[Resenha] As Espiãs do Dia D - Ken Follett | Minha Vida Literária
04

jun
2015

[Resenha] As Espiãs do Dia D – Ken Follett

KEN CAPA

Título: As Espiãs do Dia D
Autor: Ken Follett
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 448
Ano de Publicação: 2015
Skoob: Adicione
Orelha de Livro: Adicione
Compare e Compre: AmazonAmericanas ♦ CulturaExtra ♦ Fnac ♦ SubmarinoTravessa 

Segunda Guerra Mundial. Na fúria expansionista do Terceiro Reich, a França é tomada pelas tropas de Hitler. Os alemães ignoram quando e onde, mas estão cientes de que as forças aliadas planejam libertar a Europa. Para a oficial inglesa Felicity Clairet, nunca houve tanto em jogo. Ela sabe que a capacidade de Hitler repelir um ataque depende de suas linhas de comunicação. Assim, a dias da invasão pelos Aliados, não há meta mais importante que inutilizar a maior central telefônica da Europa, alojada num palácio na cidade de Sainte-Cécile. Porém, além de altamente vi-giado, esse ponto estratégico é à prova de bombardeios. Quando Felicity e o marido, um dos líderes da Resistência francesa, tentam um ataque direto, Michel é baleado e seu grupo, dizimado. Abalada pelas baixas sofridas e com sua credibilidade posta em ques-tão por seus superiores, a oficial recebe uma última chance. Ela tem nove dias para for-mar uma equipe de mulheres e entrar no palácio sob o disfarce de faxineiras. Arriscando a vida para salvar milhões de pessoas, a equipe Jackdaws tentará explodir a fortaleza e aniquilar qualquer chance de comunicação alemã – mesmo sabendo que o inimigo pode estar à sua espera. As espiãs do Dia D é um thriller de ritmo cinematográfico inspirado na vida real. Lançado originalmente como Jackdaws, traz os personagens marcantes e a narrativa detalhada de Ken Follett.

KEN 1

Ken Follett é um escritor britânico conhecido por escrever thrillers e romances históricos que, por vezes, lideram as listas dos mais vendidos. Sempre tive curiosidade em ler algo do autor e vi a oportunidade com este livro, que retrata um tema do qual me interesso: a Segunda Guerra Mundial.

A história começa em maio de 1944 e vai até junho de 1945 e está centrada na trajetória de Felicity, uma ex-tradutora que passou os últimos três anos infiltrada em território francês, ajudando na Revolução. Conhecida também por Flick, é muito esperta, inteligente e bem articulada, no entanto, se vê em situações difíceis no decorrer da narrativa, inclusive no que diz respeito também à sua vida pessoal. A trama foca na vida de Felicity juntamente com um esquadrão de mulheres que ela reúne para derrubar as linhas de comunicação dos alemães na França com o objetivo de se infiltrar e destruir a principal central telefônica dos nazistas no local.

KEN 2

A narrativa em terceira pessoa é ágil e de fácil compreensão, é um thriller que possui todas as características inerentes ao gênero. Por vezes imaginei as cenas como se estivesse assistindo a um filme de ação, o que tem um lado positivo, pois, para mim, funcionou muito bem e me envolveu ainda mais na leitura. Porém, também acabou trazendo um pouco de previsibilidade em algumas situações, no entanto, nada ao ponto de estragar a graça da história ou desviar minha atenção em relação a ela.

É o tipo de livro no qual demoramos um pouco a entrar na história, mas, quando entramos, não o largamos mais até saber o final. A escrita do autor é clara, os capítulos são curtos e as cenas muito bem detalhadas. Os personagens possuem personalidades marcantes e a trama é muito bem delineada, sem falar no aspecto temático posto em destaque, enfatizando o protagonismo da mulher no cenário de guerra. Para quem gosta do gênero, certamente é uma boa pedida, o livro traz muita ação e muitos conflitos.





Deixe o seu comentário

17 Respostas para "[Resenha] As Espiãs do Dia D – Ken Follett"

Thais Belarmina - 04, junho 2015 às (09:48)

Fiquei super curiosa para le-lo quando vi falar no lançamento!
Agora fiquei ainda mais depois da sua resenha, minha unica experiencia com livros que se passam durante a segunda guerra mundial foi A Menina que Roubava Livros.
Espero ter a oportunidade de ler esse livro em breve Mi.

Responder

Edilza - 04, junho 2015 às (11:19)

Com certeza esse livro é pra mim! Amo também histórias que tratem da Segunda Guerra Mundial, e por essa ser cheia de ação e muitos conflitos não poderia perder!
Muito boa a resenha! Bjs, Clívia <3

Responder

Larissa Oliveira - 04, junho 2015 às (15:11)

Gosto muito de histórias que se passam nos períodos de guerra, principalmente, a Segunda Guerra Mundial. São histórias tristes, mas também, emocionantes. O que mais me chamou atenção no livro, foi o fato de serem mulheres as responsáveis para desempenhar o papel principal da história, mostrando a força e a coragem do sexo feminino. Quero muito ler!

Responder

Aciclea Vieira - 04, junho 2015 às (15:27)

Amo,livros que se passam durante a Segunda Guerra Mundial e Ken Follet tem uma escrita que pode no início até demorar a nos envolver,mas quando o envolvimento acontece não queremos mais largar, como você própria disse e se tratando de uma história que envolve um plano de ação contra nazistas tudo ganha um novo parâmetro de interesse ,com certeza entrou para minha lista,pois gosto de refletir muito sobre essa temática.Beijos!!!

Responder

Diane Ramos - 04, junho 2015 às (16:34)

Olá !
Infelizmente não me identifiquei com o enredo do livro . Mas , conheço uns amigos que curtem livros assim e com certeza vou indicar para eles .

Tá rolando promoção lá no meu blog . Participe !

http://coisasdediane.blogspot.com.br/

Responder

Francielle Moreira - 05, junho 2015 às (22:50)

Não curto muito esse tipo de livro. Mas acho que vou dar uma chace a ele, quem sabe ele não me conquista né.

Responder

Thays Suenaga - 06, junho 2015 às (10:02)

Esse autor parece tão bom, mas eu nunca quis arriscar ler nada dele, porque nem sempre li coisas boas sobre as obras, embora sempre tenha me interessado muito por algumas delas.

Responder

Suzzy Chiu - 06, junho 2015 às (17:13)

Hello!
Quando tem espião no meio eu geralmente gosto do livro. Adoro essas coisas de sociedade secreta, agente especiais…
A sinopse nos deixa bem curioso quanto aos rumos da estória!
Gosto de livro que nos prendem e como vc disse que qdo a gente embala na leitura, so larga o livro qdo acaba, já gostei!!!
Ótima dica!
Bjus

Responder

will 10 jan 2017

@Suzzy Chiu, tem algum livro do gênero que possa me passar?

Eu não era de ler, na verdade é a primeira vez que pego um livro que não seja técnico para ler… e terminei antes de ontem e entrei em depressão ;-;
queria saber se tem mais algum do tipo com agentes secretos, espionagem etc ;-;

Responder

Maykon 05 set 2017

Da uma olhado no Livro ‘O Buraco da Agulha’, é do mesmo autor.

Responder

Becca Martins - 08, junho 2015 às (16:18)

Oi Clivia!
Eu gosto bastante de livros com temas de guerras e tal. Temos vários livros que poderiam ser citados como exemplos que são o maior sucesso! Quero muito ler ele, além de que, esta capa é muito foda né!
Beijos

Responder

Bruna Thamires - 08, junho 2015 às (16:37)

Eu nunca li nada deste autor e acho que está na hora deu apostar nele! Quero ler! Aceito de presente uheuheu

Responder

Filipe Mateus - 10, junho 2015 às (16:12)

A editora arqueiro nunca nos decepciona não é mesmo? >.<
Estou in love com esta capa! Seria completamente desnecessário se eu dissesse que quero muito ler, todos já sabem disto.
Por isto preciso muito comprar este livro!
Vou ver se alguém me da este presentinho maravilhoso! uhauah

Responder

Tamara Costa - 12, junho 2015 às (19:53)

Tenho vontade de ler algum livro desse autor mas ainda não achei um que a história me atraísse de maneira certeira. Esse parece bom mas ainda não me convenci cem por cento =/

Responder

Cristiane Oliveira - 17, junho 2015 às (16:38)

Oi Clivia. Adoro livros que falam sobre a Segunda Guerra, acho que nunca me canso de ler sobre o assunto. E eu também tenho muita curiosidade de ler alguma coisa do Ken. Já anotei sua dica!
Beijos

Responder

Rebeca Kelly - 24, junho 2015 às (13:30)

Sou apaixonada por livros e filmes que possuem como pano de fundo a Segunda Guerra Mundial! Tendo então a protagonista bem construída, sou fã! Ainda não tive a oportunidade de ler o livro resenhado, mas com toda certeza atraiu o meu interesse.

Responder

Mirian Caroline Rodrigues - 28, junho 2015 às (14:47)

Olá Clivia tudo bem?
Tenho esse livro e vou le-lo em breve, sou apaixonada por livros que se passam na segunda guerra, e pela sua resenha parece que gostou bastante! Beijos

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por