[Resenha] O Pássaro - Samanta Holtz | Minha Vida Literária
28

jan
2013

[Resenha] O Pássaro – Samanta Holtz

Título: O Pássaro
Autor: Samanta Holtz
Editora: Novo Século
Número de Páginas: 480
Ano de Publicação: 2012
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

Caroline Mondevieu é filha de um poderoso Barão e tem tudo o que uma dama da época poderia querer: status, riqueza e um ótimo partido para se casar. Seus sonhos, no entanto, vão muito além de vestidos caros ou um bom marido; ela quer ser dona do próprio destino. Sua vida muda completamente quando encontra Bernardo, um charmoso domador de cavalos que parece ter o dom de irritá-la. Eles não conseguem se entender até quando percebem que, para alcançar o sonho em comum da liberdade, terão que passar por cima das suas diferenças e se unirem num arriscado plano que promete transformar suas vidas para sempre. 

Estava ansiosa pela leitura de O Pássaro há muito tempo. Não me recordo de ter visto uma resenha negativa sequer sobre a obra e, agora que pude lê-la, compreendi o porquê de tantos elogios.
Primeiro de tudo, a história criada por Samanta Holtz é lindíssima. Mesclando história, romance, ação, mistério e, principalmente, um enorme desejo de liberdade, a autora me cativou logo nas primeiras páginas. As injustiças cometidas pelos senhores feudais foram tão bem representadas que, em diversos momentos, me senti agoniada com muitos dos acontecimentos descritos. Ainda, salpicar a história com indícios de mistérios, revelados em sua totalidade apenas no final do enredo, foi uma ótima tática da autora para manter a curiosidade do leitor além do próprio envolvimento com o desenrolar da história, de um modo geral.
Me senti dividida sobre a protagonista em muitos momentos. Ao mesmo tempo em que eu admirava o fato de ela ser, me perdoem o trocadilho com o título, uma estranha no ninho e suas aspirações revolucionárias, outras tantas de suas atitudes me desapontavam por me fazer enxergar seu lado imaturo e impulsivo. Contudo, não há como negar seu amadurecimento conforme a história prossegue, o que minimizou esse outro lado e me fez voltar a admirá-la.
Sinto, apenas, não ter me surpreendido como desejava por já ter imaginado uma fração do final da história. Havia lido um comentário indireto em outra resenha e isso acabou com boa parte da minha surpresa ao término da leitura, o que eliminou, também, a emoção que eu ansiava sentir e que tanto prezo em um livro. Entretanto, devo ressaltar que são inúmeras as reviravoltas presentes nas últimas 100 páginas, então, pelo menos com alguns dos acontecimentos, eu pude me surpreender.
A ambientação da história chamou minha atenção em alguns momentos. Fiquei intrigada com a menção de alguns objetos por achar que não existissem na época em que se passa a história. Ainda, nem sempre os diálogos me remetiam ao século XIII, uma vez que me pareciam mais contemporâneos.  Contudo, conversando com a autora, ela me explicou que algumas das menções realmente passaram batido, enquanto outras ela optou por permanecerem na obra por uma questão de liberdade poética, inclusive consentida pela editora. Entre escolher tornar a história mais real ou mais “mágica”, ela sem dúvida escolheu a segunda, o que compreendo completamente. Outra opção seria trazer a história para uma época mais adiante, mas, assim, seria impossível utilizar o feudalismo como pano de fundo.
Apesar disso, nenhum desses pontos atrapalhou minha leitura ou fez dela menos agradável. Há muita sensibilidade e talento na escrita de Samanta e não são necessárias muitas páginas para que isso seja descoberto, da mesma maneira que tais detalhes não desmerecem sua obra.
Foi anunciada, semana passada, a contratação da autora pela Editora Novo Século para ser publicado seu próximo livro – Quero Ser Beth Levitt. Se eu já estava ansiosa por ele apenas por confiar nos comentários sobre o talento da autora, agora que o comprovei, tenho certeza de que fiz bem em acrescentá-lo previamente à minha wishlist.




Deixe o seu comentário

17 Respostas para "[Resenha] O Pássaro – Samanta Holtz"

Samanta Holtz - 28, janeiro 2013 às (17:15)

Querida Aione,

Em primeiro lugar, OBRIGADA pelas palavras tão, tão, tão lindas sobre meu livro!! Obrigada por colocar aqui o seu ponto de vista, por dividi-lo com os seus leitores!!

Fico muito feliz que a história a tenha tocado em algumas surpresas, mesmo que outras, sem querer, tenham escapado rs…….. concordo plenamente com você, perde-se todo o impacto da emoção quando não tem o “elemento surpresa”!! :/ Fazer o queeee, não?

Obrigada também por divulgar meu novo romance! Esse, espero que nenhum spoiler chegue até você, pois, claro, reservei surpresas para o final! hehehe

Beijão, querida!!!!!!

Responder

MsBrown - 28, janeiro 2013 às (18:06)

Olá, Aione, gostei muito da resenha! Confesso que já tinha visto este livro mas que nunca me despertou o interesse, bom… Até agora. Agora fiquei com vontade de lê-lo e espero que isso seja o mais rápido possível.

Responder

Lili - 28, janeiro 2013 às (19:52)

Que gostoso quando nós descobrimos que algo que esperamos que seja bom realmente o é.
Eu adoro! E fico com uma sensação de missão cumprida.
Pena que a surpresa foi meio fraca pela resenha (eu tenho medo disso, passo sempre os olhos rápidos nas resenhas e tenho refletido bastante na hora de escrever as minhas. Tenho tentado montar um modelo de falar sobre o livro e aspectos que me chamaram atenção sem estragar).

Beijos (e estou melhor)
liliescreve.blogspot.com

Responder

Felipe Santos - 28, janeiro 2013 às (21:49)

Adorei a resenha. Foi a primeira que li sobre o livro, embora, há muito tempo ele me chame a atenção. Não sabia quase nada sobre a história, mas agora, sabendo que ela é sobre a época feudal, que tem mistérios e que a linguagem da Samanta é muito boa, não vejo porque não comprar o livro. Parabéns à autora pelo contrato com a Novo Século. Sucesso sempre.

Beijos,
Felipe
A Hora do Livro

Responder

Planet Pink - 29, janeiro 2013 às (01:07)

Oi Mi!!!
Aeee, você leu O Pássaro! hahah
Espero ver sua opinião sobre o livro há algum tempo.
Sabia que você iria gostar!! Mais uma pena que você acabou lendo spoiler =/ é difícil resenhar esse livro por isso, qualquer coisa que falar, pode estragar a surpresa.

Beijos!!

Responder

Kéziah Raiol - 29, janeiro 2013 às (02:57)

Oi Mi, tudo bom?
Eu estou a um tempo querendo ler esse livro, o talento da Samanta é incontestável, e fiquei desesperada agora que li sua resenha. Senhores Feudais? Preciso urgente!
Eu amei o trocadinho que você fez na resenha. E a forma como falou de tudo. Ressaltando todos os pontos necessários para nós fazer vibrar de vontade de ler.
Parabéns, flor.

Beijocas!

Responder

Catavento de ideias - 29, janeiro 2013 às (04:10)

Oi MI!

acho que você viu lá no blog que também sou uma das muitas fãs da escrita da Samanta, ela realmente tem o dom! Fico chateada por uma resenha ter estragado a surpresa do livro, é tão irritantemente ruim quando isso acontece. Ainda mais com você que nem as sinopses do livro gosta de saber.

Eu também senti certo ar de modernidade no enredo, mas como você ressaltou não foi nada que tirasse a magia da história! O pássaro é um livro realmente lindo.

Ficamos agora na espera de Quero Ser Beth Levitt!

Um beijo!
Brenda Lorrainy
cataventodeideias.com

Responder

Milena - 29, janeiro 2013 às (05:39)

Ai Mi, fiquei morrendo de vontade e de curiosidade em relação a história! Quero leeer! Hahahaha

Beijos, Milena.
Livros na Cabeça

Responder

✿Nessa✿ - 29, janeiro 2013 às (10:37)

Oi Mi*
Eu tbm sempre vejo bons comentários sobre este livro, e tenho vontade de ler, mas ainda não é minha prioridade.
Gostei de sua resenha resaltando os pontos que mais lhe deixaram em dúvidas em relação a história e é muito bom quando podemos conversar com o autor e saber o por que disso e daquilo.
Bjinhs*

Responder

Ceile - 29, janeiro 2013 às (12:06)

Oi, Mi!
Eu sou apaixonada por este livro – li através de um booktour e quase comprei outro para enviar para a próxima pessoa e ficava com o que li pra mim.

Eu estava tão envolvida com a história que não me preocupei tanto com estes “detalhes” – aliás, sempre que vou ler um romance histórico, fico com receio do autor usar uma linguagem muito apropriada à época e eu ter certa dificuldade, afinal, sou fã dos romances contemporâneos e sua linguagem atual. Felizmente, em O Pássaro consegui visualizar tudo que estava descrito, inclusive, me remeti às aulas de história do ensino fundamental rs.

Enfim, sou apaixonada por esta história e a imaginei muito com a novela Cabocla (que eu amei também). Uma pena que vc tenha “sacado” o final – eu até o imaginei de leve, mas não consegui contar a emoção (e tristeza). Chorei por muito tempo – esta história me marcou muito ♥

Beijos!

Responder

Julia G - 29, janeiro 2013 às (17:06)

Oi Mi,já tinha lido outra resenha sobre esse romance e ela levava ao mesmo caminho que seus comentários. A história parece boa, tocante, e agora ainda mais fiquei curiosa pela leitura. É engraçado como sinto que você tem o gosto um pouco parecido com o meu, então tenho quase certeza de que irei gostar da leitura.
Isso sem contar que nos últimos anos tenho conhecido obras maravilhosas nacionais, que se destacaram demais dentre minhas leituras, principalmente no último ano. Adorei!

Bjos

Responder

Alinne - 29, janeiro 2013 às (17:46)

Oi Mi.
Essa é a segunda resenha que leio desse livro e ambas me intrigaram para lê-lo. A história me chamou a atenção principalmente por essa mescla de gêneros. Gostei de todos os pontos que você ressaltou e que bom que pôde tirar dúvidas com a autora.
Parabéns pela resenha.
Beijos.

Responder

Alice Aguiar - 29, janeiro 2013 às (18:15)

parece um livro bem legal.
fiquei curiosa, mas nao sei se leria de imediato, quem sabe se um dia eu topar com ele eu leia

Responder

Jessica Asato - 31, janeiro 2013 às (16:38)

Oi Aione!
Poxa, apesar de sua expectativa ter diminuído com uma outra resenha, você conseguiu passar muito ânimo através das palavras! Gostei da sua sinceridade e fiquei curiosa em conhecer essa personagem tão parecida com muitas de nós, nos dias de hoje!

Um beijo e boa semana!

Responder

Lucas Martins - 01, fevereiro 2013 às (02:46)

Eu já tinha lido algumas resenhas sobre o livro e ouvido o mesmo que você comentou, Mi, sobre o livro ser encantador.
Noto bastante disso dos autores escreverem sobre passado mas com diálogos aparentemente atuais. Não gosto muito, mas se a autora explicou, né..
hahahha
Beijão!

Responder

Jéssica Rodrigues - 03, fevereiro 2013 às (16:47)

Oie MI.
Eu li esse livro é AMEIIII..Foi o melhor livro nacional que li ano
passado, sem dúvidas.
Amei a escrita da Samanta, e agora estou ansiosa por Quero ser Beth Levitt.
Parabéns pela resenha.
Beijos

Jéssica Rodrigues
Leitora Sempre
http://leitorasempre.blogspot.com.br/

Responder

Marli Carmen - 23, fevereiro 2013 às (23:39)

Oi, quero O Pássaro..logo, logo ele chega aqui na minha casa heheheh
Beijinhos no coração e bom fim de semana para vc.

http://marlicarmenescritora.blogspot.com.br/

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2016 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por