[Resenha] A Probabilidade Estatística do Amor À Primeira Vista - Jennifer E. Smith | Minha Vida Literária
02

abr
2013

[Resenha] A Probabilidade Estatística do Amor À Primeira Vista – Jennifer E. Smith

Título: A Probabilidade Estatística do Amor À Primeira Vista
Autor: Jennifer E. Smith
Editora: Galera Record
Número de Páginas: 223
Ano de Publicação: 2013
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

Com certa atmosfera de “Um Dia”, mas voltado para o público jovem adulto, “A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista” é uma história romântica, capaz de conquistar fãs de todas as idades. Quem imaginaria que quatro minutos poderiam mudar a vida de alguém? Mas é exatamente o que acontece com Hadley. Presa no aeroporto em Nova York, esperando outro voo depois de perder o seu, ela conhece Oliver. Um britânico fofo, que se senta a seu lado na viagem para Londres. Enquanto conversam sobre tudo, eles provam que o tempo é, sim, muito, muito relativo. Passada em apenas 24 horas, a história de Oliver e Hadley mostra que o amor, diferentemente das bagagens, jamais se extravia.

Seriam quatro minutos capazes de mudar sua vida? É com base nessa premissa que a história se inicia.
Através de uma narrativa em terceira pessoa simples e, ao mesmo tempo, intensa, conhecemos a história de Hadley, a garota de 17 anos que está indo para Londres para o casamento de seu pai com a mulher por quem ele deixou sua mãe.
Não foi difícil me envolver. Gostei da escrita da autora e minha leitura foi, durante todo o momento, fluida, leve, interessante e divertida, além de emocionante em alguns momentos-chave no enredo. Achei os diálogos muito bem construídos, sendo os entre Hadley e Oliver os responsáveis pelo tom de humor no livro.
Jennifer E. Smith desenvolveu a história em um período de apenas 24 horas e foi muito feliz com isso. O tempo é um importante fator no livro, mostrando o quanto pode ser relativo, além de focar nos momentos – aqueles milésimos de segundos – que tudo podem transformar.
A autora, também, teve uma sensibilidade enorme para construir o romance. A Probabilidade Estatística do Amor À Primeira Vista, como o próprio nome indica, tem como centro o relacionamento de Hadley e Oliver iniciado no aeroporto, mas arrisco a dizer que não é esse o foco da história. Tal relacionamento acontece e se desenvolve em meio aos problemas familiares enfrentados por cada um, sendo que são esses problemas os responsáveis por definirem o momento vivido tanto por Hadley quanto por Oliver ao se conhecerem.
Assim, ao mesmo tempo em que o relacionamento entre eles vai sendo construído em questão de horas, vamos entendendo os conflitos que os levaram até aquele ponto de suas vidas e acompanhamos como tudo vai sendo transformado. Como já disse, visualizamos os instantes em que mínimos gestos conseguem modificar as situações por impactarem as personagens, e isso torna possível compreender como tudo acontece, aparentemente, tão rápido.
Sobre as personagens, Oliver é encantador. É o típico gentlemanbritânico e faz jus ao título do livro. Hadley, por sua vez, é uma personagem mais complicada pelo próprio fato de acompanharmos a história pelo seu ponto de vista. São suas as emoções e os pensamentos visualizados pelo leitor, enquanto Oliver é apresentado pelas impressões da garota, o que significa que demoramos mais para conhecê-lo melhor, inclusive suas fraquezas.
De um modo geral, estava extremamente curiosa e ansiosa pela leitura e ela em nada me decepcionou. Achei o livro extremamente fofo e, ao mesmo tempo, com uma bonita história de amor, e não me refiro, aqui, somente à Hadley e Oliver. Jennifer E. Smith soube como dosar humor com momentos mais emocionantes, e deu o diferencial para sua obra ao incluir o tempo como importante fator dela. Certamente, indico a leitura aos que buscam um bom entretenimento.




Deixe o seu comentário

60 Respostas para "[Resenha] A Probabilidade Estatística do Amor À Primeira Vista – Jennifer E. Smith"

Lygia Netto - 02, abril 2013 às (16:33)

Oliver! <3

Achei bem fofinho o livro, mas nada espetacular. Acho que se tivesse a idade de Hadley tb não seria tão compreensiva em ir a um casamento do pai, com uma mulher que destruiu a família deles! 😛

Como eu já imaginava que o livro seria do estilo leve e fofo, ele em nada me decepcionou também! 🙂

Beijinhos..tava com saudades de passar por aqui! ^^

Responder

Fabi Liberati - 02, abril 2013 às (17:26)

Oie Mi!!! Adorei a resenha, não conhecia o livro ainda e fiquei bem curiosa pra ler, confesso que a capa não me agradou muito, acho que pela a sua resenha a capa poderia ser melhor suhauhsau!!!
Fiquei ansiosa para conhecer Oliver *.*
Me parece ser um livro leve e divertido, bom pra descontrair mesmo né, enfim amei, e já ta na minha lista de desejos infinitos (você vai me leva a falência com tanto livro bom) hahaha!!!
Beijinhos flor!!

Responder

Juh Claro - 02, abril 2013 às (18:17)

A cada resenha que eu leio desse livro, menos sei o que pensar dele! haha Tem gente, como você, falando super bem, mas tem um pessoal abandonando a leitura por não gostar da narrativa e da protagonista. Eu acho o título e a capa LINDOS (a versão americana então, ai <3) e tenho muita vontade de ler. É legal isso de criar uma história com todos os pontos necessários em um cenário de apenas um dia.
Já tá na wishlist 😀

Beijos!

Responder

Laura Zardo - 03, abril 2013 às (00:24)

Pela sinopse este livro não me chamou a atenção, até porque como eu já havia comentado em outra postagem eu não gostei do livro Um Dia e como no começo já inicia citando ele, fiquei com os dois pés atrás. Conhecendo o livro melhor, ele parece ter uma estória bem bacana, mas que ainda não me faz ter vontade de comprá-lo e lê-lo.

Responder

Ana Paula Barreto - 03, abril 2013 às (01:08)

Estou muito curiosa para ler o livro. Não sabia que a história se passava em apenas um dia. Na realidade, isto é bem interessante, porque muita coisa pode acontecer em pouco tempo, mas ao mesmo tempo as coisas acontecem por algum motivo (geralmente nossas experiências passadas nos fazem quem somos). Fiquei mais interessada nas questões emocionais e familiares da personagem, do que no romance em si (e neste ponto, gostei de saber que a história de amor não é o foco principal).
bjs

Responder

Stefani Goulart - 03, abril 2013 às (01:09)

Ai meu Deus, cada resenha sobre esse livro lida é um motivo a mais para eu querer esse livro tipo, agora! hehe Só hoje já li umas 3 resenhas sobre ele e a minha vontade de ir comprá-lo logo só aumenta.
O que eu mais gosto são livros leves, simples mas com uma narrativa capaz de cativar qualquer um e esse livro parece ser exatamente assim *-* Acho super importante valorizar os mínimos segundos, os mínimos detalhes, que podem fazer muita diferença em tudo.

Beeijos,
iSteh

Responder

Lendo Comentando - 03, abril 2013 às (02:35)

Oi, Aione!

Tenho muita vontade de ler esse livro. Antes que ele fosse publicado aqui no Brasil eu tinha visto um vídeo da Giu Fernandes falando sobre ele e me empolguei! Fiquei feliz em ler sua resenha e descobrir que também gostou da história. E Ah… Oliver só por ser britânico já tem um lugar especial no meu coração, haha. ♥

Beijos, boas leituras! 🙂
Amanda.

Responder

Vanessa Grandin - 03, abril 2013 às (11:30)

Estou com muita vontade de ler esse livro , adorei o título e a capa fofíssima….
Tenho lido resenhas bem positivas sobre ele e me parece que apesar de não ser espetacular deve ser uma leitura agradável e isso é o que importa….
Quero garantir o meu logo !

Responder

Lú Miranda - 03, abril 2013 às (11:36)

Adorei o modo como o tempo é trabalhado nesae livro, best book. kkkk
E achei mais interessanta ainda, foi vc mencionar q o amor deles foi construido no meio familiar de cada um, já q foi isso q levou cada um deles a se amarem, se conhecerem e tal.
adorei!!

Responder

Elaine André - 03, abril 2013 às (11:42)

Bom dia Aione 🙂
Comprei esse livro em inglês e não vejo a hora de lê-lo. Estou super ansiosa, só vejo resenhas positivas sobre ele.
Creio que será minha próxima leitura.
Como sempre adorei a resenha.
Beijos.

Responder

Julia G - 03, abril 2013 às (16:29)

Acho que a capa do livro já diz muito sobre ele! rsrs Adoro 😉
E gostei muito de tudo o que você falou, a história parece ser leve, mas não daquelas totalmente desnecessárias.
Achei interessante o uso do tempo para esquematizar o enredo – ele realmente é tão relativo!
Adorei a resenha Mi, e fiquei ainda mais curisa para ler o livro.

Beijos

Responder

Katielle Borba - 03, abril 2013 às (17:11)

Desde que este livro foi anunciado, fiquei muito curiosa além de achar a capa maravilhosa.
Gosto de livros fofos e estou be ansiosa para está leitura. Quero muito saber como vai se passar está história em apenas 24h.
Gostei muito da resenha.
Beijos,
Katielle

Responder

cristiane - 03, abril 2013 às (21:26)

Achei bem fofa essa história e quero ler o quanto antes, é muito legal! Só de sinopse deu pra ver isso. Querendo muuuuuuuuuito!

Responder

Tahis - 04, abril 2013 às (15:23)

Olá Mi!

Eu achei essa capa tão fofa, mais um livro que vai para a minha listinha de desejados!
Sua resenha me deixou tão curiosa para conhecer o Oliver, odeio essas personagens complicadas. Estou ansiosa pela leitura. Bem legal livro se passar em 24 horas, bem diferente!

Beijão,
lovesbooksandcupcakes.blogspot.com

Responder

Michelle Boyd - 04, abril 2013 às (20:01)

Esse é um daqueles livros que está na minha, nada pequena, listinha.
Mas irei ler com certeza, adoro a capa e o título, e essa é a primeira resenha que leio, e adorei saber que é leve, que tem personagens bem construídos e romance. Muito boa essa combinação.

Beijão
Michelle Boyd
Little Things

Responder

Alinne - 04, abril 2013 às (20:43)

Oi Mi.
Eu estava curiosa a respeito desta obra. Desde que vi a capa e li a sinopse imaginei que se tratava de uma história fofa e agradável. Agora sabendo que é exatamente assim, vou ver se o leio.
Beijos.

Responder

Raquel Machado - 04, abril 2013 às (23:40)

Oi flor,
Saudades daqui a vida anda numa correria total…então não conhecia olivro e como sempre voce despertou minha curiosidade principalmente por eu adorar livros de romances fofos e esse parece trazer bem isso certo que vou pesquisar mais sobre ele e quem sabe acabo adquirindo tambem.
Bjss
Raquel Machado
Leitura Kriativa
http://leiturakriativa.blogspot.com/

Responder

Manu Hitz - 05, abril 2013 às (11:03)

Sabe o que esse livro me faz lembrar? O filme ‘Antes do amanhecer’, já viu? O casal se conhece numa viagem e passa um dia junto, conversando sobre a vida e acabam se apaixonando. Mas têm que se separar e seguir seus caminhos horas depois.
Adoro histórias assim, com a vida marcando encontros e desencontros, precisamos estar atentos!
Agora me apaixonei pelo livro, que nem dei tanta atenção pela capinha comédia romântica que ele tem. Quero ler, obrigada pela resenha sedutora…

Responder

Mi - 06, abril 2013 às (14:15)

Desde que vi que ia ser lançado esse livro fiquei super curiosa, ainda mais agora que todo mundo está elogiando A Probabilidade Estatística do Amor À Primeira Vista (o nominho difícil ein!), só me deu mais vontade de ler!

Beijos
letrasecupcakes.blogspot.com

Responder

Lili - 07, abril 2013 às (23:24)

Sério que dura apenas 24 horas a história?! Fiquei bem curiosa.
Isso combina muito com um filme, mas é difícil um livro que se proponha a montar uma trama que se desenvolva tão rapidamente.

Ele parece bem fofo. Ops, voltei e vi que foi exatamente essa palavra que você usou para descrevê-lo. Será que estamos ficando mais velhas e achando ‘fofos’ todos os romances adolescentes?

liliescreve.blogspot.com

Responder

Lucas Martins - 11, abril 2013 às (18:18)

Não sei porque, mas ainda tenho a imagem de Anna e o Beijo Francês na mente. Quero ter essa imagem e ter um pouquinho da Anna de novo (Lola me decepcionou um pouco), e do romance e de Paris!!! Tudo bem que estou viajando um pouco, mas é o que eu espero, uma leitura parecida, com personagens que me cativem também.
A primeira coisa que distancia os dois livros é a narrativa. Poderia ser em primeira pessoa, com bastante ironia, né? (Tenho que parar de imaginar a Anna. Tenho. Que. Parar) Porém, narrativa em terceira pessoa não me incomoda. Até é interessante, visto que a autora criou a história dentro de 24 horas. No caso, o enredo se desenvolve em 24 horas, o que eu acho fascinante. Conseguir escrever um livro com mais de 50 páginas que se passa em 24 horas.. não é uma tarefa facil e já admiro a autora por isso. E como você comentou, essa questão dos conflitos que vão além do romance me é muito interessante. É o que mais me motiva num livro, o drama e etc. E tinha isso no Anna!!! Não era só o romance. Tinha a vida de Anna por trás do internato e os pais de St. Clair.
Ok, acho melhor parar com as comparações. Acho que já ficou claro que estou interessado no livro (e que título extenso, Mi! :P)
Beijão!

Responder

Nessa - 12, abril 2013 às (14:11)

Oii Mi!
A primeira vez que vi a capa desse livro, ja achei a coisa mais linda. Mas a história parece ser mais pro publico adolescente, to errada? Não sei se iria me cativar tanto, não que eu seja tão velha assim neh, rsrs, mas já li outros livros assim “fofos” que todo mundo elogiava, mas eu não via tanta coisa assim… espero estar errada em relação a esse livro, achei legal a história ser contata em 24 horas, acho que da uma agilidade na trama e não fica aquele coisa monótona.
Bejo 😉

Responder

Aline Barbosa - 12, abril 2013 às (14:34)

Este comentário foi removido pelo autor.

Responder

Rafael Fernandes - 12, abril 2013 às (14:43)

Oie.
Livro rápido e divertido, é o que estou procurando pra ler no momento, cheguei a comprar a versão americana que achei a capa bem mais linda do que a nacional, e o foco como tu cita sobre problemas familiares é um tópico que eu gostaria de refletir. E esses dois personagens achei a coisa mais fofa do mundo, espero que autora faça-me emocionar com o livro, ainda mais pelo diferencial!!!
Beijos

Responder

Gladys Sena - 12, abril 2013 às (15:20)

Já estava interessada nesse livro desde o lançamento, quando assisti ao book trailer, achei bem fofinho, 😉

Gostei da premissa e parece bem levinho e divertido.

Responder

rosi - 12, abril 2013 às (21:43)

Adorei a resenha!!!! Parece ser um livro bem leve e divertido pra ler!!!
bjos

Responder

Sabrina - 13, abril 2013 às (17:22)

A premissa da história parece legal. O livro me ganhou pela capa que é linda!

Responder

Ana Carla Mtos - 13, abril 2013 às (18:48)

Eu adorei o contexto do livro, sempre fui apaixonado por romances leves que sabem dosar comedia com momentos emocionantes e sei como isso é difícil,por ter Hobbies de escrever nos tempos vagos. O fato da historia passar em apenas 24 horas, também é um desafio, pois cada segundo tem que ser intenso e mostrar as decisões que ocorrem instantaneamente.
Adorei e com certeza ele já esta na minha lista de próximas leituras.

Responder

Gabriela - 14, abril 2013 às (17:45)

Parece ser um bom livro e todo mundo só fala dele, despertou minha curiosidade. A verdade é que raramente eu me decepciono com um livro da Record e acho com com esse não vai ser diferente.

Responder

Michelle - 15, abril 2013 às (05:18)

Acho que quatro minutos poderia mudar sim minha vida,eu me interessei bastante por esse livro e mesmo o relacionamento deles ter começado tão rápido,parece que é bem intenso,e já estou encantada pelo Oliver mesmo sem ter lido o livro.
Espero ser a ganhadora,vamos torcer né.

Responder

Gabriela Dias - 15, abril 2013 às (13:19)

Ai Aione, eu li esse livro final de semana passado em inglês e quase morrrri de tanto amor. Foi um salva vidas depois de uma ressaca literaria braaaba! Adoro esse clima de romance leve, solto, rapido e fácil e foi um refresco depois de ler tanto New Adult e fiquei viciada rapidinho e ja entrou pro meu hall dos favoritos. Fiquei animadinha quando fiquei sabendo que o livro ia sair aqui no Brasil e ia poder ter ele na minha estante.

Beeeeeeeeeeeeeeeijos :*

Responder

Gabriella Santos - 15, abril 2013 às (13:38)

Pela sinopse e o início da resenha, achei que fosse um daqueles livros bem clichê, mas acho que o diferencial aí é o fato de tudo se passar em 24 horas. Me pareceu bem interessante… Lerei 🙂

Responder

Guilherme - 16, abril 2013 às (00:55)

Primeiramente acho a capa desse livro um show de bola, simplesmente magnifica haha
Todos falam bem dessa estória preciso ler o mais rápido possível e como você disse é uma boa estória para quem busca entretenimento e eu sou um deles hehe

Beijos.
Guilherme – Um Compulsivo Leitor

Responder

Ivi Campos - 16, abril 2013 às (14:18)

Eu me interesso pelo livro quando alguém diz q ele é fofo. Acho que é a história que pode acontecer com qualquer mortal, então eu posso me identificar. E gosto quando pensamos sobre as coisas que podem ou não acontecer em função de tempo e tal… quero ler!!!

Responder

Fernanda Moraes - 16, abril 2013 às (14:42)

Como eu imaginei, é um livro fofo! rs
O título me chamou a atenção logo de cara, confesso que achei que poderia ser bem clichê, mas o fato de tudo acontencer em 24 horas é muito interessante, acho faz a difença … com que cada minuto do livro seja bem aproveitado .. espero ler em breve e me surpreender a cada minuto! rs
Gostei tbm do livro falar sobre família tbm e não só o romance em sí da Hadley e do Oliver!

Responder

Carol - 16, abril 2013 às (14:42)

To curiosa pra ler o livro!
parece ser daqueles que a gente termina de ler com um sorriso no rosto 😀

Responder

Paty M. Castro - 16, abril 2013 às (14:43)

De todas as resenhas que li desse livro , 100% são positivas, e com certeza é o tipo de livro que me agrada, por sua narrativa, sua historia, romance, e uma escrita envolvente. Eu quero muito ler e conhecer essa autora que esta ganhando tantos fãs.

Responder

Nicole Lilian - 16, abril 2013 às (15:34)

Um livro inteiro passado em 24 horas? Já adorei! O livro parece ótimo, não entendi direito os conflitos que os levaram até aquele ponto são mostrados a partir de flashbacks? Do Oliver creio que não já que a estória é do ponto de vista da Hadley. Essa é a primeira resenha que eu leio do livro, ele me interessou só pela capa e pelo título hahaha Pela sua resenha ele parece muito bom.

Responder

Aione Simões 16 abr 2013

Exatamente, Nicole!
Da parte da Hadley, você tem flashbacks. Do Oliver, você entende por conversas entre ele e a Hadley 🙂

Responder

Ellen - 16, abril 2013 às (22:24)

Desde o momento em que conheci o livro,me encantei com a capa. Sempre quis ler um livro de romance mas que, ao mesmo tempo, tivesse um certo humor, e pela resenha parece que encontrei o livro certo! Achei bem legal e inovador que o livro se passe em apenas 24 horas, é diferente eme deixou muito curiosa! Enquanto lia a resenha vi que Hadley vai a Londres e que Oliver é britânico e então tive a certeza de que tenho que ler esse livro! Morro de vontade de ir para Londres! Hahahaha!
História boa, capa linda…Livro perfeito!

Responder

Mariana FS - 17, abril 2013 às (18:54)

Oi Aione,
Diálogos bem construídos são fundamentais para fazer o leitor acreditar e se envolver com a história.
Gostei da observação a respeito dos protagonistas. Como o leitor os vê e qual a relação que desenvolve com eles, com base no ponto de vista da narradora.
Todas as resenhas que eu leio usam o adjetivo “fofo” para caracterizar o livro, rsrs.
Como você já sabe, romance não é exatamente meu gênero número 1, mas simpatizei com a sinopse e adorei o título. Acho que essa mescla de doce com intenso tem tudo para render uma boa história.
Beijos

Responder

Bianca Moraes - 17, abril 2013 às (19:47)

Não gosto muito de narrativas em terceira pessoa, mas o enredo parece ser muito bom.
Depois da sua resenha fiquei com mais vontade de ler o livro!

Responder

Ademar Júnior - 17, abril 2013 às (23:45)

Oi Mi,
Eu gosto muito de livros com títulos curiosos, e esse é um deles. No entanto ainda não tinha lido a sinopse dele para saber do que se tratava. Vim saber mais a respeito ao ler sua resenha, e acho que não faz muito meu tipo de livro, então dificilmente eu o lerei um dia, rsrs… Principalmente com a quantidade de livros que tenho para ler. Mas gostei da rua resenha! =]
Beijão!

Responder

Clara Beatriz - 18, abril 2013 às (01:47)

Gostei bastante do livro, a temática que ele aborda parece ser muito interessante.
Gosto muito de leituras deste tipo! Espero ter a oportunidade de ler o livro, ele já está nos meus desejados!

Responder

Vanessa Llona - 18, abril 2013 às (23:04)

Fiquei ainda mais ansiosa para ler esse livro. Gostei do fato de ser tudo em 24h, acho interessante o fato de tudo ocorrer tão rápido, e como vc citou mostrar como o tempo pode ser relativo, e fiquei pensando que tudo acontece na hora certa, talvez se eles não estivessem passando pelos problemas não iam se encontrar e se enxergar.

Responder

Irinia Zachello - 20, abril 2013 às (02:53)

A capa é bonita… Uma história de amor é sempre bom, adorei o filme Um dia!
Beijos

Responder

Vanilda - 20, abril 2013 às (15:27)

Eu ainda não li o livro e confesso que achei que seria mais um sobre romance, mas parece que o livro apresenta mais do que isso e com personagens bem construídos, dosando humor e emoção, tenho certeza que a história flui de forma muito fácil. Muita vontade de ler.

Responder

♥ Sâmella Raissa ♥ - 20, abril 2013 às (16:29)

Já havia conhecido o livro e o enredo em um dos vídeos da Giu Fernandes; ela o indicou ainda na versão original, isto é, em Inglês, e logo que vi que ia ser lançado aqui no Brasil pela Galera Record, fiquei ansiosa em lê-lo. Sua resenha então, me deixou mais animada ainda! Gosto de romances leves e fofos, mas, claro, também com toques de humor e emoção como você citou – e um gentleman que nem o Oliver <3
Enfim, ansiosa para lê-lo!
Bjos…

Responder

Valéria Riet - 21, abril 2013 às (19:30)

Achei a capa muito fofa e o título sugestivo.

Responder

Carol - 21, abril 2013 às (21:37)

Sempre quis ler esse livro, desde que li que iria ser lançado por aqui. Mas fiquei tão “assim” quando soube que você só acompanha um período de tempo os personagens… Queria mais!!!

bjus
terradecarol.blogspot.com

Responder

Sabrina Piano - 25, abril 2013 às (01:32)

Achei muito fofo o livro, a capa em si, já nos mostra que é um livro bom para um entretenimento, e acho que a sinopse já nos deixa curiosos para saber como pode se desenrolar um romance em 24 horas. Confesso que fiquei curiosa pra saber o que acontece depois, se eles ficam juntos, se seu relacionamento fica só nisso mesmo. Achei interessante, que como você colocou o livro não fala só do romance do casal em si, mas de tudo o que se desenrolou na vida de ambos para chegarem até aquele lugar e eles se encontrarem. Sinceramente, estou curiosa demais para saber o que vai acontecer com esse casal!

Responder

VANESSAANGELQ - 25, abril 2013 às (16:43)

Oi,adorei a resenha,achei a capa muito fofa,realmente um livro divertido,romântico,leve e engraçado.
Já achei fofa a sinopse e a possibilidade de se apaixonar em um período de apenas 24 horas.
Acompanhar a história de Hadley e Oliver deve ser emocionante desde o momento em que se apaixonam até o fim da história,principalmente depois de seus comentários.

Responder

Natália. - 26, abril 2013 às (03:43)

Estou lendo esse livro no kindle e amando, tem uma história muito fofa e romântica.
A capa é linda 😀

Responder

Sammysam Rosa - 26, abril 2013 às (18:35)

Por mais que eu veja as boas criticas a respeito desse livro, ainda tenho minhas dúvidas, pois o tema do enredo não é exatamente meu tipo, por mais que eu acredite em amor a primeira vez, tenho muitas duvidas se leria o livro, pois enredos teens não é exatamente minha praia. Mas gostei de conhecer seu ponto de vista, quem sabe não dou uma chance ao livro.

Beijos

Da Imaginação a Escrita

Responder

millacneves - 27, abril 2013 às (17:41)

Ah, deve ser dessas leituras bem leves, provavelmente eu adoraria ler! Ainda mais com a personagem viajando para Londres! haha
Já tinha me interessado pelo livro em inglês, por causa da capa, mas até que essa ficou bonitinha também! Estou louca para ler!! 🙂

Responder

Duda Rodrigues - 28, abril 2013 às (06:13)

Desde a primeira vez que li a sinopse estou louca pra ler esse livro, parece ser um daqueles livros ótimos pra curar ressaca literária, bem leve, e a capa, sem comentários, perfeita, mas acho q o que mais me chamou atenção foi o fato do livro se passar todo em apenas 24 horas, é bem diferente, nunca li nada assim.

Responder

mariana vanessa - 28, abril 2013 às (20:12)

achei muito lindo o livro *-* tô louca pra ler ele, mas fico um pouco receosa pelo fato dele ocorrer em apenas 24 horas, sei lá, que talvez as coisas ocorram de maneira rápida demais, mas pelo visto não é assim, ocorre naturalmente e fico aliviada em saber disso *-* até porque não é toda escritora que consiga escrever um livro que se passe em apenas um dia e encantar multidões como esse encanta k todas as pessoas que leram esse livro se encantaram com o oliver *-* Esse livro tem cara de que é aqueles que faz a gente tirar os pés do chão enquanto lê, sou apaixonada por um romance *-* espero não me decepcionar com ele ! Parabéns pela resenha

Responder

Fernanda Faria - 01, maio 2013 às (01:47)

Estou super querendo ler esse livro, esses dias eu vi muitas recomendações dele, todas super positivas. Mas confesso que quanto eu vi a primeira divulgação do livro, imaginei uma temática bem diferente.
beijos

Responder

Renata Kerolin - 01, maio 2013 às (02:01)

Eu já queria ler esse livro pelo nome e pela capa.
Li algumas resenhas, gostei bastante da sua.
Parece ser realmente muito fofo, aquela leitura leve e gostosa de se fazer. Já quero *-*

Responder

Verônica Cristina - 29, junho 2014 às (22:51)

JA LI OUTROS LIVROS PARECIDOS, TIPO RAPAZ gentlemanbritânico E A MOÇA TENDO PROBLEMAS!!!! NAO QUE ME FAÇA TIRAR A CURIOSIDADE…..ELES SE CONHECEM EM UM AREOPORTO E DAI EM DIANTE TUDO ROLA….ESTOU DOIDA PRA LER!!! (QUANDO É QUE NÃO ESTOU DOIDA PRA LER UM TITULO NOVO???) A CAPA É PERFEITA!!!!
ESTOU NA ESPECTATIVA DESTE LIVRO SER DIFERENTE!!!
TOMARA!!!

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por