ela descrevia alguma coisa eu queria sair correndo pra comprar e comer também. Acabei comprando um monte de pacotes de cookies – especialidade da protagonista do livro. kkkkkkk
Adorei a postagem, super divertida!!
Eu também sou LOUCA pra provar as delícias de HP, ainda bem que muitas deles estão disponíveis no parque, pelo menos a gente vai conseguir matar essa vontade. Fico até hoje imaginando qual será o gosto da tão famosa cerveja amanteigada.
Esses quotes nos deixa fácil fácil salivando – ainda bem que acabei de jantar, então estou sem fome hahaha
Não sei muito bem o porquê, mas uns dos livros que MAIS me dá fome são os da Agatha Christie. Ela sempre descreve chás, cafés com bolinhos e pães, leite com biscoitos, comidas aparentemente simples mas é tiro e queda, eu sempre tenho que parar para comê-las.
Queria muito ter o seu metabolismo!
Beijão!!

Responder

Lili - 13, setembro 2012 às (01:22)

Eu adorei a ideia do post Mi. Sensacional. Sim, HP com certeza foi o livro não gourmet mais delicioso de todos os tempos. Até quem não é fã de abóbora deve ter se derretido por um delicioso suco de abóbora. E tudo mais.

Eu sou fascinada com isso desde coisas simples, como por exemplo, toda vez que estou lendo as Crônicas de Gelo e Fogo salivo e sinto o gosto de cravo e canela quando eles preparam o vinho quente com especiarias para se aquecer do frio intenso.

liliescreve.blogspot.com

Responder

Taty - 13, setembro 2012 às (03:13)

Que post mais cruel estou com muita água na boca rsrs, ah eu te entendo também sou magra de ruim, com certeza tenho um buraco negro no lugar do estomago hehe

E os sapos de chocolate? E os feijõezinhos de todos os sabores? E o suco de abóbora? E A CERVEJA AMANTEIGADA? Serio sempre quis comer tudo isso que você escreveu amo essa serie e claro as gostosuras dela

bjos e parabéns pelo texto

Responder

Sofia - 13, setembro 2012 às (10:30)

Adorei a ideia! Tenho curiosidade de saber como é a Cerveija Amanteigada, rs!
Aah, os livros da Agatha são os que mais me dão fome mesmo, haha!

Beijos

Responder

Denir Junior - 13, setembro 2012 às (11:19)

Sacanagem, vou ter que sair e comer alguma coisa.
Adorei o post. Parabéns!
Beijos.

Responder

@whosthanny - 13, setembro 2012 às (12:37)

Adorei o post! Quando eu li Harry Potter, ficava só na vontade… cheguei a pegar umas receitas nos fóruns da vida, mas nada que chegasse aos pés da descrição de JK Rowling 🙁

Beijos,
whosthanny.com

Responder

Julia G - 13, setembro 2012 às (13:27)

Miiiii, que post maravilhoso! Acho que também tenho uma dívida com meu metabolismo, eterna, espero!
Como é que não vamos babar nessas coisas todas? Minha maior frustração também é a Cerveja Amanteigada, espero que eu tenha a satisfação de esperimentar isso um dia. ;D
Um livro não citado que me deixou com água na boca foi Pão da Amizade, uma delícia! rsrs

Beijinhos

Responder

Ni - 13, setembro 2012 às (16:30)

Eu ACABEI de almoçar, achei que não teria problema em ler o post mas… COMO ASSIM! Quero tudo! Admito que essa cerveja amanteigada foi um dos poucos alimentos descritos que me fez torcer o nariz (sério? Cerveja amanteigada? Deve ter influência da cena, do contexto, porque só o alimento, assim, na minha cabeça, não soa muito gostoso!). Isso me lembrou que em algum livro eles faziam um sanduíche de Hershey’s e agora estou COM MUITA VONTADE! MI, FAZ ISSO NÃO! HAHAHAHAHAHAHA

Responder

Pah - 13, setembro 2012 às (16:57)

Oi gêmea, confesso que quase abandonei esse post, que isso Mi, quer me matar? ahauhauah Estou de regime então nada de guloseimas até o final de semana, mas me aguardem porque fiquei com uma vontade danada de comer chocolate e afins (Bolo, brigadeiro, pudim, etc., rsrs. As comidas descritas em HP realmente são de acabar com qualquer leitor, sempre fui louca por um sapos de chocolate e pelos feijõezinhos com sabor, vai que pegava um de sabor engraçado? rsrs Circo por si só já tem comidas gostosas imagina em um livro com esse tema então? Quando li o post comecei a lembrar de vários livros que me deixaram com vontade de provar algo, os históricos sempre me deixam doida de curiosidade sobre o tal “chá com leite”, tipo eu sei que tem, mas nunca provei. Em Amada Imortal, sabe quando a Nas está fazendo o pão? Gêmea do céu, quase tive um treco com vontade de comer pão caseiro, tem um histórico de PT que me deixou louca por geleia de amora e eu nem curto amora ;s Vai entender né? rsrs Também babo com o “banquete” de Jogos Vorazes e já enlouqueci com as deprês literárias regadas a mocinhas choronas e potes de sorvetes/chocolates e cervejas e drinques de lugares que sou louca para conhecer 😉

Ai, que fome! ahuahauahauh

Beijokas

Pah – Livros & Fuxicos

Responder

Marcelo Lima - 13, setembro 2012 às (17:00)

o mingau da kimber deve ser foda e os cookies hmm delicia , eu tentei fazer , vem a receita no livro , mas não eu muito certo , mas dava pra ser usado como arma mortal ! kkk

Responder

Alexandre Koenig de Freitas - 13, setembro 2012 às (21:03)

Oi Mi,
Duvido que alguem que tenha lido o post não esteja salivando nesse momento rsrs…
Acho que como a maioria, foi a JK Rowling que mais me deixou com vontade. Sapos de chocolate, cerveja amanteigada, feijoezinhos de todos os sabores. Assim como vc, tbm tenho um metabolismo privilegiado, ou seja, iria me esbaldar na dedosdemel rsrsrs.
E devo registrar que esse foi um dos post mais criativos que já vi na blogosfera.
Abraço,
Alexandre
alemdacontracapa.blogspot.com

Responder

Raquel Machado - 13, setembro 2012 às (22:49)

Oi Mi,
Adorei o post bem criativo e diferente…hhauha…menina primeiro tenho que dizer que a magali sempre foi minha preferida acho ela uma fofa…segundo isso realmente e uma maldade com nos pobres mortais que temos o metabolismo normal e que so pensar em delicias a balança já treme viu…ihihihi. Vixi pior que depois desse post a dieta já eras..
Bjsss
Raquel Machado
Leitura Kriativa
http://leiturakriativa.blogspot.com/

Responder

JennyCullen - 13, setembro 2012 às (23:05)

Não,além de fazer o post mais guloso de todos,né dona Mi,ainda TEM que falar que comeu pizza e sorvete de chocolate com cobertura de chocolate da ovomaltine!!!
HAHAHA

Olha,eu nunca li os livros de HP ~vergonha~ mas só pelos filmes já dá pra imaginar xD
Quanta coisa gostosa,meu Deus! Deu até pra sentir o cheiro dessa ultima citação *-*

Beijooss,
Jennifer

Responder

Lucas Martins - 14, setembro 2012 às (04:37)

AHHHH que post gostoso, Mi! Hahahaha Adorei a ideia, muito criativa!
Nossa, tem cada livro com diferentes delícias.. mas a série do chocolate lá supera tudo, hahah as capas dão uma fome..
Beijão!

Responder

Danzinha - 14, setembro 2012 às (12:40)

Que post delicioso, Mi!

Nossa, não li nenhum dos outros livros, mas, com HP eu tenho que concordar. J.K. sua diva linda, porque nos maltrata tanto? #Chora.

P.S. Harry Potter é a melhor série ever pra mim também.

Beijos

Responder

Mariana FS - 15, setembro 2012 às (03:51)

Oi Aione!
Eu adorei o post. Você tem toda a razão: dá muita vontade de comer essas delícias (o minguau nem tanto..hehe)
Eu também sempre quis muito provar a cerveja amanteigada (eu imagino ela docinha…hummm). Acho que a JK Rowling devia passar alguma receita para os leitores, porque deixar a gente com essa vontade toda não é justo, hehe.
Confesso que não lembrava da maioria das guloseimas descritas no quote de “O Prisioneiro de Azkaban”, mas ri muito com os parenteses, imaginando esses efeitos colaterais.
PS.: A cara do Roni nessa cena do Nick-quase-sem-cabeça é hilária!
Muito legal o post. Cruel (porque agora eu quero comer guloseimas)…mas muito legal 🙂
Beijos

Responder

leitoracompulsiva - 17, setembro 2012 às (02:46)

Hahahah,
Adorei esse post. Eu sempre reparo nas comidas dos livros!
E só para fazer inveja, já provei e amei a cerveja amanteigada!! hehehe
beijos
Camis – Leitora Compulsiva

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por

Blogs Brasil