[Resenha] O Livro do Amanhã - Cecelia Ahern | Minha Vida Literária
29

mar
2013

[Resenha] O Livro do Amanhã – Cecelia Ahern

Título: O Livro do Amanhã
Autor: Cecelia Ahern
Editora: Novo Conceito
Número de Páginas: 368
Ano de Publicação: 2013
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

Nascida no luxo, Tamara Goodwin, de 16 anos, nunca precisou olhar para o amanhã, até que a morte abrupta de seu pai deixa a ela e a sua mãe uma montanha de dívidas e as obriga a se mudarem para a casa dos tios de Tamara, em um vilarejo no interior. Solitária e entediada, a única diversão de Tamara é uma biblioteca itinerante. E ali, ela encontra um livro muito misterioso. Tamara vê inscrições com sua própria letra e datadas para o dia seguinte. Quando tudo acontece exatamente como o livro previa, ela percebe que pode ter encontrado a solução para seus problemas. No entanto, Tamara descobre que é melhor não virar algumas páginas e que, apesar de muito tentar, não pode mudar o destino.

Por ter P.S. Eu Te Amo como um dos meus livros favoritos, há muito eu desejava ter contato novamente com alguma obra de Cecelia Ahern e finalmente tive essa chance com O Livro do Amanhã
Antes mesmo de chegar à metade, eu já imaginava que o livro estaria entre meus favoritos. Faz muito tempo desde que reli P.S. Eu Te Amo pela última vez, então não me recordava da narrativa da autora. Talvez, ela não tenha me marcado ou chamado tanto a minha atenção, ficando em segundo plano se comparada à história.
Contudo, dessa vez, senti como se as palavras de Cecelia me enfeitiçassem. Não apenas me envolvi rapidamente com a história, como também fiquei admirada com sua escrita. Cada frase parece ser bem trabalhada, sentimentos e ações se mesclam perfeitamente entre si e, também, com impressões, divagações e descrições. Não posso, também, deixar de citar o humor irônico presente principalmente nas falas de Tamara. Não é um humor evidente, nem daquele que te faz gargalhar, mas é presente e certamente contribui de maneira favorável com o livro.
Um dos pontos que mais chamou minha atenção desde o início foi a sensibilidade da autora para construir suas personagens. A história é narrada em primeira pessoa pelo ponto de vista de Tamara, uma garota de 16 anos. Minha primeira surpresa aconteceu quando descobri sua idade; seus pensamentos e análises sobre sua família nos primeiros parágrafos me fizeram crer que ela seria muito mais velha. Depois, notei que a garota narrava uma história já acontecida e, portanto, quando exerce o papel de narradora, situa-se em um período futuro, o que a diferencia de seu papel de personagem enquanto o enredo se desenvolve. Dessa forma, ainda que seu papel de narradora se mescle ao seu de personagem, há uma nítida diferença entre ambas, separadas pela maturidade adquirida pela narradora após a vivência pela qual a personagem passará.
Não apenas Tamara foi bem construída, a ponto de haver essa distinção entre seus momentos, como sua visão sobre todos os personagens também foi. Ainda que vistos pelo seu ponto de vista, podendo ser influenciado pela sua opinião e sentimentos sobre cada personagem, é possível construir uma imagem sobre o caráter de cada uma não apenas por causa da narração de suas atitudes, mas também pelas próprias reflexões de Tamara sobre elas.
Até mais da metade do livro, eu estava achando a leitura interessante, estava fascinada pela escrita da autora e estava curiosa para compreender os mistérios sugeridos desde o início da história. E então, tornou-se impossível parar de ler quando atingi a proximidade das 100 páginas finais. O ritmo assumido pelo enredo é frenético conforme as revelações são feitas e, ainda que eu já tivesse suposto parte delas, não pude deixar de me sentir surpreendida ao final.
Vi alguns comentários nas redes sociais de pessoas que acharam o início da história tedioso e, também, que não gostaram de Tamara por suas atitudes. De fato, o enredo se desenvolve de maneira mais lenta no início, tendo-se em conta que a função das primeiras páginas é a de apresentar as personagens para que possamos compreender o cenário e a situação em que vivem. Ainda, Tamara não é uma adolescente fácil de lidar; por toda sua vida foi mimada e teve um relacionamento conflituoso com seus pais, e sua atitude natural com os outros é a de ser respondona e a de magoar, principalmente quando ferida. É esse seu mecanismo de defesa. Entretanto, Cecelia expõe que as atitudes de Tamara não necessariamente condizem com o que ela tem por correto.
Levando-se em conta esse ritmo mais lento e a própria personalidade da protagonista, acho compreensível que o livro não agrade desde o início como fez comigo. Em minha opinião, todas essas características contribuíram ainda mais para o meu encantamento. Acho incrível quando as personagens são humanas dessa maneira, compostas por virtudes e falhas, além de ter me deliciado com a exposição do panorama do enredo, tanto por ter apreciado a escrita da autora quanto por ter sido possível fazer as primeiras conjecturas sobre cada personagem.
Acho que já deixei claro o quanto o livro me encantou. De qualquer maneira, ressalto: me apaixonei tanto pela sua estrutura quanto pela história em si. Há uma interessante reflexão surgida pelo paralelo entre o “hoje” e o “amanhã”, mas não foi essa a que mais me agradou, e sim aquelas sobre as próprias pessoas e suas atitudes durante a vida. O Livro do Amanhã não foi, para mim, um livro sobre um misterioso diário, mas sim sobre uma garota em uma busca não intencional sobre si mesma. O diário é apenas uma ferramenta para isso e um artifício interessante no enredo como um todo.
Aos que gostam de histórias bem construídas e escritas, que mesclam dramas e mistérios, suavizados por pitadas de romance e de humor, O Livro do Amanhãé um prato cheio e totalmente indicado.

 





Deixe o seu comentário

28 Respostas para "[Resenha] O Livro do Amanhã – Cecelia Ahern"

Beatriz Cavalcante - 29, março 2013 às (17:53)

Eu estou com vontade de ler esse livro. Acho a capa dele muito bonita e a sinopse também me interessa bastante. Já li Ps: eu te amo mas não gostei tanto. Preferi o filme, acho que deu pra sentir mais no filme do que no livro. Mas quero ler outros livros da autora. O livro do amanhã está na minha listinha e como você falou com tanto carinho da autora e do livro acho que vou comprar. 😀

http://prateleiracolorida.blogspot.com.br/

Responder

Lili - 29, março 2013 às (18:54)

Aos que gostam do quê?
o/

Eu estava ansiosa para saber o que acharias, eu pretendo ler. Gosto da Cecilia mesmo tendo livro apenas dois livros dela, e confesso que como o outro eu li em inglês há muito tempo, nem em recordo exatamente qual deles foi (sabe aquela coisa que precisas ler de novo pra reconhecer a história). É que P.S. Eu te amo realmente ofuscou.

Esse livro parece delicioso e acredito num bom envolvimento com Tamara.

Beijos,
liliescreve.blogspot.com

Responder

Lucas Martins - 29, março 2013 às (19:21)

“histórias bem construídas e escritas, que mesclam dramas e mistérios, suavizados por pitadas de romance e de humor”. Se eu já tinha certeza que queria ler o livro (afinal, solicitei para resenha), agora é uma leitura que não irei postergar (quando chegar o livro, claro).
Eu não terminei de ler P.S. Eu te amo porque acho que o momento (pré-ressaca literária) não era o que eu queria, pois eu estava com impressão de esperar mais do livro.. então quero ser pego de surpresa, e adorar. Reparei sim que a escrita da autora é muito boa e parece que tudo tem uma mensagem, cada passagem. Acho que essa é a ideia dela, ao escrever livros com ideias simples, e ganhar ao fazer um paralelo com o romance e o drama.
Beijão, Mi!

Responder

Tiago Vieira - 29, março 2013 às (21:44)

Olá!
Nunca tinha parado pra ler a resenha desse livro em outros blogs, porém hoje dei uma chance a mim mesmo de conhecê-lo; e para minha surpresa, só de ler a sinopse já me interessei pela história.
No decorrer de sua resenha pude perceber que esse livro é o que eu procuro ultimamente – uma história que prenda e aguce a curiosidade para saber como terminará.
Bem, em qualquer oportunidade que eu tiver de comprá-lo, vou fazer isso.
Parabéns pela resenha e pelo blog!
🙂

Responder

Laura Zardo - 29, março 2013 às (23:10)

Eu ainda não li nada da autora, mas assisti ao filme P.S. Eu Te Amo e AMEI!
Gostei de saber que a protagonista é bem construída, acho isso essencial, mesmo algumas pessoas tendo achado ela mimada, espero não ter só essa ideia dela.
Não gosto muito de estórias tediosas (e quem gosta né? haha), mas entendo que o começo tem que ser mais detalhado, mais lento, justamente para podermos compreender melhor.
Espero me encantar com a estória assim como você, estou ansiosa para ler este livro.

Responder

Ana Paula Barreto - 30, março 2013 às (00:35)

“a busca não intencional por si mesma”! Isto é bem a cara dos livros da Cecelia. Estou encantada com a sua resenha e doida para ler o livro. No momento não tem nenhum outro que eu queira ler mais do que este. Cecelia é fenomental, consegue escrever história que vão além das páginas, que nos permitem pensar e trazer coisas para nossas vidas. Eu adorei A vez da minha vida (é um dos meus livros preferidos) e tenho certeza de que vou amar O Livro do amanhã.
bjs

Responder

Mari ♥ - 30, março 2013 às (00:39)

Mi,
Sempre que leio uma resenha sua fico com a certeza que sempre devo segui suas dicas, porque todos os livros que você sempre gostou eu também curtir, lembrando só me recordo de um que talvez eu tenha ido com muita sede ao pote rs.
Esse com toda certeza será umas das minhas próximas leitura, gostei muito também de P.s eu te amo.
Como sempre ótima resenha.
Beijos

Mari – Stories And Advice

Responder

Amanda.. - 30, março 2013 às (01:56)

Esse ainda não li, mas gosto bastante da escrita da autora.
a capa e sinopse do livro tbm estão bem legais..
sabe a autora deixa sempre algo + alem do que se lê, pelo menos
é assim comigo..

Responder

Gladys Sena - 30, março 2013 às (03:02)

Também vi alguns comentários negativos em relação a personagem.
Prefiro tramas com personagens próximos da realidade, com virtudes e defeitos.
Super curiosa para lê-lo e conhecer a escrita da Cecelia, 😉

Responder

Tahis - 30, março 2013 às (04:18)

Olá Mi!!
Eu estou doida para ler esse livro, eu adorei P.S Eu Te Amo, que também estou doida pra ter mais contato com o livro da Cecelia.
Sua resenha só aumentou a minha vontade de ler esse livro, adoro livros misteriosos e com aquele humor irônico, sem contar que essa capa está lindissima né?

Beijão,
lovesbooksandecupackes.blogspot.com

Responder

Kelry Caroline - 30, março 2013 às (04:54)

Oi Aione, ainda não li esse livro da Cecelia, tenho A vez da minha vida e depois disso me encantei com a escrita da autora. Estou louca para ler esse livro, uma história bem bacana.

Responder

Fabi Liberati - 30, março 2013 às (11:18)

Oie Mi, não li esse livro ainda, nem ” PS: Eu te Amo” (que vergonha hihi), mas fiquei super curiosa pra saber que livro é esse que ela achou na biblioteca com inscrições com sua própria letra e datadas para o dia seguinte. Eu adoro mistérios, humor, dramas, tudo que você citou, e fora a capa que é linda, eu pelo menos AMEI, e AMEI a sua resenha como sempre né *.*
Vou lê-lo assim que der. Minha listinha já está enorme kkk
Beijos Flor e ótima páscoa pra você =D

Responder

cristiane - 30, março 2013 às (15:52)

Tão fofo esse livro! Eu achei. Adoro os livros dessa autora e é claro que não podia não adorar esse novo dela. Quero ler também, é outra história fofa da autora com certeza.

Responder

Karine Braschi - 30, março 2013 às (19:55)

Oi Mi. Estou super curiosa pra ler esse livro, todo mundo fala tão bem dele.

Um beijo, Karine Braschi.
Geek de Batom.

Responder

Elaine André - 31, março 2013 às (11:29)

Estou muito muito curiosa para ler esse livro, abandonei o livro a vez da minha vida e queria ter um outro parâmetro sobre esta autora. Então com certeza irei ler o livro do amanhã. Ainda mais depois da sua resenha tão positiva.

Beijos.

Responder

Eduarda Menezes - 31, março 2013 às (15:49)

Mi, o livro parece ser incrível.
Por tudo que você disse acho que vou começar a ler Ahern por ele!
A história parece ser ótima, sólida e divertida.
Achei interessante isso que você disse sobre as falhas da personagem, eu concordo, também gosto de personagens que carregam certa ambiguidade. Na vida real a gente está propenso a ataques de raiva, erros e acertos, ainda que saibamos erradas algumas dessas atitudes, mas somos humanos né? Quando a gente vê isso num livro logo antipatiza, mas o engraçado é que às vezes poderia ser algo que, naquela situação, também faríamos igual, quem sabe? Nós temos uma mania de gostar de personagens perfeitos!
Gostei muita da resenha. O meu ainda nem chegou e não sei quando finalmente irei lê-lo, mas certamente você despertou a minha curiosidade.
Beijão, querida! E um ótimo domingo!

Responder

Leandro de Lira - 31, março 2013 às (17:55)

Oi!
O livro parece ser bom, segundo a sua resenha.
Eu já li “P.S.Eu te Amo” e gostei. Entretanto, esperava MUITO mais da história, porque muitas pessoas o elogiavam e ainda elogiam. Li “A Vez da Minha Vida” da mesma autora e não gostei. Quando solicitei esse livro, meu objetivo é ter uma opinião definitiva sobre a autora e se lerei outros livros da mesma ou não.
A premissa do livro é boa e tudo indica que terei uma leitura agradável, até porque há muitos pontos interessantes na história. Só o que me deixou um pouco receoso foi a questão de o início ser um pouco lento. Mas como você disse que a autora está apresentando as personagens e inserido tudo de forma organizada, acredito que não me incomodarei.
Parabéns pela resenha!
Abraço!

“Palavras ao Vento…”
http://www.leandro-de-lira.com

Responder

Brubs. - 31, março 2013 às (18:50)

Que maravilha de resenha! Não tinha expectativa nenhuma para ler esse livro, sua resenha é a primeira que me chamou atenção, tirando a sinopse. Quero ler agora o livro em breve.
Parabéns
Beijos
Brubs
Livros de Cabeceira

Responder

Marcelo Lima - 31, março 2013 às (21:34)

eu gostei do livro , mas temos alguns pontos que divergem, principalmente sobre o diário – fiquei com um pouco de raiva do fim dele , mas enfim as últimas 160 páginas são de tirar o fôlego e no geral vale a pena , preciso escrever minha resenha desse livro haha

Responder

Manu Hitz - 31, março 2013 às (23:05)

Adorei seu ponto de vista sobre esse livro, tb tenho lido comentários divergentes sobre ele. mas sou suspeita pq adoro a autora por conta de ‘Ps’. E quero sim este livro! Acho que a história como um todo é encantadora e instigante, e um tema assim me interessa muito, então não me importo que comece devagar, desde que mostre que vale a pena. Tem os ingredientes certos pra isso.

Responder

Jessica Lisboa - 31, março 2013 às (23:22)

Bem ainda nao tive a oportunidade de ler nenhum livro da autora, porem todos os livros que ela escreve são muito bem elogiados, apesar de eu nao ter gostado da capa desse livro eu estou afim de lelo.

Responder

Julia G - 01, abril 2013 às (17:28)

Oi Mi, minha história com a autora é parecida com a sua – li P.S. Eu te amo há muito tempo, lembro a história, mas muito pouco sobre a escrita de Cecelia. Estou louca para ler esse livro e ansiosíssima para que minha caixinha da NC chegue (mas neste mês está demorando…).
Eu não sei se vou gostar ou não dessa personalidade de Tamara, porque muitas vezes esse tipo de atitude que parece egoísta me irrita, mas também prefiro personagens cheias de defeitos e complexidade.
Espero gostar tanto quanto você 😀

Beijos

Responder

Alinne - 01, abril 2013 às (18:48)

Oi Mi.
Essa é a primeira resenha que leio desse livro e confesso que me despertou mais curiosidade em ler a obra. Mas antes de me aventurar nesta história pretendo ler Ps. Eu Te Amo. No entanto acredito que por mais que o começo de O Livro do Amanhã seja um pouco lento, com certeza irei gostar da história, pois aprecio livros onde a narrativa de desenvolve aos poucos e os personagens são bem apresentados.
Adorei a resenha.
Beijos.

Responder

Vanessa Grandin - 02, abril 2013 às (11:25)

Quando vi o lançamento desse livro fiquei interessada pelo fato de ser da Cecelia já que adorei P.S eu te amo….mas não tinha lido resenhas muito positivas a respeito e desencanei !
Mas é muito bom quando lemos uma resenha como a sua que expõe além da história , o sentimento que a leitura te proporcionou e acho isso o mais importante e geralmente é o que me atrai em uma livro!
Quero lê-lo assim que possível , espero gostar tanto quanto você !

Responder

Raquel Machado - 04, abril 2013 às (23:40)

Oi flor,
Adorei a resenha não lembro se cheguei a pedir ou não esse livro mas agora fiquei com vontade de ler o mesmo pois achei bem interessante a historia e seu enredo.Ainda nao li PS EU TE AMO mas ja vi o filme e me encantei acredito então que vou gostar muito do genero da autora.
Bjss
Raquel Machado
Leitura Kriativa
http://leiturakriativa.blogspot.com/

Responder

Elaine Cardoso - 11, abril 2013 às (18:24)

Nossa! Adorei sua resenha. Eu já tive visto o book trailer dele e me interessei bastante assim que li a sinopse. Agora com a sua resenha…Eu li PS: Eu te Amo…confesso que gostei mais do filme. Achei a leitura um pouco maçante. Agora estou louca para ler O LIvro do Amanhã!!! U-huuu…bjus

Responder

Amanda - 11, abril 2013 às (22:58)

Me pareceu um livro muito bom. Já recebi várias indicações sobre a obra, mas nunca me interessei de fato, mas ao ler esta resenha fiquei animadíssima para lê-lo. Além de tudo isso a autora já conhecida por seu ótimo livro P.S. Eu te amo. É claro que O Livro do Amanhã só pode ser maravilhoso, né? 🙂

Responder

Ademar Júnior - 18, abril 2013 às (02:07)

Oi Mi,
Eu ainda não li nada da Cecelia Ahern, mas quando saiu o filme de “P.S., Eu Te Amo” e todo mundo ficou elogiando, eu fiquei curioso para assistir. Só depois quando a Novo Conceito lançou é que descobri que tinha um livro. Consequentemente fiquei curioso pelo livro e adiei para ver o filme bem depois. Quando vi o release de O Livro do Amanhã, fiquei mais curioso ainda, gostei mais da sinopse desse que do outro.
Sua resenha me deixou curioso também. Não posso comentar muita coisa por não conhecer nada ainda da Cecelia. Mas espero ler esse livro em breve, vou entrar no time dos comentaristas para tentar ganhar ele.

Beijão

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por