[Resenha] Inferno - Dan Brown | Minha Vida Literária
22

jan
2015

[Resenha] Inferno – Dan Brown

Inferno

Título: Inferno
Autor: Dan Brown
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 448
Data de Publicação: 2013
Skoob: Adicione
Orelha de Livro: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

Neste fascinante thriller, Dan Brown retoma a mistura magistral de história, arte, códigos e símbolos que o consagrou em “O Código Da Vinci”, “Anjos e Demônios” e “O Símbolo Perdido” e faz de Inferno sua aposta mais alta até o momento.

No coração da Itália, Robert Langdon, o professor de Simbologia de Harvard, é arrastado para um mundo angustiante centrado numa das obras literárias mais duradouras e misteriosas da história: O Inferno, de Dante Alighieri.

Numa corrida contra o tempo, ele luta contra um adversário assustador e enfrenta um enigma engenhoso que o leva para uma clássica paisagem de arte, passagens secretas e ciência futurística. Tendo como pano de fundo poema de Dante, e mergulha numa caçada frenética para encontrar respostas e decidir em quem confiar, antes que o mundo que conhecemos seja destruído.

Inferno2

Inferno era o único livro de Dan Brown que eu ainda não havia lido. Apesar de ansiosa e curiosa pela leitura, tinha, também, certo receio de me decepcionar, visto que minha última experiência com algum livro do autor, através de O Símbolo Perdido, acabou sendo frustrante: a leitura foi previsível, seguindo a mesma estrutura das quatro primeiras obras do autor. Contudo, Inferno foi uma grata surpresa; Dan Brown conseguiu voltar a me surpreender e também me relembrou do porquê configura entre minha lista de autores favoritos.

Com uma narrativa em terceira pessoa extremamente ágil, a história se desenvolve repleta de ação e suspense, aguçando a curiosidade do leitor a cada página. Os traços marcantes do autor se fazem presente em todos os detalhes da história: uma narrativa, em muitos momentos, dissimulada, capaz de manipular o leitor; a criação da expectativa aos finais dos capítulos através do indício de revelações e/ou acontecimentos iminentes; um enredo extremamente rico em detalhes e informações, principalmente históricas e artísticas; e, por fim, o debate de algum assunto polêmico.

Inferno tem como base A Divina Comédia, de Dante Alighieri, e vários aspectos da obra, bem como sua influência ao decorrer dos séculos, são trazidos ao leitor com esmero. Se eu já tinha curiosidade sobre o famoso poema épico italiano, ela se intensificou após a leitura.

Inferno3

Embora a obra tenha me agradado como suspense, um dos pontos mais interessantes para mim foi a polêmica questão trazida pela trama: a superpopulação como um problema de saúde pública e todas as suas implicações à humanidade. Dan Brown conseguiu tratar de uma temática de extrema importância e aliá-la à obra de Dante com uma maestria sem igual, enriquecendo sua história e estimulando uma importante reflexão, inclusive sobre a ciência e seu desenvolvimento.

Senti que em Inferno partes da estrutura utilizadas pelo autor para criar suas obras foram quebradas – um dos motivos para eu ter me surpreendido com as reviravoltas do enredo -, sem deixar de ser um trabalho tipicamente seu. Foi impossível largar a leitura em suas últimas 150 páginas, e me vi virando as páginas em um ritmo frenético para conferir a conclusão da trama.

Ainda que a escrita e a construção das histórias de Dan Brown sejam consideradas comerciais, é inegável que eu me sinta acrescida a cada vez que leio algum de seus livros, de tão ricos em detalhes e informações. O autor é um mestre em criar tramas complexas e intricadas, que incitam reflexões e proporcionam um entretenimento excelente aos fãs de bons thrillers.

Inferno1

 





Deixe o seu comentário

17 Respostas para "[Resenha] Inferno – Dan Brown"

Thiago Martins - 22, janeiro 2015 às (11:11)

Foi o livro que menos gostei do Dan Brown. Tirando as descrições sobre a Itália e sobre a obra do Alighieri, o resto achei previsível e por vezes time que me arrastar pra terminar a leitura. O final como sempre tem a famosa “mensagem” que o Brown quer deixar. Fui um dos poucos a não curtir o livro, quase todas as pessoas amaram e eu entendo que o tema é importante e assustador mas não é um tema novo, mas quando Dan Brown fala, qualquer tema ganha ares de urgência. Acredito que a redução populacional irá acontecer em breve, o triste é saber que os “escolhidos” a deixar a terra serão a imensa maioria dos que não tem dinheiro ou status. Como diria Rihanna e Jay-z, quem não estiver “debaixo do guarda chuva” vai dançar.

Responder

Cristiane Oliveira - 22, janeiro 2015 às (12:30)

Oi Aione. Eu adoro o Dan Brown, e este livro é o único que ainda não li! Mas já tenho e devo ler em breve 🙂 Apesar da forma de escrever sempre meio previsível pra quem já leu outros livros do autor, sou apaixonada pela sua escrita, não tem como largar o livro enquanto não se terminar. E eu também adoro esta forma de mergulhar na história e na arte que conseguimos com cada livro dele.
Beijos

Responder

Diane Ramos - 22, janeiro 2015 às (13:20)

Oi , Aione !
Nunca li nada de Dan Brown , o estilo de seus livros não me atrai muito , mas achei interessante ele trazer pontos polêmicos para o livro , como é o caso da superpopulação .
Apesar de não gostar deste estilo , vou indicar “Inferno” , para um amigo meu , tenho certeza que ele vai gostar.

Responder

Helena Cristina Cintra Eher - 22, janeiro 2015 às (20:17)

Olá!
Tbm sou fã de Dan Brown, já li tds os seus livros e sempre fico abismada como ele consegue desenvolver a trama de uma maneira que ainda me surpreende no final.
Bjos,
Helena

Responder

Juliana Frygoudakis - 22, janeiro 2015 às (21:11)

Nunca li nada do Dan Brown.. Apesar de ser muito bem falado, confesso que tenho muita preguiça dos livros dele! haha O código da Vinci está na minha estante faz um tempo já..
Acho que não é muito o meu estilo de livro!
Mas que bom que esse livro foi uma boa leitura =))

Beijos Mi !

Responder

This Gomez - 22, janeiro 2015 às (21:55)

Vira e mexe, eu chego! ^^
Adorei a resenha, Mi. Minha irmã comprou o livro, leu e curtiu muito, também, mas ainda não senti curiosidade de lê-lo. Estou aguardando o momento Dan Brown 😉

Dele, li apenas O Código DaVinci, e realmente gostei, mas não me acendeu aquela centelha de “Quero ler todos!”.

O design de capa, diga-se de passagem, que belo!! *__*
Beijos!

Responder

Nik Chan - 23, janeiro 2015 às (09:20)

O famoso Dan Brown, ainda não li nenhum de seus livros. Não sabia que ele vai mais pro lao comercial, mas que bom que podemos tirar proveito de suas leituras. Gosto muito de livros que me acrescente algo.
Bye

Responder

Maria Alves - 25, janeiro 2015 às (16:50)

Até agora só li o código da vinci do autor, mas quero ler outros, esse tem ação e suspense coisas que adoro em livros, nos prende e acabamos devorando o livro bem rápido para saber como termina kk.

Responder

Paula de Franco - 26, janeiro 2015 às (10:06)

Não conheço o trabalho do Dan Brown e não me atrai seus livros. Não sei se leria algum, deixo para seus fãs aproveitarem muito suas obras.
Sei que não é legal desistir assim de um escritor e temos que arriscar, mas no momento eu não irei.

Beijos.

Responder

Edilza - 27, janeiro 2015 às (16:25)

Que bom saber que não se decepcionou com esse livro do autor, Mi! Vi que todo mundo que leu gostou. E eu, apaixonada por livros cheios de ação e suspense não poderia perder.
Amei a resenha! Bjs <3

Responder

Thayla Bilard - 29, janeiro 2015 às (16:00)

Sou apaixonada por Anjos e Demônios. Já li o livro algumas vezes, e assisti ao filme várias vezes também.
Ainda não li Inferno, mas, confesso que estou um pouco receosa sobre o livro. Tenho medo de ser uma leitura cansativa.

Responder

Larissa Pinheiro - 29, janeiro 2015 às (22:41)

Olá, Aione!
Confesso que nunca li nenhuma obra de Dan Brown, apesar de já ter visto muito seus livros em sites e resenhas ou até mesmo em recomendações de leitura para mim. Por causa disso, decidi que tenho que ler uma obra sua mas ainda não sabia muito bem por onde começar, bem, pelo menos até o então momento. Você me convenceu a começar por “Inferno”, despertando minha curiosidade como nunca antes havia tido para a leitura de um livro do então autor. Parabéns pela resenha, e espero poder ser conquistada por Dan Brown.

Abraços literários!

Responder

Rudynalva - 29, janeiro 2015 às (23:28)

Aione!
Dan Brown sempre foi questionado, entretanto gosto muito da forma como ele escreve, mesmo que seja para venda dos livros.
Sempre traz informações que acrescem o conhecimento e nesse livro, baseado na filosofia de Dante, é impressionante.
Gosto demais.
cheirinhos
Rudy

Responder

Vitória Pantielly - 30, janeiro 2015 às (01:16)

Oii Aione 😀

Gosto de suspense mas até hoje não consegui ler nenhum livro do Dan Brown, por incrível que pareço nenhum dos livros conseguiu chamar a minha atenção, nem pela sinopse, nem pelas inúmeras resenhas que já li !
Se tiver oportunidade vou “tentar” ler O código da Vinci, quem sabe não desperta o interesse pelos outros livros do autor ..
Bjs

Responder

Alexandra Periard - 28, fevereiro 2015 às (13:06)

Tenho na minha estante. Comecei a ler o Código da Vinci e achei muito chato (me julguem, rs) aí resolvi dar uma segunda chance ao autor. Agora só falta ler, rs

Responder

Caio - 15, janeiro 2016 às (16:05)

Eu comprei Inferno de Dan Brown em uma promoção nas Americanas e, como já tinha lido O Código da Vinci e O Simbolo Perdido, sabia que não iria me arrepender. De fato, a história é frenética e muito boa! Ela segue o mesmo esquema dos outros livros com Robert Langdon, o professor que resolve todos os problemas enquanto é perseguido pelo resto do mundo, mas a história consegue te prender até o fim!
No site Gnomo da Estante (http://gnomodaestante.blogspot.com) você pode conferir as notícias mais atuais sobre Dan Brown e as novidades do filme que estão fazendo desse livro. Vale a pena passar de lá 😉

Responder

Ricardo - 19, outubro 2016 às (10:12)

Achei um dos piores livros de Brown, sendo cansativo e repetitivo. O autor há livros bons (nenhuma obra prima), e outros razoáveis (li todos), mas esse ficou ruim. Não me empolgou como outros títulos dele. Minha sensação era de querer acabar logo a leitura e passar para o próximo livro da minha fila de leitura.

Para completar, acabei de ver o filme e, como esperado, tem final e detalhes diferentes.

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por