[Resenha] O Milagre - Nicholas Sparks | Minha Vida Literária
13

nov
2012

[Resenha] O Milagre – Nicholas Sparks

Título: O Milagre
Autor: Nicholas Sparks
Editora: Agir
Número de Páginas: 326
Ano de Publicação: 2005
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

“Vestido de preto da cabeça aos pés e com a aparência de alguém sempre pronto para ir a um velório, Jeremy Marsh reflete em seu estilo uma forte vocação para encarar a vida de uma forma racional. Badalado pela mídia, respeitado pela comunidade científica, aos 37 anos o jornalista assina uma coluna na prestigiosa revista Scientific American – sem, contudo, emplacar um relacionamento feliz. A saída que Jeremy encontra para exorcizar o fantasma de um casamento desfeito é negar a existência de outros tipos de fantasmas: aqueles que arrastam correntes e aparecem sob lençóis.
Seu trabalho como freelancer já o fez viajar pelo mundo à cata de lendas urbanas como a do monstro do Lago Ness. Por isso, não se surpreende ao receber a carta de Dori McClellan, uma senhora com poderes divinatórios que o convida a investigar as misteriosas luzes de Cedar Creek, um antigo cemitério de escravos que teria sido alvo de uma maldição.
Acionando seu agente e um cameraman tatuado e beberrão, Jeremy deixa Nova Iorque e parte em direção ao sul dos Estados Unidos. Essa é a terra da sofrida Lexie Darnell – alguém que longe de ser uma mocinha ingênua do interior, se mostra vacinada contra os avanços de qualquer conquistador da cidade grande. Mas será que um forte sentimento pode ultrapassar as fronteiras que separam a fé da descrença?”

 

De início, O Milagre chamou minha atenção por ter se diferenciado de outras obras de Nicholas Sparks. Normalmente, a história é narrada em primeira pessoa e/ou são recordações do protagonista em questão. É claro, nem todos os livros do autor são dessa maneira, mas muitos o são. Depois, não senti a aura dramática que normalmente paira pelo enredo, como se eu esperasse, a qualquer momento, por uma tragédia.
A história me empolgou nas primeiras páginas. Havia esse diferencial, além de um tom sobrenatural interessante, daqueles que instigam a curiosidade dos mais céticos. Também, os diversos comentários pela capa e contracapa me fizeram esperar por algum grande acontecimento durante a história que gerassem uma transformação em Jeremy, o cético protagonista.
Aos poucos, fui me desanimando. Aquilo que prometia ser um grande acontecimento acabou ficando mais em segundo plano, dando lugar ao desenvolvimento dos conflitos das personagens por estarem nutrindo sentimentos um pelo outro a despeito de seus medos e traumas. Apesar de a narrativa do autor ser fluida e normalmente me encantar, nesse caso, acabei me dispersando da história por diversas vezes e não consegui um grande envolvimento com o enredo como um todo.
Normalmente, eu gosto de conflitos internos, mas não vi nenhum grande diferencial nesse caso. Ainda, acabei me decepcionando pela expectativa da transformação, uma vez que a história se desenvolveu de maneira diferente ao que eu acreditava. Eu esperava uma história sobre fé e acabei lendo apenas mais um romance.
Sobre o relacionamento entre as personagens, acaba seguindo o padrão do autor, na maioria dos casos: um forte sentimento que surge em poucos dias. Nesse ponto, não posso negar que Sparks consegue me convencer, consigo enxergar um sentimento nascendo e crescendo entre eles, mesmo que rapidamente, durante a leitura. A realidade só me atingiu ao interrompê-la, quando me pus a pensar se realmente acreditava que aquilo poderia ser ou não possível.
Algo que muito me incomodou foram os diversos erros de revisão encontrados, principalmente de concordância verbal. Sei que isso não deve influenciar minha opinião sobre a obra, mas fica o alerta para a editora em futuras edições.
De um modo geral, o que posso dizer é que iniciei a leitura animada e, aos poucos, perdi o pique. Não foi uma leitura ruim, mas também não houve nada nela que me marcasse. De qualquer forma, terminei-a curiosa por sua continuação, À Primeira Vista, lançamento desse mês pela Editora Arqueiro. Já a finalizei e a resenha sairá ainda essa semana. Aguardem!




Deixe o seu comentário

16 Respostas para "[Resenha] O Milagre – Nicholas Sparks"

Gigi - 13, novembro 2012 às (17:25)

Parece ser um livro forte,mas não fiquei afim de ler..
bjoss

Responder

Vanessa Vieira - 13, novembro 2012 às (17:34)

Parabéns pela resenha Aione! Estou ansiosa para ler O Milagre e À Primeira Vista e espero não me decepcionar. Beijo!

Responder

Lili - 13, novembro 2012 às (18:16)

hmmm que coisa! E eu tenho esse livro, já estou achando que não vou gostar. Vou provavelmente deixar ele lá no fim da fila, e das expectativas.

Será um Milagre eu adorar o livro agora!

liliescreve.blogspot.com

Responder

Ceile - 13, novembro 2012 às (19:09)

Eu li este livro tem bastante tempo e lembro que também não achei grandes coisas.
Como antes dele eu li Querido John, A ùltima Música e Noites de Tormenta, eu esperava algo no mesmo nível (mesmo sabendo que nunca nenhum supere Querido John), mas, como vc disse, acaba se tornando só mais um romance.

Achei o final dele bem corrido – eu gosto de acompanhar durante a leitura o romance, e não ver as coisas acontecendo no último segundo, sabe? E aí quando fica bom, acaba. Vou ler A Primeira Vista para ver se consigo me emocionar mais com a leitura.

Beijos!

Responder

Gabi Rodriguez - 13, novembro 2012 às (19:24)

Também li Aione e achei ligeiramente fraca, comparada às outras histórias dele, embora tenha achado a história de amor bem mais interessante do que se fosse sobre fé, porque nao suporto romance evangélico. Não sabia que à primeira era a continuação

Responder

Mylla Stefany - 13, novembro 2012 às (19:44)

Disseram que esse é o livro mais fraquinho do Nicholas, nunca li mas a minha amiga já e não gostou nem um pouco. Disse que foi um milagre ela ter conseguido terminar…

Beijokas Aione
Blog da Mylloka

Responder

Alexandre Koenig de Freitas - 13, novembro 2012 às (20:51)

Oi Mi,
Eu não li mtos livros do Sparks, pois tenho uma “relação” meio complicada com os livros dele. Já achei um livro mto ruim, os outros dois foram relativamente bons.
Quero ler outros livros para formar uma opinião, mas sempre fico com um receio de não gostar. De qualquer forma, O Milagre está devidamente riscado da minha lista.
Vou ficar aguardando a resenha de A Primeira Vista.
Abraço,
Alê
alemdacontracapa.blogspot.com

Responder

Amanda Faustino - 13, novembro 2012 às (21:03)

De todos os livros do Sparks, esse é o único – acho – que eu não tenho vontade de ler. Não tem um motivo, simplesmente não tenho. Vi que você não gostou muito e agora que eu não tenho vontade mesmo. Vou passar longe dele por enquanto…

Beijos,
Mandi – Book and Cupcake.

Responder

Marcelo Lima - 13, novembro 2012 às (21:31)

tá parei de ler antes que eu começasse a pensar: não quero mais ler , só vejo resenhas non gratas sobre esse livro , e eu estou esperando que ele me chame rs

Responder

Dany - 13, novembro 2012 às (22:22)

Eu particularmente gostei do livro. Achei a história bem legal e não tão carregada de amor como nas suas outras obras.Só deixou a desejar pq a história não me prende de inicio, só comecei a gostar realmente dela quase lá no fim mesmo.
Gostei da resenha, mostrou realmente como viu o livro.
Bjos….

Responder

Raquel Machado - 13, novembro 2012 às (22:28)

Oi flor,
Nossa que bom que eu vim aquiiii acabeid e saber uma coisa que muito me interessa esse livro o Milagre e o primeiro e o segundo e a primeira cvista? Porque tenho os dois aqui em casa e agora sei como devo le-los eu ia ler primeiro o primeira vista deu para entender…hauha…mas agora acho que vou ver direito se te como senão vou viajar na historia…espero gostar dos dois pois adoro sparks e o jeito dele nos contar historias que parecem tão reais e mexem muito com nossos sentimentos…Valeu pela informação viu flor
bjsss
Raquel Machado
Leitura Kriativa

Responder

Tahis - 14, novembro 2012 às (15:24)

Olá Mi!
Eu adorei esse livro, quando acabei de ler fiquei com ele na cabeça por um tempinho!
Os personagens me agradaram e muito, só achei o tal do mistério muito sem graça, mas o romance eu adorei! Parabéns pela resenha, eu não sabia que teria uma continuação! Mas espero ler em breve!
Beijão

Responder

Catavento de ideias - 14, novembro 2012 às (22:40)

Oi Mi!

Esse não é um dos melhores do Nicholas, mas até que eu gostei dele. De certa forma eu também esperava mais especialmente do final. interessante que eu solicitei a arqueiro A primeira vista sem nem saber que era continuação, só vi descobrir ao iniciar a leitura haha.

O que só tem me deixado desanimada é porque todos os últimos livros do Nicholas mesmo eu gostando não se comparam as minhas primeiras experiencias com ele que foram Querido Jonh e Um amor apara recordar. Espero que isso mude!

Beijoos flor

Brenda Lorrainy
cataventodeideias.com

Responder

Julia G - 15, novembro 2012 às (18:43)

Oi Mi, esse livro é a obra do Nick que mais vejo comentários negativos. Não posso dizer por mim, já que não o li, mas não me gera curiosidade por isso. Acho que todo mundo sente essa perda de ritmo na leitura.

Beijos

Responder

Nana - 16, novembro 2012 às (08:09)

Ah, sabe que essa capa me passa algo triste?
Não sei o porquê disso, de repente posso estar louca.. HAHAHA

Erro de concordância é demais, até nas resenhas eu super releio várias vezes para não encontrar nenhum. E às vezes depois de meses lendo novamente, encontro.
Fico pensando se o pessoal que revisa, não reler… =/

Fiquei mais interessada pelo livro depois que comentamos sobre a continuação, naquele dia.

Mas será que precisa ler esse para ler o outro? Quando postar a resenha me avisa 😀

Bom feriadão
Nana – Obsession Valley

Responder

Eduarda Menezes - 18, novembro 2012 às (22:14)

Oi, Mi!
Faz tempo que li esse livro do Sparks, mas no geral eu gostei, principalmente por não ter toda aquela lamúria, choro e drama normalmente encontrados. Não há nada demais na história, apenas mais um romance para passar o tempo que chegou na hora certa para mim, pois na época que o li era justamente o que eu estava procurando.
Ainda vou ler a sua resenha de À Primeira Vista, mas uma coisa que já posso dizer, de antemão, é que não pretendo ler a continuação por vários motivos rs o principal é porque já sei bem o que esperar e sinceramente, cansei. Preciso dar um tempo do Sparks, de toda a onda de mortes e dramalhões. Depois quando estiver mais receptiva e saudosa eu volto, mas realmente espero que ele progrida nas histórias criadas porque, com o tempo, a mesma coisa de sempre começa a ficar extremamente frustrante.
A resenha ficou ótima. Beijos, Mi!

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por

Blogs Brasil