[Resenha] Por Toda Eternidade - Kristin Hannah | Minha Vida Literária
04

dez
2014

[Resenha] Por Toda Eternidade – Kristin Hannah

Por Toda Eternidade

Título: Por Toda Eternidade
Autor: Kristin Hannah
Editora: Novo Conceito
Número de Páginas:  400
Ano de Publicação: 2014
Skoob: Adicione
Orelha de Livro: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

Atenção: a sinopse abaixo contém spoilers de Amigas Para Sempre. A resenha, contudo, não os contém.

Tully Hart é uma mulher ambiciosa, movida por grandes sonhos que, na verdade, escondem as lembranças de um passado de abandono e dor. Ela acredita que pode superar qualquer coisa ao esconder bem fundo os sentimentos de rejeição que carrega desde a infância… Até que sua melhor amiga, Kate Ryan, morre. Então, tudo começa a mudar para Tully, que se vê escorregando em um precipício cheio de memórias melancólicas e remédios para dormir.
Dorothy Hart — ou Cloud, como era conhecida nos anos 1970 — está no centro do trágico passado de Tully. Ela abandonou a filha repetidas vezes na infância. Até que as duas se separaram de uma vez por todas.
Aos dezesseis anos, Marah Ryan ficou devastada pela morte da mãe, Kate. Embora seu pai e seus irmãos se esforcem para manter a família unida, Marah transformou-se numa adolescente rebelde e inacessível em sua dor. Tully tenta aproximar-se de Marah, mas sua incapacidade para lidar com os sentimentos da afilhada acaba empurrando a menina para um relacionamento infeliz com um rapaz problemático.
A vida dessas mulheres está intimamente ligada, e a maneira como elas vão rever seus erros e acertos constrói um romance comovente sobre o amor, a maternidade, as perdas e o novo começo. Onde há amor, há perdão…

PorTodaEternidade1

Não é segredo algum minha admiração por Kristin Hannah. Sou declaradamente apaixonada por sua escrita emocionante e envolvente e por suas histórias tocantes. Sendo assim, fiquei em êxtase, em fevereiro, quando as editoras Arqueiro e Novo Conceito publicaram duas de suas obras, sequências umas das outras. Amigas Para Sempre é o primeiro volume da duologia Firefly Lane, seguido de Por Toda Eternidade. Li o primeiro assim que o recebi; contudo, infelizmente, só consegui fazer a leitura do segundo agora, tantos meses depois.

 

“As palavras permanecem com você por um tempo, principalmente as de raiva.”

página 34

 

Por Toda Eternidade conseguiu me agradar ainda mais do que seu antecessor. Fui tragada pelas páginas logo nos primeiros parágrafos, e só interrompi a leitura quando foi estritamente necessário. Mesclando passado e presente, primeira e terceira pessoa, acompanhamos, dessa vez, a visão de diversas personagens, e não apenas as de Kate e Tully, protagonistas de Amigas Para Sempre.

PorTodaEternidade3

Ainda que eu tenha me apaixonado pelo livro desde o início, lê-lo foi um tanto quanto difícil, e não por algum ponto da obra ter me desagradado. A verdade é que Por Toda Eternidade trás pessoas destruidas internamente por suas perdas e narra todo o caminho tortuoso seguido por cada uma delas. Assim, sofri junto de cada personagem e lamentei pela dificuldade em cada relacionamento a partir disso: mal sabendo como lidar com a própria dor, é quase impossível que lidem com a dor do outro, e o resultado são inúmeros desentendimentos, ressentimentos e sentimentos de culpa.

 

“As lembranças são o que somos, Tul. Por fim, esta é toda a bagagem que leva com você. O amor e as lembranças são o que dura. Por isso é que a vida passa diante dos seus olhos quando você morre – você está escolhendo as memórias que quer. É como embalar as coisas.”

página 90

 

Novamente, fiquei impressionada em como a autora vai fundo nas emoções de suas personagens e como ela expões suas qualidades e defeitos de forma completamente humana, tornando impossível não me apegar a cada uma delas e não sentir compaixão por elas. Foram muitos os erros, reflexões e, principalmente, os aprendizados ao longo dessa jornada.

PorTodaEternidade2

Finalizei a leitura completamente emocionada e maravilhada com mais esse livro que entrou para minha lista de favoritos. Kristin Hannah tem o dom de falar sobre pessoas e de nos sensibilizar com suas histórias.





Deixe o seu comentário

12 Respostas para "[Resenha] Por Toda Eternidade – Kristin Hannah"

Bruna helena - 04, dezembro 2014 às (08:27)

Nunca li nada da autora, mas gostaria de ler 🙁 A capa desse livro é muito linda, me apaixonei, pretendo comprar p lê-lo mas primeiro tenho que ler o primeiro da duologia. Gostei da resenha, o livro parece ser bem tocante.

Responder

Mariana - 04, dezembro 2014 às (10:38)

Oi Aione,
Eu confesso que gostei mais de Amigas para Sempre, mas esse também é um livro incrível. Kristin Hannah me sugou para um buraco depressivo nessa leitura e eu fiquei pra baixo por muitos dias após a leitura. Eu adoro a autora e a intensidade com que ela descreve seus personagens, pra mim infelizmente até agora o único que não funcionou foi o último (Lago Místico) publicado pela NC. De resto, todos são incríveis! <3

Beijos,
Mari Siqueira
http://loveloversblog.blogspot.com

Responder

Edilza - 04, dezembro 2014 às (10:52)

Não vou ler essa duologia, te acho muito suspeita pra falar tão bem dela. 😀
Gosto muito quando o autor cria personagens com defeitos e qualidades completamente humanos, é muito bom nos identificarmos com eles.
Ótima resenha! Bjs, Mi <3

Responder

Vanessa Grandin - 04, dezembro 2014 às (11:30)

Oi Aione…
Assim como você eu sou apaixonada pela Kristin Hannah…os livros dela são repletos de emoção , são personagens que lidam com perdas, com frustrações…
Eu gosto demais da narrativa dela e essa duologia me emocionou demais !

Responder

Helena Cristina Cintra Eher - 04, dezembro 2014 às (11:38)

Adorei a capa e a história do livro. Gosto desses livros que falam sobre a relação entre as pessoas e que nos permitem sentir no lugar das personagens.
Obrigada!

Responder

Vanessa Meiser - 04, dezembro 2014 às (20:30)

Hummm, eu tenho o Por Toda a Eternidade, mas então precisarei comprar o Amigas Para Sempre primeiro, gosto de ler em sequencia para ficar ambientada na trama mesmo quando os livros são independentes.
Eu nunca li nadinha da autora, mas não lembro de ver alguém falando mal de suas obras…
Eu adoro livros que retratam o intímo de seus personagens, mesmo sendo sofrido e pelo que percebo é o caso deste.

Beijo, Vanessa Meiser.

Responder

Juliana Frygoudakis - 04, dezembro 2014 às (22:36)

Ainda não tinha ouvido falar desse livro e nem de ‘Amigas para Sempre’, mas pela resenha me interessei , gosto de livros que tocam a gente. =)
Sem falar que o as capas são lindas e eu sou apaixonada por capas rs (sem julgar o livro, é claro.. se a capa é bonita é apenas um bônus)

Responder

Silviane Casemiro - 05, dezembro 2014 às (00:36)

Olá!
Sempre achei a capa desse livro linda e imaginava um enredo completamente diferente para ela; Contudo gostei do plot e bateu uma curiosidade – assim como também o receio. Apesar de achar que livros onde os personagens sofrem e nos fazem sofrer junto eu não gosto tanto da leitura, muitas vezes por ser forçado demais. Espero que não seja o caso desse livro.

Beijos.
Blog Cantar Em Verso

Responder

Amanda Couto - 05, dezembro 2014 às (19:44)

Não sou muito fã desses livros que são meio água com açúcar e que o leitor chora o livro inteiro!! Será que vou sentir isso ao ler os livros da Kristin Hannah?
Tenho curiosidade ler, principalmente por te ver falando tão bem sobre ela, mas minha richa com o gênero me impede, o que eu faço??
Beijocas

Responder

Oliveira - 07, dezembro 2014 às (17:27)

Até o momento só li um livro da autora, e me apaixonei pela escrita, então acredito que isso seja algo que ocorra assim que qualquer um leia algo dela. Não tinha interessado por esse livro, mas só por ser dessa autora e ter conhecido a escrita dela, certamente vou ler.

Responder

Paula de Franco - 09, dezembro 2014 às (12:56)

Olá,

Li algumas resenhas a respeito dos livros da Kristin e algumas me deixaram bem desanimada com a leitura. A sua já foi um pouco diferente, mas mesmo assim não consigo me sentir tentada a ler algo da autora. Fico pensando que não podemos julgar o que não conhecemos, então acho que uma hora terei que ler e tirar minhas conclusões.
Beijos.

Responder

camila rosa - 17, dezembro 2014 às (15:26)

Olá, tudo bem?
Eu ainda não li nenhum livro da autora, mas tenho ouvido falar muito bem, adorei a sua resenha, gostaria muito de ler o livro, imagino o quanto a amizade das duas é verdadeira, creio que algo assim vale a pena ser lido.
Beijos *-*

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por