[Resenha] O Livro Dos Vilões - Cecily von Ziegesar, Carina Rissi, Diana Peterfreund, Fábio Yabu | Minha Vida Literária
30

set
2014

[Resenha] O Livro Dos Vilões – Cecily von Ziegesar, Carina Rissi, Diana Peterfreund, Fábio Yabu

Juvenília - Austen & Brontë
Título: O Livro Dos Vilões
Autor: Cecily von Ziegesar, Carina Rissi, Diana Peterfreund, Fábio Yabu
Editora: Galera Record
Número de Páginas:  320
Data de Lançamento: 2014
Skoob: Adicione
Orelha de Livro: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

“Organizado da mesma forma que ‘O Livro Das Princesas’ – também com o esquema de dois populares autores nacionais, e dois nomes famosos do exterior – ‘O Livro Dos Vilões’ reúne estes autores para uma coletânea de contos sobre vilões icônicos dos contos de fadas. As irmãs de Cinderela? Malévola? Madrastas e lobos? Carina Rissi, Cecily Von Ziegesar, Diana Peterfreund e Fábio Yabu estão aqui com a mensagem: este não é um livro tão bonzinho quanto o seu antecessor. · Cecily Von Ziegesar é a popular autora das séries It Girl e Gossip Girl, esta última que inspirou o seriado na televisão. · Diana Peterfreund é autora das séries Sociedade Secreta e Caçadora de Unicórnios. · Carina Rissi é autora dos populares Procura-se um marido e Perdida, publicados pela editora Verus, que já venderam mais de 40 mil exemplares no Brasil. · Fábio Yabu já publicou, pela Galera, seu livro A última princesa.”

Após o sucesso de O Livro das Princesas, O Livro dos Vilões chega ao mesmo estilo do primeiro, reunindo releituras de contos de fada por quatro grandes escritores da atualidade que, dessa vez, trazem a visão dos vilões das histórias.
#StepSisters – Sobre Sapatos e Selfies, o conto de Cecily von Ziegesar, traz as gêmeas malvadas de Cinderella em uma história contemporânea e extremamente moderna, recheada de selfies e do glamour típico de Gossip Girl, série de sucesso da autora. A história é contada em terceira pessoa e se passa durante a noite e o dia do Baile de Solstício de Verão da escola frequentada pelas garotas. Infelizmente, tive uma péssima experiência com essa leitura. O conto é extremamente superficial, rico na futilidade de suas personagens, e não consegui encontrar sentido algum na história. Ao colocar as gêmeas como vilãs, imaginei que Cindy seria a mocinha. Contudo, mesmo ela parece fazer parte do time dos vilões, assim como o restante dos personagens que integram o conto. Nenhum deles é cativante, mesmo quando, inicialmente, parecem ser o que não são. Independentemente de serem bons ou não, o que me incomodou foi a superficialidade com que tudo foi tratado. Não senti haver uma história para os personagens, eles simplesmente são daquela maneira, e a narrativa, sem começo, meio e fim, ao ser finalizada, me deixou a pergunta de qual foi a real intensão da autora ao escrevê-la.
Toda a má impressão inicial do livro se evaporou com a chegada de Menina Veneno, de Carina Rissi, que traz a versão moderna da vilã de Branca de Neve. Sem deixar o humor e o divertimento de lado, Carina contou uma história leve e que, ao mesmo tempo, se aprofunda na personalidade da personagem, trazendo um passado que não justifica seus atos, mas os torna compreensíveis. Malvina não é uma protagonista má, mas sim alguém que fez más escolhas na vida, e adorei acompanhar sua história. Vale destacar, também, o romance do conto, mostrando, novamente, a capacidade da autora de criar personagens apaixonantes.
O humor ficou de lado nos dois últimos contos, que pendem para um lado mais emocional e que não trazem vilões propriamente ditos, mas sim vítimas transformadas em vilões pelo mundo ao redor delas. Em Quanto Mais Afiado O Espinho, de Diana Petterfreund, temos a versão moderna de Malévola, vilã de A Bela Adormecida. Nela, Malena é a jovem “bruxa” de 16 anos que se ressente de sua criação por não levar uma vida como a de outras garotas da sua idade. Ela, mais do que tudo, almeja a normalidade que não tem e é o que tenta conquistar ao ir, pela primeira vez, para um colégio. Porém, não consegue escapar de sua verdade e acaba sofrendo as consequências quando todos descobrem suas origens. O conto é, acima de tudo, triste, e me conquistou pela intensidade das palavras da autora e de sua sensibilidade ao trazer os sentimentos de Malena. Também, a autora tem a habilidade de contar acontecimentos indiretamente, o que conseguiu transmitir ainda mais o peso de cada um deles na trama. Foi impossível não me solidarizar com Malena, mesmo quando ela tem seu ato de “vilã”.
Por fim, chegamos ao meu favorito no livro, o responsável por incluir o livro todo em minha lista de favoritos. Fábio Yabu traz A Menina E O Lobo, a história do Lobo Mau, o vilão em comum de histórias como Chapeuzinho Vermelho, Os Três Porquinhos, Pedro e o Lobo, entre outras. Yabu criou um universo no qual todos os contos de fadas vivem presos as suas histórias, imortais e as revivendo incansavelmente, com o propósito de alimentarem os sonhos dos seres mortais do universo dos humanos. No universo dos contos de fadas, todos são controlados pelo Narrador, onisciente, onipotente e onipresente, que define os acontecimentos de cada história, castigando aqueles que ousam tomar decisões próprias. Fábio Yabu conseguiu, em cerca de 100 páginas, trazer uma história completa e emocionante, repleta de mensagens positivas. Além disso, soube construí-la com maestria, inserindo o suspense em momentos certos, através de uma narrativa rica e que dialoga perfeitamente com a trama por ele construída. Terminei a leitura maravilhada pelo conto e apaixonada pelo Lobo, que, de vilão, nada tem.
No resumo, O  Livro dos Vilões começou me deixando uma péssima impressão, mas que foi evoluindo e se aprofundando a cada conto, a ponto de me fazer terminar o livro tendo gostado ainda mais dele do que de O Livro das Princesas. Uma leitura rápida e leve, que mescla divertimento com emoção, e que certamente recomendo aos leitores desejosos de conhecerem o outro lado dos contos de fadas.




Deixe o seu comentário

18 Respostas para "[Resenha] O Livro Dos Vilões – Cecily von Ziegesar, Carina Rissi, Diana Peterfreund, Fábio Yabu"

Bianca Martins - 30, setembro 2014 às (10:02)

Ain gentenn!!
Adoro esses livros!
As capas são lindas demais!
São leituras rápidas q alegram o nosso mês neah ^^
Delicinha de livro!

Responder

Edilza - 30, setembro 2014 às (12:42)

Parece ser mesmo bem chato o primeiro conto, não iria gostar de não saber qual a intenção da autora na história.
Acho que o que mais vou gostar quando ler vai ser o da Malévola, por ser triste.
Bem mais interessante que O Livro das Princesas!
Ótima resenha! Bjs, Mi <3

Responder

Michele Lopez - 30, setembro 2014 às (13:09)

Oie…
Não gosto muito de livros sobre contos de fadas, mas fiquei um pouco curiosa para saber como foi feita essa releitura dos vilões!
Ainda não li nenhum livro que fosse escrito por tantos autores!
A capa é muito bonita e gosto de leituras rápidas! Vou procurar para ler!

Responder

Taciana Cristina de Oliveira - 30, setembro 2014 às (17:32)

Sua resenha esta ótima e me deixou um tanto curiosa sobre o livro
e ainda mais que eu adoro contos de fadas e amo mais ainda outras versões.

Responder

Neny - 30, setembro 2014 às (18:32)

Eu leio muito pouco contos, mas o livro tem algumas autoras que eu gosto então ele me desperta uma certa curiosidade,
Diana Petterfreund, eu adoro esta autora e o seu conto parece ser o mais..parecido com meu gosto rsrs, Carina..ainda não li nada dela e tenho vontade, uma hora começo,
beijos.

Responder

Rudynalva - 30, setembro 2014 às (20:01)

Aione!
Triste ver uma autora tão renomada escrever um conto sem pé, nem cabeça e sem sentido.
Carina Rissi foi fiel ao seu estilo de escrita e me parece que a Branca de Neve teve uma ‘roupagem’ notável.
Ai que fofo! Lobo que não é vilão? Deve ser fascinante.
Fato é que adoro toda releitura feita dos contos de fadas, porque mostram um lado diferenciado do ‘e viveram felizes para sempre…”.
Curiosa em poder ler.
cheirinhos
Rudy

Responder

Kris Oliveira - 30, setembro 2014 às (20:34)

Esse livro é um querido.
A Capa é maravilhosa e a leitura é completamente relaxante
e divertida ♥

Responder

Amanda Arrais - 30, setembro 2014 às (22:03)

Eu gosto bastante de contos.. geralmente são ótimos pra uma leitura mais
rápida.. sem contar que nesse temos vários autores o que é bom e ruim ao mesmo
tempo..
..
ainda não li, mas acredito que vai ser ótimo.. conhecer um pouco mais as historias dos

viloões

Responder

Ingrid Moitinho - 30, setembro 2014 às (22:19)

Eu tenho muita vontade de ler esse livro e O Livro das Princesas, espero poder ler eles logo, só vejo resenhas positivas e minha vontade só aumenta.

Responder

Vitória Pantielly - 30, setembro 2014 às (22:51)

Oii Aione 🙂
Amo releituras de conto de fadas, e amei esse demais !
Eu gostei do primeiro conto porque ele dá um ar mais realista ao príncipe (gente, esse negócio de príncipe encantada tá ultrapassado,rsrs) .. No segundo a Carina mandou muito bem em colocar as personagens dela como modelo, gostei disso e de como ela colocou a rivalidade ali ! O terceiro conto foi o que menos gostei .. O último foi o meu preferido, é bem fantasia, e eu amei !!
Bj, bj :*

Responder

Tais - 01, outubro 2014 às (08:58)

Oi Aione,

Eu também não gostei muito do primeiro conto, porém adorei os outros principalmente o último. <3
Ainda assim acho que o meu favorito é O Livro das Princesas.
Gosto bastante dessa proposta da Galera de lançar essas releituras.

bjs
Tais
http://www.leitorafashion.com.br

Responder

Camila K. - 01, outubro 2014 às (15:33)

Aione, ADOREI! Já estava curiosa sobre esse livro, mas fiquei com medo de ser um pouco infantil. Mas sua resenha me conquistou. Vou colocar agora na lista de comprinhas de outubro.

Beijos!

Responder

ANIELLY RAYANE - 02, outubro 2014 às (22:28)

eu gosto de livos assim,que contam a historia vista por um outro lado,são contos bem legais e historias curiosas e divertidas!!!

Responder

Larissa Lorena - 03, outubro 2014 às (17:22)

estou muito curiosa para ler!
amei a capa!

Responder

Milena Soares - 05, outubro 2014 às (21:38)

Amei O Livro das Princesas, curto muito releituras de contos de fada e estou super curiosa pra conferi O Livro Dos Vilões.

Responder

Lise - 06, outubro 2014 às (16:36)

Como eu não queria gastar com ele antes de alguma promoção, evitei ler as resenhas pra não cair em tentação na época da Bienal.
Mas eu estou simplesmente apaixonada. É ótimo eu estar tão dura, porque senão já estaria correndo na livraria.

Quero muito esse lobo nada mau!

liliescreve.blogspot.com

Responder

Nathalia Orige - 06, outubro 2014 às (18:07)

Creio que a “futilidade” que você relatou ter percebido no primeiro conto é típico da autora, visto que seus personagens em “Gossip Girl” também não são lá essas coisas.. Quero muito ler esse livro por razões de: Carina Rissi ♥

Espero gostar dele quando lê-lo!

Responder

Rayme - 23, outubro 2014 às (10:13)

comecei a ler esta semana este livro!
só li até o mometno o primeiro conto completo, e estou começando o segundo, mas apesar de nunca ter lido nada da Cecily, nem mesmo os livros de Gossip Girl, e também não gostei deste conto ai não. achei muito sem graça e forçado demais. bem estilo GG mesmo (eu digo isso comparando com a série…)
estou no 4° capítulo de Menina Veneno, mas amei o conto dela! já me ganhou! é muito divertido e bem humorado! *-*
como ainda não li os dois ultimos, o livro ainda não me ganhou completamente. enquanto o primeiro livro me deixou super desanimada, o segundo acabou me agradando mais.
nunca li nada do Fábio Yabu, mas os comentários do conto dele está sendo super positivo… espero consegui chegar nele logo! 😀

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por

Blogs Brasil