A Equipe Indica: Personagens Femininas Marcantes | Minha Vida Literária
13

mar
2014

A Equipe Indica: Personagens Femininas Marcantes


Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, nós, a equipe do Minha Vida Literária, resolvemos indicar algumas escritoras que nos marcaram.
Agora chegou o momento de indicarmos personagens femininas que foram marcantes para nós.
Bora conferir?

E não deixem de participar da promoção em comemoração a essa data!

 

 

INDICAÇÕES DA CLÍVIA

Morgana – Série “As Brumas de Avalon” (Marion Zimmer Bradley)
Morgana é uma das personagens mais fortes e imponentes da quadrilogia As Brumas de Avalon. É uma personagem clássica, que me marcou principalmente pela sua trajetória de vida, seus mistérios e magia que envolvem todo o percurso de sua história. Me envolvi facilmente com Morgana. É uma das mulheres mais poderosas que já tive a oportunidade de acompanhar na literatura.

Matilda –  Matilda (Roald Dahl)
Matilda é uma personagem criada por Roald Dahl no final dos anos 80. O primeiro contato que tive com ela foi com o filme e, posteriormente, com o livro. Trata-se de uma garotinha que adora ler, e esse é um dos principais motivos dela ter me cativado. Mas, não só isso. Além de passar horas e horas na biblioteca devorando livros e mais livros, Matilda é uma personagem encantadora, meiga e inteligente. Sou apaixonada pelo livro e pelo filme, que marcou uma época bem bacana da minha vida. É uma personagem que me anima e me alegra até hoje com sua doçura, esperteza e com suas travessuras.
Liesel Meminger – A Menina que Roubava Livros (Markus Zusak)
Li A Menina que Roubava Livros no ano de 2010 e a Liesel me conquistou de imediato por ser uma personagem altamente carismática e com uma personalidade marcante e muito singular. Liesel protagoniza cenas inesquecíveis que unem centenas de qualidades em uma só pessoa; ao mesmo tempo em que é uma garota sensível, é forte e esperta. Como esquecer de sua primeira leitura, O Manual do Coveiro? Impossível não se cativar pela sua determinação e dedicação. Penso que essa personagem é uma junção de coisas boas, de amor, de amizade, de luta. Liesel é admirável e inesquecível.
INDICAÇÕES DA MI MACHADO

Rose Hathaway – Série “Academia de Vampiros” (Richelle Mead)

Rose é muito impulsiva e faz muito sucesso entre os garotos. É destemida, não tem papas na língua e também sabe muito bem se proteger e proteger sua amiga Lissa. E falando em amiga, o que seria de uma mulher sem sua melhor amiga? A amizade entre Rose e Lissa é muito bonita e sincera, e, apesar de as vezes Lissa ser um pé no saco, Rose é sempre muito leal e está sempre preocupada e ajudando Lissa. Gosto muito de histórias que falam sobre amizade, pois acredito que um amigo pode curar muitos problemas, e a amizade de Lissa e Rose é assim, uma sempre ajudando a outra, curando uma a outra e, juntas, socando alguns Strigoi!

 

 

Bernadette Fox  – Cadê Você, Bernadette? (Maria Semple)

Bernadette Fox  é uma mulher imperfeita, antissocial e cheia de manias estranhas para a maioria das pessoas, mas, para sua filha Bee, ela é a melhor mãe do mundo. Eu gostei muito de Bernadette porque, como muitas mulheres que conhecemos, ela não estava satisfeita com sua vida e, após passar anos acomodada e enlouquecendo aos poucos, de repente ela resolve tomar uma decisão e mudar o rumo da sua vida. E o que ela faz? Some! Eu sei que todas as atitudes dela são extremamente exageradas e não estou dizendo que concordo com elas, mas, de certa forma, ela tomou uma atitude para mudar sua vida, não se contentou em viver infeliz para sempre e saiu de sua zona de conforto, perdeu o medo e foi buscar algo novo. Não é isso que todas nós buscamos?

 

Suzannah Simon – Série “A Mediadora” (Meg Cabot) 
Ela também não é ainda uma mulher, mas quis Suzannah aqui porque, na maioria dos livros adolescentes mais atuais, as mocinhas me irritam, pois costumam ser muito boazinhas, bobinhas e, em alguns casos, inúteis! O que eu mais gostei em Suze foi que, apesar de todos os seus problemas, quando ela encontra uma dificuldade, ela a enfrenta. Ela não é a mocinha que precisa ser protegida, ela é aquela que resolve (ou tenta resolver) os problemas. Ela não é dependente do seu amado nem nada disso, enfim, ela é uma garota de atitude e independente. 

 

INDICAÇÕES DA AIONE
Pollyana – Pollyana (Eleanor H. Porter)
Pollyana, provavelmente, foi minha primeira personagem-modelo. Seu incansável otimismo me serviu de base, sendo algo que me sustenta até hoje. Seu Jogo do Contente, cujo objetivo é encontrar sempre alguma coisa que possa deixá-la contente, independentemente do que ou de qual situação, deveria ser um exercício diário praticado por todos nós!
Lexie – O Caminho Para Casa (Kristin Hannah)
Lexie me conquistou por sua força e por sempre se manter fiel aos seus princípios, mesmo quando posta à prova. Foram diversas as vezes em que precisou escolher entre o certo e o mais fácil, e em momento algum me decepcionou com sua escolha. Foi uma personagem inspiradora.
A Bruxa – O Livro da Bruxa (Roberto Lopes)
Essa senhora idosa é mais uma mestra em minha vida. A Bruxa, já que seu nome não é revelado, mostrou com simplicidade outras formas de enxergar a vida e como muitas vezes nos preocupamos desnecessariamente ou valorizamos coisas que não merecem toda a atenção dada. Simplesmente inesquecível!
Há um tempo, eu já havia feito uma tag indicando cinco personagens femininas da literatura que me marcaram. Tentei fazer esse post indicando outras três além das que eu já havia mencionado. De qualquer maneira, deixo o vídeo para, quem estiver interessado, conferir as minhas outras respostas.

 

 





Deixe o seu comentário

4 Respostas para "A Equipe Indica: Personagens Femininas Marcantes"

Lise Orsi - 13, março 2014 às (21:34)

Adorei as indicações de vocês. Em especial curtir saber que uma personagem imperfeita como a tal bernadette (não li o livro) pode marcar tanto alguém. Eu também me identifico e gosto de personagens imperfeitas e cheias de problemas.
Uma personagem famosa que faz muitas coisas certas, mas é muito “imperfeita” do ponto de vista tradicional é a Katniss. Um dos grandes motivos de me apaixonar por JV, foi a cabeça da Katniss. Eu me sentia comigo mesma ou admirava seus pensamentos. Por vezes eles eram abomináveis, egoístas. Suas atitudes nobres também eram assim. E mesmo assim, ela era movida por um sentimento e era tão humana.

liliescreve.blogspot.com

Responder

Crislane Barbosa - 13, março 2014 às (23:18)

Oi!
“Matilda”! Quero ler, mas o livro na submarino está muito caro. :/
“Academia de vampiros” e “A mediadora”! Acho que as duas deveriam um dia se encontrar! Ia ser um encontro explosivo. rsrs…
“Pollyana” é um livro tão fofo.

Beijão!

Responder

Aline T.K.M. - 14, março 2014 às (00:24)

Lindo ver As Brumas de Avalon na lista! A Morgana é mesmo uma personagem extremamente marcante, forte de um jeito único. Uma das mais memoráveis, com certeza.

Beijoo, Livro Lab

Responder

Fe Fernanda - 29, janeiro 2016 às (15:36)

A menina que roubava livros é linda a história

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por

Blogs Brasil