[Livros na Telona] O Diário de Suzana Para Nicolas - James Patterson | Minha Vida Literária
03

abr
2013

[Livros na Telona] O Diário de Suzana Para Nicolas – James Patterson

Livros Na Telona é uma coluna na qual analiso filmes que foram baseados em livros!

Sobre o Livro

Título: O Diário de Suzana Para Nicholas
Autor: James Patterson
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 233
Ano de Publicação: 2011
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

Li O Diário de Suzana Para Nicolas no final de 2011 e o resenhei aqui.
Não pretendo fazer uma nova resenha muito longa sobre ele e, por isso, recomendo aos interessados em uma versão mais aprofundada de minha opinião que leiam a já publicada no blog (aliás, foi uma resenha bem sucinta, não tomará muito do tempo de vocês).
Para resumir, esse foi o meu primeiro contato com alguma obra de James Patterson e, ainda é, a que mais me impactou. Diria, inclusive, que “impactante” é uma das melhores palavras para se descrever esse livro. O Diário de Suzana Para Nicolas me arrebatou desde as primeiras páginas e o sentimento foi se intensificando com o desenvolvimento da história. O livro me marcou por tanto ter me emocionado e ainda é, até hoje, uma leitura que indico sempre que me pedem a sugestão de  um romance comovente.
Uma das características que mais me recordo do livro foi de como as personagens – todas – me conquistaram e o quão confusa me senti com isso. A história é contada em terceira pessoa por Kate, que recebe do ex-namorado, Matt, o diário que Suzana, sua esposa, escreveu para Nicolas, seu filho. Assim, os capítulos se alternam entre o presente de Kate e o diário escrito por Suzana, contando ao filho a história de como ela e Matt se conheceram. Meu sentimento de confusão existia pelo fato de que Matt faz Kate sofrer ao terminar abruptamente o namoro e ao dar a ela o diário de Suzana e, portanto, seria natural que eu antipatizasse com ele. Contudo, o Matt visto pelos olhos de Suzana é apaixonante, e foi impossível não me render. Também, eu me sentia traindo Kate ao me encantar com a história de Suzana com ele.
Se você ainda não leu e é fã de romances, não perca tempo e leia este. A narrativa de Patterson é impecável aqui e transborda sensibilidade. Ainda, a característica ágil de seus livros, compostos por capítulos curtos e uma escrita veloz, também se faz presente nesse livro, ainda que não tenha sido esse o estilo que tenha consagrado o autor. Sinceramente, fiquei muito mais satisfeita com esse livro do que com o seu suspense policial Private. O autor tem outros três romances não publicados no Brasil e eu com certeza os leria, sem pensar duas vezes, se tivesse a oportunidade. Já com relação aos seus suspenses policiais, pretendo lê-los, mas em caráter de tentar compreender o porquê de ter sido consagrado nesse gênero. Não acredito que Private tenha sido uma boa escolha minha e nem que represente o autor no campo dos suspenses policiais, mas não posso dizer o mesmo de O Diário de Suzana Para Nicolas no quesito romance.

 

Sobre o Filme

 

Ainda que eu já tenha lido o livro há um tempo, ele me marcou o suficiente para que eu pudesse me lembrar dele ou, ao menos, do que importava sobre ele. De qualquer maneira, nada que uma consulta ao meu exemplar não pudesse resolver.
De um modo geral, o filme foi bastante fiel ao livro por contar a história de Suzana, Matt, Nicholas e Kate sem grandes modificações. Tudo acontece como no escrito por James Patterson, com algumas pequenas alterações com relação ao tempo transcorrido na história.
Um importante detalhe e que, em minha opinião, diminuiu em muito o impacto das revelações finais é o fato de, no início do filme, haver a data de quando o diário foi escrito. No livro, mesmo que não haja uma data, é óbvio que o diário foi escrito em algum momento no passado com relação ao presente vivido por Kate. Contudo, o leitor não saber há quanto tempo ele foi escrito acaba sendo um importante elemento na história. Ainda assim, o tempo transcorrido na história do livro e na do filme não é o mesmo.

Com relação às personagens, Kate foi a que mais se diferenciou da imagem que eu tinha em mente. Sempre a imaginei semelhante à Gwyneth Paltrow, mas morena; entretanto, a personagem que a interpreta não é alta e tem os cabelos curtos, o que elimina sua característica física que mais me marcou: sua longa trança. A atriz que interpreta Suzana, por sua vez, é bem semelhante à imagem que construí em minha mente.

Sobre Matt, devo dizer que, inicialmente, o ator que o interpreta não me lembrou muito o personagem, mas, conforme o filme foi se desenrolando, fui enxergando cada vez mais o Matt descrito por Patterson. Ainda, devo dizer que achei incrivelmente nítida a diferença entre o Matt de Suzana e o Matt de Kate, assim como quando fiz a leitura.
Apesar de o filme ter sido bem fiel e ter me agradado, ele não chegou nem perto de me causar a mesma emoção que o livro. Talvez tenha sido o talento presente na narrativa de Patterson, principalmente porque, durante a leitura do diário, temos as palavras de Suzana para Nicholas e elas são carregadas de afeto, envolvendo completamente o leitor. No filme, por sua vez, embora haja cenas nas quais temos a narrativa de Suzana, a maioria da história nos é apresentada como aconteceu e parte da carga emocional é perdida, já que ela era proveniente do amor maternal de Suzana. Assim, assistimos à construção do relacionamento de Suzana com Matt, mas por uma visão externa, imparcial, e não através das emoções de Suzana.
O fato de já saber o final, também, pode ter diminuído muito o impacto que eu sentiria assistindo, caso não o soubesse. Ainda, não sou capaz de avaliar o quanto o filme fez com que eu me sentisse apegada às personagens, como aconteceu no livro, já que eu já tinha esse laço desde que fiz a leitura. Entretanto, arrisco a dizer que, se eu ainda não tivesse lido, seria capaz de eu não ter me sentido tão apegada aos personagens, considerando-se que não achei o filme tão emocionante.
 O Diário de Suzana Para Nicholas, em resumo, foi bem adaptado e representado em seu filme homônimo: os personagens agradam, o cenário é belíssimo; em suma, é um bom filme para se assistir para passar o tempo e com capacidade de agradar aos apreciadores de um bom romance água com açúcar. Porém, está longe de ser arrebatador como a obra que o originou. Assim, se você quer uma boa opção de distração, em uma tarde chuvosa e preguiçosa, por exemplo, indico o filme. Mas, se você deseja realmente se emocionar, então, por favor, leia o livro.
Observação:É possível encontrar o filme na internet, inclusive no Youtube. Contudo, não há legendas em português (no Youtube, o filme está sem legendas). Eu o assisti com as legendas em inglês para acompanhar o áudio e foi tranquilo, principalmente por já ter lido o livro.
Confira o trailer do filme!





Deixe o seu comentário

33 Respostas para "[Livros na Telona] O Diário de Suzana Para Nicolas – James Patterson"

Katielle Borba - 03, abril 2013 às (17:06)

Oi Aione,
Gosto muito do James Patterson e dos seus livros, porém eu ainda não tive coragem em ler este livro. Sempre acho que não vai combinar com a escrita dele.
Depois de tu que tu faleste de ser um romance eu fiquei realmente tentada e acho que vou dar uma oportinidade para o livro e depois para o filme.
Beijos,
Katielle

Responder

Fabi Liberati - 03, abril 2013 às (17:33)

Oie Mi… Eu não li esse livro ainda e nem assisti ao filme, mas tenho sim vontade der ler o livro, pois quando o tema se trata de romances eu prefiro a leitura, porque eu acho mesmo que as vezes o livro é mais emocionante do que filmes, sei la, acho que os livros são melhores do que adaptações >.<
AMEI o post, e assim de quer der vou dar uma espiadinha no livro ( se eu achar pra comprar se não assisto ao filme mesmo ) =P
Beijos flor!!!

Responder

Elaine André - 03, abril 2013 às (17:52)

Oii 🙂
Ainda não li esse livro perdi uma super promoção dele e me arrependi por não ter comprado. Quero muito lê-lo.
O filme só irei assistir depois que ler o livro então acho que vai demorar um pouquinho já que minha lista de livros para ler está imensa (queria ter tempo para ler a medida que compro livros, mas as promoções não deixam rsrsrs).
Sempre me decepciono um pouco com os filmes dos livros que gosto, pois sempre alguns fatos são mudados, ou em alguns casos só fica a essência da história porque mudam absolutamento tudo. Rsrsrs.
Por isso sempre fico um pouco pé atrás e prefiro ler antes. 🙂

Beijos.

Responder

Katrine Bernardo - 03, abril 2013 às (18:41)

Nunca li nenhum livro do James, mas já ouvi várias coisas a respeito dele. Eu vi esse livro na biblioteca e em uma promoção a algum tempo na submarino, eu acho. Pena que não comprei nem aluguei.
Quanto ao filme, só depois do livro, acho que é melhor assim *-*.
Adorei a dica e ótima resenha.
Um beijo.
http://livrodagarota.blogspot.com.br/

Responder

Stefani Goulart - 03, abril 2013 às (19:45)

Olá!
Eu quero muito ler o livro. Os comentários são ótimos e como eu amo um bom romance, tenho certeza que irei adorar a história. Quanto á adaptação, não assisti ainda, mas só pretendo assistir depois de ler o livro, pois quero muito me conectar ao personagens e vejo que assistindo ao filme primeiro, não conseguirei fazer isso.

Beeijos,
iSteh

Responder

Dyana Colares - 03, abril 2013 às (20:30)

O Diário de Suzana Para Nicolas se tornou um dos livros de romance mais lindos que já li. Impactante mesmo! <3 Descobri o filme um tempo depois e resolvi assistir. Eu gostei, mas não tanto quanto o livro. Eles mudaram algumas coisas.. mas foi ok. 🙂
Adorei sua resenha!

Bjs
http://www.desejoliterario.com

Responder

cristiane - 03, abril 2013 às (21:27)

Eu achei esse livro tão sem graça. Sério, não me dei bem com o autor. Dois livros dele lidos e odiados, esperava mais, achei a escrita muito sem sal e emoção. A história é linda, mas do jeito que foi contada no livro…lendo…não senti nada. Parecia que estava lendo jornal ¬¬
Filme eu não consegui ver. Tentei mas não deu mesmo, sem legenda, outra hora não dava pra baixar…ah, desisti completo.

Responder

Ana Paula Barreto - 04, abril 2013 às (00:51)

Eu comprei o livro há algumas semanas, mas ainda não comecei a ler. Todas as resenhas que vi elogiam muito a obra e desde que li a sinopse fiquei encantada. A história parece emocionante e os personagens bem escritos, humanos, com seus pontos fracos e fortes. Confesso que o nomezinho do Patterson também ajuda na minha vontade de ler o livro! rs
Quanto ao filme, nem imaginava que existia, mas gostei de saber! Não vou vê-lo até ler o livro, mesmo que eu acabe não curtindo tanto depois. Prefiro apreciar o original e toda a genialidade do autor, sem interferências e imagens já feitas pelo filme.
bjs

Responder

Kéziah Raiol - 04, abril 2013 às (02:51)

Nossa Mi, eu ia morrer sem saber que tinha um filme desse livro O.o
Mas adorei o trailer, achei tão sexy o começo hahaha’
Vou assistir ele aqui, e Patterson é tão divo *-*

Beijocas!

Responder

Vanessa Grandin - 04, abril 2013 às (12:16)

Esse livro é bom demais…. fiquei emocionada com cada parte dessa história e acho até que esse é melhor do que alguns livros do Nicholas Sparks!
Já li 04 livros do James Patterson da série O clube das mulheres contra o crime e gostei bastante…..
Ele é um autor diferenciado que consegue escrever livros policiais bem legais e um livro maravilhoso como O Diário de Susana para Nicholas !

Responder

Juh Claro - 04, abril 2013 às (12:22)

Oi, Mi!
Eu tenho esse livro há um tempinho na estante e não tinha a MENOR ideia de que tinha vídeo! To passada :O haha
Eu ainda não consegui lê-lo, mas depois de todo esse seu amor, vou precisar deixar pro próximo mês pra ler de vez! A Babi já tinha me falado que é um livro ótimo, mas não tinha mensurado quão ótimo ele é haha espero gostar também 🙂

Beijos!

Responder

Tahis - 04, abril 2013 às (14:21)

Olá Mi!
Tem um tempo que estou querendo ler esse livro, e nem sabia que tinha um filme #morri
Já li um livro do Jame, os livros de Investigação e gostei bastante da naarativa dele, espero poder ler esse livro em breve!

Beijos,
lovesbooksandcupcakes.blogspot.com

Responder

Vanessa - 04, abril 2013 às (14:41)

Tá aí uma novidade para mim, eu nem fazia ideia que existia filme baseado neste livro. Li ele tem um tempo e me emocionei muito, definitivamente não sei se tenho coragem de ver o filme, tenho certeza de que vou derramar muitas lágrimas.

Beijokss, Van – Blog do Balaio
http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

Responder

Lili - 04, abril 2013 às (15:00)

Poxa Mi, eu ainda não li (mas tenho e acredito que irei gostar tanto quanto todas as pessoas que eu vi que o leram). E nem sabia que tinha um filme. Fiquei surpresa quando vi o Livros na telona com ele.

Gostei de saber que é fiel ao livro, é gostoso quando isso acontece com um livro bom e que marca.
Pois é, pena que ele não conseguiu ser fiel a mesma comoção que o livro causou. Pode ser também por ser filme, por você já conhecer a história. Não sei!

Sempre restará a dúvida.

liliescreve.blogspot.com

Responder

Vanessa - 04, abril 2013 às (15:13)

Olá.
Eu ainda não li esse livro e não sabia que tinha um filme UAHSUAH Eu nunca sei nada, qual é meu problema? Mas tudo bem, fico sabendo de tudo aqui no seu blog então <3 Adorei o post, agora quer ler esse livro e ver o filme logo 😀

Beijos, Vanessa.
This Adorable Thing

Responder

Michelle Boyd - 04, abril 2013 às (20:06)

Tive que ler duas vezes a parte que você explica quem é a Suzana a Kate e o Matt, mas entendi, e fico me perguntando porque raios ele daria a Kate o diário, fiquei bem curiosa sobre isso, acho que vou logo pro filme. Mas adorei a dica!

Beijão
Michelle Boyd
Little Things

Responder

Alinne - 04, abril 2013 às (20:41)

Oi Mi.
Como eu amei o livro, pretendo também assistir ao filme. Espero que me encante tanto quanto a obra.
Beijos.

Responder

Raquel Machado - 04, abril 2013 às (23:52)

Oi flor,
Ainda não li esse livro mas fiquei impressionada com sua opiniao e tantos elogios li o 7 ceu do mesmo autor e ele me agradou apesar de eu não gostar tanto de policiais….sobre esse acho que vou ter que inserir na minha lista pois ele parece realmente uma boa pedida. Sobre o filme verei depois do livro assim e melhor ne…
Bjsss
Raquel Machado
Leitura Kriativa
http://leiturakriativa.blogspot.com/

Responder

Manu Hitz - 05, abril 2013 às (11:07)

Não sabia do filme, Mi, que bom! Vou correr pra ler o livro, então, está na minha estante há meses e fugi um pouco dessa história do Patterson por achar um tanto estilo Sparks… Olha o que eu estava perdendo! Se ela é para românticos como vc descreveu, foi feita pra mim.

Responder

Laura Zardo - 05, abril 2013 às (22:27)

Eu li o livro, mas não sabia da existência do filme, até porque não me interessei muito em procurá-lo, eu gostei da estória, mas faltou alguma coisa, não me impactou tanto, achei que iria me emocionar mais. Mesmo assim, quero assistir o filme, quem sabe eu acabe gostando.

Responder

Crislane Barbosa - 06, abril 2013 às (00:37)

Oi!
Não fazia ideia que tinha um filme. Eu tinha o livro, mas troquei e não li.
Já ouvi muita gente falando desse livro.E agora já fiquei curiosa.

Bjus….

Responder

Vanessa Llona - 06, abril 2013 às (21:59)

Comprei esse livro numa promoção no começo do ano, mas ainda não li, não sabia que tinha livro, mas assim que der vou ler, pelo jeito é bom.

Responder

Pah - 08, abril 2013 às (16:46)

OK, como assim tem esse filme e eu não sabia? Que coisa, quero ver agora como faz? Eu sempre me perguntava sobre isso pq. já tinha lido informações sobre o fato de já termos um roteiro adaptado, mas também nunca procurei muito, rsrs Eu amei esse livro e me sinto agora na obrigação de ver o filme, uma pena isso da legenda, não vou entender nada vendo em inglês, ahuahauha

Bjs

Responder

Lucas Martins - 11, abril 2013 às (18:11)

Entãããão, Mi, estou para ver o filme desde aquele dia (ano passado, começo do ano passado) no Twitter.. Eu comecei a assistir e achei bem fiel mesmo. Gostei da Suzana, mas a Kate me pareceu estranha, diferente do que idealizei mesmo. Massssss, o Matt também não foi o Matt que idealizei enquanto lia o livro. Enfim, acho que só a Suzana me deixou contente. Talvez por eu gostar da atriz, mas sei la..
Quando ver comento com você o que achei, Mi!
Beijo!

Responder

Gladys Sena - 12, abril 2013 às (15:18)

Também foi o meu primeiro contato com a obra do James Patterson e fiquei impressionada com a sua escrita.
Li o livro mês passado e ainda tenho em minha memória boa parte da trama.
Só fiquei sabendo da adaptação cinematográfica no final do livro, gostaria de assisti-la, mas sem legendas não dá pra mim, rsrs.
Adaptações geralmente decepcionam mesmo…

Responder

Ademar Júnior - 17, abril 2013 às (23:56)

Oi Mi,
A princípio devo dizer que ainda não li nada do James Patterson, embora eu tenha “4 de Julho” e “O Dia da Caça” na minha estante. Eu conheci o autor primeiramente pelos seus livros policiais, quando vi a Arqueiro lançando “O Diário de Suzana para Nicholas” fiquei surpreso, pois achei que ele não escreve em outro gênero que não o policial. Não me interessei à primeira vista, pois acho que prefiro ler algum suspense. Como já tenho dois, acho que começarei por eles. Minha curiosidade pelos livros do James Patterson aumentou ainda mais quando assisti o primeiro episódio de Castle, uma série policial (e de comédia) que eu gosto muito. Você conhece? Acho que você ia curtir. Se não conhece: a série gira em torno de um escritor de romances policiais. No primeiro episódio um assassino em série comente crimes baseados nas mortes do livro do escritor (o Castle). Ele como conhece muito sobre métodos criminais ajuda a polícia a desvendar o caso, a partir daí ele começa a ajudar em outros casos. E nesse primeiro episódio o Castle é amicíssimo do James Patterson, eles aparecem jogando pôquer junto com outros escritores, rsrs. O Castle começa a escrever uma nova série de livros, que curiosamente foram colocados no papel e lançados nos EUA, seria uma ótima ideia a Arqueiro lançar por aqui, rsrs…

Bom, já falei demais nesse comentário.
Adorei o post.
Beijos

Responder

Carol - 21, abril 2013 às (21:39)

Sério que tem um filme??????
Sempre li muita coisa boa sobre esse livro.
Não sabia mesmo que tinha uma adaptação. Tenho problemas sérios em ler os livros depois que assisto os filmes (que diga os livros de Sparks).
Quero ler esse livro antes de ver um filme dele.

bjus
terradecarol.blogspot.com

Responder

Van Castro - 23, abril 2013 às (02:29)

Realmente, o livro é muito comovente, achei lindo!
Não tive nem coragem de ler ele fora de casa, porque sabia que ia chorar horrores e todo mundo ia ficar me olhando no meio do ônibus! Haha

E eu descobri que já vi algumas partes desse filme na TV e nem sabia que era do livro! Ainda bem que não me liguei antes de terminar o livro, senão ia estragar o final.
Mas depois de ler, comecei a lembrar das cenas do filme, lembro que gostei bastante dele também (das partes que vi, pelo menos). Portanto, recomendo os dois!

Beijão!

Responder

Renata Kerolin - 01, maio 2013 às (01:44)

Eu amo esse livro, é um dos meus favoritos ♥
Estou sempre indicando ele
O diário de Suzana para Nicolas é lindo, emocionante *-*
Foi o único que li do James. Não sabia que tinha escrito outros romances, seria muito bom se fossem lançado aqui.
Não sabia que tinha filme, quando tiver um tempinho quero assistir.

Responder

Fernanda Faria - 01, maio 2013 às (01:49)

Geeeeeeente para o mundo que eu quero descer. Como assim eu não sabia da existência desse livro?
Eu simplesmente adorei demais o livro, chorei horrores e agora fico sabendo que existe um filme *_* Quero ver para ontem.
beijos

Responder

geovany - 16, janeiro 2014 às (00:08)

Li o livro ano passado, queria ver o filme, porém não acho. :/

Responder

Becca Martins - 30, julho 2015 às (23:56)

Oi Aione!
Este é um dos meus livros preferidos, mas infelizmente não vou poder ver o filme, já que não entendo inglês para me ler as legendas.
Eu fiquei muito triste por isto, porque assim que terminei de ler tentei de todas as formas ver o filme, mas não consegui.
Enfim, eu também quero ler os outros livros dele, mas que não me chamam tanta atenção assim.
Acho que se ele escrevesse outro romance eu o leria na mesma hora.
Eu li O diário de Suzana para Nicholas em apenas duas horas de leitura direta. Foi literalmente uma sentada só, que me fez apaixonar pela escrita e me envolver completamente pela história.
Beijos!

Responder

Aione Simões 31 jul 2015

Flor, ele tem mais 4 romances, se não me engano! Por enquanto, só um, além de O Diário de Suzana Para Nicolas, foi lançado aqui, é o Primeiro Amor, que a NC publicou ano passado.
Te adianto que me decepcionei, viu? Rsrs… Mas talvez você possa gostar!
Beijão!

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por

Blogs Brasil