[Resenha] Esperando Por Você - Susane Colasanti | Minha Vida Literária
22

fev
2013

[Resenha] Esperando Por Você – Susane Colasanti

Título: Esperando Por Você
Autor: Susane Colasanti
Editora: Novo Conceito
Número de Páginas: 336
Ano de Publicação: 2013
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

É hora de iniciar o segundo ano do Ensino Médio, e Marisa está pronta para um novo começo e para seu primeiro namorado de verdade. No entanto, depois do popular Derek convidá-la para sair, as coisas ficam complicadas. Além de seus pais se separarem e de Marisa ter uma briga com seu melhor amigo, Derek – o amor da sua vida – a deixa desapontada. As únicas coisas que mantêm Marisa são os podcasts de um DJ anônimo, o qual parece entendê-la totalmente. Mas ela não sabe quem ele é… Ou sabe?

Esperando Por Você é o típico livro adolescente, que abordará temáticas próprias dessa fase de maneira leve e divertida, tornando a leitura rápida e fluida.
O livro é narrado em primeira pessoa por Marisa, uma garota que acaba de começar o ensino médio e que pretende fazer dos seus próximos anos os melhores possíveis, a começar por encontrar um namorado. O fato de sofrer de um distúrbio de ansiedade apenas contribui para que suas emoções sejam sentidas de forma intensificada e por transformá-la em alguém ainda mais confusa e com propensão a se sentir deprimida.
Não sei se fiz a leitura em um momento errado, mas o fato é que ela não funcionou muito bem para mim, ainda que ela tenha sido rápida. Acontece é que eu não consegui me conectar com a personagem e não acredito que tenha sido pela idade dela ser distante da minha. Fiquei com a impressão de que seus problemas foram transmitidos de maneira estereotipada, como se a autora tivesse pensado em situações típicas dessa idade e tivesse as colocado na história, mas de uma maneira que não me soou verdadeira. Foi como se a autora tivesse escrito sobre os problemas imaginando que garotas de 16 anos passassem por eles, mas sem realmente senti-los.
Ainda, acredito que, por um tempo, o foco da história tenha ficado demais na obsessão de Marisa em querer namorar, sendo que as outras situações que acontecem ao seu redor teriam sido mais interessantes de serem exploradas. Contudo, fica o lembrete: o livro é narrado em primeira pessoa e, por isso, deve apresentar a visão da protagonista. Se ela está obcecada por uma ideia, consequentemente será esse o fato mais exposto na trama.
Por mais que esses pontos tenham me desagradado e acabado por me distanciar da leitura, gostei demais do relacionamento desenvolvido entre Marisa e Dirty Dirk. O DJ, cuja identidade verdadeira é desconhecida por todos, dá voz aos adolescentes em seu programa noturno de rádio de forma a criar uma ligação entre todos eles. Dirk fala sobre os problemas que todos compartilham e mostra, de maneira amigável, que eles não estão sozinhos. Marisa, como os outros, acaba se apegando ao DJ sem conhecê-lo e eu gostei desse relacionamento. Todos nós, em momentos de desamparo, buscamos por algum tipo de conforto, muitas vezes em algo inexplicável ou que, de alguma forma, esteja distante de nós. É reconfortante quando vemos que algo – ou alguém – distante nos compreende. Para nós, leitores, essa relação pode ocorrer por meio de uma leitura, que não nos aproxima apenas dos personagens, mas do autor que os criou. Com Marisa, essa conexão ocorre com Dirk.
Mesmo que a leitura não tenha me agradado como um todo, também não chegou a me desagradar por completo. Foi uma leitura leve, relaxante e, em alguns momentos, divertida. Uma boa opção para quem procura uma distração sem grandes expectativas.




Deixe o seu comentário

24 Respostas para "[Resenha] Esperando Por Você – Susane Colasanti"

Michelle Boyd - 22, fevereiro 2013 às (19:14)

Fiquei curiosa pra saber quem era o dono dos podcast, mas acho que sei, se for óbvio né! O que me incomoda é essa capa, acho muito simples sei lá!

Michelle Boyd
The Little Things

Responder

Taty 22 fev 2013

Olha eu já sabia quem era desde o principio hehe

bjos

Responder

Vanessa Vieira - 22, fevereiro 2013 às (19:16)

Parabéns pela resenha Aione! Estou ansiosa para ler Esperando por Você! Beijo!

Responder

Mary Alenc - 22, fevereiro 2013 às (19:20)

Ótima resenha , meus parabéns.
Vim divulgar uma iniciativa criada no site e-cidadania para que diminuam os impostos sobre os livros. A proposta fica no site por 4 meses e precisa de 20.000 assinaturas para ir para o Senado. Divulgue por favor para que essa bela iniciativa tenha uma chance de virar lei 😉
Aqui o link para assinar https://www12.senado.gov.br/ecidadania/visualizacaoideia?id=7801 basta colocar nome e e-mail. Divulgue por favor.

Responder

Planet Pink - 22, fevereiro 2013 às (21:26)

Oi Mi!
Acho linda essa capa e como precisava dum lugar perfeito assim, para pôr as ideias no lugar.
Enfim, pela sinopse eu já me interessei no livro, parece leve e bem romantiquinho. Mas é uma pena que na verdade, deixa um pouco a desejar, em todo caso, continuo querendo lê-lo.

Beijos!

Responder

Sammysam Rosa - 22, fevereiro 2013 às (22:20)

Ótima resenha! É complicado quando o lemos um livro e não conseguimos nos conectar ao personagem, principalmente quando é narrado em primeira pessoa. Tive esse mesmo desafio em um livro que li, talvez fosse romance demais, ou uma ideia fixa demais. Enfim, acho que talvez não seja uma boa ideia para ler agora para mim, mas quem sabe em outra ocasião =D

Bjs

daimaginacaoaescrita.com

Responder

Taty - 22, fevereiro 2013 às (22:22)

Bem eu gostei da estoria ou estava em uma época boa pra ler, as vezes agente lê em momentos errados também, isso me aconteceu com a Fada não consegui gostar da estoria então parei de ler agora que estou me sentindo motivada vou voltar a leitura hehe

bjos

Responder

Érica Lopes - 22, fevereiro 2013 às (23:27)

Oi, Mi!
É horrível quando não conseguimos nos conectar com a história, né?
Acho a capa linda desse livro! Já li vários livros em momentos errados e depois fiquei com a sensação de não ter lido 🙁

Beijokas, flor!

Responder

Luciana Apaixonada por Romances - 23, fevereiro 2013 às (00:08)

Tenho o livro Bem mais perto, ainda não li mas quero muito ler e conhecer todos os livros da autora!

Beijos e Até o próximo post!
Lu ♥ Apaixonada por Romances

Responder

Alice Aguiar - 23, fevereiro 2013 às (01:54)

eu gosto dessa capa pq ela é bem simples
bom, é uma pena que tenha sido meio superficial. estou esperando esse livro chegar e acho que será minha próxima leitura
gostei do modo como abordou o livro ^^

Responder

Marisa Sousa - 23, fevereiro 2013 às (02:55)

Oi! Recebi um meme no meu blog e indiquei o seu 🙂 Dá uma passadinha por lá. http://vivonasuaestante.blogspot.com.br/2013/02/ao-final-dos-19.html

Beijos, Marisa.

Responder

Andressa Oliveira - 23, fevereiro 2013 às (13:00)

Gostei da resenha. Algumas pessoas amaram o livro, eu não sei se vou gostar tanto mas quero ler 🙂

http://nerdicesdeumagarota.blogspot.com.br/

Responder

Bianca de Borba Machado - 23, fevereiro 2013 às (14:53)

Oi Mi!
E estou esperando meu livro ainda 🙁 Tava doida pra ler, agora fiquei meu cabreira com tua resenha. Mas mesmo assim ainda tirar minhas conclusões haha! Livros narrados em primeira pessoas tem seu aspectos positivos e negativos né? Dependendo do personagem, se torna cansativo, porque, assim como tu disse, ela ficou vidrada numa coisa só. Por outro lado, gosto porque muitos vezes quando é na terceira pessoa a personagem principal não é bem trabalhada, e deixa um pouco a desejar. Quanto a capa, achei muito fofa, gostei, apesar de ser um pouco simples. Enfim, vou aguardar pra ver o que penso.
Beijão linda..
Bianca
http://naestantedabia.blogspot.com/

Responder

Julia Cedro - 23, fevereiro 2013 às (18:10)

Oi Mi!

Eu estou louca para ler esse livro e acho que me identificarei com ele, ainda mais por eu ter quase 16 também! Estou com medo de ter criado muita expectativa e me decepcionar depois…. Só lendo para saber, né?

Beijos!

Responder

Sora Seishin - 24, fevereiro 2013 às (00:44)

Oi Aione!
Eu tive a mesma sensação de não me identificar com os personagens num dos últimos livros que li (Beijos de Vampiro), os personagens também tinham 16 anos, mas eram tão nada a ver!
Porém, como eu já li outro livro da autora e gostei (Bem mais perto), talvez leia esse!

Beijos,
Sora – Meu Jardim de Livros

Responder

Natália Alves - 24, fevereiro 2013 às (03:46)

Recebi o meu livro hoje, já li um outro da autora e gostei bastante dele. É o tipo de livro para ler quando se procura uma distração mesmo. Adorei a resenha!

Beijo:*
Naty.

Responder

Glaucea Vaccari - 24, fevereiro 2013 às (03:48)

Alguma coisa nesse livro não me chama a atenção.
Eu tav numa fase de ler um livro com personagens adolescentes atrás do outro e chegou num ponto que eu tô achando todos chatos e irritantes, preciso ler alguma coisa diferente no momento e se eu lesse esse livro acho que não ia gostar muito.
Enfim, é muito ruim não se identificar com um personagem =/
Bjo

Responder

Rafael Fernandes - 24, fevereiro 2013 às (11:38)

Não é o tipo de livro que tem a acrescentar, mas acho que vai divertir e entreter, pretendo ler… Beijos!

Rafael Fernandes
Leituras Vivas

Responder

✿Nessa✿ - 24, fevereiro 2013 às (13:58)

Oi Mi*
Eu ja li um livro da autora e gostei muito e estou ansiosa para ler este.
Que pena que não funcionou com vc. Espero logo poder ler.
Adorei sua resenha.

Bjinhs*

Responder

Eduarda Menezes - 24, fevereiro 2013 às (16:27)

Ai Mi, acho que você sabe o quanto eu não gosto dessa autora haha
E vou ser sincera ao dizer que não me admira que o livro tenha decepcionado.
Percebi pela escrita em Bem Mais Perto que muito provavelmente qualquer outro livro dela não me agradaria, sem querer ser extremista. Quem sabe, algum dia eu leia algo dela que me agrade, mas no momento tô correndo dos seus livros hehe
Essa abordagem superficial e deturpada dos acontecimentos é péssima!
Beijos!

Responder

Raquel Machado - 25, fevereiro 2013 às (01:00)

Oi flor,
Primeiro acho linda a capa desse livro sei la porque ela mexe comigo segundo e muito ruim isso ne quando não conseguimos bons conectar com o personagem parece que falta alguma coisa e realmente e bem mais complicado apesar disso acho que deve ser um bom livro como vocÊ mesma comentou e espero ter a oportunidade de ler ele e trazer minha opiniao melhor para voce.
Bjsss
Raquel Machado
Leitura Kriativa
http://leiturakriativa.blogspot.com/

Responder

Carolina - 25, fevereiro 2013 às (04:12)

Acho que a dificuldade dos leitores em se conectar com os personagens está completamente ligada a forma como o próprio autor o fez, o autor precisa sentir como o personagem, ser o personagem para que consiga passar exatamente as emoções dele.
Eu estava super afim de ler esse, mas depois da sua resenha vou repensar sobre isso…rs

Responder

Juh Claro - 25, fevereiro 2013 às (13:51)

Pedi esse livro pra NC por conta da capa haha falei. Ainda não o li, mas foi bom ler a sua resenha e saber que é uma leitura leve – to precisando de umas assim pra diminuir a minha pilha de leitura.
Pode ser que você tenha lido na época errada ou não, às vezes não conseguimos nos conectar apesar de ser um bom livro. Vamos ver como me saio 🙂

Beijos!

Responder

Pah - 28, fevereiro 2013 às (19:05)

Oi gêmea, então, faz tempo que não leio livros juvenis por esse motivo, ando demorando a me conectar com os personagens, e de certa forma sinto que tudo parece irreal demais. É claro que depende do livro, mas não dei muita sorte com os últimos que li. Esse é um dos quais travei uma guerra para definir se vou ou não lê-lo. Confesso que ainda fiquei na dúvida, rsrs

Fiquei curiosa sobre esse tal Dj, lembrei dessas relações que nos envolvemos com palavras, mesmo não conhecendo os autores das mesmas. Nem sei pq. essa parte do livro chamou sua atenção, U.U ahuahuahau Falando nisso, a senhorita já leu @amor? Ele representa bem esse tipo de relacionamento.

Beijokas

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por