[Resenha] Sem Esperança - Colleen Hoover | Minha Vida Literária
20

fev
2015

[Resenha] Sem Esperança – Colleen Hoover

Sem esperança

Título: Sem Esperança
Autor: Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Número de Páginas: 320
Data de Publicação: 2015
Skoob: Adicione
Orelha de Livro: Adicione
Compare e Compre: Amazon ♦ Cultura ♦ Saraiva ♦ Submarino

Assombrado pela culpa e pelo remorso por não conseguir salvar Hope nem Less, Holder desenvolveu uma personalidade agressiva. Mas, quando finalmente se depara com Hope depois de tantos anos, não poderia imaginar que o sofrimento seria ainda maior após o reencontro. Em Sem esperança, Holder revela como os acontecimentos da infância de Hope, que agora se chama Sky, afetaram sua vida e sua família, fazendo-o buscar a própria redenção na possibilidade de salvá-la. Mas é apenas amando Sky que ele finalmente será capaz de começar a se reconciliar com si mesmo.

Sem Esperança2

Desde que fui arrebatada por Um Caso Perdido, estava ansiosa pela continuação, Sem Esperança. Dessa vez, contudo, embora eu tenha devorado a leitura, o impacto das emoções em mim foi consideravelmente menor.

É inegável a intensidade que Colleen Hoover deposita em sua escrita, sendo essa, para mim, sua maior característica, encontrada em todos os seus livros que até então já li. Em primeira pessoa, dessa vez temos a visão de Holder dos fatos, que narra a história tanto através dos acontecimentos presentes quanto por meio de cartas a sua irmã falecida, Less. Em termos de desenvolvimento do enredo, a única novidade que temos é a perspectiva de Holder, uma vez que já conhecemos os acontecimentos que envolvem tanto ele quanto Sky, apresentados em Um Caso Perdido. Provavelmente por isso não fui arrebatada pela leitura: no primeiro livro, a surpresa de algumas revelações elevou meu envolvimento exponencialmente e finalizei a leitura chocada – o que não se repetiu, considerando-se que desde o início eu já sabia de todos os desenrolares.

 

“Sky aproxima-se voluntariamente e sentir a sua vontade de me abraçar é a melhor sensação que tive no ano inteiro. Tudo que fez foi retribuir meu abraço, mas mal sabe ela que acabou de injetar um monte de vida de volta em mim.”

página 142

 

Ainda assim, achei incrível imergir novamente na história, no relacionamento tão intenso e próximo entre Sky e Holder, de forma a relembrar o quanto esse romance me conquistou da primeira vez. Porém, mais do que envolvida pelo romance, achei incrível poder mergulhar, de fato, nas emoções de Holder e no quanto a perda de Less foi devastadora para ele e sua família.

Sem Esperança1

A culpa e o sofrimento de Holder são palpáveis e apenas se intensificam no desenvolvimento dos fatos, após encontrar Sky. Dessa vez, ao invés de enigmático e temperamental, o protagonista demonstra o quão justificáveis são suas atitudes, consequências diretas de suas extremas emoções. Foi impossível não me encantar ainda mais com ele.

 

“Nunca tinha olhado para frente antes. Só olhava para trás. Penso demais no passado e penso no que deveria ter feito e em tudo o que fiz de errado e nunca olhei para frente na vida, nenhuma vez. Ficar com ela me fazia pensar no amanhã e no dia depois de amanhã e no dia seguinte e no ano seguinte e na eternidade. Preciso disso agora, pois se eu não abraçá-la de novo… vou terminar olhando para trás mais uma vez, deixando o passado me engolir completamente.”

página 215

 

Embora o desenvolvimento do enredo não tenha me surpreendido por não apresentar fatos novos, e sim explorar situações antes impossíveis de serem apresentadas pela simples diferença em quem narra cada uma das versões, Colleen Hoover conseguiu me surpreender nos capítulos finais trazendo uma novidade que não apenas foi uma grata surpresa quanto me agradou imensamente por responder, não necessariamente a uma pergunta, mas a um anseio que eu tinha sobre a história, especificamente sobre a família de Holder – uma maneira mais do que positiva da autora ter concluído a obra.

Mais uma vez Colleen Hoover deixou nítida sua capacidade de envolver o leitor com suas palavras e, principalmente, de, através delas, expor com tanta sensibilidade e intensidade as emoções de seus personagens. Suas obras são completamente sentimentais e encantadoras exatamente por isso.

Sem Esperança3





Deixe o seu comentário

50 Respostas para "[Resenha] Sem Esperança – Colleen Hoover"

Camila Libanori - 20, fevereiro 2015 às (11:30)

Quero muito ler Sem Esperança, já dei algumas namoradas no livro mas ainda não comprei. Acho que é natural que esse livro não seja tão arrebatador quanto o anterior, por sabermos os desfechos dessa história. Mas deve ser interessante ver a forma como o Holder encara as situações. Uma coisa que eu mudaria nesse livro é a capa, não gostei!
Beijos

Responder

emanoelle souza - 20, fevereiro 2015 às (13:01)

nunca tinha lido nada de Colleen Hoover mas achei a resenha bem interessante! Agora deu vontade de ler, é uma triologia certo?

Responder

Aione Simões 21 fev 2015

Oi Emanoelle!
São três livros sim, mas o terceiro é em formato de eBook, bem curtinho, e é sobre o melhor amigo do Holder, não sobre o Holder e a Sky em si!
Beijão!

Responder

Juliana Frygoudakis - 20, fevereiro 2015 às (17:03)

Oii Mi!
Estou louca para ler Um Caso Perdido.. Já ouvi falar muito bem! Assim que eu encerrar a saga do tigre começarei a ler!
Porém, não sei se terei paciência para ler Sem Esperança, pois eu acho super sem graça quando é a mesma história apenas contada pelo ponto de vista de outra pessoa.. Para mim, perde a graça, pois nós já sabemos de tudo o que acontece na história. É como ver um filme e depois ler o livro.. acaba com todas as surpresas!
Ainda bem que no final você foi surpreendida.. talvez eu leia apenas os capítulos finais rs
Adorei a resenha!

Beijos =)

Responder

Maria Alves - 21, fevereiro 2015 às (14:28)

Ainda não li o primeiro, mas quero ler, esses livros estão sendo bem comentados e gosto muito livros que são narrados pelos homens. Fiquei curiosa com essa surpresa no final, mas já vi que só lendo pra saber srrsrs.

Responder

Rudynalva - 22, fevereiro 2015 às (00:14)

Ai Aione!
Quando lemos uma série em que o livro anterior é bom demais, vamos com a expectativa bem alta para o seguinte e geralmente elas não são atingidas. Agora encaro todos os livros sem grande expectativa, assim posso me surpreender.
A série parece fabulosa!
cheirinhos
Rudy

Responder

Cristiane Oliveira - 23, fevereiro 2015 às (14:49)

Oi Aione. Ainda não nada da autora, mas todo mundo adora, pelo que vejo por aí. A história parece ser muito emocionante, espero ter a oportunidade de conhecer em breve.
Beijos

Responder

Vanessa Riper - 26, fevereiro 2015 às (20:12)

Oi Aione!
O livro Um Caso Perdido também mexeu muito comigo e me surpreendeu muito! Eu esperava uma continuação em Sem Esperança. Na minha opinião está ficando cansativo livros com o ponto de vista do outro protagonista, fica repetitivo e muitas vezes não tem surpresa como nesse caso. Mas mesmo assim quero ler pra saber o que vou achar, sempre acabo lendo! rsrs! Beijos! 😉

Responder

Karolyne Oliveira - 26, fevereiro 2015 às (20:16)

Não consigo falar sobre Holder sem *suspiros*
Eu amo Hopeless e quando soube que viria a versão dele, endoidei, apesar de ter certo medo de livros pela versão de outras personagens. Apesar de não ter nenha surpresa, ler a história pelos olhos dele acho que pode ser tão doloroso qnt pelos da Sky. Ele perdeu a irmã e a melhor amiga… O qnt isso pode mexer com a cabeça de alguém?! Só posso dizer que fico ainda mais ansiosa pra saber dessa novidade no final. Colleen não decepciona, tenho certeza que vou amar. 🙂

Responder

Letícia Rodrigues - 26, fevereiro 2015 às (20:24)

Nossa, adorei a resenha, agora quero mais ainda ler esse livro. Já li Um Caso Perdido, quero muito ler a historia pelos olhos do Holder.

😉

Responder

leciteresinharodrigues - 26, fevereiro 2015 às (21:03)

SEM ESPERANÇA, gostaria de ler a historia de Holder , porque ele se sente culpad p/ morte de Hope e Less, queria saber como morreram, e queria saber como o seu relacionamento com Sky vai dar certo. livro intrigante, amaria ler.

Responder

Erika - 26, fevereiro 2015 às (21:06)

Amei o primeiro livro e mal vejo a hora de ler a versão do Holder esse cara é demais. Amei a resenha!

Responder

Vállery - 26, fevereiro 2015 às (21:23)

Participando! Louca por essa continuação

Responder

Bruno Rossi - 26, fevereiro 2015 às (22:04)

Eu estou sinceramente muito ansioso para começar a ler Losing Hope! Amei Hopeless, e tenho certeza que vou amar a continuação!

Responder

ELIZABETH MACHADO SALLES - 27, fevereiro 2015 às (08:24)

Gostei de saber que a história continua emocionante como o primeiro livro. Estava doida pra saber como seria e agora estou mais tranquila. Sei que não vou me arrepender ao ler. Espero conseguir este livro logo. Pois sua resenha me encantou.
Beijos.

Responder

Bruna - 27, fevereiro 2015 às (08:50)

Livro mais esperado do ano por mim ❤️❤️❤️

Responder

Bruna - 27, fevereiro 2015 às (08:58)

Estou torcendo para que não me desaponte com a leitura. Estou com tanta expectativa. Fiquei mais tranquilo por saber que você gostou, afinal acho que Tb vou amar assim como o primeiro. Só fiquei com uma dúvida, o terceiro livro será lançado no Brasil, ou só pela internet mesmo?

Responder

Ana Paula Barreto - 27, fevereiro 2015 às (09:56)

Eu gosto demais do estilo da autora. E, sinceramente, acho que a falta de “inovação” no enredo não deve tirar o brilho da proposta.
Essa imersão na mente e nos sentimentos dos personagens é algo complicado de se fazer, e Collen consegue brilhantemente. A complexidade na construção de ambos, cada um em seu livro, parece o ponto forte da história.
Além disso, confesso que fiquei animada com essa “surpresa” do final do livro. Estou curiosa!!
bjs

Responder

Ana Paula Fermiano - 27, fevereiro 2015 às (10:20)

Olá!! Sempre fiquei curiosa para ler os livros da Colleen Hoover, porém não gosto de começar uma trilogia sem saber quando os outros livros vão ser lançados, haha. Tua resenha me deixou extremamente curiosa para começar a ler. Pela resenha, a escrita me lembrou um pouco belo desastre e desastre iminente, já que é a mesma história só que de diferentes pontos de vista. Porém, um caso perdido e sem esperança, parecem muito mais profundos e interresantes.
Beijos (=

Responder

Milena Soares - 27, fevereiro 2015 às (10:44)

Gostei muito do primeiro livro Um Caso Perdido e estou bastante interessada em ler essa continuação e conferi essa história pelo ponto de vista de Holder.

Responder

Cristiane Dornelas - 27, fevereiro 2015 às (12:50)

Acho legal quando um livro ganha uma perspectiva diferente, mas….é desnecessário na maioria dos casos. Fazer a mesma trama e só mudar o pov, sem muita coisa a mais às vezes fica chato. Só que depende. Se você amou a história vai curtir um novo olhar da coisa toda, mas acho que essa autora peca fazendo isso. Os livros que param na primeira é que são bons. Já li um dela que seria perfeito se parasse no livro 1, mas ela insiste em encher linguiça e acho que fez outro pra continuar o que não precisava.

Esse não sei, talvez tenha complementado o anterior e de toda forma, enchendo linguiça .ou não eu acabo lendo Mas como é dela e a mulher sabe encantar na escrita, deve ser bom e quero ler logo.

Responder

Jeziely de Souza - 27, fevereiro 2015 às (14:02)

Ansiosa pela leitura, curiosiiimaaa! Amei, amei de paixão Um caso perdido, linda, linda estória, louca pra ver na visão do Holder, porque né, a Maravilhosa, Diva Soberana Colleen Hoover arrasa demaisssss!!!!!

Responder

Viviane Gonçalves - 27, fevereiro 2015 às (16:18)

Costumo dizer que a Colleen Hoover é o demônio da escrita! Todos os livros dela são apaixonantes. Ela consegue nos envolver na trama e nos fazer suspirar. Ainda não li esse livro mas está na minha lista de leituras futuras. Um caso perdido foi uma das minhas leituras favoritas de 2014, achei Holder apaixonante e a Sky era forte da forma que gosto. Ambos sobreviventes e guerreiros.

Parabéns pela resenha!
Beijos!

Viviane Gonçalves
vsg_caue@hotmail.com

Responder

Luana souza - 28, fevereiro 2015 às (13:07)

Oii,
Concordo com você, os livro da Collen sempre são intensos e emocionantes.
Não li Um caso perdido mas quero muito ler e ambos estão na minha meta de leitura pra esse ano. E todas as resenhas que li sempre falam bem da estória e eu sei que preciso ler logo!
É sempre bom saber que ela acrescentou algumas coisas .

Responder

Rafaela - 28, fevereiro 2015 às (15:12)

Eu amei Um Caso Perdido, e ele também mexeu bastante comigo. Mas já achava que esse seria diferente justamente por já saber o que aconteceu, e não ser mais uma surpresa. Mas mesmo assim quero muito ler esse livro porque adoro a Colleen Hoover. E fiquei morrendo de curiosidade de saber qual é essa novidade do final *u*
Beijos!

Responder

Talita - 28, fevereiro 2015 às (18:06)

Eu estou completamente doida pra ler o livro, só estou na dúvida se leio este ou o Um Caso Perdido primeiro, já que a história é a mesma.Vou me deixar surpreender pela Colleen! A história do Holder me pareceu muito interessante, principalmente pelo fato dele ter tido tanto sofrimento, quero saber o que realmente ele sentiu! Beijos! 🙂

Responder

Iêda Cavalcante - 01, março 2015 às (00:18)

Oiee!
Um Caso Perdido arrebatou muito gente né, foi um livro incrível e cheio de emoções.
Eu não sabia que ia ter outro livro, agora com a visão do Holder, pra mim foi uma grande surpresa.
Realmente o fato de já sabermos da história, e dos acontecimentos tende a fazer com que o livro não seja tão bom quanto o outro, porque não temos mais as surpresas que aconteceram no livro anterior, mas acho legal olharmos tudo de outra forma.
E saber que a autora explorou a morte de Less e nos mostrar a culpa que Holder carrega e também o quanto isso trouxe sofrimento pra a família me deixou curiosa.
Sei que vou gostar, se mais ou menos do que o anterior, só depois que ler vou poder responder.
Bjokas!

Responder

Francisca Elizabete - 02, março 2015 às (11:33)

O que realmente aconteceu que traumatizou Holder? Estes acontecimentos aconteceram quando ele ainda era criança? Parece ser uma estória linda de amor, perdão e aprendizado!!

beti_bezerra@hotmail.com

Responder

Suelen Mendes - 02, março 2015 às (11:38)

Eu amei Um caso perdido! Estou bem ansiosa pela leitura de Sem esperança.
Espero não me decepcionar, pois estou com as expectativas lá em cima.
Bjs

Responder

Cristiane de oliveira - 02, março 2015 às (12:56)

Um caso Perdido foi o livro que mais amei no ano passado, não sei me fez lembrar de muitas coisas boas apesar do livro não ser só felicidades adolescentes… quero ler e saber as impressões do Holder de toda maravilha que li, não vai ter as surpresas mas acho que vou gostar muito.

Responder

Paula C. - 02, março 2015 às (14:13)

Olá Aione,
Gostei da sua resenha, apesar de vc não ter falado muito sobre o livro e sim do fato de compará-lo com as outras que antecedem esse livro, o que eu posso dizer? Bom, preciso ler para entender, confesso que fiquei realmente perdida pra saber quem é Sky e Less.. (me passou até a possibilidade de ser animais de estimação, rsrs) Bom, espero ter a oportunidade de lê-los, pois me parece ser uma série.

Responder

Aione Simões 02 mar 2015

Oi Paula!
Exatamente pelo livro ser uma continuação, não entrei em detalhes, até porque essa não é uma continuação, mas sim outra versão do primeiro livro – dessa vez, contada pelo Holder. Não há como explicar algo sem contar spoilers do primeiro, até porque a visão do Holder dos fatos é muito mais abrangente do que a da própria Sky e, se eu falasse algo, estragaria surpresas do primeiro livro.
Mas, se puder, leia ambos, indico muito a leitura!
Beijos

Responder

Késia Rita - 02, março 2015 às (14:31)

Devo confessar que quando comprei um caso perdido não dava nada pelo livro (eu não sabia do que se trava e nunca tinha escutado falar dele ) comprei mesmo por causa da capa ( ah a capa não é tão feia assim ) mas quando comecei a ler, simplesmente não consegui mais parar e me surpreendi com a história. Um Caso perdido é até o momento meu livro favorito de todos que já li e to morrendo de curiosidade pra ler Sem Esperanças, tenho certeza que a Colleen Hoover não vai me decepcionar.

Responder

Ana Cristina - 03, março 2015 às (08:28)

Adorei a resenha, estou super ansiosa para ler Sem esperança, e depois de ler a resenha to mais ansiosa ainda rsrs
bjos :*

Responder

Kelly - 03, março 2015 às (20:04)

Tava ansiosa por esse lançamento. Sou completamente apaixonada pela escrita da Colleen.
Espero que a Galera Record traga Maybe Someday e Ugly Love em breve!!

Responder

Valéria Martins Bonfuoco - 03, março 2015 às (20:59)

Logo que nas primeiras paginas, já me apaixonei por Um Caso Perdido, é uma história magnifica, difícil em algumas horas, mas muito engraça e cativante. Não vejo a hora de ler Sem Esperança, já quem narra agora é o Holder, e também para saber como foi que ele encaro a culpa tanto com Less quanto com Hope. Vou me emocionar muito com esse livro, como em Um Caso Perdido, espero muito poder ganhar.

Responder

Nathy Alcantara - 04, março 2015 às (06:28)

OI
Já vi varias blogueiras falando a respeito desses livros e tenho muita curiosidade de ler… Em breve lerei, afinal, você com suas resenhas faz qualquer um querer ler 🙂
beijo :3

Responder

Letícia Valle - 04, março 2015 às (23:08)

Oi, Mi! Acho que essa é a primeira vez que visito seu blog, e menina, é maravilhoso! Estou louca para ler Sem Esperança, pois adoro livros narrados por garotos e, principalmente, revisitar uma história que já conheço lendo pela visão deles. Holder foi um dos mocinhos mais encantadores que tive o prazer de conhecer no ano passado. Um Caso Perdido é uma das leituras mais surpreendentes, em todos os sentidos. Também fiquei chocada com o que descobri. Beijos!

Responder

Viviane Gonçalves - 05, março 2015 às (10:10)

Costumo dizer que a Colleen Hoover é o demônio da escrita! É impossível não se apaixonar pelos livros dela. Sempre que vejo um lançamento corro para economizar para comprar os livros pois sei que todos os seus livros acabam se tornando meus favoritos de todos os tempos.
Um Caso Perdido foi um dos melhores livros dela e estou louca para conhecer o ponto de vista do Holder, afinal de contas é impossível não se apaixonar por ele. Gosto de livros que abordam o suicídio de parentes, pois tenho duas amigas que passaram por isso na vida real e sempre acabo aprendendo alguma lição para poder ajudá-las a seguir em frente mesmo com o coração estilhaçado com a perda do ente querido e suas decisões de dar um fim em suas vidas.
Também imagino que ter a visão de Holder sobre os acontecimentos é tão doloroso quando a visão de Sky, então só me resta economizar novamente para completar a minha coleção da diva Colleen Hoover.

Parabéns pela resenha e pelo blog! Amo esse cantinho!
Beijos!

Viviane Gonçalves
vsg_caue@hotmail.com

Responder

Lorene Fonseca - 05, março 2015 às (23:21)

Eu achei que esse livro fosse continuação do primeiro, e não apenas a mesma história contada pelo outro lado kkk Tenho o primeiro e estou super curiosa pra lê-lo… Ouço falar muito bem de Um Caso Perdido e da escrita da Collen, que soube escrever um livro tão envolvente… Geralmente gosto de ler os dois lados da história, então tbm estou curiosa pra ler esse…
Kisses =*

Responder

katia moura - 06, março 2015 às (22:33)

Esse Livro me despertou curiosidade desde da capa ( por causa do bonitão , pronto eu juro gente eu parei kkk ) . Adoro romances , e principalmente quando o personagem é solitário e precisa de um amor para tentar reerguer suas forças . Achei bastante interessante o livro e também adorei a resenha .

Responder

Amanda Vieira de Oliveira - 06, março 2015 às (22:34)

Não tive a oportunidade de conhecer ‘Um caso perdido” mas sempre gostei da história, das resenhas, por ser um livro impactante, através de aflições que os personagens vivem e transmitem para nós, é mto bom quando vc se alegra ou chora pelo personagem, e nesse livro tudo mostra que vamos passar por grandes desafios juntos com Holder. Enfim, com certeza irei ler 😉

Responder

Pamela M. - 07, março 2015 às (12:21)

Eu gostei muito de Um Caso Perdido, e até queria ler Sem Esperança, mas achava que ia ser mais do mesmo, exatamente por já saber o que aconteceria, e já não seria uma surpresa. Mas mesmo não tendo surpresas nesse livro, acho que vale a pena ler ele, ainda mais sabendo que a autora surpreendeu no final.
Bjss.

Responder

Thiago A. - 07, março 2015 às (15:16)

Parece ser um bom livro, embora não tenha me chamado atenção, o pessoal fala que é muito bom, mas só conferindo mesmo. Parabéns pela resenha.

Responder

Samantha - 07, março 2015 às (18:26)

Não li o primeiro livro, mas tenho uma amiga que leu e é apaixonada vive falando dele, depois de ler a resenha me deu vontade de ler, pois pelos seus comentários parece ser emocionante, diferente da maioria dos livros onde os protagonistas masculinos são fortes, esse me parece mais interessante por ser o contrario. E seu comentário sobre o final do livro me deixou mais curiosa. Só espero não chorar qndo lê-lo uma vez que sempre leio no ônibus! Beijos.

Responder

Mirian - 07, março 2015 às (18:41)

Olá Aione!
A expectativa por esse livro foi grande não é mesmo? Estava aguardando ansiosamente pelo lançamento e fico triste em saber que o livro não te agradou, é muito chato quando o autor não consegue despertar os mesmos sentimentos no segundo livro como no primeiro.
Beijos

Responder

Ana Caroline Fonseca - 11, março 2015 às (12:40)

Me apaixonei por Um caso perdido, quero ler esse livro por causa do lindo do Holder, também acho o cara da capa mais velho , ele podia ser mais novo por estar no ensino médio. Gostaria de ver o que se passou quando ele encontrou a Sky. Enfim, tenho que ler porque a Colleen é diva <3

Responder

ane silvia - 12, março 2015 às (13:59)

Oi!
Adoro a escrita da Colleen Hoover gostei muito do Um caso perdido e espero ler este em breve posso até dizer que ando ate ansiosa para lê lo e saber um pouco sobre a visão do Holder mas começo a tentar acalmar um pouco esta ansiedade para não ficar decepcionada vai que não é bem como penso ser o livro.
beijos

Responder

Sueli Cobbos - 12, março 2015 às (17:23)

Não li o primeiro, então desconheço o enredo, mas pelo que li em sua resenha neste segundo livro são contados fatos que complementam o primeiro, diferindo apenas quem narra em cada livro. Seria bom ler os dois para poder comparar como Holder narra acontecimentos da infância de Hope/Sky sob seu ponto de vista. Aguardando pela oportunidade para poder ler os dois.

Responder

Regilene Dias - 15, março 2015 às (23:00)

Não li o primeiro livro, mas sempre tive vontade. Achei interessante a sequêcia, mas acredito que vou precsar ler o primeiro e só assim ler este.

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por

Blogs Brasil