[Resenha] O Guardião - Nicholas Sparks | Minha Vida Literária
05

mar
2015

[Resenha] O Guardião – Nicholas Sparks

O Guardião

Título: O Guardião
Autor: Nicholas Sparks
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 344
Data de Publicação: 2013
Skoob: Adicione
Orelha de Livro: Adicione
Compare e Compre: Amazon ♦ Americanas ♦ Cultura ♦ Saraiva ♦ Submarino

Quarenta dias após a morte de seu marido, Julie Barenson recebe uma encomenda deixada por ele. Dentro da caixa, encontra um filhote de cachorro dinamarquês e um bilhete no qual Jim promete que sempre cuidará dela.
Quatro anos mais tarde, Julie já não pode depender apenas da companhia do fiel Singer, o filhotinho que se tornou um cachorro enorme e estabanado.
Depois de tanto sofrimento, ela enfim está pronta para voltar a amar, mas seus primeiros encontros não são nada promissores. Até que surge Richard Franklin, um belo e sofisticado engenheiro que a trata como rainha.
Julie está animada como havia muito tempo não sentia, mas, por alguma razão, não consegue compartilhar isso com Mike Harris, seu melhor amigo. Ele, por sua vez, é incapaz de esconder o ciúme que sente dela.
Quando percebe que o desconforto diante de Mike é causado por um sentimento mais forte que a amizade, Julie se vê dividida entre esses dois homens, ela tem que tomar uma decisão. Só que não pode imaginar que, em vez de lhe trazer felicidade, essa escolha colocará sua vida em perigo.
O Guardião contém tudo o que os leitores esperam de um romance de Nicholas Sparks, mas dessa vez ele se reinventa e acrescenta um novo ingrediente à trama: páginas e mais páginas de suspense.

O Guardião 1

O Guardião foi, de longe, o livro mais diferente de Nicholas Sparks que já tive a oportunidade de ler e, embora a maior parte disso se deva ao suspense presente entre as páginas, senti diferença na narrativa desde os primeiros parágrafos.

Confesso que o livro demorou muito a me envolver e duvidei que pudesse vir a me agradar. A narrativa em terceira pessoa, embora abranja visões de diferentes personagens e, assim, possibilite a compreensão de diversos cenários e uma abordagem mais ampla da trama, me pareceu um tanto quanto superficial no início do enredo.

Julie tem um passado de vida bastante complicado e é de se esperar que isso tenha um impacto significativo em sua vida. Contudo, achei que tudo foi abordado muito superficialmente e simplesmente para dar uma história à personagem, sem que isso tivesse ligações com sua personalidade atual. Ainda, a forma de como é narrada a maneira de como ela e seu falecido marido se conheceram e, assim, desenvolveram um relacionamento, soou para mim pouco convincente.

Não bastasse estar pouco envolvida com essas personagens, meu envolvimento foi igualmente fraco na primeira metade da trama. Não consegui criar um vínculo com o romance criado por Sparks, e, ainda que tivessem sido dados vários indícios do suspense intensificado na segunda parte do livro, achei os primeiros capítulos bastante monótonos. Senti falta, acima de tudo, da sensação de envolvimento e conforto que suas obras costumam me despertar, bem como foi uma pena não ter me sentido realmente tocada.

O Guardião 2

Contudo, conforme o thriller começa a dominar as páginas, foi quase impossível me desgrudar delas. Ainda que eu tenha previsto boa parte das ações descritas, senti junto de Julie e das demais personagens toda a aflição vivenciada e torci pela resolução dos acontecimentos, buscando as revelações definitivas do caso.

Nicholas Sparks desenvolveu o medo de Julie com maestria e conseguiu transmitir com exatidão ao leitor todas as sensações necessárias em um thriller, algo ainda mais admirável considerando-se que o autor é conhecido por seus tocantes romances.

Também, merece destaque o motivo do título da obra, abertamente elucidado nas páginas finais. O significado assumido me agradou imensamente, e esse sim me pareceu um dos momentos mais belos do enredo.

Em sua nota ao final, Sparks declarou ter tido extrema dificuldade ao criar O Guardião porque seu objetivo principal era de criar um romance e fazer do thriller seu segundo patamar. Pela minha experiência, infelizmente, senti que o romance deixou bastante a desejar, e foi somente pelo thriller que minha avaliação final acabou sendo positiva. Aos fãs do autor, a leitura vale a pena especialmente por divergir tanto de suas habituais.

O Guardião 3





Deixe o seu comentário

15 Respostas para "[Resenha] O Guardião – Nicholas Sparks"

Patrícia Bertocco - 05, Março 2015 às (09:47)

Este livro está na minha meta de leitura este ano. Ainda faltam eu ler A Última Carta de Amor e O Milagre. Sou fã de Nicholas Sparks justamente pelos romances,mas você disse que em O Guardião o romance deixou bastante a desejar,entretanto vou apostar numa leitura diferente e ver se vou gostar.

Responder

Diane Ramos - 05, Março 2015 às (13:11)

Infelizmente nunca li nenhum livro do Nicholas Sparks , digo “infelizmente” porque sou fã de romances e o Sparks é bem reconhecido , quando o assunto é esse gênero .
Desde que comecei a seguir o MINHA VIDA LITERÁRIA vejo muito sobre os seus livros , então vou ver se faço um esforço para ver se quem sabe ,esse ano um de seus livros entra para a minha meta.

Responder

Danielle Thamires - 05, Março 2015 às (16:27)

Depois que li a resenha, fiquei decepcionada por saber que o livro não é como outros do autor, visto que, sou fã de seus romances. Entretanto ainda quero ler O GUARDIÃO e saber qual minha conclusão da obra!

Responder

Maria Alves - 05, Março 2015 às (17:18)

Confesso que não sou fã dos romances do Nicholas Sparks, embora só li um srrssr. Mas esse pela resenha parece que é diferente e tem um quesito que gosto nos livros que é o suspense. Fiquei em dúvida se leria já não sou fã e esse deixa a desejar.

Responder

Maria Clara Maciel - 05, Março 2015 às (19:41)

AAAA SPARKS !
queridinho , quero todos os livros dele ..
esse estava na minha lista de desejados, porem nunca tinha ouvido ou lida nada sobre o livro, não sei .. enfim, tinha perdido o interesse. Mas sua resenha me despertou certa curiosidade, porque todos os livros dele são um pouco previsíveis, sessão da tarde, daqueles que já sabemos o final (apesar de eu sempre me envolver e me surpreender e emocionar com os livros haha) ..
quero muito ler o livro agora e descobrir mais um amorzinho do autor !

Responder

emanoelle souza - 05, Março 2015 às (21:41)

já li varios livros do nicholas sparks, mas mesmo assim falta muitos livros, ele é simplesmente genial, ainda nao li esse livro mais ele com certeza e tao bom quanto os outros
,

Responder

emanoelle souza - 05, Março 2015 às (21:48)

já li varios livros do nicholas sparks, mas mesmo assim falta muitos livros, ele é simplesmente genial, ainda nao li esse livro mais ele com certeza e tao bom quanto os outros

Responder

Juliana - 06, Março 2015 às (20:17)

Só li um livro do Nicholas Sparks e confesso que não foi uma experiência muito legal, ao ler a sinopse até achei interessante; porém a resenha me deixou um pouco desanimada. Bom, quem sabe um outro livro me chame mais atenção. Bjs.

Responder

Fernanda S Lima - 07, Março 2015 às (16:50)

Oi Mi,
Quando eu li o Guardião também tive a sensação de ser uma obra totalmente diferente das outras do Sparks.Realmente o romance não foi o foco do livro na minha opinião, mas achei a história muito legal e acabou me tirando lágrimas nas páginas finais.
Também sou fã do Sparks, porém ainda me faltam 3 livros dele para ler haha

Bjs

Responder

Leticia - 09, Março 2015 às (16:38)

Oi Aoine…
Gosto demais de Nicholas Sparks. Não imaginava que esse livro tinha uma especie de trhiller.
O último que li do autor foi O melhor de mim, e me fiquei muito triste. Mas acho que vou dar uma chance a essa obra dele, para ver como é esse diferencial.

livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

Responder

Cristiane Oliveira - 10, Março 2015 às (10:41)

Oi Aione. Este livro não me despertou a atenção, ainda mais depois de ver em sua resenha, que não foi um livro que te conquistou por completo. Eu li 2 livros do Nicholas somente, um eu amei e o outro, detestei, então nem sei o que dizer sobre o autor rsrs.
Beijos

Responder

Tudo que Motiva - 10, Março 2015 às (15:00)

Ainda não li nenhum livro do tio Nick, quero começar por Diário de uam Paixão. Gostei dessa trama, esse tom de suspense junto ao romance devem ser interessantes de ler, mas eu ainda quero começar por Diário de uma Paixão

Responder

rudynalva - 11, Março 2015 às (22:50)

Aione!
Já venho sentindo uma mudança na escrita do Nicholas desde os últimos dois livros dele que li.
Achei o título sugestivo e gostaria de apreciar a leitura por ser um trhiller, algo totalmente inusitado para um romancista dramático como ele.
Que coleção linda do Nicholas você tem.
cheirinhos
Rudy

Responder

Aione Simões 12 mar 2015

Rudy, na verdade não sei o quanto essa mudança é gradual ou não. Esse livro, apesar de ter sido publicado aqui em 2013, foi originalmente lançado em 2003, então fica difícil traçar uma linha do tempo sobre a escrita dele (dependendo de quais livros você está se referindo). Mas é fato que há alguns dele que destoam dos demais, independentemente das datas em que foram escritos!
Beijão!

Responder

Deise - 09, novembro 2015 às (10:09)

Olá li a sua resenha e achei muito boa ! , estou fazendo um projeto sobre o Nicholas Sparks Sparks, seda que você poderia responde este formulario para ajudar no projeto?
Segue o link http://goo.gl/forms/4YOOnwZe9F
Beijos

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por