[O Livro Que Mudou A Minha Vida] Um Amor Para Recordar - Nicholas Sparks | Minha Vida Literária
07

ago
2014

[O Livro Que Mudou A Minha Vida] Um Amor Para Recordar – Nicholas Sparks

Na coluna O Livro Que Mudou A Minha Vida, a Alana traz um depoimento de um leitor cuja vida tenha sido modificada, em algum aspecto, por um livro, além de curiosidades sobre o livro em questão.

 
Agora é a vez da paraense Sthefany Gentil escrever sobre o livro que mudou a vida dela. Na coluna, nossa leitora fala do fofíssimo livro do Nicholas, Um amor para Recordar, descrevendo a sua história com o livro e explicando o motivo pelo qual ele é tão especial. E tem como uma história de amor não se tornar especial com Sparks? Vocês já sabem a resposta! Como disse a Aione Simões, “para escrever romances sinceros assim, não basta entender de escrever. É preciso entender de amar”.
 

Título: Um Amor Para Recordar
Autor: Nicholas Sparks
Editora: Novo Conceito
Número de Páginas: 184
Ano de Publicação: 2011
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

“Cada mês de abril, quando o vento sopra do mar e se mistura com o perfume de violetas, Landon Carter recorda seu último ano na High Beaufort. Isso era 1958, e Landon já tinha namorado uma ou duas meninas. Ele sempre jurou que já tinha se apaixonado antes. Certamente a última pessoa na cidade que pensava em se apaixonar era Jamie Sullivan, a filha do pastor da Igreja Batista da cidade. A menina quieta que carregava sempre uma Bíblia com seus materiais escolares. Jamie parecia contente em viver num mundo diferente dos outros adolescentes. Ela cuidava de seu pai viúvo, salvava os animais machucados, e auxiliava o orfanato local. Nenhum menino havia a convidado para sair. Nem Landon havia sonhado com isso. Em seguida, uma reviravolta do destino fez de Jamie sua parceira para o baile, e a vida de Landon Carter nunca mais foi a mesma.”

“Um livro que realmente muda as nossas vidas é aquele que modifica o jeito da gente olhar o outro e ouvir. Por isso, quero compartilhar com vocês a minha história relacionada ao livro que mudou a minha vida. A obra que vos falo é bem conhecida por todos como “Um Amor Para Recordar”, do meu preferido Nicholas Sparks, narrado pelo Landon, um dos personagens principais.

Nesse livro grandioso, mas que é bem pequeno, eu aprendi muita coisa legal. Dentre elas, o poder de uma amizade verdadeira, que depois pode virar amor; a importância do perdão como prova absoluta de amor verdadeiro. Porque só ama de verdade aquele que perdoa.

O livro fala de uma jovem chamada Jamie, muito amada pelo pai, que conhece aos poucos um garoto rebelde e muito popular, Landon. Eles se aproximam por meio de uma peça na escola e logo se apaixonam. Infelizmente, ela tem uma doença muita grave. Quando cheguei nessa parte foi muito triste. Chorei! Lembrei que havia uma pessoa na minha família que estava com uma doença terminal… Ela já morreu faz 10 meses, mas nunca conseguirei esquecer.

Esse livro mudou a minha vida porque me ensinou justamente a perdoar. Perdoei aqueles que me fizeram mal e dei uma segunda chance a alguém que é muito especial pra mim hoje.

Acontece que conheci meu, hoje noivo, na escola. Eu o ignorava de todo jeito, chamava-o de nerd e caolho. Às vezes até o constrangia na frente das pessoas. Sim, eu era ruim! Quando entrei na Faculdade e meus pais se separaram, tudo ficou mais difícil, pois tive que trabalhar para pagar a faculdade e ainda guardava mágoa de meu pai. Mas adivinha quem estava me recrutando? O menino que eu humilhava! A sorte era que a concorrência não era tanta e o nerd que eu humilhava era profissional. Ele me escolheu.

Com a convivência passei a admirá-lo, porque ele me ensinou tudo que sei de RH hoje. Ele deixou tudo pra lá, me perdoou. Mas eu não me perdoei. Quando me descobri apaixonada por ele tomei uma decisão. Tinha que pedir perdão por tudo que o fiz passar. E assim fiz. Começamos a namorar e ele com o coração bom deixou tudo pra lá.

Quando conheci esse livro percebi que a gente não pode desmerecer o outro ou humilhar quem quer que seja, pois o mundo é uma bola e quem está em cima hoje amanhã pode estar por baixo. É um livro lindo e tocante, me emocionou do começo ao fim. Graças a Deus no meu caso não teve a história da doença, mas isso deu um quê de adrenalina ao livro.”

 

Curiosidades

Um-Amor-Para-Recordar

  • Foi o 3º livro escrito por Nicholas Sparks e o 8º de ficção mais vendido no Brasil em 2011 (59 mil exemplares);
  • A protagonista Jamie foi inspirada na irmã caçula do autor, Danielle Sparks, acometida pela leucemia e que veio a falecer um ano após a publicação do livro;
  • Para quem não sabe, o livro virou filme quatro anos depois da publicação da obra. Com direção de Adam Shankman, a trilha sonora é lindíssima;
  • Falando em filme, o livro foi o segundo do autor a ser adaptado para o cinema;
  • Há muitos questionamentos sobre o final do livro. Uns acham que a mocinha, Jamie, realmente morreu. Já outros afirmam que aconteceu um milagre e ela foi curada. Opiniões a parte, postamos uma matéria no blog sobre isso, não deixem de acessar aqui.

 

Para participar da coluna, envie um email para contato@minhavidaliteraria.com.br ou acesse o formulário de Contato do blog, com o assunto Participação na coluna: “O Livro Que Mudou A Minha Vida”.





Deixe o seu comentário

18 Respostas para "[O Livro Que Mudou A Minha Vida] Um Amor Para Recordar – Nicholas Sparks"

Daniely Borges - 07, agosto 2014 às (14:27)

Sthefany você me emocionou com suas palavras e com a mudança que o livro trouxe para sua vida, pra falar a verdade nunca li um livro do Tio Nicholas, eu sei uma vergonha, já assisti o filme Um amor para recordar e chorei como todo mundo, mas nunca senti o impulso de ler o livro, como senti hoje. É lindo ver como um livro pode mudar a vida de uma pessoa, e graças a você vou ler Um amor para recordar, depois de tudo que eu li na coluna, fico me perguntando, porque ainda não li esse livro!

Obrigada por dividir sua história. 😉

Responder

Juu-Chan ;3 - 07, agosto 2014 às (14:39)

OOOOOOOOOOOOOOOOOOI, Alanaaaaaaa *-* Tá boa, anjo? ♥ Hahaha, meu Deus, adorei essa coluuuuuna! Omg, bem diferente, né? Hahahahahaha! Adorei, de verdade! E apesar de eu não gostar do Sparks, confesso que muita gente já me disse que seus livros mudaram suas vidas, hahahahahah! E eu imagino o porquê, afinal, ele é um ótimo autor, tenho que admitir, hahaha! Só que o gênero não me agrada! Enfim… :3 Gostei do depoimento dessa leitora, gostei meeeeesmo! Só não concordei muito com uma frase, que é “só ama aquele que perdoa”… Sei lá, acho que todos somos humanos e temos o direito de errar, mas pô! Perdoar, perdoar, perdoar trilhões de vezes é impossível, hahahahaha! E poooooooooxa! Fuqie tão triste ao saber que ela tinha um parenta que morreu faz pouco tempo por conta de uma doença terminal! :c Meu Deus! Meus pêsames pra ela, caso a mesma veja meu comentário :/ E awn, que história linda essa dela e do noivo, hahahahaha! Ela era uma pessoa ruim, mas pelo visto foi amadurecendo, né? Hahaha! Concordo plenamente com a frase dela, de que uma pessoa pode estar, hoje, por cima e amanhã por baixo. Experiência própria, hahahahaha! Enfiiiiiiiiiiiiim, adorei essa coluna, Alanaaaa *-* Acho que vou enviar um textinho assim, hahahahahahahaha! ♥

BEIJOS INFINITOOOOOOOOOOOOS! ♥

Juu-Chan || Nescau com Nutella

Responder

Alana Gabriela 12 ago 2014

Oii, fofaaa!!! Tô ótima!

Que bom que você gostou da coluna, mas quando você vai mandar seu depoimento, eiiiiiiiiiiiiiin? RUM! :p

Acho que a mensagem do perdão que a Sthefani quis passar foi que só perdoa quem tem a capacidade de amar o próximo. Claro que a pessoa não deve perdoar mil vezes, mas…

Bj, linda!

Responder

Diane Ramos - 07, agosto 2014 às (15:20)

Eu infelizmente ainda não li “Um amor para recordar” , é um livro que já vi lindos comentários sobre ele . Só que eu já vi o filme , que por sinal é lindo , então acho que perde a graça assistir a adaptação primeiro do que ler o livro.

Responder

Lise - 07, agosto 2014 às (17:17)

A história desse filme é linda mesmo. Fiquei encantada, e me fez acreditar que eu ainda podia gostar dos livros do Sparks, já que havia me decepcionado ao começar a ler e achar os filmes melhores que os livros.

Quem bom que aprendeste o perdão, também sofro com a dificuldade de perdoar.

liliescreve.blogspot.com

Responder

Alana Gabriela 12 ago 2014

Olá, Lise,

Perdoar não é fácil, pelo contrário, acredito que ninguém tem facilidade de perdoar quem nos magoa. Só que precisamos amar ao próximo, acima de qualquer coisa. Para isso, precisamos aprender a perdoar, a deixar que a ferida do nosso coração se cure, pois mágoa só corrói o nosso órgão tão precioso. Sparks sempre fala disso.

Não vai se arrepender se ler.

Bj.

Responder

Gisele Aguiar - 07, agosto 2014 às (19:31)

oi Alana tudo bem? Já ouvi falar muito bem desse livro pensei muitas vezes em comprá-lo, mas meu sexto sentido prevê chororo quando começar a ler e estou em uma fase meio que fugindo das lágrimas (o que é difícil já que sou praticamente uma manteiga derretida). Porém Sthefany, por causa de sua resenha vou sim dar uma chance para ele (até porque estou lotada de livros para rir aqui em casa, eu choro em um rio em quinhentos hehe), então na minha próxima compra ele vai estar nos meus escolhidos (oh Meu São Judas traz uma promoção no sub pra mim!)!
É lindo ver o quanto um livro muda uma pessoa e pelo que já ouvi falar o Nicholas Sparks parece ter esse dom! Amei ler sua opinião linda….

Responder

Vitória Pantielly - 08, agosto 2014 às (01:27)

Oi Alanaa 🙂
Já havia visto o filme quando ganhei o livro do meu namorado, ele tem sim um significado pra mim, mas não chegou a mudar a minha vida!
O livro é lindo de muitas maneira, na proteção que o pai de Jamie tem com ela, na forma com ela não se deixa abater com os comentários maldosos, e em como Jamie ensina Landon a ter fé e acreditar que a vida é muito mais do que ele pensava!
Confesso que chorei muito, principalmente quando ele decide se casar com ela e realizar seu ultimo desejo .. O livro fala de perdão, fé, amor, proteção, entre outras coisas!
E não é só como Jamie faz Landon se apaixonar por ela, mas como ela faz ele enxergar o amor e o perdão em outras coisas, como no pai dele!
E acredito que o livro tenha deixado bem claro que Jamie morre no final, talvez seja por isso que a história é tão linda! Realmente inesquecível !
Foi maravilhoso como o livro mudou sua vida Sthefany :’)
Beijos :*

Responder

Edilza - 08, agosto 2014 às (11:11)

Já li esse livro e chorei muito na parte que se descobre que Jamie tem leucemia, fiquei sem dormir por causa disso, sério! Acho que foi uma das obras mais tristes que o Sparks escreveu. E quando vi o filme então? Meus olhos nem tinham mais lágrimas de tanto chorar!!!
Gostei bastante do seu texto, Sthefany! Muito lindo!
E está muito difícil para escrever o meu texto, Alana. Estou sem palavras quanto ao livro que mudou minha vida, muito tocante. Sinto que vou acabar em lágrimas quando estiver escrevendo-o.

Responder

Nathalia Simião - 08, agosto 2014 às (17:05)

Sthefany sua história também é muito bonita viu? As vezes, mais difícil do que perdoar os outros é perdoar a si mesmo. Desejo muita sorte e amor no relacionamento de vocês.
Eu nunca li o livro ou vi o filme, o Nicholas nem esta na minha lista de autores preferidos, tenho uma opinião sobre seus livros num geral que não vem ao caso agora. Porém, este é um livro que eu gostaria de ler sim, por tratar de uma história que parece ser tão bonita.
Achei essa coluna ótima. Beijos

Responder

Oliveira - 08, agosto 2014 às (18:23)

São poucos filmes que me prendem, mas a adaptação desse livro foi um deles. Amei simplesmente, cada parte, pedacinho, cada fala, sinceramente. Parece exagero mas foi assim. Não li o livro, mas pretendo um dia fazer isso. Agora, amei essas curiosidades e poxa, a irmã dele… tudo, saber de tudo, só me fez gostar ainda mais.

Responder

RUDYNALVA - 08, agosto 2014 às (23:23)

Alana!
Muito boa a escolha da Sthefany, realmente é um livro que nos faz refletir sobre nossas condutas em relação aos sentimentos de amizade, perdão e amor.
Gostei das curiosidade também, não sabia algumas coisas sobre o Nicholas.
E para mim, o livro que mudou minha vida foi Quem mexeu no meu queijo?
cheirinhos
Rudy

Responder

Alana Gabriela 11 ago 2014

Rudynalva, oi!!

Quem meu no meu queijo? tem uma lição bacana. Se quiser escrever para a coluna, terei o maior prazer em ler seu e-mail.

Bj.

Responder

Crislane - 09, agosto 2014 às (17:53)

Oi!
Eu gostei ais do filme do que do livro, pois o filme já estava bem enraizado em mim. Quando vi que livro e filme tinham MUITAS diferenças, o filme se tornou melhor para mim.
Sthefany, você era mesmo bem ruim! mas quem bom que você se redimiu. E com isso o amor pode surgir. Isso é tão fofo!!!!
Beijão!

Responder

Alana Gabriela 11 ago 2014

Olá, Crislane!

Também gostei bem mais do filme, foi muito bem construído. Os atores então…

Bjs!

Responder

Fran Ferreira - 13, agosto 2014 às (20:31)

É a 1ª vez qu vejo este tipo de coluna e adorei Alana, é uma forma de ajudar outras pessoas que talvez estejam passando por algo parecido e preciso de uma luz, e mostrar o que a vida tem de bom em outras formas.

Sthefany, sua história é linda, parabéns pela virada em sua vida; te sejo muito secesso e felicidades por onde for.

Bjssss

Responder

Michele Lopez - 14, agosto 2014 às (16:33)

Oie…
Achei muito interessante o livro em questão mudar tanto assim a vida de uma pessoa. Realmente com os livros do Nicholas eu acabo parando e pensando mais sobre as relações humanas das quais temos e os livros dele tratam essas relações de forma única. Não tem como não se emocionar com os seus romances.
Eu conheci primeiro o filme e depois soube que era uma adaptação de um livro. Ainda não o li pq vi o filme a pouco tempo e não gosto de fazer a leitura em seguida, pois acaba me influenciando! Mas logo pretendo ler.

Responder

Aline Ramos Costa - 31, agosto 2014 às (21:59)

Quando eu assisiti o filme pela primeira vez, odiei e não entendia pq minha primas e minahs irmãs amavam esse filme, achava abominável ela morrer e o cara viver tranquilamente… uns 5 anos depois resolvi assisiti esse filme, e foi aí que eu pude perceber a verdadeira mensagem por trás dessa hitória de amor e aprendizado… gostei muito e acabei comprando o livor e o filme.. 😀 … Gostei das curiosidades sobre esse livro e princialmente fiquei encantada com a forma que você retratou sua opinião sobre o livro e o quanto ele foi importante pra você.

bjs

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2018 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por