[Resenha] O Presente - Cecelia Ahern | Minha Vida Literária
15

jan
2014

[Resenha] O Presente – Cecelia Ahern

Título: O Presente
Autor: Lisa Gardner
Editora: Novo Conceito
Número de Páginas: 320
Ano de Publicação: 2013
Skoob: Adicione
Orelha de Livro: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

Todos os dias, Lou Suffern luta contra o tempo. Ele tem sempre dois lugares para ir, tem sempre duas coisas a fazer. Quando dorme, sonha com os planos do dia seguinte, e, quando está em casa, com a esposa e os filhos, sua mente está, invariavelmente, em outro lugar. Numa manhã de inverno, Lou encontra Gabe, um morador de rua, sentado no chão, sob o frio e a neve, do lado de fora do imenso edifício onde Suffern trabalha. Os dois começam a conversar, e Lou fica muito intrigado com as informações que recebe de Gabe; informações de alguém que tem observado uniões improváveis entre os colegas de trabalho de Lou, como os encontros da moça de sapatos Loubotin com o rapaz de sapatos pretos… Ansioso por saber de tudo e por manter o controle sobre tudo, Lou entende que seria bom ter Gabe por perto — para ajudá-lo a desmascarar associações que se formam fora de suas vistas — e lhe oferece um emprego. Mas logo o executivo arrepende-se de ajudar Gabe: sua presença o perturba. O ex-mendigo parece estar em dois lugares ao mesmo tempo, e, além disso, Gabe lhe fala umas coisas muito incomuns, como se soubesse do que não deveria saber… Quando começa a entender quem é realmente Gabe, e o que ele faz em sua vida, o executivo percebe que passará pela mais dura das provações. Esta história é sobre uma pessoa que descobre quem é. Sobre uma pessoa cujo interior é revelado a todos que a estimam. E todos são revelados a ela. No momento certo.

Repleto de metáforas, O Presente é o livro de Cecelia Ahern perfeito para ser lido com o objetivo de se refletir sobre o que realmente importa na vida. Em terceira pessoa, é narrada a história de Lou, o ambicioso empresário que prioriza seu trabalho – e os lucros decorrentes dele – acima de tudo.
Como dito, a autora fez uso de inúmeras metáforas em sua obra, não apenas para transmitir mensagens com ela, mas também para criar frases mais elaboradas e impactantes, o que me agradou bastante durante a leitura. Foi impossível não apreciar os quotes criados por Ahern no sentido de admirar sua escrita; enquanto eu lia, parava por alguns instantes para degustar suas palavras.
“Esta história é sobre pessoas, segredos e tempo. Sobre pessoas que, assim como os embrulhos, guardam segredos, escondem-se sob várias camadas, até encontrarem as pessoas que poderão desembrulhá-las e ver o que há dentro. Às vezes é preciso se entregar a alguém para perceber quem você realmente é. Às vezes é preciso remexer as coisas para chegar ao âmago.”
páginas 13 e 14
Ainda que eu estivesse bastante curiosa para compreender os mistérios da história e quem, afinal, realmente seria Gabe, O Presente passou longe de ter sido uma leitura frenética. Ao contrário, foi um livro lido aos poucos e calmamente.
Lou foi um personagem que me causou extrema angústia. Suas decisões e prioridades me causaram repulsa, em um primeiro instante, de forma que tornavam quase impossível aceitar sua personalidade egoísta e materialista. E conforme a história foi se desenvolvendo, trazendo consigo aprendizados e amadurecimentos subsequentes, minha angústia se transformou na aflição de acompanhar as consequências daquilo semeado pelo próprio Lou.
Cecelia Ahern me surpreendeu no final ao encerrar a história de uma forma que eu não havia esperado, embora, talvez, não tenha sido um fim tão imprevisível assim. De qualquer maneira, fechei o livro com o sabor agridoce e controverso de ter gostado do final ao mesmo tempo em que ele representou algo que eu não gostaria que tivesse acontecido.
Em linhas gerais, O Presente passou longe de ter me encantado e envolvido como os demais livros da autora lidos por mim. Contudo, embora tenha sido uma leitura lenta, foi também uma bela história que cumpriu muito bem seu papel em transmitir uma importante e reflexiva mensagem.

 





Deixe o seu comentário

6 Respostas para "[Resenha] O Presente – Cecelia Ahern"

Lise Orsi - 15, janeiro 2014 às (17:41)

Eu gosto da escrita dela, e estou ansiosa por seguir lendo.
O legal da Cecilia é que ela divide opiniões, e não por ela, mas nas suas próprias obras. É gostoso quando um autor consegue não acertar sempre com todos, porque ele pode acertar com mais pessoas.
Eu noto que geralmente o enredo que acaba dividindo opiniões, algo que parece ter acontecido contigo com o desenrolar da história.

Vamos ver o que eu acho quando chegar a hora.

liliescreve.blogspot.com

Responder

Tiago Silva - 16, janeiro 2014 às (15:31)

Oi Aione!
O Presente parece um ótimo livro para se ler nessa época de recomeço e tirar algumas reflexões do mesmo.
Estou mais seletivo com livros, e infelizmente não me encantei muito por seu enredo. Mas caso eu tenha a oportunidade de lê-lo através de alguma promoção ou presente, com certeza o farei.
Até a próxima!

http://conexao–informativa.blogspot.com.br/

Responder

Paula Barbosa - 16, janeiro 2014 às (17:04)

Gostei da resenha, livro parece interessante, apesar de não fazer muito meu estilo.

http://porentrelinhaseestrelas.blogspot.com.br/

Responder

Oliveira - 16, janeiro 2014 às (20:13)

Quero ler esse livro, só fico preocupada com a questão de metáforas. Não é por nada, mas não sou a maior amante de metáforas.

Responder

Tais Bruna - 17, janeiro 2014 às (10:21)

Oi Mi,

Quando vi a capa e a sinopse do livro fiquei louca para ler, porém aos poucos fui desanimando.
Ele ainda está aqui na fila da leitura e irei ler em breve mais confesso que minhas expectativas não estão muito altas não.

bjs
Tais
http://www.leitorafashion.com.br

Responder

Rafa Hübner - 27, janeiro 2014 às (03:24)

Ainda não li nada dessa autora, mas pretendo ler esse livro quando der.
Bjs

Responder

Últimas Resenhas

Calendário de posts

janeiro 2014
S T Q Q S S D
« dez   fev »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Participo

<div class="titulo participo"><h6>Participo</h6></div>

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por