[Resenha] Meia-noite na Austenlândia - Shannon Hale | Minha Vida Literária
26

fev
2015

[Resenha] Meia-noite na Austenlândia – Shannon Hale

Meia-noite na Austenlandia

Título: Meia-noite na Austenlândia
Autor: Shannon Hale
Editora: Record
Número de Páginas: 320
Data de Publicação: 2015
Skoob: Adicione
Orelha de Livro: Adicione
Compare e Compre: Amazon ♦ Cultura ♦ Saraiva

Charlotte Kinder é bem-sucedida nos negócios, mas não no amor. Tentando se reerguer após um doloroso divórcio — e ainda obrigada a ver o ex-marido se casar com a amante —, ela passa a enfrentar o mundo dos programas arranjados com homens desconhecidos. Sem esperanças, se presenteia com duas semanas na Austenlândia, uma mansão interiorana que reproduz a época de Jane Austen. Lá, todos devem se portar de acordo com os costumes da Inglaterra regencial, ou seja, homens são perfeitos cavalheiros e o espartilho é item obrigatório nos trajes de uma dama. Porém, na verdade, os homens são atores, contratados para entreter as hóspedes.
Todos em Pembrook Park devem desempenhar um papel, mas, com o passar do tempo, Charlotte não tem mais certeza de onde termina a encenação e começa a realidade. E, quando os jogos na casa se mostram um pouco assustadores, ela descobre que talvez nem mesmo o chapéu mais bonito poderá manter sua cabeça grudada ao pescoço. Ao contrário do que se poderia pensar, Pembrook Park se revela um lugar intimidante, e a experiência de Charlotte passa a ser muito diferente da descrita no pacote de férias.

Meia Noite Na Austenlândia1

Meia-noite na Austenlândia é lançamento da editora Record e segundo livro de Shannon Hale a se passar no universo da Austenlândia, embora, aqui, não apenas a protagonista seja diferente do primeiro livro como também o enredo se desenvolve de maneira bastante distinta.

A escrita de Shannon Hale atinge um humor mais elevado, a ponto de eu me pegar rindo em diversas passagens, ao mesmo tempo em que consegue manter sua característica sutil e irônica, semelhante ao tom utilizado por Austen em suas obras.

Novamente a narrativa se dá em terceira pessoa, e o grande diferencial com relação ao primeiro livro está no suspense presente nessa obra, caracterizando-a como um Mistery Lit, subgênero dos chick-lits.

 

“Lorde Bentley era um homem alto, mais alto do que deve ser confortável para a vida do dia a dia. Claro, Charlotte era uma mulher alta, mas colocá-la como par do equivalente ao Empire State Building parecia exagero.”

página 290

 

Assim, a contraposição de fantasia e realidade, dessa vez, não se dá simplesmente pelo romance a ser desenvolvido, mas principalmente pelo mistério no qual Charlotte, a protagonista, acaba por se envolver. Estaria ela vivendo aos moldes de A Abadia de Northanger, na qual sua personagem, influenciada pelos romances góticos da época, acaba por acreditar em um assassinato inexistente, ou o mundo de Austen se chocou ao de Agatha Christie e Charlotte estaria tendo sua experiência como uma jovem Miss Marple?

O interessante de todo suspense criado pela autora não está apenas no fato de convencer o leitor e tornar a obra ainda mais atrativa e envolvente, mas sim o de dar a abertura necessária para a exploração dos sentimentos da personagem, entrando em seu universo feminino e caracterizando o livro como um chick-lit.

Meia Noite Na Austenlândia2

Charlotte vai para a Austenlândia buscando esquecer as dores da traição de seu marido, culminada em um divórcio. Ao se deparar com um mistério, capaz de amedrontá-la, a personagem percebe ser muito mais fácil ocupar a mente com esse temor do que com seus próprios: o de ter falhado como esposa, o de não ser uma mãe adequada e querida pelos filhos, o de não ser inteligente o suficiente, uma vez que não conseguiu perceber uma traição desenvolvida sob seus olhos.

Não apenas o drama pessoal de Charlotte me agradou imensamente como também, dessa vez, temos uma leve abordagem nos dramas das personagens secundárias, o que, para mim, enriqueceu ainda mais a trama e fez com que todas essas figuras me conquistassem.

 

“Jane Austen criou seis heroínas, todas diferentes, e isso deu coragem a Charlotte. Não havia só um tipo de mulher. (…) Estava finalmente se sentindo em casa na Austenlândia, e pretendia se armar com essa ousadia e levá-la para casa.”

página 160

 

Não poderia deixar de citar o romance aqui desenvolvido. Shannon Hale conseguiu criar um enlace que evoluiu de maneira sutil e que culminou em um desfecho gracioso e suspirante, digno de um bom romance leve e apaixonante.

Embora Meia-noite na Austenlândia possa ser lido de maneira independente, uma vez que não é uma continuação direta do primeiro livro, recomendo a leitura prévia de Austenlândia porque alguns dos personagens estão presentes em ambos os livros e tanto a visão deles quanto do cenário se torna mais completa quando em contato com os dois volumes.

No resumo, Meia-noite na Austenlândia conseguiu superar seu antecessor por configurar em uma obra mais completa, mais ampla e mais divertida, cujo suspense presente foi um tempero mais do que bem-vindo ao enredo e que, ao invés de ofuscar seus outros sabores, intensificou o doce do romance apresentado e os agridoces conflitos internos da protagonista.

Meia Noite Na Austenlândia3





Deixe o seu comentário

43 Respostas para "[Resenha] Meia-noite na Austenlândia – Shannon Hale"

emanoelle souza - 26, fevereiro 2015 às (12:40)

eu ainda nao li o primeiro que pra falar a verdade nem sabia que tinha o segundo, mas tudo que é sobre Jane Austen me interessa, o livro parece ser bem envolvente com mistérios de tal e é chick lit coisa que eu mais adoro. obrigado pela dica

Responder

Juliana Frygoudakis - 26, fevereiro 2015 às (15:46)

Oii Aione!
Nossa, que bom que esse conseguiu superar o primeiro livro.. isso raramente acontece com continuações! Geralmente o desfecho não impressiona muito ou fica muito repetitivo!
Muito legal ter essa pegada de mistério! Adorei a resenha e quero mais ainda ler o primeiro livro agora que sei que o segundo é melhor ainda rs

Beijos!

Responder

Maria Alves - 26, fevereiro 2015 às (17:22)

Não sabia que tinha o outro livro, achei que era só esse. Gostei, porque tem um mistério no ar rsrsrsr e a historia parece ser divertida. Quando se tem mais de um livro eu gosto de ler o primeiro para ficar a par dos personagens e de suas historias. Ela viajou para esquecer os problemas e se distrair, mas na verdade os problemas vão amedrontá-la ainda mais.

Responder

Cristiane Oliveira - 27, fevereiro 2015 às (11:45)

Oi Aione. Achei muito legal esta ideia da autora de criar estes livros baseados no universo de Jane Austen. Só fico aqui imaginando como seria me hospedar em um lugar como a Austenlândia… Que bom saber que este livro é melhor que o primeiro adoro quando tem um pouco de mistérios em um chick-lit.
Beijos

Responder

Rudynalva - 28, fevereiro 2015 às (23:51)

Aione!
Livro que nos faz rir já me conquista e se é um mistery list, dá o tom do suspense e melhora ainda mais toda a narrativa e o enredo do livro.
Não conhecia este e fiquei super interessada, ando precisando rir…kkk
cheirinhos
Rudy

Responder

Carla Jeanine - 03, março 2015 às (11:26)

Oi Aione!
Acho que é a primeira vez que eu comento aqui no blog, eu acompanho muito o da Paola e a sua coluna lá é uma das minhas preferidas.
O que dizer? Tudo relacionado a Jane Austen já ganha o meu coração de cara, e esses dois livros estão na minha fila de leitura a um tempinho já, ainda mais agora que li sua resenha do segundo volume, se superou o anterior, é certeza que vou ler depressa hihihi.
Adorei o blog.
Beijos

Responder

Thaysa Apdª Garbosa V. Andrade - 06, março 2015 às (19:12)

Oii
Desde que esse livro lançou ele está na minha lista! Nem desconfiava que ele tinha um livro anterior kkk ~mais um para adicionar na lista~
Eu fiquei curiosa em ler ele especialmente pelo mistério envolvido, bom saber que é irônico e engraçado…
Adorei sua resenha, me motivou ainda mais a ler *-*

Beijos ;*
Resenhista LivreandoFacebook | e | Proseando com uma BibliophileFacebook

Responder

Ana Luiza Silvano de Barros - 06, março 2015 às (19:17)

Me interessei muito pelo enredo, e já estou louca pra ler o primeiro e esse!
Só de pensar na junção de Agatha Christie e Jane Austen me dá calafrios *——–*

Responder

Joi Cardoso - 06, março 2015 às (20:49)

Oi Aione desde o lançamento do primeiro livro da série eu me apaixonei por estas capas! Mesmo podendo ler fora da ordem, já que não fala nos mesmo personagens eu vou querer primeiramente ler o primeiro livro, mas algo me fiz que vou gostar mais desse segundo ^^ Adoro mistérios junto com romance hahaha

Beijos Joice Cardoso
http://www.estantediagonal.com.br

Responder

katia moura - 06, março 2015 às (22:19)

Ola Querida tudo bem?

Nossa estou encantadíssima para ler esses livros , eles parecem serem muito bom , coitada da moça além de ter sido traída pelo marido , o cara ainda vai casar com a amante , isso é para acabar com a estrutura de qualquer mulher do sistema normal rsrs. Esses Livros tem tudo para ser um dos meus preferidos , a linguagem deles me impressionou bastante ,a capa do livro me deixou arrepiada , adoro capas daquelas formas ,além de também essa editora ser uma das minhas preferidas , e quando falo que esse livro vai ser o top dos livros desse ano ,eu não falo eu afirmo rs . Bom também adorei sua resenha ela esta muito bem elaborada com acertos bem óbvios e também além de esta bastante legal e muito ,muito criativa . Querida parabéns Pela resenha ,adorei demais ela .

Responder

Amanda Vieira de Oliveira - 06, março 2015 às (22:22)

Aii que lindoo, ainda não li, mas ja estou super ansiosa, amo os romances de Jane Austen, sou super fã da autora, dos livros, das obras que são inspiradas nela, todo o livro de romance de época eu sempre imagino que estou lendo os livros dela. *-* Amei a resenha, parecer ser muuito encantadora, espero ler em breve! 😉

Responder

Ana I. J. Mercury - 06, março 2015 às (22:27)

Sooooou louca pela Jane e pela Agatha, são duas das minhas favoritas!!!!!
Nunca li nada da Shannon, mas quero muito ler os dois da Austenlandia e também aquele (acho que é) Academia de Princesas.
Mas estou muito mais ansiosa e curiosa por esses baseados na Jane, porque Jane Austen é muitoooooo amooooor!!!
bjoooos

Responder

Patricia Gomes - 06, março 2015 às (23:06)

Quando li o primeiro livro, confesso que achei meio bobinho. Acho que é porque romance não é definitivamente meu gênero favorito. Bom saber que o mistério agora também resolveu aparecer! (Primeira vez que ouço falar de Mystery Lit, achei o máximo).
Os temas abordados também parecem ser mais complexos (traição, sentimento de não ser admirada pelos filhos e falta de percepção) do que o primeiro livro. Também acredito que vou gostar mais desse do que do primeiro. Com certeza irá para minha lista de futuras leituras.

Responder

Bruna Costenaro - 07, março 2015 às (02:14)

Achei muito criativa a ideia do livro! E acho que deveriam haver no Brasil lugares assim onde podemos passar um tempo no passado, mas sem atores =P pois já tenho meu namorado hahaha.
Fiquei muito interessada em ler pq embora nem curta os chick-lit descobri que qd se trata de Mistery Lit eu gosto…que o diga O Mistério do Chocolate que eu adorei!

Miquilis

Responder

Thais de Matos - 07, março 2015 às (09:35)

Olá, ainda não li nenhum livro dessa série, mas estou ansiosa depois da resenha sobre esse livro, pois o primeiro eu fiquei um pouco decepcionada com a adaptação que fizeram no cinema. Acho que minha expectativa estava muito alta, por isso me decepcionou, mas agora que você resenhou sobre o segundo volume acho que vou tentar ler, afinal eu amo Jane Austen e sempre é bom ver as adaptações das histórias dela ou as simples ideia de pegar um pouco do mundo que ela nos apresentou..
Beijos

Responder

Fernanda S Lima - 07, março 2015 às (17:05)

Oi Mi,

Gostei muito da sua resenha, eu não tinha nem ouvido falar do primeiro livro. Já li dois livros da Jane Austen, e apesar de não ter virado super fã, achei as historias bem interessantes. E esse tipos de “paródia” da história da autora me chamam a atenção.

Bjs

Responder

Mirian - 07, março 2015 às (18:23)

Olá Aione!
Estou louca para ler esse livro, estou namorando ele na saraiva faz um tempinho, e fiquei ainda mais feliz agora que descobri que tem continuação!Adorei a resenha, me deu mais vontade ainda de lê-lo
Beijos

Responder

Mirian - 07, março 2015 às (18:28)

Olá Aione!
Estou louca para ler esse livro, estou namorando ele na saraiva faz um tempinho, e fiquei ainda mais feliz agora que descobri que tem continuação!Adorei a resenha, me deu mais vontade ainda de lê-lo, principalmente por se tratar de uma superação de traição e divórcio, acho uma das fases mais difíceis da vida superar algo tão traumático e por você ter citado que riu em várias partes acho que a autora trabalhou bem para que não ficasse muito massante e dramático.
Beijos

Responder

Francisca Elizabete - 07, março 2015 às (18:55)

Esta estadia de Charlotte vai melhorar sua vida ou piorar ainda mais!! Duas semanas acompanhada por hóspedes que na verdade são atores contratados pela mansão, acho que isto vai mexer um pouco com ela, uma distração e tanto. Mas será que no final tudo acaba bem??

beti_bezerra@hotmail.com

Responder

Priscila Soares - 08, março 2015 às (00:35)

Olá! Já tinha visto esse livro, mas o nome não tinha me interessado muito, nem sabia do que se tratava. A sua resenha abriu meus olhos, parece ser um livro muito bom! Não tinha ideia de que havia um livro anterior, mas adoro quando um autor consegue ir se superando a cada livro, sem tornar a sequencia muito repetitiva, mantendo o leitor sempre animado.

Responder

Diane Ramos - 08, março 2015 às (16:49)

Olá !
Já li Austelândia , e agora quero muito ler “Meia noite em Austelândia” , embora sempre dizem que não é necessário que se leia nessa ordem , eu acho importante pois , assim nós temos uma “intimidade” maior com os personagens .
Como fã de Jane Austen , acho importe ler livros cujos autores mesclam um pouco das histórias de Jane com coisas atuais.

Responder

Pâmela Nunes - 09, março 2015 às (10:39)

Acabei me apaixonando pelo gênero chick-lit ao ler Carina Rissi (Perdida e Encontrada) e depois disso venho tentando encontrar livros com um que de passado histórico. É muito interessante como a literatura feminina pode ampliar nossos conhecimentos sobre costumes e culturas de épocas atrás costurando no enredo romance, curiosidades históricas e mistério. Ao ler a resenha, senti que este livro de Hale pode conter todos esses itens que venho buscando em uma única narrativa.

Obrigada pela dica!

Responder

Jullyane Prado - 09, março 2015 às (11:44)

Oie flor! Ainda não li nenhuma obra de Shannon Hale! mas fiquei curiosa, achei bacana o fato dlivro ser um mistery lit, misturando mistério e ao mesmo tempo uma leveza engraçada. Fiquei super empolgada pra ler pelo fato de amar a Jane Austen! rsrsrs A capa do livro é linda e o bom disso tudo é que retoma a época do cavalheirismo e dos espartilhos ( ô época que eu amo de paixão)!!!!!! QUero muito ler!!! Beijos!

Responder

Samantha - 09, março 2015 às (12:52)

Ainda não li Austenlândia, sinceramente não sei porque ainda não comprei o livro, uma vez que amo Jane Austin e esse livro pelo que leio me lembra um pouco uma série da BBC Lost in Austin. Como vc falou, acho melhor ler o “1” primeiro para melhor entender esse, mas mistura com Miss Marple, me fez querer mto ler esse, amo as histórias dela, acho que leria esse livro mesmo que ele não tivesse romance nenhum. Bem já que meu niver esta chegando já sei o que vou pedir de presente.
Ps. Vamos ser sinceras as duas capas são mto lindas, ficariam perfeitas em capa dura #sonho

Responder

Lorene Fonseca - 09, março 2015 às (23:55)

Não conhecia ainda nem esse nem o primeiro livro, mas achei interessante essa mistura de mistério com um desfecho digno de um romance apaixonante… Não li nada da Jane Austen também, mas saber que o livro se passa em uma casa que reproduz os costumes da época já me prende… Fiquei curiosa pra saber como acontece esse desenrolar…
Kisses =*

Responder

Willian - 11, março 2015 às (22:13)

Resenha bem elaborada, abordando o conteúdo de forma inteligente, despertando o interesse dos leitores

Responder

ane silvia - 12, março 2015 às (13:49)

Olá!
Nossa eu estava paquerando este livro ontem no site da Saraiva só não o pedi pois o meu $ estava pouco rsrs.Mas com toda certeza da próxima vez ou traze lo para casa depois desta resenha,mas fiquei surpresa ao saber do outro ‘anterior’ eita laiá mais um para a proxima compra.
beijo

Responder

Beatriz - 12, março 2015 às (19:21)

Eu não li o primeiro livro, entretanto fiquei muito interessada em ler não só o primeiro como este também. Bom, só por ter relação com Jane Austen eu já considero a obra digna de ser lida 🙂
Mas com certeza a história de vida que faz com que a personagem viaje me interessou muito, porque de certa forma me lembrou o livro Comer, rezar e amar. Sei que no mais a obra pode não ter nenhuma semelhança, mas isso de certa forma me despertou o interesse. Além disso, uma dose de suspense sempre torna um livro mais interessante.
Por fim, sua opinião positiva da obra já me deixou super curiosa, pois, em geral, me identifico com seu gosto literário.

Responder

Sueli Cobbos - 15, março 2015 às (15:47)

Sou fã dos livros de Jane Austen e saber que Shannon Hale escreveu seus livros baseados no universo da Austenlandia me encanta. Gostaria de poder viver pelo menos um dia no clima do século 19. Gostei de ler sua resenha e saber que o livro traz romance, mistério e comédia faz com que ele se torne um desejado.

Responder

Rafaela Fernanda Souza - 16, março 2015 às (10:15)

Adoro A Abadia de Northanger e não tinha me ligado que Meia noite na Austenlandia tinha um clima parecido com o livro da Jane.
Em Meia noite gostei que a protagonista ja passou por casamento, foi enganada não é uma mocinha inocente, e de ter humor e mistério amo Agatha Christie mas acho legal que o mistério seja só um tempero no livro e não o foco principal.

Responder

Ana Caroline Fonseca - 16, março 2015 às (12:05)

Eu só assisti o filme Austenlandia e ameii, não li o livro ainda, mas tenho certeza que irei gostar. Nem sabia que iriam lançar esse livro, mas amei a ideia de refazerem um romance clássico nos dias de hoje, se conseguiu superar o anterior quero ler mais ainda.

Beijos

Responder

Lucilene de Jesus Basto - 16, março 2015 às (13:28)

Eu li o primeiro livro dela e amei a escrita, foi muito divertido, se esse livro é melhor que o primeiro, tenho que ler, as capas são lindas. Amei os livro se basearem nas obras da Jane Austen.

Beijos

Responder

Suelen Mendes - 16, março 2015 às (17:03)

Nunca tinha visto nada sobre esses livros, mas as capas são lindas e me interessaram bastante só por esse motivo.
A história me pareceu interessante e pretendo dar uma conferida.
Bjs

Responder

Nita Santos - 16, março 2015 às (22:59)

Ola, nossa não li nenhum dos livros mais parece ser mto boons, amoo livro com suspense misturado com um toque de romance, a historia de Charllote deve ser bem envolvente o fato de acontecer justo bem na hra que ela precisava, foi tudo mto bom pra ela poder esquecer um pouco do sofrimento. fiquei bem curiosa pelo o desenvolver dessa historia, ja quero mtoo ler eles.. bjos

Responder

Evelise Ciriaco - 17, março 2015 às (10:41)

Oi Aione!
Eu li o primeiro livro e gostei bastante da história e da mistura de realidade ficção que a autora conseguiu criar. Quando li a sinopse desse segundo estranhei essa ponta de suspense, mas fiquei feliz por saber que isso só melhorou o enredo!
Bjs

Responder

Paula C. - 17, março 2015 às (11:41)

Achei bem interessante essa história, até porque eu não conhecia o livro 1, então estou meio que “voando” na resenha, mas logo vi que se trata de um romance até divertido. Ainda não li os livros da Austen, então espero ler tanto os delas quanto esses. Adorei o termo Austenlândia! ^^

Responder

Mary - 17, março 2015 às (14:46)

Estou tendo meus primeiros contatos com Jane Austem agora que estou lendo Razão e Sensibilidade, mas por indicação assisti o filme do primeiro livro Austerlandia e gostei bastante, agora eu estou curiosíssima para ler esses dois livros. Ao que parece Meia noite na austerlandia vai ter uma pitada de mistério, estou louca para conferir.
Bjs

Responder

Heloisa - 17, março 2015 às (15:06)

Adorei!

Responder

Mabel - 17, março 2015 às (15:58)

Oi, então, eu adoro Jane austen primeiramente por um indicação de uma pessoa muito querida , que me cativo desde o principio, e as capas desses livros são simples e tão lindas, que me deixa morta de curiosidade.
Realmente esse livro me chamou a atenção mas odeio ver sinopses e quero me surpreender com o conteudo do livro. Dei uma lida por cima e já estou me mordendo aqui, ansiosíssima.
espero pela oportunidade, BeJu

Responder

Suelane Pereira - 17, março 2015 às (16:06)

Ainda não li nenhum livro e até o presente momento até o desconhecia por nunca ter me chamado a atenção, mas sinceramente depois que li sua resenha fiquei super empolgada de ler os dois livros.

Responder

Drielle Giovana - 19, março 2015 às (17:54)

Olá, nunca tinha ouvido falar desse livro, mas o nome chamou atenção e de início não relacionei com “Jane Austen” de fato, sim sou muito lerda. Uma dúvida com relação a resenha, ela vai para esse hotel estilo Inglaterra Regencial e ai começa a ter assassinatos e ela tenta escapar? Desculpe, é que eu só fiquei sabendo desse livro agora kkkkk
Enfim, adorei a sinopse, a capa e a sua resenha e estou ansiosa pra ler, espero ganhar! Beijos.

Responder

Fernanda Luz - 20, março 2015 às (18:46)

Só pelo fato de eu adorar Jane Austen eu tenho interesse em ler esse livro, acho a capa linda também

Responder

Érika Rufo - 21, março 2015 às (18:49)

Adorei! Ainda não li o primeiro, mas ele está na minha lista de desejados pois adoro as histórias da Austen e estava muito curiosa pra ler esse livro. Agora sabendo do segundo minha vontade aumentou ainda mais, essa mistura de Austen com Christie deve ser deliciosa de ler.
Amei a dica e com certeza vou ler os dois!!!

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por

Blogs Brasil