[Resenha] Amigas Para Sempre - Kristin Hannah | Minha Vida Literária
05

mar
2014

[Resenha] Amigas Para Sempre – Kristin Hannah

Título: Amigas Para Sempre
Autor: Kristin Hannah
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 448
Ano de Publicação: 2014
Skoob: Adicione
Orelha de Livro: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

Tully Hart tinha 14 anos, era linda, alegre, popular e invejada por todos. O que ninguém poderia imaginar era o sofrimento que ela vivia dentro de casa: nunca conhecera o pai, e a mãe, viciada em drogas costumava desaparecer por longos períodos, deixando a menina aos cuidados da avó. Mas a vida de Tully se transformou quando ela se mudou para a alameda dos Vaga-lumes e conheceu a garota mais legal do mundo. Kate Mularkey era inteligente, compreensiva e tão amorosa que logo fez Tully sentir-se parte de sua família. Ao longo de mais de trinta anos de amizade, uma se tornou o porto seguro da outra. Tully ajudou Kate a descobrir a própria beleza e a encorajou a enfrentar seus medos. Kate, por sua vez, a ensinou a enxergar além das aparências e a fez entender que certos riscos não valem a pena. As duas juraram que seriam amigas para sempre. Essa promessa resistiu ao frenesi dos anos 1970, às reviravoltas políticas das décadas de 1980 e 1990 e às promessas do novo milênio. Até que algo acontece para abalar a confiança entre elas. Será possível perdoar uma traição de sua melhor amiga? Neste livro, Kristin Hannah nos conta uma linda história sobre duas pessoas que sabem tudo a respeito uma da outra – e que por isso mesmo podem tanto ferir quanto salvar.

Amigas Para Sempre é o primeiro volume da série Firefly Lane, composta por dois livros, de Kristin Hannah. Nele, mais de três décadas de amizade entre Kate e Tully são narradas, bem como a vida e o crescimento dessas duas e distintas mulheres.
Em terceira pessoa, a autora consegue dar uma ampla visão à história, abrangendo tanto uma quanto outra personagem, ao mesmo tempo em que consegue se aprofundar em cada uma delas, revelando suas virtudes, fragilidades, conquistas e anseios.
É fácil se envolver com a narrativa e se ver desejando conhecer onde ela o levará. Ao mesmo tempo, é fácil se envolver com os sentimentos de cada uma dessas mulheres, ora se identificando com alguns, ora repudiando outros.
“- Nós vamos ser melhores amigas para sempre – disse Kate com sinceridade. – Combinado?
  – Você quer dizer que estará sempre ao meu lado?
  – Sempre – respondeu Kate. – Não importa o que aconteça.
 Tully sentiu uma emoção se abrir dentro dela feito uma flor exótica. Quase podia sentir seu aroma doce no ar. Pela primeira vez na vida, ela se sentia totalmente segura com alguém.
  – Para sempre – prometeu. – Não importa o que aconteça.” 

Página 63
Talvez, o ponto que mais tenha chamado a minha atenção foi a forma de como Kristin Hannah conseguiu desenvolver uma amizade tão real e não idealizada entre Kate e Tully. Ao mesmo tempo em que há cenas emocionantes entre elas, por todo o enredo é possível observar os “maus sentimentos” enraizados em cada uma que, mesmo contra a vontade de ambas, fazem-se presentes. Kate e Tully têm personalidades e vidas opostas, e enxergam na outra exatamente o que falta a elas mesmas. A presença desses sentimentos, ao invés de enfraquecer o laço criado pela autora, apenas o deixou mais real, demonstrando a humanidade de suas personagens.
O enredo, como um todo, pode se desenvolver de maneira lenta aos acostumados por um ritmo mais frenético e recheado de acontecimentos. O que temos é o desenrolar de duas vidas inteiras, principalmente focado nas emoções das personagens enquanto suas vidas se desdobram. Porém, foram essas as características que me encantaram – e me encantam – nas obras da autora: a forma de como ela consegue se aprofundar nesses sentimentos e deixá-los transparentes ao leitor. Foi impossível fazer a leitura sem refletir em diversos aspectos e momentos de minha própria vida, pensando tanto no passado quanto no futuro através do desenrolar dos anos de Kate e Tully.
“Tully se recostou no toco de árvore e olhou para o céu. Queria admitir que estava com medo e que, por mais solitária que tivesse se sentido antes, ela agora sabia como era a verdadeira solidão. Mas não conseguiu isso, nem mesmo para Kate. Pensamentos – até mesmo medos – são coisas feitas de ar e sem forma, até que os tornamos sólidos com a nossa voz. E depois que lhe damos esse peso, eles podem nos esmagar.” 
Página 82
Aliás, gostei da forma de como essa passagem de tempo se dá na história. Muito bem caracterizada, Kristin Hannah deu as referências certas a cada época e, provavelmente, foi bem sucedida por ter criado personagens que foram adolescentes na mesma década em que ela também foi.
Amigas Para Sempre é uma leitura para envolver e emocionar o leitor através de décadas de uma amizade verdadeira – e com direito à trilha sonora. Permita-se embalar por Dancing Queen e outras músicas que marcaram as amigas após finalizar a leitura e será possível, por instantes, visualizá-las dançando, esbanjando toda a vida que Kristin Hannah tão bem deu a elas.




Deixe o seu comentário

13 Respostas para "[Resenha] Amigas Para Sempre – Kristin Hannah"

✿Nessa✿ - 05, Março 2014 às (12:16)

Oi Mi*
Eu solicitei este livro para editora e estou bem curiosa para ler.
Pelo que vi na sua resenha o livro parece ser muito bom e envolvente.

Beijinhos*

Responder

Mariana Siqueira - 05, Março 2014 às (12:59)

Oi Mi! 🙂
Ahhh eu amei taaanto esse livro! <3
Pra mim a história poderia ter acabado aí, Por Toda Eternidade acabou não fazendo muita diferença para mim. Eu adoro a Kristin Hannah, tudo o que eu já li dela me fez chorar .. kkkk

Beijos ;*
Mari Siqueira
http://loveloversblog.blogspot.com

Responder

Natalia Dantas - 05, Março 2014 às (13:57)

Oi, Mi!
Recebi esse livro recentemente de parceria e não vejo a hora de lê-lo. Kristin Hannah é diva e definitivamente acredito que não irei me decepcionar. Ótima resenha.

Abraços.
Entre Livros e Livros.
http://musicaselivros.blogspot.com.br/

Responder

Lise Orsi - 05, Março 2014 às (18:17)

Aione, eu quero muito ler os livros da autora.
Essa questão da amizade me motiva ainda mais nesse livro. Eu curto quando conseguem transcrever um sentimento tão complexo.

E adoro essa questão de observar o tempo passar (algo que me conquistou tanto em Um dia).

liliescreve.blogspot.com

Responder

Cintia Vargas - 05, Março 2014 às (20:29)

Oi Aione, já tinha visto esse livro na livraria, mas acabei não comprando. Agora estou super curiosa para fazer essa leitura.
Beijos

http://palacioliterario.blogspot.com.br/

Responder

Dilza Sousa - 06, Março 2014 às (15:48)

Me interessei muito por essa série. Principalmente pelo fato das amigas terem personalidades diferentes e terem uma amizade tão longa.
Ótima resenha! Abraços!

Responder

Raquel Machado - 07, Março 2014 às (21:18)

Oi Mi,
Adorei a resenhaaa…esta todo mundo falando super bem desse livro, acho que vou ter que ler ele…veja só…rsrs….falando sério, parece ser uma história bem envolvente e emocionante espero conseguir vir a apreciá-la.
Beijos
Raquel Machado
Leitura Kriativa
http://leiturakriativa.blogspot.com.br/

Responder

nah - 01, Maio 2014 às (23:26)

eu li Por toda eternidade sem saber que era continuação….e amei o livro! Agora nao vou me empolgar muito p ler esse….vc deve imaginar pq… uma pena..mas aconteceu. Tudo isso que vc citou tb percebemos em Por Toda Eternidade…. a única coisa q acontece é que conheci mais da Tuly, gostei mais dela…. bjoooo Mii

Responder

Emerson - 23, Maio 2014 às (05:46)

Bom dia!Essa autora é realmente muito boa,, vc pode me informar qual o outro livro dessa série?

Responder

Aione Simões 23 maio 2014

Bom dia, Emerson!
O outro livro é “Por Toda A Eternidade”, publicado no início desse ano pela editora Novo Conceito!
Beijos!

Responder

Manu Hitz - 23, Maio 2014 às (09:35)

Aione, querida, terminei o livro ontem e adorei esta leitura! Quanta emoção nas páginas, quanta verdade! Personagens reais, apresentadas ao leitor com suas dificuldades, sentimentos contraditórios e tão humanos. exatamente como nós. Conhecemos (ou somos) uma Kate passiva, uma Tully ousada… ambas tão carentes.
Além da trama demorada, mas muito gostosa de ler, ainda tem um alerta importante (que eu desconhecia, confesso). O recadinho da autora no final do livro me emocionou ainda mais, por ter sido vivido por ela…
Amei sua resenha, mais uma vez! Beijo!

Ler para divertir

Responder

Fe Fernanda - 29, Janeiro 2016 às (14:24)

Emocionante e envolvente

Responder

Beatriz lopes - 11, agosto 2016 às (17:40)

Lindo livro, me apaixonei por Kristin
chorei tanto que não me continha simplesmente maravilhoso,
sentia tanta pena de Kate, como aguentava tudo tão calada, a paixão por um homem louco por sua melhor amiga,
a filha também, senti tudo a flor da pele… O amor, paixão, cumplicidade, a dor, a tristeza, tudo, senti como se realmente fosse comigo.

terminei agora e a voltei ao inicio… parabéns e obrigado por nos dar esse prazer!

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por