[Resenha] Americanah - Chimamanda Ngozi Adichie | Minha Vida Literária
09

out
2014

[Resenha] Americanah – Chimamanda Ngozi Adichie

americanahcapa
Título: Americanah
Autor: Chimamanda Ngozi Adichie
Editora: Companhia das Letras
Número de Páginas:  520
Ano de Publicação: 2014
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

Lagos, anos 1990. Enquanto Ifemelu e Obinze vivem o idílio do primeiro amor, a Nigéria enfrenta tempos sombrios sob um governo militar. Em busca de alternativas às universidades nacionais, paralisadas por sucessivas greves, a jovem Ifemelu muda-se para os Estados Unidos. Ao mesmo tempo que se destaca no meio acadêmico, ela se depara pela primeira vez com a questão racial e com as agruras da vida de imigrante, mulher e negra. Quinze anos mais tarde, Ifemelu é uma blogueira aclamada nos Estados Unidos, mas o tempo e o sucesso não atenuaram o apego à sua terra natal, tampouco anularam sua ligação com Obinze. Quando ela volta para a Nigéria, terá de encontrar seu lugar num país muito diferente do que deixou e na vida de seu companheiro de adolescência. Chimamanda Ngozi Adichie parte de uma história de amor para debater questões prementes e universais como imigração, preconceito racial e desigualdade de gênero.


BeFunky_null_1.jpg

 

Americanah é o mais recente romance da autora nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie. Nele, a autora, que é uma das mais reconhecidas e destacadas da cena internacional, debate em meio a uma história de amor temas importantes e essenciais de serem problematizados, como a imigração, o preconceito racial e a desigualdade de gênero.

A narrativa em terceira pessoa gira em torno de Ifemulu e Obinze que durante a adolescência cultivaram um grande amor um pelo outro. No entanto, depois de adultos, suas vidas tomam caminhos diferentes e os dois passam por muitos desafios e dificuldades durante os novos percursos. Enquanto Ifemulu entra nos EUA como uma imigrante quase ilegal, Obinze passa por uma situação muito complicada ao tentar imigrar para a Inglaterra. A narrativa mescla esses dois lados da história, além de levar em conta todo o passado do casal, trazendo à tona o modo como se conheceram e se envolveram, como foi a infância de Ifemulu, o perfil da sua família, do lugar onde moravam na Nigéria, entre outros aspectos.

BeFunky_null_12.jpg

Toda a história é permeada por questões sociais de suma importância e relevância. A autora conseguiu de forma espetacular depositar em cada personagem a responsabilidade de representar experiências tão fortes e reais e, ao mesmo tempo, cotidianas, que não há como não se envolver com a trama.

Um dos pontos que considerei mais positivos da história é que, além de possuir uma narrativa muito envolvente, discorre sobre os temas com profundeza, entendimento, criticidade e coerência.

Apesar de haver um romance como plano de fundo, há uma gama de temas abordados em meio à realidade vivenciada por Efemulu, as dificuldades encontradas nos EUA, os preconceitos, questões comportamentais e de identidade, sem falar no fato de a própria Ifemulu estar a cada momento lutando para dar conta do novo mundo à sua volta, novas pessoas, amores e realidade, inclusive criando um blog para colocar suas inquietações e questionamentos. Esse aspecto torna a narrativa ainda mais interessante, incluindo alguns posts do blog e comentários dos seguidores.

DSC05821

É um livro diferenciado em vários aspectos, toda a narrativa é muito bem amarrada e por trás de cada detalhe cotidiano há um questionamento a ser levantado e uma reflexão a ser realizada pelo leitor. Nenhum detalhe passa despercebido pela autora no que concerne ao aproveitamento de cada personagem, cada história e cada situação criada. É uma história intensa e sabiamente delineada que cumpre o papel de tornar visível o que, por vezes, é invisibilizado pela sociedade.

 





Deixe o seu comentário

14 Respostas para "[Resenha] Americanah – Chimamanda Ngozi Adichie"

Neny - 09, outubro 2014 às (16:36)

O livro parece ser muito mais que um simples romance,
acho que por ele abordar temas como racismo..de diferentes formas, o livro fica mais forte, acho que a leitura dele deve ser agradavel, e adorei o fato dela ter um blog rsrs, acho que este mundo da internet estava demorando para aparecer em livros,
não sei se vou ler, mas quem sabe ele sai em alguma promo boa no sub,
beijos.

Responder

Caroline Soares - 09, outubro 2014 às (17:02)

Ah, amei! Nossa, já quero ler, e essa capa muito fofa, me chamou atenção demais. A história parece ser muito boa. Vou ler com certeza!

Responder

Milena Soares - 09, outubro 2014 às (22:51)

Primeira vez que vejo falar dessa autora nigeriana, seu livro parece ser ótimo, a história vai bem além de um romance, amei a capa, fiquei doida pra ler!

Responder

Rudynalva - 10, outubro 2014 às (00:04)

Clívia!
Já o que achei mais interessante é poder apreciar um romance que além de envolver várias temáticas polêmicas é escrito por uma nigeriana. Bom poder ler uma autora fora dos ciclos convencionais: EUA, Inglaterra, Brasil, etc..
Fantástico! E se a escrita em 3ª pessoa é tão envolvente (talvez porque seja um pouco da autora impresso no livro) melhor ainda.
cheirinhos
Rudy

Responder

Rayme - 10, outubro 2014 às (09:29)

Oi Clivia,
confesso que nunca ouvi falar no nome desta autora, mas fiquei curiosa por este livro.
os temas que ela aborda podem até ser batidos, mas é sempre bom ver uma história nova sobre eles
a autora tem outros livros publicados aqui? fiquei curiosa, vou dar uma pesquisada 😀

Responder

Clivia Lira 11 out 2014

Olá Rayme, ela tem outros livros publicados aqui sim. Um se chama Meio Sol Amarelo, que inclusive foi adaptado para o cinema em 2013 e o outro Hibisco Roxo, ambos publicados no Brasil pela Companhia das Letras.
Abraços e obrigada pelo comentário 😉

Responder

Cristiane Oliveira - 10, outubro 2014 às (10:34)

Oi Clivia. Adoro livros com essas temáticas sociais, e principalmente quando são escritos por autores que são de países que temos menos acesso a informações.
Não conhecia a história, mas fiquei bem curiosa.
Beijos

Responder

Adriana Cardoso - 10, outubro 2014 às (15:21)

Bom,não conhecia até então esse livro,mas deu para ver,através da resenha que não é um livro que lemos que não tratá nada de refletivo para nós.
É um livro com conteúdo,que carrega consigo questões enfrentadas por diversas pessoas nos dias de hoje,como o preconceito racial e outras questões.
Deve ser um livro que marca a vida do leitor,independente de que ano for ler,porque retrata assuntos atuais,e ainda por cima é um romance, um gênero que realmente amo.
Vou pesquisar nas livrarias,para ver se encontro esse livro,e também poder refletir sobre os assuntos tratados nele.
Obrigada pela resenha.

Responder

Larissa Pinheiro - 11, outubro 2014 às (03:38)

Olá, Clivia!
Ainda não tinha tido a oportunidade de conhecer essa autora e nenhum de seus trabalhos, até agora. Bom saber que existem autores fora dos ciclos que estamos acostumados ganhando espaço no ambiente literário. Apreciei a história, um tema comum mas ao mesmo tempo com uma abordagem diferenciada, voltada para as questões sociais. Parabéns pela a resenha, ficou ótima. ^^

Abraços literários!

Responder

Oliveira - 12, outubro 2014 às (01:36)

Outro livro que não conhecia, esse livro ter um ponto que trata a adaptação em outro lugar parece ser um assunto pouco abordado.

Responder

Gabriela C. - 13, outubro 2014 às (15:51)

Não sei do que gostei mais: da capa do livro, da resenha em si, ou da caneca de gatinho! rsrsrs
Não conhecia a autora, e me interessei bastante por esse livro, por envolver questões sociais que são realmente muito importantes.
Gostei mesmo, quero ler!

Responder

Edilza - 21, outubro 2014 às (13:55)

Fiquei bem curiosa com esse livro, pois apesar de tratar de um romance também tem temas muito interessantes, como a imigração. E ainda tendo uma narrativa envolvente com certeza vou gostar!
Amei a resenha! Bjs, Clivia <3

Responder

Anne Viana - 30, outubro 2014 às (22:16)

Não me chamou mt atenção não…curti a capa mas só =S

http://livroaoavesso.blogspot.com.br/

Responder

Fe Fernanda - 29, Janeiro 2016 às (14:23)

Não gosto de livros desse tema, mas esse parece bem legal

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por