Parece, Mas Não É | Minha Vida Literária
28

mar
2013

Parece, Mas Não É

“Parece, mas não é” é uma coluna onde trago livros que, ao ver a capa pela primeira vez, achei tratarem de um assunto, mas, ao ler suas sinopses, descobri que não tinham nada a ver com o que pensei!

Essa capa foi uma indicação da Mari, do Além da Contracapa!
Quando olhou pra ela, a Mari pensou em um romance juvenil por causa do título e das cores dele.
Sei que o livro está longe de ser novidade e que, portanto, 90% das pessoas já o conhecem, mas embarquem na brincadeira, ok?

Sinopse – Garota Exemplar – by Aione Simões

Hannah sempre soube que se apaixonar no último ano de escola seria uma estupidez completa e nada seria capaz de tirar seu foco dos estudos, principalmente após ter conquistado a presidência do Conselho Estudantil – o que não foi uma surpresa para ninguém, já que a garota sempre foi um exemplo a ser seguido por todos os estudantes.
Contudo, ela não contava que fosse conhecer Josh, o resumo perfeito de seus maiores temores por ser, incrivelmente, a cópia exata de todos os seus sonhos.
E então chega a hora de Hannah enfrentar seu maior desafio: escolher entre colocar à prova suas maiores convicções ou perder a chance de vivenciar sua desejada e secreta história de amor.

Prontos para fingirem surpresa quando eu revelar a verdadeira sinopse?

 

Sinopse – Garota Exemplar – Gillian Flynn
Uma das mais aclamadas escritoras de suspense da atualidade, Gillian Flynn apresenta um relato perturbador sobre um casamento em crise. Com 4 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo – o maior sucesso editorial do ano, atrás apenas da Trilogia Cinquenta tons de cinza –, “Garota Exemplar” alia humor perspicaz a uma narrativa eletrizante. O resultado é uma atmosfera de dúvidas que faz o leitor mudar de opinião a cada capítulo. Na manhã de seu quinto aniversário de casamento, Amy, a linda e inteligente esposa de Nick Dunne, desaparece de sua casa às margens do Rio Mississippi. Aparentemente trata-se de um crime violento, e passagens do diário de Amy revelam uma garota perfeccionista que seria capaz de levar qualquer um ao limite. Pressionado pela polícia e pela opinião pública – e também pelos ferozmente amorosos pais de Amy –, Nick desfia uma série interminável de mentiras, meias verdades e comportamentos inapropriados. Sim, ele parece estranhamente evasivo, e sem dúvida amargo, mas seria um assassino? Com sua irmã gêmea Margo a seu lado, Nick afirma inocência. O problema é: se não foi Nick, onde está Amy? E por que todas as pistas apontam para ele?
Sendo sincera, eu não sei no que pensei quando vi a capa pela primeira vez. Ela me parece tão vaga… De qualquer maneira, eu concordo com a Mari que a cor rosa do título e o próprio título deem essa impressão de juvenil, talvez até de próprio chick-lit, como a Mari sugeriu.
Por outro lado, a cor escura predominante, a fonte utilizada e esses fios na lateral (que presumo serem fios de cabelo) dão um ar mais sombrio à capa – ou talvez eu só ache isso por já saber que esse é um thriller.
Ainda que eu não me lembre a qual gênero eu achei que o livro pertencesse quando vi sua capa pela primeira vez, eu com certeza lembro que não pensei ser um thriller, porque fiquei surpresa quando descobri. Acho que não cheguei a cogitar uma hipótese; minha opinião ficou vazia como a sensação que a capa me passa.

E vocês, o que acharam?

Beijos a todos!





Deixe o seu comentário

28 Respostas para "Parece, Mas Não É"

Fabi Liberati - 28, Março 2013 às (18:35)

Oi Mi, olha eu concordo com você que parece sim ser um livro romance juvenil, também achava que seria tipo uma garota super estudiosa e toda certinha, o tipo de garota exemplo a ser seguido como você mesma citou, adorei a sinopse by Aione hahaha…
Eu morro de vontade de ler esse livro *.* mas, por enquanto estou meio sem tempo ($) se é que você me entende =/
Muito bom o post como todos =D
Beijinhos flor!!!

Responder

Sofia - 28, Março 2013 às (19:13)

Oi Mi!

Tive exatamente a mesma impressão que você e a Mari, acho essa capa um tanto vaga. Não lembro o que pensei direito quando a vi, mas acredito que me passou pela cabeça, levemente, haha, uma história juvenil, e até, pelo modo obscuro, um sobrenatural. E eis que… cara de surpresa! Super. haha

Beijão!

Responder

Diego França - 28, Março 2013 às (20:45)

Alguns livros realmente brinca com a gente. Nem sempre as capas mostram tão bem o que a história quer realmente dizer. Ou, às vezes, a capa é tão boa e a história fraquíssima!

=D

Bjux.
Diego França

PS.: Dediquei alguns selos ao seu blog, na minha postagem. Espero que goste.

http://blogvidaeletras.blogspot.com.br/2013/03/selos-e-blogs-amigos.html

Responder

Laura Zardo - 28, Março 2013 às (21:31)

Sendo sincera, eu ODIEI essa capa, me levou a não ter vontade de ler o livro, não que eu julgue pela capa, mas acho que é uma das coisas essenciais da estória e essa simplesmente é terrível.
Não ando lendo livros com thriller, não sou muito chegada a este gênero, eu preferia a sua sinopse, Mi, e que ela fosse a verdadeira estória do livro.

Responder

♥ Sâmella Raissa ♥ - 28, Março 2013 às (21:52)

Sendo sincera, a sua sinopse se resumiu no que eu realmente pensei quando vi o título do livro pela primeira vez, e estava até cogitando lê-lo, mas aí veio a sinopse real e eu descobri que se tratava de um thriller. Não é um gênero que eu curta, prefiro no máximo fantasia e aventura, mas já ouvi bons comentários sobre o livro também. Talvez eu lhe dê uma chance – depois que eu esvaziar um pouco mais a minha lista de leitura, hehe 😀
Bjos…

♥ SammySacional ♥
♥ Dando Uma de Escritora ♥

Responder

Karine Braschi - 28, Março 2013 às (23:23)

Eu sempre olho a capa do livro antes de qualquer coisa. Esse livro já tá na minha listinha dos livros que quero ler.
Ah, tô seguindo você.

Um beijo, Karine Braschi.
http://geekdebatom.blogspot.com.br

Responder

Aline T.K.M. - 29, Março 2013 às (01:20)

Justamente pela capa e pelo título, um tanto vagos, eu jamais imaginaria que se trata de um thriller e, de início, nem me interessei pelo livro. Depois que li algumas resenhas, li uma matéria em uma revista (ou jornal, não me lembro), enfim, vi o verdadeiro tema do livro e fiquei bem interessada. Vamos ver se ainda o leio!

Bj, Livro Lab

Responder

Ana Paula Barreto - 29, Março 2013 às (02:22)

Este livro está me deixando doida de curiosidade. Realmente a capa é bem vaga, mas quando o vi pela primeira vez, não dei a menor bola. Achei que fosse outra coisa bem diferente, não um thriller fenomenal.
obs: Adoro esta coluna!!
bjs

Responder

Gladys Sena - 29, Março 2013 às (05:16)

Também não lembro o que achei do livro quando o vi pela primeira vez, mas a capa escura não me fez pensar em chick-lit.

Responder

Pabline - 29, Março 2013 às (11:36)

Aione Dhyva o/
Mulher, eu também não sabia, até ler o seu post na verdade, do que pensar da história depois de ter visto a capa. Mas pensei que fosse algo para o público juvenil e tal. Nunca tinha lido a sinopse original e tenho que dizer que fiquei muito curiosa. Faz seculos que não leio um livro desse gênero.
Bjão flor!

-Amigas Entre Livros-

Responder

cristiane - 29, Março 2013 às (16:48)

Eu pensei que fosse totalmente diferente quando vi essa capa também. Mas não juvenil. Quando vi a sinopse achei bem bacana e adorei a capa, até pensei “é, combina.” sei lá…
Mas uma coisa sei com certeza: Ainda quero ler o meu!

Responder

Bárbara Lorentz - 29, Março 2013 às (17:13)

Também não imaginava que seria um thriller, então me impressionei com isso, mas não pensei que o livro pudesse ser um chick-lit, rs.
Beijos.

Responder

Lucas Martins - 29, Março 2013 às (19:25)

A primeira sinopse, a que você fez, Mi, me lembrou Não sou este tipo de garota, que gosto bastante. Mas essa sinopse original me deixa e não deixa interessado. Quer dizer, fico curioso, ainda mais sabendo que em breve terá filme e que está vendendo bem e sendo elogiado, mas não sei.. tem algo, algo confuso, que não sei o que é. Talvez isso me motive a ler o livro mais do que pela sinopse em si.
É, por conhecer a história não consegui ver o lado juvenil, maaaaaaas, caso não conhecesse, talvez confiasse na sua sinopse 😛
Beijão!

Responder

Amanda.. - 30, Março 2013 às (01:54)

Pelo nome e capa.. a primeira sinopse combinava muito +..
a sinopse original me deixou bem curiosa..

Responder

Kelry Caroline - 30, Março 2013 às (05:00)

OMG pensei que era juvenil tbm, a sinopse da editora é completamente diferente, fugiu do assunto.

Responder

Van Tourinho - 30, Março 2013 às (19:38)

“Prontos para fingirem surpresa quando eu revelar a verdadeira sinopse?” Kkkkkkkkkkk Morrendo de rir!
Realmente o sentido dessa capa parece muito vago, e mesmo sabendo que é um thriller, não consigo encontrar sentido na capa. :/
De qualquer forma, estou ansiosíssima para ler este livro. Desde que li Na Própria Carne, lançado pela Rocco, fiquei apaixonada pela escrita da autora. Ela tem uma delicadeza para escrever, que chega a ser estranho para quem escreve thrillers.
Beijos Mi.
PS: Adoro essa coluna. Sempre me faz rir, me diverte! 😀

Responder

Mari ♥ - 30, Março 2013 às (23:39)

Oi Mi,
Bom eu logo que via capa imaginei o mesmo que Mari pra falar a verdade, agora que li alguma resenhas percebi como estava enganada.
Beijos
http://marifriend.blogspot.com.br/

Responder

Denise - 31, Março 2013 às (00:12)

Se eu não visse seu post ia morre achando que esse era um livro juvenil, serio. A capa engana mesmo, passa duas informações: a preta uma coisa mais de suspense e tal e o rosa uma coisa mais juvenil e menina. Me engano também. kkkkkkk

Bjs, @dnisin
http://www.seja-cult.com/

Responder

Planet Pink - 31, Março 2013 às (13:45)

Oi Mi!
Eu também não sabia do que se tratava o livro até vir aqui, agora. Mas na verdade, a capa não me deu sensação nenhuma de romance juvenil, pensei em algo voltado mais pro terror e suspense mesmo.

Bejinhos

Responder

Manu Hitz - 31, Março 2013 às (23:02)

Perfeito. Tb julguei o livro até ler uma resenha mais cuidadosa sobre ele, sincera e criticando com conhecimento e senso. Depois dela, fiquei interessadíssima no livro e já estou à procura – e à espera tb – dele.

Responder

Jessica Lisboa - 31, Março 2013 às (23:16)

Faço meus comentarios os seus, eu jurava ue era um livro juvenil ou coisa do genero menos que era suspense.

Responder

Lili - 01, Abril 2013 às (00:31)

Eu cedo totalmente aos fios da lateral como cabelos e thriller. Jamais pensaria num romance. Fazia tempo que eu não discordava da coluna hehehe.
Eu não imaginaria a sinopse da história pela capa e pelo titulo. Mas ainda assim rumaria ao suspense.

liliescreve.blogspot.com

Responder

Alinne - 01, Abril 2013 às (18:51)

Oi Mi.
Da primeira vez que vi essa capa imaginei que se tratava de um romance, porém logo depois prestei mais atenção e conclui que era um thriller. Em breve irei ler essa obra, espero gostar.
Beijos.

Responder

Mariana FS - 01, Abril 2013 às (18:58)

Oi Aione,
Pois é..não adianta. A capa continua não me convencendo como thriller. Concordo com você que ela é vaga e passa uma sensação de vazio. Acho até que passa informações contraditórias. Convenhamos, é uma capa bem sem graça (e eu não consigo imaginar qual a intenção dos fios de cabelo, hehe), mas a sinopse do livro, em compensação, parece ótima.
Beijos

Responder

Welington Souza - 03, Abril 2013 às (00:37)

Engraçado como nunca nem me interessei em olhar esse livro só pelo que vi na capa! E só agora vi o real conteúdo através do seu blog… rsrsrs Mas agora me interessei a lê-lo!

Abraços!!!

Responder

Ademar Júnior - 17, Abril 2013 às (23:35)

Oi Mi,
Quando a Lu me falou desse livro pela primeira vez eu pensei a mesma coisa: que se tratava de algo mais voltado para o chick-lit. Essa minha amiga tinha lido em inglês ainda e que não tinha conseguido largar o livro. Eu nem liguei muito para a dica dela.
Dai logo depois voltamos a falar no livro, e eu confessei pra ela minha impressão inicial. Daí ela me repreendeu dizendo que não era chick-lit e que não me indicaria um, já que não é meu gênero favorito. Logo depois ela me deu de presente. Está sendo minha atual leitura e eu estou super curtindo.

Beijão!

Responder

Lady Sybylla - 22, Janeiro 2014 às (02:06)

Eu até tinha gostado do livro, mas quando chegou o final e NA-DA se resolveu, fiquei muito irritada por ter perdido meu tempo. Curti por um bom tempo, depois terminou de um jeito tão… blégh! Uma pena.

Ahh, só avisando, os ícones das redes sociais lá em cima não têm links. Eles não direcionam à nada.

Abraço! =D

momentumsaga.com

Responder

Aione Simões 25 jan 2014

Muito obrigada por avisar, flor!!
Já arrumei 😉

Beijão!

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por