[Resenha] Abandono - Meg Cabot | Minha Vida Literária
28

jun
2013

[Resenha] Abandono – Meg Cabot

Título: Abandono
Autor: Meg Cabot
Editora: Galera Record
Número de Páginas: 304
Ano de Publicação: 2013
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

Pierce tem dezessete anos de idade e sabe o que acontece quando morremos. É assim que ela conheceu John Hayden, o misterioso estranho que a fez voltar à vida normal — ao menos a vida que Pierce conhecia antes do acidente — quase inacreditável. Embora ela pense que escapou dele — começando em uma nova escola em um novo lugar —, confirma-se que ela estava errada. Ele a encontra. O que John quer dela? Pierce acha que sabe… Também acha que ele não é um anjo da guarda, e seu mundo sombrio não é exatamente o céu. Mas ela não consegue ficar longe dele, especialmente porque ele está sempre lá quando ela menos espera, exatamente quando ela mais precisa. Mas se ela deixar cair qualquer coisa, ela pode se ver no lugar que mais teme. E quando Pierce descobre uma verdade chocante, sabe de onde John a salvou: o submundo.

Abandono é o primeiro livro da trilogia Abandon, inspirada no mito de Hades e Perséfone.
Por meio de uma narrativa descontraída e carregada de frases de impacto, Meg Cabot conduz o leitor por entre as páginas com sua já conhecida habilidade para envolvê-lo. Em primeira pessoa, a história é contada pelo ponto de vista de Pierce, a adolescente de 17 anos que vivenciou, há dois anos, uma experiência de quase morte e viu sua vida mudar radicalmente depois disso.
Sendo esse o primeiro livro de uma série, fica evidente seu caráter introdutório. Entretanto, não achei o enredo vago demais ou desprovido de conteúdo, a história foi bem desenvolvida, em minha opinião, ao mesmo tempo em que deixou uma abertura para que haja uma continuação.
Em alguns momentos, me senti um pouco confusa. Isso porque Meg se utiliza bastante de um artifício para aguçar a curiosidade do leitor: ela menciona superficialmente algum acontecimento da história, sem explicá-lo, de fato, para somente dizê-lo muitas páginas depois. Dessa maneira, foram comuns as vezes em que fiquei em dúvida se eu havia perdido algo ou se nada havia realmente sido contado, embora isso não tenha prejudicado minha leitura.
Algo que me agradou no desenvolvimento do enredo foi que ele conseguiu me surpreender. Os acontecimentos não me pareceram demasiadamente previsíveis – excetuando-se, talvez, o romance da história -, bem como suas explicações. Muitas das revelações também me pegaram de surpresa, principalmente ao final, o que achei bastante positivo.
Não achei a protagonista muito marcante. Embora ela não tenha a característica de “adolescente irritante” presente em muitas das mocinhas de Meg, também não a achei muito cativante. Não que ela tenha me incomodado, apenas não me marcou. Já sobre John, não posso dizer o mesmo. Achei o mocinho digno de arrancar suspiros, principalmente por fazer o estilo “vilão”. John é impetuoso, com uma personalidade forte e, ao mesmo tempo, consegue ter uma doçura por trás de toda sua aparência. É quase impossível resistir a essa fórmula!
Achei bastante interessante ler a nota de Meg Cabot ao final do livro. Nela, ela cita todas as referências utilizadas para criar Abandono, inclusive muitas verídicas, o que dá um tom mais interessante ao enredo.
Ainda que o livro não tenha me arrebatado, achei que cumpriu bem sua função como entretenimento, tendo sido, provavelmente, a obra da linha de mistérios de Meg Cabot que mais me agradou até o momento. Aos fãs da autora e de Young Adults de um modo geral, principalmente os que apresentam tons de sobrenatural, mistério e humor em suas páginas, essa é uma ótima pedida.




Deixe o seu comentário

52 Respostas para "[Resenha] Abandono – Meg Cabot"

Lygia Netto - 28, junho 2013 às (18:13)

“[…] a obra da linha de mistérios de Meg Cabot que mais me agradou até o momento.”

Sério? Até mais que A Mediadora? :O
Abandono está aguardando sua leitura na estante, mas tenho lido algumas coisas sobre ele. Alguns gostaram e uma grande parcela das pessoas, não. Eu gostei da mitologia que ela criou para usar e fico feliz em saber que ele conseguiu te surpreender de forma positiva (bom, romance a gente sempre sabe que vai rolar, hahaha).

Beijo grande!

Responder

Fabi Liberati - 28, junho 2013 às (18:17)

Oie Mi, adorei a resenha, a capa desse livro é maravilhosa e o que mais me despertou a curiosidade foi o fato de ser inspirado em Hades e Perséfone, adoro isso!!!

Fiquei maluca aqui pra ler, pena não poder comprar agora ($) se é que você me entende hahaha, mas com certeza vai ser a minha próxima compra, mesmo não sabendo quando vai ser kkk
Beijos Flor

Responder

Vânia Gama - 28, junho 2013 às (19:14)

você acredita que eu nunca li nada da Meg? Quando eu penso em comprar tal livro, vejo algum video de alguem falando que é chato e desisto… é um ciclo sem fim HAHA
mas quero ler o diario da princesa, porque nunca vi ninguem reclamando (:
beijos

Responder

Luna Hybla - 28, junho 2013 às (20:09)

Oi Aione!
Que bom que gostou do livro!
Esse é um dos próximos que vou ler, já está aqui esperando a vez, então fiquei bem feliz com sua resenha.
Gostei principalmente de ser inspirado no mito de Hades e Perséfone, amoo mitologia de todo tipo então uma releitura assim fica beem interessante.
Por ser o 1º livro é natural que seja um pouco lento, mas vc diz que é uma leitura fluída que surpreende, um bom YA com mistério, humor e sobrenatural.
eeba!

bjss

Responder

cristiane - 28, junho 2013 às (20:38)

Não é o melhor dela, mas pelo que vi gostei e muito dessa trama. Tem tudo pra ser boa, acho que vale a pena conferir. Nunca li nada dela e estava pensando em começar com esse, é mais recente e gostei bastante.

Responder

Nayla Naomi - 28, junho 2013 às (22:11)

Adorei a sua resenha, assim quando eu vi que ela ia lançar esse livro, já queria adquirir pois gostei muito de A Mediadora.
Beijos.

naylanaomi.blogspot.com

Responder

Manu Hitz - 28, junho 2013 às (23:09)

Esse livro tem sido bem recomendado eum uma e outra resenha que li por aí. Como não conheço a escrita de Cabot, fiquei tentada a ler e começar exatamente por este.
Sua resenha é esclarecedora e aqui percebi que talvez não seja minha praia mesmo, como desconfiava, mas queria dar uma chance à autora. Não quero um livro mais ou menos. Ultimamente tenho lido tantos maravilhosos que a responsabilidade dos próximos aumenta! rsrs

Responder

Naty - 28, junho 2013 às (23:49)

Eu adoro a Meg e estou desejando muito esse livro. Pelo o que eu ando vendo o John é maravilhoso mesmo.
Fiquei feliz pelo enredo conter várias surpresas, isso vai aumentando minha vontade de ler no decorrer do livro.

Responder

Pamela Liu - 28, junho 2013 às (23:59)

Quero muito ler esse livro! Comecei a ler a série A mediadora e estou adorando a narrativa da Meg.
Fiquei feliz em saber que Abandono é uma trilogia e que é inspirada no mito de Hades e Perséfone; já me conquistou!
É sempre bom quando os acontecimentos são surpreendentes e não algo que você pode prever.
Amei a capa e parabéns pela resenha!

Responder

Lucas Goulart Duarte - 29, junho 2013 às (01:39)

Não me interesso por esse livro por ser da Meg Cabot e por ser uma série e.e sua resenha é muito boa, mas n me fez querer le-lo. Acho que é pq n é meu estilo msm

Responder

Aline Gonçalves - 29, junho 2013 às (03:35)

Eu gosto muito dos textos da Meg Cabot. Já li algumas coisas a respeito desse livro e muita gente não gostou. Mas, como você disse na resenha, parece ser um livro que pode surpreender o leitor. Quero ler assim que conseguir um pouco mais barato, pois acho os livros da Meg bem caros no Brasil.

Beijos – Livros y Viagens

Responder

MsBrown - 29, junho 2013 às (12:34)

Gostei da resenha! Apesar de gostar bastante da Meg, sempre fiquei receosa de ler seus livros mais recentes, achando que eles, de algum modo, me decepcionariam. Mas pelo que você resenhou, eu posso até pensar mais em conferir as novas obras dela.

Responder

○•Marcelinho•○ - 30, junho 2013 às (03:26)

Nunca li nada da Mec… Mas sempre quis ler algo dela, e ja que você disse que tem um tom sobrenatural – coisa que eu adoro – talvez eu comece por este… e a capa também é linda – e sim eu julgo um livro pela capa (me julgue).

Responder

Naty - 30, junho 2013 às (21:30)

Ainda não tive oportunidade de ler Meg Cabot. Gosto bastante de mitologia não sabia que esse livro era inspirado no mito de Hades e Perséfone. Voi ler com toda certeza.

Responder

Sarah - 01, julho 2013 às (00:12)

Parece ser um livro bem legal,mas confesso que ainda não consegui entender ao certo seu tema.Acho que é algo proposital para atiçar a curiosidade do leitor como você disse,o mocinho parece ser bem legal.Espero que também arranque os meus suspiros hahaha!

Responder

Babi Lorentz - 01, julho 2013 às (00:38)

Mi, confesso que perdi um pouquinho a vontade de ler livros da Meg Cabot. Talvez pela quantidade de livros dela que tenho na estante na parte de livros para ler, talvez porque tentei ler Ela Foi Até o Fim e até agora não consegui chegar nem na metade dele…
Mesmo assim, fiquei tentada a ler Abandono por causa do mito de Hades e Perséfone, mas acho que apenas por isso.
Beijos.

Responder

jean souza - 01, julho 2013 às (03:42)

Ainda não li nada da tia Meg *Não me julgue* mas este livro tem grande potencial pra ser o primeiro, primeiro pq os últimos livros que mais tenho gostado são todos do gênero YA, ainda mais os que envolvem algum tipo de magia/sobrenatural, outra coisa que me chamou atenção foi em como é descrita a narração de Meg que parece bem interessante.

Responder

Raquel Nunes - 01, julho 2013 às (15:08)

O livro é de um mistério encantador..

Responder

Reniére Pimenel - 01, julho 2013 às (15:46)

Os únicos livros da Meg que eu já li são os do Diário da Princesa e desde então não tive oportunidade de ler nenhum outro. Me senti instigada a ler este após ler a resenha! Espero ter a oportunidade para fazê-lo!

Responder

Uliana Barros - 01, julho 2013 às (17:34)

Foi ótima a resenha, adorei estou doida pre ler o livro.

Responder

Ademar Júnior - 01, julho 2013 às (19:10)

Oi Mi,
Nunca li nada da Meg Cabot, mas eu gostei muito da sua resenha. Em breve eu terei que ler algo da autora para ficar mais por dentro da escrita dela, pois ainda esse ano quero escrever uma matéria sobre uma série dela que foi adaptada para mangá. É uma das pautas da minha coluna na Revista Neo Tokyo. Como você já leu muito ela, vou lhe consultar quando tiver escrevendo.

Beijão!

Responder

Amanda - 01, julho 2013 às (21:34)

Olá!!

Preciso ler Meg Cabot. Todos falam tão bem e ela sempre tem novidades no mercado. Fiquei curiosa depois de ler a resenha.
Bjao!

Responder

Tâmara Moya - 01, julho 2013 às (22:56)

Oi Mi
Quero muito ler esse livro. Uma pena que você não conseguiu se envolver tanto com a personagem.
Nunca li nada da Meg, acredita? Esse livro parece ser bem legal… Já ouvi falar que os livros dela geralmente seguem o mesmo padrão… Alguns enredos realmente chamaram a minha atenção, e esse não é exceção!

Adorei a resenha!

Beijos,

Responder

Raquel Machado - 02, julho 2013 às (00:04)

Oi Mi,
Tudo???
Sabe que adoro os livros da Meg e quando vi esse eu fiquei super ansiosa para ler pois achei a historia muito interessante ainda mais por ter relação com mitologia certo que preciso ler.
Bjsss
Raquel machado
Leitura Kriativa
http://leiturakriativa.blogspot.com.br/

Responder

Marliane Paula - 02, julho 2013 às (14:36)

É uma grande mistério que vai se desvendando ao longo da leitura =*

Responder

Karla - 02, julho 2013 às (16:32)

Li vários livros da Meg e estou maluca para saber a história desse livro.
Ainda me lembro bem da série Mediadora,costumo falar que para aqueles livros não existem outros melhores, que a escrita de Meg foi genial,mas agora,lendo sua resenha,estou,urgentemente,precisando desse livro. Quero ler mais que depressa!
Ótima resenha!

Responder

Amanda Péres - 03, julho 2013 às (01:08)

Adoro Meg Cabot!
Esse livro está nos desejados desde que soube do lançamento, agora estou com mais vontade ainda de ler. O fato da mocinha não ser irritante e o livro não terminar com mais perguntas do que respostas é animador. 🙂

Responder

Juliana Jesus - 03, julho 2013 às (02:01)

Oi! Adoro a Meg e livros que se baseiam em mitologia então somando os dois esse livro deve ser maravilhoso! Espero que um dia eu consiga terminar de colecionar todos os livros dela, mas todo ano ela lança um ou dois, assim eu não aguento. Espero ler esse livro logo e o livro que ela vai lançar da mediadora tbm! Preciso de $$ urgente!

Responder

Geruza do nascimento - 03, julho 2013 às (02:23)

Adoro os livros da escritora Meg Cabot porque ela conduz a historia com muita simplicidade e realmente vive o personagem na pele e o que é mais legal faz os leitores também viverem.
Não sabia que o livro era inspirado na mitologia de Hades e Perséfone, (agora sim to louca para ler) adoro historias mitológicas são tão românticas e algumas vezes até cruéis.
Espero ler esse livro em breve porque fiquei super curiosa!

Responder

Catherine Torres - 03, julho 2013 às (12:16)

Não conhecia a série, mas gosto muito dos livros da Meg Cabot. Vou dar uma olhada depois. ;]

Responder

Eduardo Feliciano - 03, julho 2013 às (12:35)

Amo as capas da Galera Record. Fiquei super interessado no livro,pois amo mitologia! A resenha está ótima *-*

Responder

Edna Dias - 03, julho 2013 às (14:20)

Nunca li nenhum livro da Meg Cabot, ouvi dizer que lembram os livros da Nora Roberts. O enredo deste parece um pouco, cheio de mistérios que são desvendados aos poucos. Creio que vou gostar, porque adoro Nora e Tess que são do mesmo estilo…
Bjs

Responder

Hannah Monise - 04, julho 2013 às (04:11)

Confesso que não tinha ouvido falar desse livro, às vezes fico meio perdida nos lançamentos e etc. Mas a capa e o título muito me chamam a atenção! E só por ter esse mistério, me atrai mais ainda. E nunca li nenhum livro da Meg Cabot, acredita?! Espero ter a oportunidade de ler algum logo, quem sabe esse, não?

Beijos,
Hannah – Secrets of Book.

Responder

. Faah Santos - 04, julho 2013 às (16:59)

Estou louca para ler esse livro, nunca li nada da Meg, mais sempre quis ler, eu amei a sinopse, e espero ler em breve.
http://faahsantos.blogspot.com.br/

Responder

beth - 04, julho 2013 às (18:17)

A autora,realmente soube me cativar. E você ao falar de trechos do livro, me deixou com mais vontade de ler. Vou adorar tê-lo na minha estante. Beijos.

Responder

Tahis - 05, julho 2013 às (15:35)

Olá Mi!
Tem um tempo que não leio Meg Cabot! O último foi “Insaciável” que me decepcionou bastante! Abando me atraiu um o=pouco mas nada de urgente, sua resenha me deixou com uma curiosidade, talvez eu leia num futuro! Nunca vi mulher pra escrever tanta série igual a essa!
A capa está linda assim como todas as capas dos livros da autora!!

beijos,
lovesbooksandcupcakes.blospot.com

Responder

JennyCullen - 05, julho 2013 às (17:20)

Quando foi lançado, não me interessei muito por esse livro, achei que fosse se tratar de mais uma historinha de adolescentes, mas ai vi que é da titia Meg, e que a sinopse dá a entender que o livro é bom. Suas resenhas também têm o dom de atiçar nossa vontade de ler um livro! Haha
E claro, você mencionou que o mocinho arranca suspiros e tem um jeito de vilão… Como não desejar ler esse livro?
O tema parece ser bem legal, por se tratar de vida após a morte, sempre me deixa curiosa, e também por ser baseado em mitologia.
Também é ótimo saber que o livro surpreende, sabe, as vezes cansa ler livros previsíveis =P

Beijooss,
Jennifer♥

Responder

Elaine Cardoso - 07, julho 2013 às (00:30)

Uma vergonha admitir que nunca li nada da MEG CABOT. Entao nao tenho nenhuma referencia de escrita da autora. Lendo essa resenha, me fez ter vontade de começar a ler suas obras!!!Ja li muitas resenhas de livros dela mas nao havia me interessado ate ler a sua!!!

Bjus
Elainae

Responder

Tay Magalhães - 09, julho 2013 às (21:07)

Eu não sabia que esse livro era uma série. Quando eu li a sinopse dele eu jurava que era apenas um livro, não tenho nada contra a séries, mas a história dele, pelo o pouco que eu li, eu achei que seria bom apenas um livro.
Ainda não tive a oportunidade de ler esse livro, mas em certas partes da sua resenha eu fiquei curiosa em saber um pouco mais sobre ele. E ele é um livro pequeno, então a leitura deve fluir muito bem.

;***

Responder

Natalia Tavares - 11, julho 2013 às (01:20)

Adorei como fez a resenha, e e a primeira que leio *-*
fiquei muito interessada em ler o livro, e ja estou ate participando da promoção ;]
beijooooos ;*

Responder

Andressa Nunes - 12, julho 2013 às (16:48)

Resenha bem escrita, nos dando uma boa ideia do enredo do livro, convidando a leitura, vale a pena conferir.

Responder

Giovani Stefanello - 12, julho 2013 às (18:22)

Eu só li ” O Garoto da Casa ao Lado ” da Meg 🙁
Gostaria de ler mais, mas acho que não faz bem o meu estilo. Prefiro fantasia, ficção, etc.
Mas vou tentar dar uma chance para esse livro, já que eu gosto de mitologia grega

Responder

Jessica Lisboa - 13, julho 2013 às (20:09)

Ok a autora se inspirou em mitologia grega pra escrever o livro? Eita já quero!!
O livro parece ser bom, infelizmente noa pude ler nada da autora ate agora, mas espero ler esse livro pois o enredo me prendeu a atenção. somente nao gostei muito da capa, que é meio estranhazinha na minha opiniao.

Responder

Blog Amantes de Livros - 13, julho 2013 às (21:09)

Oi mi! Me apaixonei pela história, parece ser muito bom e amo a Meg Cabot!
Beijos
Aninah

http://blogamantesdelivros.blogspot.com

Responder

Cibele Santos - 15, julho 2013 às (20:18)

Otimo livro,goatei da resenha……….

Responder

aline cristina - 19, julho 2013 às (21:43)

Ainda não li nenhum livro da Meg Cabot, mas sempre me dizem que são muito bons..
Abandono além de ter uma capa muito linda, me parece ser um livro muito bom, a trama é bem interessante, nunca li nenhum livro que na estória houvesse algo relacionado ao EQM (Experiencia de quase morte)..
Já adicionei a minha lista de leitura..

Responder

Gabriela - 22, julho 2013 às (13:44)

Perdi quase que totalmente a vontade de ler os livros da Meg Cabot, apesar de ser uma fã da sério O Diário da Princesa.
O que me deixou assim? Insaciável!
Que livro horrendo rsrsrs.
Quando comecei a ler a resenha, logo senti aquele gostinho amargo na boca, aquela lembrança de Insaciável rsrsrs
Mas…ao chegar ao fim do texto, reconsiderei a questão e quem sabe posso vir a ler este livro.
A relação com a mitologia que encantou bastante rs, vamos ver!
Beijos

Responder

Ana Venturelli Inocenti - 26, julho 2013 às (20:35)

Adorei a resenha.
Meg me ganhou com a coleção O Diário da Princesa, depois disso virei fã mesmo haha

Responder

Diandra Fernandes - 26, julho 2013 às (20:47)

O perfil mocinha irritante é bem Meg Cabot mesmo, li a mediadora e amei gostei muito de Suze, tanto que estou sempre aberta a ler todos o livros de Meg. O que me chamou a atenção em abandono não foi nem a historia adolescente e sim a mitologia grega que me fascina, quero muito ler esse livro e não me preocupo se tem muita coisa mal explicada, porque se tratando de Meg Cabot com certeza as pontas soltas se resolveram na sequencia.

Responder

Ruti - 30, julho 2013 às (14:44)

Adorei a resenha, e como não li nada da autora fiquei bem interessada em ler esse livro. Espero que o livro seja bom, pois adoro histórias com mitologia grega. 🙂

Responder

Gabriella Alvim - 01, agosto 2013 às (00:02)

Adorei a resenha e espero que Abandono seja tão bom quanto a série A Mediadora, que eu devorei em uma semana.
Esse livro me chamou a atenção primeiramente por ser da Meg, eu estava procurando outros livros dela, e também pelo enredo mitológico que ela inseriu.
Parece ser um livro ótimo, estou muito curiosa com ele ;D

Responder

Fe Fernanda - 29, janeiro 2016 às (14:14)

Só de ver a autora ja amei o livro haha, Meg sempre divando

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por