Parece, Mas Não É | Minha Vida Literária
25

out
2012

Parece, Mas Não É

“Parece, mas não é” é uma coluna onde trago livros que, ao ver a capa pela primeira vez, achei tratarem de um assunto, mas, ao ler suas sinopses, descobri que não tinham nada a ver com o que pensei!

Com o boom que os livros eróticos tiveram nos últimos meses, acho difícil que alguém ainda não conheça Luxúria e, portanto, não teremos grandes surpresas quando a real sinopse for revelada (e que rufem os tambores).
De qualquer forma, o propósito da coluna é mostrar capas que me enganaram, ainda que o resto do mundo não tenha se equivocado. Gosto muito mais quando pego capas desconhecidas e consigo surpreender vocês, mas confesso que, ultimamente, tenho tido dificuldades para achar algumas.
Deixando a tagarelice para depois, ao ver essa capa, meu primeiro pensamento – além do erótico – foi: Romance Histórico.
Culpem o espartilho por isso!

 

Sinopse – Luxúria – by Aione Simões

 
Elizabeth Miller nunca teve certeza de seu futuro, mas sempre soube de uma coisa: jamais aceitaria se casar por conveniência. Entretanto, quando seu pai perde a fortuna da família inesperadamente, pondo em risco sua posição social, a única solução seria o casamento às pressas com o Duque de Winchester, 30 anos mais velho do que a jovem de 19, antes que a nobreza pudesse descobrir sobre a nova situação dos Miller.
Desesperada, Elizabeth encontra a solução ao conhecer uma misteriosa e bela forasteira que lhe propõe aquilo que mudará sua vida: tornar-se em uma cortesã em Veneza. Sem contar suas reais intenções, a jovem promete a seus pais que retornará com o dinheiro perdido e parte para Veneza, sob o nome de Anna Flarty, longe de todos que pudessem conhecê-la e que pudessem colocar sua família em uma posição social ainda pior do que a recente pobreza colocaria.
Conforme aprende as armas da sedução e enriquece cada vez mais, Elizabeth continua mantendo intocável aquilo que mais preservou: seu coração. Contudo, a segurança de sua identidade e deu seu coração é abalada ao conhecer o Lord Cornish e seu poder avassalador sobre ela.

#TodosFingeNãoSaberDoQueSeTrataAHistória
#TodosSePreparaParaASurpresa
#TodosFingeEspanto

 

 

Sinopse – Luxúria – Trilogia Luxúria – Livro 01 – Eve Berlin
Quando achava que era hora de parar… Ela então pediu por mais…

Quando Dylan Ivory, escritora de romances eróticos, recebe o contato de Alec Walker, nem imagina o quanto esse homem pode mexer com seus pensamentos. Conhecido por ser um famoso dominador em relações sadistas e sadomasoquistas, Alec tenta convencer Dylan de que a melhor forma de se aprofundar no assunto – e então escrever um livro o mais próximo possível da realidade – é viver uma experiência como submissa e sentir na pele a sensação desse tipo de relação. Para Dylan, essa proposta será difícil de ser aceita – uma vez que ela é fanática por ter o controle de tudo em sua vida. Embalados por um misto de prazer e apreensão, o casal se vê em uma situação tentadora enquanto evitam entregarem-se ao sentimento que nasce entre eles.

 

Não vou dizer que a capa é inadequada, mas eu penso mais em um romance histórico ao olhar para ela. De qualquer forma, acho que se fossem usar outra imagem tipo uma algema correria o risco do livro ser acusado de plágio…
Por curiosidade, fui procurar a capa original e acho que se enquadra muito melhor ao proposto. Dá a entender que é um erótico e ponto. Vejam só:
O livro também tem uma capa mais nova. Achei mais elegante, mas que não diz muito sobre seu conteúdo…
E vocês, o que me dizem?
Beijos a todos!
P.S: Para criar minha sinopse, me baseei no filme Em Luta Pelo Amor. A história que criei não é a mesma do filme, mas elementos como tornar-se uma cortesã, Veneza e preservar o amor foram inspirados nesse filme.
P.S.2: Recomendo fortemente que assistam, é lindo e baseado em uma história real!




Deixe o seu comentário

20 Respostas para "Parece, Mas Não É"

Ana Caroline - 25, outubro 2012 às (20:01)

Essas capas, sempre enganando a gente haha. Confesso que também achei que teria alguma coisa relacionada a outra época, sei lá, quando vi a capa; mas também não fiquei surpresa quando li a sinopse. Romances eróticos agora só têm personagens contemporâneos e sadomasoquismo (como se as pessoas se excitassem apenas com tapas, oh, gods, obrigada pela Harlequim existir). E, mais uma vez, sua sinopse é muito melhor que a original ^^

http://queridos-sapiens.blogspot.com.br/

Responder

Natalia Dantas - 25, outubro 2012 às (20:06)

A capa não diz tanto, prefiro a internacional, já que de fato já vai direto no que o livro realmente fala ^^

Beijos :*
Natalia.
http://musicaselivros.blogspot.com.br/

Responder

Amanda Faustino - 25, outubro 2012 às (20:58)

Eu também pensei ser um romance histórico… Aí a pessoa que não gosta desse gênero compra o livro só por causa da capa (sendo que não leu a sinopse), vai ler e é algo completamente diferente, e fica decepcionada. Acho que as editoras deveriam escolher capas com algo que tenha a ver com a história.

Beijos,
Mandi – Book and Cupcake.

Responder

Daniele Henrique - 25, outubro 2012 às (21:05)

Nossa, realmente parece mais não é.
Quando li a sua sinopse eu até me confundi… pensei que era o livro… E queria lê-lo.
Agora? Não achei tão bom o livro, nada haver com a capa 🙁

Beijos 🙂
http://absortoemlivros.blogspot.com.br/

Responder

JennyCullen - 25, outubro 2012 às (22:47)

Yeah,a capa realmente lembra um romance histórico,tanto que na primeira vez que vi pensei que fosse.
Bem,eu não pretendo ler esse livro,acho que hoje em dia estão criando modinhas demais,e essa não é um tipo de livro aconselhável para qualquer um =/

Beijooss,
Jennifer♥

Responder

Lili - 25, outubro 2012 às (22:53)

Ahh Mi, eu não li Luxúria e sabia só que era um romance erótico. Porém, eu também fui bem pela sua linha. A capa me remete um romance histórico com erotismo, algo tratando de alguma mulher da Idade média…

Adorei!

liliescreve.blogspot.com
(respondi o seu comentário quanto ao livro lá no blog)

Responder

Preto no Branco - 26, outubro 2012 às (01:52)

A melhor parte dessa coluna é ler as suas sinopses, hahahhaa.
Adoro elas, e achei interessante que tenha se inspirado em um filme existente, e, mais ainda, que o tenha citado no final. Parabéns pela honestidade ;).
Nesse caso, não errei com você como na maioria das vezes, rs, mas desconfiei de imediato que se tratasse de um romance erótico, apesar de concordar com você, a capa original é um milhão de vezes mais clara e sugestiva, haha. Quanto a nova, não curti muito, achei tipo “quero ser misteriosa” kkkk.
Adoro as colunas Aione, você arrasa!!
Beijo!

Responder

Alice Aguiar - 26, outubro 2012 às (04:08)

eu gosto dessa capa do espartilho
até tenho esse livro, mas ainda nao li

Responder

✿Nessa✿ - 26, outubro 2012 às (11:05)

Oi Mi*
Eu adoro essa capa, e é claro não parece que é um livro erótico! Essa outra capa não tem como não negar, né.
Ai, adorei a dica de filme, vou ver se assisto neste find e depois te falo o que achei!

Bjinhs*
http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/2012/10/58-feira-do-livro-em-poa.html

Responder

Babi Lorentz - 26, outubro 2012 às (13:21)

Adorei o nome do Duque porque me lembrei de supernatural. E você não foi a única a pensar que a capa tinha um quê de romance histórico, rs. Afinal, realmente se parece (e, sim, culpem o espartilho). Mas, mesmo assim, tenho vontade de ler.
Beijos.

Responder

Ana Ferreira - 26, outubro 2012 às (22:45)

Mi, o apelo erótico do livro, para mim, nunca foi mistério, mas eu também esperava que este mesmo estivesse relacionado ao romance histórico. Os espartilhos, como você disse, normalmente nos inspiram esse pensamento mesmo. Lembrou-me daquele “Muito Mais que uma Princesa”.
E, mais uma vez, adorei a sua sinopse. O filme no qual se baseou deve ser apaixonante.
Beijo!

Responder

Eduarda Menezes - 26, outubro 2012 às (23:55)

Mi, a capa realmente lembra um romance histórico, mas acho que também se enquadra perfeitamente ao que ela se propõe, mesmo em um enredo contemporâneo.
A capa original remete ao apelo erótico que o livro claramente tem, mas achei a brasileira de mais bom gosto e sinceramente, admito, que por mais que leia o gênero como 50 Tons e etc, não compraria um livro com essa capa nem para ler em casa, fico imaginando o pessoal passando (meu pai, mãe, avó) e olhando para a capa do livro, seria uma situação deveras constrangedora huahaua É muito apelativa, quase pornô, não precisa disso. Também não gostei muito da última por não dizer absolutamente nada do conteúdo; é quase uma capa coringa, se enquadraria em qualquer livro.
Sua sinopse está interessante, fiquei curiosa pelo tal filme que a inspirou e agora que fui dá uma olhada, constatei que realmente não o conhecia.
Beijão!

Responder

Kéziah Raiol - 27, outubro 2012 às (02:05)

Eu só procurei sobre Luxuria pq uma amiga me contou sobre a sinopse, então não tive nenhum espanto sobre a capa, já sabia qual era o conteúdo e tudo mais, porém sem dúvidas a capa parece remeter muito a um romance histórico (Sim por causa do Espartilho). Mas se pararmos para pensar bem, depois da primeira impressão, espartilho pode ter a ver com ”fantasias sexuais” o que remete ao erotismo o livro. Sei lá :S hahahaha’

Beijos Mi.

Responder

Santos - 28, outubro 2012 às (02:49)

Otimo post, ainda não tinha visto e por isso gostei muito!
Eu gostei da última capa de luxuria, pareceu mais cult!
enfim, acho que a capa brasileira me passa a impressão de falsidade, eles poderiam ter sido mais felizes, mais ficaram com medo! kkk
bjs

visite-me
http://leituradeouro.blogspot.com/

Responder

Isabelle Vitorino - 28, outubro 2012 às (17:52)

Eu sempre achei essa capa linda por achar que se tratava de um romance histórico com tendência erótica pelo título e fiquei toda feliz quando li a sua sinopse, mas quando li a sinopse original fiquei extremamente decepcionada porque livros que exploram o sadomasoquismo não são os meus prediletos… Creio que acabei de tirar mais um livro da lista de desejados. -rsrsrs-

Beijos!

Isabelle

http://www.blogmundodoslivros.com/

Responder

Profª Lourdes - 28, outubro 2012 às (18:39)

Como é bom ter amigos (as) mesmo que do outro lado da telinha! É assim que te sinto amiga virtual é real. È com carinho que passo mais uma vez no teu cantinho para desejar uma linda tarde de Domingo e que amanhã inicie uma semana abençoada com muita paz, saúde e com muita firmeza para vencer os obstáculos que surgirem na tua vida.
Gosto muito de um pensamento do livro MINUTOS DE SABEDORIA, de C. Torres Pastorino, que diz: TENHA firmeza em suas atitudes e persistência em seu ideal. Mas seja paciente, não pretendendo que tudo lhe chegue de imediato. Há tempo para tudo. E tudo o que é seu virá às suas mãos, no momento oportuno. Saiba esperar o momento exato em que receberá os benefícios que pleiteia. Aguarde com paciência que os frutos amadureçam para que possa apreciar devidamente sua doçura.
Que saibamos ter esta paciência e a coragem de lutar por nossos sonhos. “Os verdadeiros vencedores na vida são pessoas que olham para cada situação com a esperança de poder resolvê-la ou melhorá-la” Barbara Pletcher
Bjuss Fica na paz de Deus. Lourdes Duarte http://professoralourdesduarte.blogspot.com.br/

Lembrando o sorteio, continua, veja link na lateral do blog, faltam menos de 100 seguidores para atingir a meta!! Participem!!

Responder

Lucas Martins - 30, outubro 2012 às (18:21)

Não fui enganado, óbvio, mas só de ler o título já saberia que é um livro safado. Luxúria, diz tudo, hahahha
Gosto dessa capa, mas a original é mais carnal 😛
Beijão, Mi!

Responder

Camila - 31, outubro 2012 às (23:58)

Oi Mi,
Cmo eu já sabia do que se tratava o livro antes de ver a capa nacional, não teve como eu me enganar! Hehehe
Ms faz sentido pensar num romance histórico!
Beijos
Camis – Leitora Compulsiva

Responder

JEANATOS - 10, novembro 2012 às (18:30)

Oi Aione, gostei muito do seu blog. Fiz um há pouco tempo, se puder dá uma olhada lá e se gostar segue. Abraço!

Responder

Mah - 19, maio 2013 às (23:11)

a capa tem a ver com romance histórico sim, mas corsets são usados até hoje e ela deve ter usado pra dar a impressão do erótico pq eles sõ mesmo sexies e mais pra hora “H” rs

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por