[Primeiras Impressões] Dez coisas que aprendi sobre o amor - Sarah Butler | Minha Vida Literária
02

ago
2015

[Primeiras Impressões] Dez coisas que aprendi sobre o amor – Sarah Butler

dez-coisas-que-aprendi-sobre-o-amor-primeiras-impressoes-minha-vida-literaria

dez-coisas-que-aprendi-sobre-o-amor-minha-vida-literaria

Título: Dez coisas que aprendi sobre o amor
Autor: Sarah Butler
Editora: Novo Conceito
Número de Páginas: 256
Data de Publicação: Setembro/2015
Skoob: Adicione
Orelha de Livro: Adicione

Por quase 30 anos, quando a brisa de Londres torna-se mais quente, Daniel caminha pelas margens do Tâmisa e senta-se em um banco. Entre as mãos, tem uma folha de papel e um envelope em que escreve apenas um nome, sempre o mesmo. Ele lista também algumas coisas: os desejos e o que gostaria de falar para sua filha, que ele nunca conheceu. Alice tem 30 anos e sente-se mais feliz longe de casa, sob um céu estrelado, rodeada pela imensidão do horizonte, em vez de segura entre quatro paredes. Londres está cheia de memórias de sua mãe que se fora muito cedo, deixando-a com uma família que ela não parece fazer parte. Agora, Alice está de volta porque seu pai está morrendo. Ela só pode dar-lhe um último adeus. Alice e Daniel parecem não ter nada em comum, exceto o amor pelas estrelas, cores e mirtilos. Mas, acima de tudo, o hábito de fazer listas de dez coisas que os tornam tristes ou felizes. O amor está em todas as partes desta história. Suas consequências também. Sejam boas ou más. Até que ponto uma mentira pode ser melhor do que a verdade?

 

Recebi da editora Novo Conceito os quatro primeiros capítulos de Dez coisas que aprendi sobre o amor, lançamento de setembro, para degustação, e fiz a leitura no primeiro momento em que tive a oportunidade. Além da premissa ter chamado minha atenção, foi impossível não me encantar por sua belíssima capa.

A narrativa, em primeira pessoa, se alterna entre as visões de Alice e Daniel, sempre separadas por listas com 10 itens diversos, e já pude notar um pouco do que a obra promete. A escrita de Sarah Butler, não apenas fluida, é bastante poética e envolvente, e suas personagens, interessantes. Enquanto Alice se sente estranha dentro de sua própria família e aparenta ter alguns conflitos pendentes com ela, Daniel vive nas ruas, sonhando encontrar a filha que jamais chegou a conhecer. Vale dizer, também, que me encantei mais pela narrativa de Daniel do que pela de Alice: enquanto a escrita na visão dessa, ao menos inicialmente, é mais descritiva e não tanto emotiva, a daquele desde o início traz suas emoções e pensamentos, tornando-a mais poética e sensível.

De certa forma, imagino um possível desenrolar para o enredo que, caso eu esteja certa, se mostrará bastante previsível nesse ponto. Contudo, estou curiosa para acompanhar o desenrolar da trama e, principalmente, conhecer mais a fundo cada uma das personagens, as quais têm todo o potencial para serem apaixonantes. Espero poder me encantar e me emocionar com Dez coisas que aprendi sobre o amor, além de, com ele, aprender um pouquinho mais sobre o amor.

 

Quotes

 

“Uma vez que tenha me apaixonado, acho quase impossível me desapaixonar; aprendi isso sobre mim mesmo. Não é algo que torne a vida mais fácil.”

página 15

 

“— Papai? — Fico onde estou, com uma das mãos na cortina. Queria não tê-las aberto. A luz revela a forma de seu rosto, criando sombras profundas nas reentrâncias da pele, que tem uma cor errada, amarela demais.” 

página 22

 

“Eu lhe envio um cartão de aniversário todos os anos. Não sei o dia exato, mas posso fazer uma boa estimativa. A coisa mais difícil é o envelope: todo aquele espaço em branco. Escrevo seu nome — tenho isso, ao menos —, mas não tenho o endereço. Coloco-o numa caixa do correio e sonho, nessas noites, com o envelope sendo colocado numa caixa de correio e você se aproximando dela.” 

página 28

 

10 Coisas Que Eu Aprendi Sobre o Amor

 

  1. Ele, às vezes, machuca e te faz chorar, mas, também, te faz sorrir quando você menos espera;
  2. O amor nem sempre é um sentimento. Na maior parte das vezes, é uma escolha e uma atitude;
  3. Ele te faz acreditar;
  4. Mais do que algo que você entrega a alguém, o amor é, acima de tudo, um sentimento seu e de mais ninguém;
  5. Ele revela o que há de melhor em cada um;
  6. Ele consegue ser maior do que você imaginava caber em seu peito. Tão maior, que chega a transbordar;
  7. O amor tem cheiro – aquele que, quando você o inspira, faz com você se sinta em casa;
  8. Ele te dá forças, ainda que você se sinta a pessoa mais fraca do universo em determinados momentos;
  9. Ele assume diferentes formas;
  10. Acima de tudo, aprendi que, quando se trata de amor, sempre terei muito ainda o que aprender.

 

Essas foram as 10 coisas que aprendi sobre o amor. Que tal compartilharem comigo as que vocês aprenderam?

E contem pra mim: estão tão ansiosos quanto eu para fazer essa leitura?

Beijos a todos!





Deixe o seu comentário

15 Respostas para "[Primeiras Impressões] Dez coisas que aprendi sobre o amor – Sarah Butler"

Aciclea Vieira - 02, agosto 2015 às (12:52)

Aione,esse livro logo que li ,essas primeiras impressões muito me emocionaram ,o personagem Daniel e a forma que fala da filha,para filha em seu escrito me pareceu belíssimo e Alice,também ,já
me transportou para várias reflexões…para mim ,o amor é o passaporte para a felicidade ,o verdadeiro e puro que não pede nada em troca.Beijos!!!!

Responder

Larissa Oliveira - 02, agosto 2015 às (13:29)

Oi, Aione! Esse pouquinho que você contou sobre o livro já me deixou super ansiosa para conhecer a história de Daniel e Alice. Parece ser encantadora e emocionante!
O amor é transformador, é o que nos move e que dá sentido a tudo aquilo que fazemos.

Responder

Becca Martins - 02, agosto 2015 às (14:44)

Oi Mi!
Peguei algumas ideias suas e olha como ficou minha listinha:

1.Existem muitos amores diferentes, mas o da família será sempre o mais forte e verdadeiro.
2.Antes de amar uma pessoa, você deve se amar primeiro.
3.O amor é um apoio que você tem da pessoa que não consegue viver sem.
4.O amor pode machucar, ferir, mas ele é indispensável quando verdadeiro.
5.Pode ser uma das coisas mais difíceis que você vai enfrentar, mas você nunca será o mesmo depois de amar verdadeiramente uma pessoa.
6.É a coisa mais linda que pode existir.
7.Ele nos faz pessoas melhores.
8.Qualquer um pode amar, principalmente sem preconceitos.
9.O amor é uma escolha.
10.Aprendi que sobre o amor, ainda sou uma iniciante, mas que ao longo da vida viverei um que será inesquecível, assim como qualquer um que escolhe amar alguém.

Beijos!!!

Responder

Suzzy Chiu - 02, agosto 2015 às (21:41)

Hello, o titulo ja chama atenção ne?! Dez coisas que aprendi sobre o amor, nao conhecia o livro e gostei ao ler a sinopse.
Amar e algo simples e ao mesmo complexo, ne? Para mim o mais importante é o amor próprio, é saber amar o próximo sempre com respeito. Adorei o item 2, concordo demais, o amor se traduz nas atitudes, nas palavras.
Gostei do que li aqui e vou ler sim, quero conhecer as visões de Alice e Daniel.

Responder

Cristiane Oliveira - 03, agosto 2015 às (00:23)

Oi Aione. Estou bem curiosa pra conhecer o resto desta história. Parece ser emocnionante. E a capa tá linda.
Beijos

Responder

Bruna Costabeber - 03, agosto 2015 às (09:31)

Olá Mi,
Também recebi os primeiros capítulos e estou bem ansiosa para ler e emitir minha opinião.
Adorei o que você postou e vou levar em consideração enquanto estiver lendo.
E, mais que tudo, adorei saber o que você aprendeu sobre o amor!
Beijos

Responder

Taísa - 03, agosto 2015 às (11:04)

Com certeza esse livro é de arrancar lágrimas… Fique suspirando só de ler o que você escreveu e fiquei com muita vontade de ler todo o livro. Adoro fazer listinhas como essas que são encontradas no livro, então fiquei muito ansiosa mesmo. Tentei pensar em uma listinha para por aqui também, mas não consegui pensar nos 10 itens, acho difícil falar sobre o amor, mas se eu ainda pensar nesses 10 itens, corro aqui e escrevo. Abraço!

Responder

DEISE FERNANDA - 03, agosto 2015 às (11:45)

Nossa Aione, juro que quando li a sinopse lá em cima achei muito parecida com as obras do Nicholas Sparks (que eu gosto apesar de serem muito melosas). Mas acredito que deve ser tão boa quanto no sentido de nos causar emoção.. e o que são essas “10 coisas que eu aprendi sobre o amor”?!
Meu Deus, é tudo isso sim mas o número 2: “O amor nem sempre é um sentimento. Na maior parte das vezes, é uma escolha e uma atitude” é muito real, da vida mesmo pois muitas vezes não sabemos como expressar o que sentimos mas as atitudes acabam falando por nós!

P.S: Lágrimas..

Responder

Aione Simões 03 ago 2015

Oi Deise!
O livro promete mesmo, estou bem ansiosa pra continuar lendo!
Ah, e essas 10 coisas do post foram as minhas 10 coisas, viu? Não faz parte do livro hehe (só pra não criar falsas expectativas)!
Beijos!

Responder

Mariele Antonello - 03, agosto 2015 às (13:33)

Nossa, esse livro parece ser muito bom, adorei os quotes e as 10 coisas que eu aprendi sobre o amor, fiquei super interessada pelo livro e curiosa também.
Vou dar mais uma procurada sobre o livro.

Responder

Leticia - 03, agosto 2015 às (14:21)

Oi Aione…
Sabe que eu também preferi a narrativa de Daniel, porque é mais emotiva mesmo. Acho que vem uma história boa por aí. Uma pena que achei a narrativa da Alice meia detalhada mesmo…mas vamos conferir o restante né. Vi que algumas pessoas já leram o livro inteiro e já disseram até chorar.

livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

Responder

Aline Stroeher - 03, agosto 2015 às (22:09)

Aiiii! Tem jeito de ser um daqueles livros que me fazem chorar!
Mas a história deve ser lindíssima!
Tô querendo ler mais livros assim, “Dez coisas que aprendi sobre o amor” vai pra minha wishlist já! 🙂
Beijinhos!

Responder

rudynalva - 04, agosto 2015 às (00:03)

Aione!
Poucas páginas para avaliar, né?
Mas se fala de amor, pelo menos para mim já tá valendo.
Pena que não recebi a degustação, tô tão chateada..:(
Adorei a listinha…
Boa semaninha!!
“A cada bela impressão que causamos, conquistamos um inimigo. Para ser popular é indispensável ser medíocre.”(Oscar Wilde)
cheirinhos
Rudy
http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
Participe no nosso Top Comentarista!

Responder

Aione Simões 05 ago 2015

Rudy, eu recebi a degustação por email! Veja se você não recebeu por lá também 🙂
Beijão!

Responder

Maria Alves - 06, agosto 2015 às (17:39)

Parece ser um livro muito fofo e comovente. Legal os dois fazerem lista de dez coisas que gostam mais. Nossa gostei dos quotes, são emotivos. Estou ansiosa pra ler e realmente concordo com essas dez coisas que aprendi sobre o amor.

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por

Blogs Brasil