[Resenha] Métrica - Colleen Hoover | Minha Vida Literária
12

ago
2013

[Resenha] Métrica – Colleen Hoover

Título: Métrica
Autor: Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Número de Páginas: 304
Ano de Publicação: 2013
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

O romance de estreia de Colleen Hoover, autora que viria a figurar na lista de best sellers do New York Times, apresenta uma família devastada por uma morte repentina. Após a perda inesperada do pai, Layken, de 18 anos, é obrigada a ser o suporte tanto da mãe quanto do irmão mais novo. Por fora, ela parece resiliente e tenaz; por dentro, entretanto, está perdendo as esperanças. Um rapaz transforma tudo isso: o vizinho de 21 anos, que se identifica com a realidade de Layken e parece entendê-la como ninguém. A atração entre os dois é inevitável, mas talvez o destino não esteja pronto para aceitar esse amor. 

Confesso que Métrica não me conquistou por completo desde o início. Embora a leitura tenha sido fluída e envolvente desde as primeiras páginas, questionei um pouco do que li. Primeiramente, as repetições de algumas frases e expressões me incomodaram nesse começo. Depois, foi o excesso de tragédias permeando a vida das personagens o que não me agradou, problema originado, talvez, em decorrência da leitura de outros New Adults que se estruturam de forma similar. Não que eu não acredite na possibilidade de dificuldades do tipo acontecerem com as pessoas, mas o meu questionamento estava na probabilidade de tantas tragédias se reunirem em um mesmo e pequeno grupo.
Conforme fui avançando na leitura, contudo, todos esses incômodos ficaram para trás; a escrita de Colleen Hoover foi tão envolvente que acabei me encantando com a história e as personagens. Quanto mais eu lia, mais eu queria continuar lendo e, inclusive, passei a entender o motivo das repetições que inicialmente me incomodaram. O romance acabou me conquistando por completo: aquela tensão entre as personagens, as tentativas em resistirem e aceitarem a situação vivida, tudo contribuiu para que eu torcesse pelo final feliz. Ainda, todas as questões familiares da história, não apenas sobre a família de Lake, contribuíram com o aumento da carga emocional do enredo.
O que, sem dúvida, foi o maior responsável pelo meu encantamento foi a importância e a força das palavras na história. Talvez, se não fosse por isso, eu apenas tivesse feito uma leitura bastante prazerosa, mas que não tivesse apresentado um diferencial. Entretanto, a existência da competição de Slam – até então desconhecida por mim – foi o que fez a diferença: primeiro, por ter achado interessante conhecê-la; depois, e principalmente, pela sua importância e impacto nos acontecimentos. Somente depois de um tempo em que ela foi mencionada é que pude compreender o título do livro.
De modo geral, o livro faz jus ao estilo New Adult: conflitos diversos que dão um peso maior na vida das personagens, um romance intenso e arrebatador, e uma narrativa fluida, irônica em alguns momentos e, apesar de sua carga emocional, com leveza suficiente para que a leitura possa ser feita de forma rápida e agradável. Métricafoi mais um exemplar do gênero que me conquistou, apesar do início um pouco conturbado, levando-me a ter certeza de que já sou uma fã dos New Adults.
 




Deixe o seu comentário

50 Respostas para "[Resenha] Métrica – Colleen Hoover"

Ivi Campos - 12, agosto 2013 às (13:12)

Estou com este livro em mãos e com medo de ler… Um dos personagens chama-se Will e eu tive experiencias traumáticas com esse nome. (Chorei até desidratar com COMO EU ERA ANTES DE VOCÊ e O PACIFISTA, ambos com o personagem principal chamado Will). Mas está sendo tão elogiado e comentado que estou me sentindo sem assunto na roda… Enfim, quero ler e eu também não faço ideia do que vem a ser Slam… bjs

Responder

Ceile - 12, agosto 2013 às (13:33)

Ah, eu também já sou fã dos New Adults ♡
Também questionei a possibilidade de acontecer tantas coisas ruins com as mesmas pessoas e elas ainda se encontrarem (a pare mais difícil de engolir foi da mãe da Lake, mas foi válido para o arremate da história).

Eu senti falta da narração do Will, queria muito acompanhar o “desejo retido” dele, sabe?

Mas acabei conquistada por esse livro e me emocionei muito!

Beijos.

Responder

Luiza Soares 25 ago 2013

o segundo livro vai ser narrado por ele!

Responder

Fernanda S. Lucena - 12, agosto 2013 às (13:40)

Oi flor, eu comprei mas ainda n li.
Tô bastante curiosa, achei bem legal sua resenha!!!

Bjoooooooooos

muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

Responder

Ruti - 12, agosto 2013 às (14:33)

A resenha ficou boa, mas não me interessei muito pelo livro. Achei que talvez ele seja um pouco clichê. Mas espero estar enganada. 🙂

Responder

Ana Luisa - 12, agosto 2013 às (15:00)

Muito curiosa em ler, a resenha ficou muito boa, confesso que me assustou com o início dela quando você que não havia gostado, mas ainda assim quero ler.

Beijos.

Responder

✿Nessa✿ - 12, agosto 2013 às (15:57)

Oi Mi*
Vejo todos falando bem deste livro, mas eu fico com um pé atrás.
Recentemente uma amiga minha me passou o e-book dele, mas ainda não me animei para ler, talvez não seja o momento.

Adorei sua resenha!

Beijinhos*

Responder

Cristiane Dornelas - 12, agosto 2013 às (20:04)

Vi algumas reclamações por certas partes do começo dele, mas é essa coisa mesmo, de conforme avançar o livro tomar um rumo muito bom. É muito bom, adoro história assim e com certeza esse foi um que me interessou demais. Espero que quando ler não me decepcione com nada, porque a expectativa está enorme aqui.

Responder

Ademar Júnior - 12, agosto 2013 às (23:11)

Oi Mi,
Como você sabe, eu ainda não li New Adults, mas eu pretendo começar a ler um em breve, o primeiro será Easy. =D
A Vanessa que escreve pro blog já leu o Belo Desastre, acho que ela se identifica mais com o Gênero, rsrs…
Não sei se me senti muito atraído por Métrica, por enquanto ficarei só com o Easy mesmo.
Beijos
Ademar Júnior
Cooltural

Responder

Petra Henning - 13, agosto 2013 às (14:21)

Não consegui me interessar pelo livro ainda. São tantos lançamentos ao mesmo tempo que esse ficou apagadinho pra mim.

Responder

Julia G - 13, agosto 2013 às (16:05)

Oi Mi, que bom que gostou da leitura. Eu comecei a ler essa resenha achando que você não tinha gostado, até começou a dar uma peninha, porque quero muito ler esse livro. rsrs
Ainda não li muitos New Adult, mas adoro o gênero, e tenho sentido falta de livros assim. Com essa nova onda de lançamentos, acho que não será bem o problema, só preciso arrumar um tempinho para ler.

Beijos

Responder

Fabi Liberati - 13, agosto 2013 às (19:00)

Oie Mi!!!

Eu não sei, não fui com a cara desse livro e achei a capa feia kkkk.
Não me interessei muito por ele, mas quem sabe um dia né.
Beijinhos flor

Responder

Michelle Ladislau - 14, agosto 2013 às (15:48)

Oi querida!

Eu adoro New Adult, mas como você disse que no começo não gostou, fiquei com o pé atrás com esse livro, mas é bom saber que com a continuação da leitura ele melhora.
Vamos ver se lá para frente eu me interesso por ele, mas por enquanto ainda estou com o pé atrás!

Beijinhos

Responder

Juuh Bieber - 15, agosto 2013 às (17:22)

Estava até pensando em ler, pois a sipnose tinha me agradado bastante, mas resolvi procurar opniões positivas, e claro, negativas. E você deu sua opinião- crítica no ínicio, isso me deixou nervosa. Mas eu vou ler, pois sua resenha influenciou sim na minha vontade de ler o livro. Pois pra mim, eu não vou chegar na livraria, ler o título e achar a capa bonita e comprar!
Sempre procuro pesquisar mais sobre o livro. Adorei a resenha e sim, irei comprar o livro.
Parabéns.

Responder

Joiciane - 15, agosto 2013 às (19:23)

Já vi varios comentarios positivos a respeito do livro mas não me convenceu, embora tenho a impressão de que eu lesse iria gostar, mas o titulo não me chama a atenção e levo mto em consideração os titulos ao procurar um livro pra ler.
Tbm ja tive algumas experiencias do tipo que o livro não convence no começo mas derrepende ele consegue prender de uma forma que vale a pena chegar até o fim.

bjs

Responder

Lindsay Leão - 18, agosto 2013 às (04:26)

Ai Métrica, eu amei esse livro!
Parabéns pela resenha, Mi! Você descreveu com perfeição o verdadeiro significado desse livro pra mim.
Gostei de tudo, do casal de protagonistas, do enredo…pois quando li evitei ao máximo ler resenhas antes buscando ter a minha própria opinião. A competição de Slam foi um charme a mais da autora, pois eu também desconhecia, mesmo sendo apaixonada por poesia.
Enfim, você mais uma vez conseguiu expor a sua opinião a cerca de um livro de maneira brilhante e o melhor, sem dar spoiler!
Beijos

Responder

Pamela Liu - 19, agosto 2013 às (03:34)

Ainda não li o livro, mas quero muito. Gosto bastante do gênero New Adult e achei interessante a escrita diferenciada, com a presença dos poesias e fiquei super curiosa em conhecer essa competição de Slam.
Não gostei tanto assim da capa, mas espero que tenha um significado para ela que provavelmente deve ser descoberto após leitura do livro.

Responder

Anninha - 19, agosto 2013 às (11:12)

New adults meus novos queridinhos. Apaixonada pelo estilo. Louca pra ler esse livro.

Responder

Nessa - 19, agosto 2013 às (13:44)

Oi Mi!
Também já sou uma grande fã de new adults, esses livros mexem e envolvem a gente de uma maneira muito intensa!
Só que tem algumas coisas que me incomodam um pouco nessas histórias, justamente como você mencionou, esses personagens passam por tragedias muito grandes ao mesmo tempo, parece um pouco exagerado.
Mas os romances são sempre intensos, os personagens sempre acabam se superando, e não tem como não se emocionar!
Espero ler Métrica em breve!
Beijos 😉

Responder

Shadai Vieira - 20, agosto 2013 às (12:45)

Não conhecia também slam – obrigado pelo link! Mas como não gosto de poesia e poemas, já fico com um pé atrás com esse livro. Gosto de dramas e tragédias, mas em excesso como parece o caso desse, não me agrada pois soa falso e forçado. Então não me interessei por esse New Adult. Minha impressão não foi das melhores, mas pode ser puro pré-conceito mesmo.

Responder

Belas Palavras - 20, agosto 2013 às (20:34)

Não sei bem classificar um New Adult, então não sei se já li um ou não. Mas sua resenha me deixou curiosa para ler, e normalmente eu sempre gosto do que você recomenda! Ansiosa para ler!

Beijinhos e até a próxima leitura!

Responder

Neny - 21, agosto 2013 às (12:53)

Eu confesso que não dava nada pelo livro..por causa da capa, achei que era mais um livro hot, claro não tinha lido a sinopse mas dai vieram as resenhas, e preciso para ontem, pois amo este genero.
Que bom que a escrita/historia foi ficando melhor com o decorrer do livro, nunca tinha ouvido falar de Slam também, interessante.
Pretendo le lo em breve, beijos e parabéns pela resenha.

Responder

Edilaine Cañete Reis - 21, agosto 2013 às (13:25)

Confesso que a capa não chama a minha atenção, mas ao ler sua resenha percebi que o ditado: “Não julgue a capa pela a sua história”, com certeza faz sentido agora.
Despertou o desejo de ler, por enquanto em pdf no meu notebook, mas quem sabe é aqui que irei ganhar este livro.
Uma coisa é certa: eu quero este livro.

Responder

Renata Petronilo - 21, agosto 2013 às (14:53)

Essa capa não foi uma boa escolha da nem vontade de ler o livro, parece como que não tem graça, não sei qual é meu sentimento com esse livro, só não gostei da aparecia dele, mais pela resenha parece ser legalzinho.

Responder

Camila Magalhães - 21, agosto 2013 às (16:15)

Oi Mi,
Quero muito ler o métrica, me parece ser um bom new adult para quem nunca leu o gênero. Eu acho q o excesso de tragedias não vai me incomodar, pq eu adoro, e o mais importante vc atestou a leitura é envolvente !!!!
Quero muito vivenciar pela leitura toda carga emocional citada por você, isso é o que mais me prende em uma leitura.
Amei a resenha !
bjusss

Responder

Daquilo que sinto - 21, agosto 2013 às (17:38)

Vi muitas resenhas negativas, mas vamos ver se eu gosto!

Responder

Jéh Paixão - 21, agosto 2013 às (23:36)

Eu também não gosto muito de várias tragédias acontecendo durante o enredo. Acredito que fica um pouco fora da realidade… Mas se tem um sentido para tudo isso, então eu posso ler…

E sobre essa competição de Slam, li o link e fiquei pensando que isso me parece coisa bastante antiga, mas o livro não é de época, certo?

Bem, estou ansiosa para saber como a mistura desses elementos se fez no livro.

Abraços,

Responder

Cla Ruriko - 22, agosto 2013 às (22:22)

Ao contrário do que aconteceu com vc, esse livro me conquistou desde o começo. Adorei toda a história, li muito rápido em poucas horas. Virei fã dos livros da Coleen Hoover e dos personagens Will e Lake.

Responder

Nika Moura - 22, agosto 2013 às (23:29)

Estou louca para ler. Só que ainda ta muito caro :/

Responder

Nara Brasil do Amaral - 23, agosto 2013 às (20:12)

No momento estou lendo o new adult ‘Entre o agora e o nunca’ e acontece que estou vidrada nele, mas assim que termina-lo irei procurar por ‘Métrica’ no submarino, acho que ficarei tão apaixonada por ele quanto estou ficando com o livro que estou lendo agora. Esses autores desse novo gênero querem me matar do coração com essas histórias de tirar o fôlego.
Gostei da sinopse do livro e segundo a sua resenha, o começo parece não ser um dos mais encantadores, mas ao longo da história provavelmente irei entender o que se passa com Layken e Will, o meu único medo é que o casal não fique junto no final, porque é o que da a entender no final da sinopse, porém espero que esteja errada enquanto a isso.

Responder

Larissa Gaigher - 23, agosto 2013 às (22:45)

Amo New Adult, leio muitos destes, e realmente gosto. Ainda não li esse livro, mas estou louca pra ler, a cada resenha que leio fico mais curiosa sobre a história. Devo confessar que no início, eu vi a capa, li a sinopse e não achei lá essas coisas, achei que ia ser “mais um” pra “modinha” dos New Adult, mas parece que realmente é interessante, que traz uma coisa diferente, não sei explicar.. Mas to muito ansiosa pra ler! (:

Responder

Jessica Lisboa - 24, agosto 2013 às (00:05)

Por mais que eu leia resenhas eu ainda tenho um pé atras com ele, mas espero lelo em breve para retirar essa minha cisma.

Responder

Tâmara Moya - 25, agosto 2013 às (11:14)

Ownnn!

Aione,

O livro parece ser muito emocionante para ser descrito em palavras neh?
Preciso comentar que desde que vi a capa do livro fiquei encantada por ele, ao ler a sinopse tive a certeza que ia gostar.
Os personagens que foram descritos parecem bem legais.
Acredito que é uma história triste, bela, forte, avassaladora, encantadora e linda. Acredito que ela mexe com nosso maiores medos e com todos os nossos sentimentos.
Parece ser uma leitura carregada de sentimentalismos e com situações tão terrivelmente reais que abrem muitas janelas para reflexão.
Adoro livros carregados de romance e sei que com esse não vai ser diferente.
Adorei a resenha! Rápida e objetiva
Bjus

Responder

Manu Hitz - 27, agosto 2013 às (20:53)

Adoro suas resenhas, Mi! Disseca o livro pra mim, rs!
O livro parece que reúne tudo que eu gosto: música, poesia e um drama intenso e bem contado. É exatamente isso que eu gosto numa narrativa! Personagens interessantes e que me fazem torcer por eles. E se eu me apaixonar tb pela história, tenho a felicidade de saber que é uma trilogia! Ou seja, tenho o meu ‘quero mais’ garantido! Espero que os próximos sejam tão sedutores como o primeiro.

Responder

Nika Moura - 27, agosto 2013 às (22:01)

Achei muito interessante abordarem esse Slam (também nunca tinha ouvido falar). E se falar de poesia, é na certa que vou gostar haha! Suas resenhas sempre me deixam ansiosa para ler os livros, e é uma pena que Métrica esteja tão caro (para mim, claro). Ainda não consegui ler um New Adult para comentar sobre essas tragédias contínuas rs. Enfim, linda resenha!

Responder

Nika Moura - 27, agosto 2013 às (22:01)

Achei muito interessante abordarem esse Slam (também nunca tinha ouvido falar). E se falar de poesia, é na certa que vou gostar haha! Suas resenhas sempre me deixam ansiosa para ler os livros, e é uma pena que Métrica esteja tão caro (para mim, claro). Ainda não consegui ler um New Adult para comentar sobre essas tragédias contínuas rs. Enfim, linda resenha!

Responder

Vanilda - 28, agosto 2013 às (13:29)

De início também não fiquei empolgada com o livor, principalmente por isso que você comentou, sobre as tragédias e repetições. Mas ao ler outras resenhas e mesmo como a sua, dizendo que depois a história engrena e tem um diferencial bacana, principalmente na forma como a história é apresentada, fiquei bem interessada em ler.

Responder

Jessica Almeida - 30, agosto 2013 às (15:21)

Que historia linda, preciso desse livro *–*

Responder

Gabriela C. - 30, agosto 2013 às (16:47)

Já vi uma competição de Slam, no desenho do Mordekay e Rigby (Apenas um show) kkkkkkkkkk…
Não gostei muito do fato das repetições que você comentou, e tantas tragédias neh?! A gente fica meio que na dúvida, com o pé atrás. MAS, é uma futura leitura sim! ^^

Responder

Diandra Fernandes - 30, agosto 2013 às (21:33)

Tanto pelas notas dos leitores no goodreads e no skoob que são ótimas, minha expectativa em relação a esse livro é alta, gostei da resenha mas me deixou ainda mais confusa sobre competição do Slam, mas como pretendo ler em breve vou entender. Também acho que vou me envolver nessa leitura.

Responder

Ingryd Melo - 31, agosto 2013 às (07:20)

Confesso que quando lançou não me atraiu…
Mas com passar do tempo vi varias resenhas positivas, o que acabou me deixando curiosa para ler (nenhuma novidade nisso… ) rs
Mas pretendo lê-lo ainda esse ano *-*

Beijos, Indy

Responder

Clara Andrade - 01, setembro 2013 às (16:56)

Sou fã dos livros New Adult!
Comprei métrica recentemente, acho que vou começar a ler desde já, depois dessa resenha fiquei muito curiosa sobre o livro, de fato aumentou minha vontade de lê-lo!
Beijooos

Responder

Lalá Hayame - 02, setembro 2013 às (04:33)

Recebi o meu exemplar ontem e definitivamente vou pular toda a fila de livros não lidos, porque eu preciso ler esse livro.
Já vi tantas resenhas positivas que necessito urgentemente comprovar se eu também amarei essa estória, mas tenho quase certeza que sim.

http://apequenaquele.blogspot.com.br/

Responder

Anna Gabby - 02, setembro 2013 às (16:55)

Que bom que mesmo não sendo de primeira Métrica te conquistou.
Sobre o titulo e a competição, eu tenho a dizer que não consigo fazer poemas com uma boa métrica… acho que é uma espécie de bloqueio kkk, falando totalmente sério, eu não entendia esse nome, mas agora ele se tornou mais um motivo para que eu venha a ler. Principalmente porque o meu problema mencionado é real.
Letras & Versos

Responder

Cristiane de oliveira - 03, setembro 2013 às (16:08)

Estou bem curiosa com esse livro por causa da poesia, quero muito ler pra saber como é isso e todo mundo está falando super bem.Não gosto de livro que não me pegue no começo mas parece que esse vale a pena.

Responder

Becky - 03, setembro 2013 às (17:20)

Já li Métrica e adorei o livro! Eu, por outro lado, gostei do livro desde o começo (foi o que chamou minha atenção, na verdade), porque eu acho que já esperava alguma coisa diferente! Também não conhecia o Slam, e concordo que foi o que deu um diferencial na história. Na verdade, gostei de tudo. Achei a narrativa bem fluída e também me encantei com essa “força das palavras”!

Espero MUITO que o segundo livro seja bom como o primeiro! Com a mesma “carga emocional” e o mesmo ritmo! Com Slam também, com certeza!

Responder

Márcia Sonoita - 03, setembro 2013 às (19:32)

Tenho ouvido vários elogios sobre o livro, mas algumas pessoas tb não gostaram , fico na curiosidade de ler, uma trama bem feita é um prato feito pras minhas noites!

Responder

Maria Trindade - 03, setembro 2013 às (20:07)

Nossa que agora ta uma onde de livro New Adult os meus preferidos são Química perfeita e Belo desastre acho que quando ler esse livro tbm vo amar e bem a minha cara o/

Responder

Jessica Cardoso - 03, setembro 2013 às (23:05)

Não li o livro ainda, mas depois de ler algumas resenhas sobre, percebi que Layken mesmo sendo forçada a mudar de estado,descobriu motivo de se alegrar em meio a tanta tribulação, e seu motivo era o vizinho…Will Cooper…
Pelo que percebi do livro a historia é rodeada de drama e tragedia, parece ser bem tensa..mas mesmo assim, me chamou a atenção, pretendo ler em breve.. adorei a capa, simples a atrativa..sou simplesmente fã dos livros New Adult, adoro!!!

Responder

Juliana Jesus - 06, setembro 2013 às (00:17)

Ah como eu quero o livro!! Nem imagino como é uma competição de slam, será que isso existe no Brasil? Espero que eu goste do livro e não me decepcione.
Fico feliz que vc conseguiu engatar a história pq é triste desistir de um livro ou se decepcionar com ele.
bjs

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por