[Resenha] Bob, Um Gato Fora do Normal - James Bowen | Minha Vida Literária
28

nov
2014

[Resenha] Bob, Um Gato Fora do Normal – James Bowen

BOB, UM GATO FORA DO NORMAL
Título: Bob, Um Gato Fora do Normal
Autor: James Bowen
Editora: Novo Conceito
Número de Páginas:  216
Ano de Publicação: 2014
Skoob: Adicione
Orelha de Livro: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

“Nós ganhamos segundas chances todos os dias, mas geralmente não as aproveitamos. E então eu conheci o Bob.” James Bowen é um músico sem-teto que se apresenta nas ruas de Londres para sobreviver. A partir do momento em que ele encontra um gato de rua machucado, com o pelo cor de laranja e grandes olhos verdes, sua vida começa a mudar. Juntos, James e Bob enfrentam o mundo – e vencem. Uma história verdadeira sobre amor e amizade que vai fazer você sorrir muito.”


bob2.jpg

“Há uma citação famosa que diz que recebemos uma segunda chance todos os dias, mas geralmente não a aproveitamos. Passei grande parte de minha existência provando que isso é verdade. Mas tudo mudou no começo da primavera de 2007, quando me tornei amigo de um gato, o Bob.”

página 09

 

Bob, Um Gato Fora do Normal é uma versão inédita do Best- Seller Um Gato de Rua Chamado Bob. Essa edição traz uma série de fotos coloridas e uma diagramação diferenciada e muito bonita, o que torna a leitura ainda mais atrativa e empolgante.

A história de Bob e do seu dono James é bastante comovente e me cativou desde o primeiro livro por não ser uma história fictícia. O autor do livro já foi um morador de rua e já foi usuário de drogas. A história de vida de James é cheia de desafios, de dificuldades, de problemas emocionais e, até mesmo, de saúde.

bob3.jpg

 

“A vida nas ruas te deixa sem nada. Sem sua dignidade, sua identidade. Pior ainda, as pessoas o tratam como um Zé Ninguém. Logo você não tem mais nenhum amigo neste mundo.”

página 26

 

A força de vontade para tomar um novo rumo veio junto com o amor e o cuidado que ele descobriu ao conhecer Bob, já que para cuidar de outro ser ele precisava também se cuidar. Esse ponto da trama é muito interessante, pois podemos enxergar o crescimento de James enquanto pessoa e o esforço que ele fez para poder proporcionar ao Bob todos os bens materiais e sentimentais dos quais um gato necessita. Com isso veio o senso de responsabilidade, de atenção, de carinho. A vida passou a ter outro sentido.

bob1

Para quem não leu nenhum dos livros e quer conhecer a história desses dois amigos, mas não quer ler os três livros, eu recomendo ler esse, não haverá nenhum prejuízo quanto ao conteúdo da história. Já aos mais familiarizados com a trama, o diferencial desse livro é basicamente as imagens, uma mais linda do que a outra por sinal, demonstrando o cotidiano dos dois. Além disso, algumas passagens são diferentes e mais explicativas, mas não deixa de ser uma junção dos livros anteriores.

Sabe aquela leitura que parece que o autor conversa com a gente? Pois é, foi exatamente o que senti nesse terceiro livro. A narrativa me pareceu mais leve e o autor mais à vontade para contar sua história. Recomendo a leitura, com as ressalvas acima, mas sem dúvidas a história desse gato tão especial e do seu dono precisa ser conhecida e merece todo o nosso crédito e respeito. Não são todos os dias que nos deparamos com lições de vida assim, tão significativas e emocionantes. E o bom é que é um livro de leitura fluida, podemos fazê-la em uma tarde, mas, também, podemos tirar tantas lições de vida bonitas e singelas que nem poderíamos imaginar.





Deixe o seu comentário

9 Respostas para "[Resenha] Bob, Um Gato Fora do Normal – James Bowen"

Edilza - 28, novembro 2014 às (11:26)

Eu quero muito ler esses livros, pois parece mesmo ser uma história emocionante! Esse gato com certeza mudou a vida do James.
Gostei do fato da narrativa ser mais leve nesse livro, pois pensei que seria um pouco… “enrolado”.
Ótima resenha! Bjs, Clívia <3

Responder

thayna ta - 28, novembro 2014 às (13:40)

Que fofura, logo na sinopse, já vi o autor por vídeos, ele é um fofo!
A história de amor do homem com um animal é realmente linda e emocionante, ainda mais comigo amando gatos! Gosto de leituras em que parece que estamos dialogando com o autor, fica divertida.
Beijos Clivia, ThayQ.

Responder

samara - 28, novembro 2014 às (14:29)

oi clivia

lsempre que via esse livro ficava curiosa para conhecer mas n sabia que era historia real , sempre achei que fosse de ficçao mas agora que descobri que e real , gostei mais ainda e estou ainda mais curiosa, achei sua opiniao sobre o livro bem reflexiva.

beijos !!!!!!!!!!!!!

Responder

Milena Soares - 28, novembro 2014 às (20:12)

Amei o livro Um Gato de Rua Chamado Bob, curto muito histórias de superação e com animais, em especial com gato, estou doida pra ler esse livro e também O mundo pelos olhos de Bob.

Responder

Cristiane Oliveira - 29, novembro 2014 às (20:52)

Oi Clivia. Não li ainda a história de Bob. Mas com certeza, o livo parece ter uma lição de vida super importante. Adoro livros ilustrados com fotos e imagens.
Beijos

Responder

Rudynalva - 29, novembro 2014 às (23:30)

Clívia!
Acompanhei Bob e James desde o primeiro livro e confesso que fiquei encantada o quanto um animal pode salvar uma pessoa e mudar sua vida e o quanto Bob é esperto.
Temos uma gatinha aqui em casa também e ela é muito, muito inteligente e amorosa, claro que é gulosa também e nos acabamos de rir com as peripécias dela. é como Bob, mudou nossas vidas.
Vale a pena a leitura dos 3 livros.
cheirinhos
Rudy

Responder

Fernanda Bizerra - 30, novembro 2014 às (09:59)

Oi, Lira! Nunca me interessei realmente pelos livros do Bob. Ainda não sei se chegarei a ler, pois li um livro com cachorro uma vez e foi meio frustrante, dai nunca mais quis.

É bom para quem curti o estilo literário, mas para mim, não. Gostei do história e saber que através do gatinho teve uma vida com uma nova chance para seu dono e isso é mais importante de tudo

Beijso

Responder

Oliveira - 30, novembro 2014 às (18:18)

Não li nenhum dos livros. Até pretendo e foi bom saber que esse livro (para quem não quer ler os outros) de certa forma une os outros dois livros.

Responder

Desbravadores de Livros - 30, novembro 2014 às (19:00)

Clivia, eu ainda não li, mas quero ler o primeiro, mesmo esse não sendo obrigatória a continuação. Parece lindo e emocionante, realmente. A diagramação é impecável.

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por

Blogs Brasil