[Resenha] Risíveis Amores - Milan Kundera | Minha Vida Literária
13

mar
2015

[Resenha] Risíveis Amores – Milan Kundera

Risíveis Capa

Título: Risíveis Amores
Autor: Milan Kundera
Editora: Companhia das Letras – Companhia de Bolso
Número de Páginas: 264
Ano de Publicação: 2012
Skoob: Adicione
Orelha de Livro: Adicione
Compare e Compre: AmazonAmericanasCulturaFnacSaraivaSubmarino

Um homem diz que crê em Deus para conquistar uma garo-ta e acaba descobrindo as virtudes da devoção a um deus que ele sabe inexistente. Na-morados fingem que não se conhecem, e aos poucos percebem como são, de fato, dois estranhos. Um mentiroso hábil brinca com as pessoas, mas elas são tão crédulas que ele perde o controle da situação. Nos sete contos de ‘Risíveis amores’, Milan Kundera pro-cura retirar do amor e do sexo a seriedade que costuma recobri-los. As situações se de-senvolvem a partir de um mal-entendido, de um jogo com o outro. A mentira – ou a a arte de iludir e ser iludido – está sempre em foco. Mas o engano, que se inicia pela brin-cadeira, revela como o autoengano governa todos os aspectos da vida. Não são apenas histórias de amor que fazem rir. São, também, histórias sobre tentativas de repor alguma verdade à experiência amorosa.

KunderaNova1

Milan Kundera é um escritor de muito destaque no meio literário, no entanto, não havia tido a oportunidade, até o momento, de ler algum dos seus livros traduzidos para a nossa língua. Felizmente, comecei por um que capturou minha atenção e admiração pelo autor, além de me fazer ter a certeza de querer ler muitos outros livros dele.

Risíveis Amores é um livro de contos, composto por sete deles. Os contos retratam as facetas de diversos modos de relacionamentos amorosos, incluindo traições, superficialidades e hipocrisia. Cada um deles possui uma originalidade intrínseca à sua criação e possuem uma característica em comum, que é o fato de os relacionamentos amorosos e sexuais acabarem sendo entrecortados por alguma mentira ou equívoco, expondo as fraquezas humanas e, dependendo da interpretação, a realidade que nasce de experiências amorosas baseadas em enganos.

kundera3.jpg

A escrita do autor é fabulosa. Além de ser totalmente envolvente, leve e de fácil compreensão, ele tem uma habilidade incrível de prender a atenção do leitor. Em cada um dos contos há situações realistas que expressam modos de vida ou demonstrações de sentimentos que beiram a subjetividade, mas que nos despertam curiosidade e surpreendem a cada página.

Mesmo que em determinados contos eu questionasse os personagens e suas ações, pude ver no fim de cada um deles que o autor de fato colocou no seu livro essa brecha para que o leitor possa refletir sobre a capacidade humana de fingir e de levar determinadas situações como algo corriqueiro.

kundera2.jpg

Fui totalmente cativada pela escrita do Kundera e terminei o livro com a sensação de estar diante de um autor esplêndido, daqueles que sabem exatamente o que estão fazendo e que tem o dom de falar sobre assuntos polêmicos e complexos com leveza e profundidade.





Deixe o seu comentário

9 Respostas para "[Resenha] Risíveis Amores – Milan Kundera"

Cristiane Oliveira - 13, março 2015 às (11:22)

Oi Clivia. É sempre legal ler autores de outras nacionalidades. Eu amo livros de contos, ainda mais quando se trata de temas como amor e que nos fazem refletir sobre nossos relacionamentos…
Beijos

Responder

Leticia - 13, março 2015 às (16:11)

Oi Clivia…
Eu ainda não tinha ouvido falar nesse livro. Pela capa ele não me chamaria atenção, mas gostei de saber sua opinião sobre os contos, e acho que iria gostar. Gosto de ler sobre questões assim.
Ótima dica.

livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

Responder

Diane Ramos - 13, março 2015 às (16:26)

Olá !
Me interessei bastante em “Risiveis amores” , confesso que sou até meio suspeita para falar , pois sou apaixonada por contos 🙂
Ainda não conhecia o autor , mas depois de sua resenha pretendo pesquisar um pouco mais sobre ele .

Responder

Tudo que Motiva - 16, março 2015 às (11:41)

Ainda nao tinha ouvido falar a respeito do livro e parece ser bem interessante. É tão bom quando um autor cativa dessa forma né, gostei do livro.

Responder

Danielle Thamires - 16, março 2015 às (17:23)

Ainda não tinha ouvido falar desse livro e nem do autor; e confesso que, contos não são minha preferência na hora da leitura…Mas, sua descrição de que o livro é envolvente e o autor possui habilidade de prender a atenção do leitor. me fez ter vontade de dar uma chance ao livro.Quem sabe , Risíveis Amores não me faça gostar mais dos contos, né ? 🙂

Responder

Lary Zorzenone - 18, março 2015 às (02:35)

Olá
Não conhecia o autor, mas sua resenha me deixou interessada no mesmo. Ele deve ter tido muita coragem para abordar tais assuntos em seus contos. Acho que ler contos de algum autor novo para nós é uma ótima forma de conhecermos o trabalho dele. Os títulos dos contos me chamaram atenção, embora o título e capa do livro não o tenham feito.
Beijinhos

Vidas em Preto e Branco 

Responder

Maria Alves - 21, março 2015 às (21:16)

Não conhecia o autor, mas pelo comentário que é um livro que prende a atenção, fiquei curiosa pra ler, gosto de contos e esses parecem ser bem interessantes.

Responder

Tudo que Motiva - 30, março 2015 às (01:08)

Não sou muito fã de contos, mas esse parece ser interessante. Não sei ao certo se quero ler, porém gosto quando o autor nos faz refletir, é um ponto positivo.

Responder

Rudynalva - 30, março 2015 às (23:10)

Clivia!
O Milan é altamente filosófico e nos faz questionar muitos pontos que nos permeiam durante a vida.
Não li ainda esse de contos dele, mas imagino que seja bem conquistador.
Bom que tenha gostado.
cheirinhos
Rudy

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por

Blogs Brasil