[Resenha] Só por hoje e para sempre - Renato Russo | Minha Vida Literária
05

ago
2015

[Resenha] Só por hoje e para sempre – Renato Russo

so-por-hoje-e-para-sempre-minha-vida-literariaTítulo: Só por hoje e para sempre
Autor: Renato Russo
Editora: Companhia das Letras
Número de Páginas: 168
Ano de Publicação: 2015
Skoob: Adicione
Orelha de Livro: Adicione
Compare e Compre: Amazon ♦ Americanas ♦ CulturaExtraSaraiva ♦ SubmarinoTravessa

Entre abril e maio de 1993, Renato Russo passou vinte e nove dias internado numa clínica de reabilitação para dependentes químicos no Rio de Janeiro. Durante esse período, o músico seguiu com total dedicação os Doze Passos, programa criado pelos fundadores dos Alcoólicos Anônimos, que incluía um diário e outros exercícios de escrita. É este material inédito que vem à tona depois de mais de vinte anos em Só por hoje e para sempre, graças ao desejo de Renato de ter sua obra publicada postumamente. Entremeando as memórias do líder da Legião Urbana com passagens de autoanálise e um olhar esperançoso para o futuro, este relato oferece a seus fãs, além de valioso documento histórico, um contato íntimo com o artista e um exemplo decisivo de superação.

so-por-hoje-e-para-sempre1-minha-vida-literaria

Sendo fã das músicas de Legião Urbana, fiquei extremamente interessada na leitura de Só por hoje e para sempre, o diário feito por Renato Russo em seu período de reabilitação entre abril e maio de 1993. Antes de falar sobre a leitura em si, acredito que seria interessante trazer algumas informações biográficas do cantor.

Renato Manfredini Júnior nasceu em 27 de março de 1960 no Rio de Janeiro. Morou nos EUA entre os seis e treze anos, e, após essa idade, retornou ao Brasil, morando então em Brasília. Trabalhou como professor de Inglês e Jornalista, e fundou a banda de rock Aborto Elétrico, em 1978, juntamente de Fê Lemos – bateirista – e André Pretorius – guitarrista.  A banda se desfez em 1981, dando início a uma fase solo de produção musical de Renato, conhecido na época como O Trovador Solitário. Em 1982, surgiu a Legião Urbana, que passou por modificações em sua formação original até chegar aos integrantes finais – Renato Russo, Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá. O primeiro disco da banda foi lançado no início de 1985 e, ao todo, 16 discos foram lançados (alguns após a morte de Renato), entre álbuns de estúdio e ao vivo. Renato Russo faleceu em 11 de outubro de 1996 com 36 anos, devido a complicações causadas pelo HIV.

 

“Talvez meu problema tenha sido justamente me achar especial demais e, para enfrentar o  tédio e a estupidez do mundo, utilizar-me das drogas p/poder baixar o nível.” 

página 31

 

Giuliano Manfredini, filho do cantor, escreveu o prefácio de Só por hoje e para sempre falando sobre a personalidade de Renato e seu constante hábito de escrita. Escrevia, em suas palavras, para deixar seus pensamentos e emoções registrados para o futuro. Durante seu período de reabilitação em Vila Serena, a escrita fez parte de seu tratamento. Através dela, contava seu dia na clínica e rememorava os motivos e os fatos para que ele tenha chegado até aquele ponto de sua vida.

so-por-hoje-e-para-sempre3-minha-vida-literaria

A editora Companhia das Letras reuniu esses escritos, organizados de acordo com o plano de tratamento do cantor – documento esse presente logo nas primeiras páginas do livro. Muitas das perguntas as quais Renato responde não puderam ser localizadas, de forma que suas respostas nem sempre podem ser compreendidas com exatidão, uma vez que não estão contextualizadas. De qualquer forma, isso não é um empecilho à leitura ou à imersão no sincero relato do cantor. A diagramação da obra, também, contribuiu completamente para isso: a escrita de Renato foi preservada, com suas abreviações e estrangeirismos. Além disso, muitos dos seus escritos eram ilustrados por ele e, novamente, a editora procurou incluí-los nas páginas. Por fim, a própria cor das letras utilizada remete aos manuscritos originais: azul, como a tinta de uma caneta.

 

Tenho problemas com figuras de autoridades, regras, fascismo (mesmo inexistente, mas não se pode ignorar o que se sente), e isso está bem enraizado em mim, principalmente porque é uma das razões para que meu trabalho fosse tão bem-aceito pelo público (a maioria dos jovens pensa o mesmo, até qdo. ñ consegue expressar esse sentimento) – é o que coloco nas letras e o que represento como figura pública (o rebelde).

página 36

 

Só por hoje e para sempre, ainda que seja uma leitura rápida por não ser extensa, passa longe de ser uma leitura leve ou sem profundidade. Foi incrível poder conhecer bastidores da vida do cantor, por meio de relatos de episódios de sua vida, e enxergá-lo como um ser humano, com suas falhas e qualidades, não simplesmente um rock star. Renato é extremamente sincero e humilde em suas palavras por ser capaz de analisar seus erros e defeitos, por ser capaz de admitir seus piores sentimentos, da mesma forma em que fala de suas qualidades sem se vangloriar delas, sendo apenas alguém consciente de si mesmo. Acima de tudo, fiquei tocada por seu claro e profundo desejo de mudar sua vida e suas atitudes, de eliminar seus vícios, de recuperar não apenas sua saúde física, mental e emocional, mas, principalmente, sua própria identidade. Renato traz, sim, muito do que perdeu em sua vida até atingir o que ele chamou de “fundo do poço”, estopim para buscar ajuda através da reabilitação. Contudo, traz, principalmente, sua vontade de viver sem ter que vivenciar qualquer outra perda do tipo, aceitando a si mesmo e às situações que fugiam ao seu alcance, e aprendendo a lidar com os pontos altos e baixos de sua personalidade.

Só por hoje e para sempre não é apenas um relato auto-biográfico de um curto período da vida de um homem. Indo muito além disso, é a busca desse homem por si mesmo, por sua fé um dia perdida. Envolvente e interessante por seu conteúdo, a obra é, acima de tudo, inspiradora e capaz de ajudar qualquer um que também precise de ajuda. Afinal, ainda que de maneiras diferentes, é muito comum nos sentirmos perdidos em alguma fase de nossas vidas. O importante é nos lembrarmos de ser feliz, nem que seja só por hoje.

so-por-hoje-e-para-sempre2-minha-vida-literaria

 

Assista ao Booktrailer

 

Informações complementares

 

  • As informações biográficas de Renato Russo foram retiradas do site oficial sobre o cantor e do Wikipedia;
  • O Descobrimento do Brasil foi o álbum publicado no final de 1993, após a reabilitação de Renato Russo. O impacto dessa fase da vida do cantor é nítido nas letras das músicas presentes no álbum. Vale a pena conferir ◄ Vagalume




Deixe o seu comentário

14 Respostas para "[Resenha] Só por hoje e para sempre – Renato Russo"

Bruna Costabeber - 05, agosto 2015 às (10:01)

Olá Mi, tudo bem?
Quando vi esse lançamento, soube que precisava ler.
Amo o Renato Russo, acho todas suas músicas perfeitas.
Esse livro parece ser bem interessante, gostaria de conhecer as memórias dele.
Adorei a sua resenha
Beijos

Responder

Mariele Antonello - 05, agosto 2015 às (11:14)

Nossa não sabia desse livro, mas como adoro as músicas do Renato Russo, e acho as letras das músicas dele incríveis, fiquei super interessada pelo livro.
Acho que é uma grande oportunidade dos fãs e de quem curte as músicas dele, de conhecer um pouco mais sobre uma parte da vida dele, e com certeza esse livro deve dar lições.
Adorei sua resenha e quero muito ler esse livro.

Responder

Larissa Oliveira - 05, agosto 2015 às (14:36)

Oi, Aione! Que incrível deve ser a leitura deste livro. Poder conhecer fatos tão íntimos de um artista tão admirado no cenário musical, absorver todo o sentimento presente em sua escrita, descobrir seus medos, defeitos… Com certeza uma obra emocionante. E que maravilhoso trabalho da editora!

Responder

Leticia - 05, agosto 2015 às (15:37)

Aione…
Uma capa dessa, e um diário feito por Renato Russo é mais que motivo para querer ler o livro.
Adoraria pode conhecer esses bastidores da vida do cantor, e é mais que um ponto positivo saber que a escrita foi preservada.
Pelo jeito vamos conhecer mais ainda de sua personalidade lendo esse livro. Para mim ela era tudo, menos uma pessoa comum.
Adorei o booktrailer e a diagramação parece estar ótima também.

livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

Responder

Aciclea Vieira - 06, agosto 2015 às (11:35)

Aione,gosto de livros que mostrem a realidade e nesse vemos o relato de um homem que teve suas qualidades e defeitos ,tentando se reerguer num momento em que se encontrava no fundo do poço ,com o mesmo disse,mostrando por outro lado que fama é uma ilusão transitória,que dependemos mesmo é sermos humanos e que todos estamos sujeitos a fragilidades e que acima de tudo devemos lutar a cada dia.Beijos!!!

Responder

Becca Martins - 06, agosto 2015 às (12:36)

Oi Aione!
Eu vi o seu vídeo da caixinha de correio e desde lá me animei com esta história. Nunca fui fã dele, mas gosto de saber um pouco mais obre o que as pessoas estão pensando, sentindo em um momento tão delicado como este.
Quero ler.
Beijos!

Responder

Taísa - 06, agosto 2015 às (15:50)

Nossa, deve ser uma leitura muito boa para quem é fã dele!! Sabia bem pouco sobre ele, embora eu goste de suas músicas, e gostei de saber um pouquinho mais, lendo as informações biográficas que você escreveu aqui. Achei que o livro ficou muito bonito com a escrita na cor azul. Um encanto!

Responder

Maria Alves - 06, agosto 2015 às (18:58)

Deve ser um livro muito interessante e ao mesmo tempo triste, por relembrar de um grande cantor. Não sabia da existência desse livro, será muito bem vindo para todos os fãs, saber um pouco mais sobre seu ídolo e pelo que ele passou durante sua vida.

Responder

Cristiane Oliveira - 07, agosto 2015 às (23:54)

Oi Aione. Que bom que você gostou do livro. Eu não sou fã do Renato, acho que a leitura seria melhor aproveitada por quem mesmo as músicas dele.
Beijos

Responder

DEISE FERNANDA - 08, agosto 2015 às (18:13)

Conheci o Legião Urbana e o Renato através de meu irmão, que sempre foi muito fã da banda e das músicas. Conhecia sobre a dependência do Renato mas não sabia a respeito desses escritos. Muito interessante esse relato, até mesmo para compreender mais a respeito da dependência química.

Responder

rudynalva - 08, agosto 2015 às (20:50)

Ai Aione!
O livro deve ser maravilhoso!
Renato Russo fez parte da minha ida no final da adolescência, entrando para idade madura e foi excepcional.
Gostaria demais de acompanhar essa tentativa de mudança que ele se propunha e conhecer um pouco mais sobre a vida dele nessa fase.
Bom final de semana!
“As pessoas entram em nossa vida por acaso, mas não é por acaso que elas permanecem.”
(Lilian Tonet)
cheirinhos
Rudy
http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
Participem do nosso Top Comentarista!

Responder

The Nice Age - 09, agosto 2015 às (13:24)

Oi

Aione,

Eu sei que vou chorar litros com esse livro, meu pai sempre foi muito fã do Renato. Eu acompanhei isso na infancia principalmente, nunca vou esquecer meu aniversário de 5 anos. Renato morreu nesse dia, nunca tinha visto meu pai tão triste. Aquela foi a primeira vez e lembro que isso me marcou muito. Cresci e hoje sendo fã entendo a admiração que ele tem até hoje.

Beijos!

Responder

Aline Stroeher - 10, agosto 2015 às (16:06)

Oii Aione! Adorei esse livro!
E a resenha também, claro! 🙂
Sempre gostei de Renato Russo e Legião Urbana!
Gosto muito das músicas e até tinha conhecimento dessa fase turbulenta da vida do Renato, mas não fazia ideia da existência desses escritos!
Nossa!
Achei o livro muito interessante, gostei dos detalhes (que você comentou no vídeo Caixinha do Correio), é sem dúvidas uma edição linda!
E que todo fã de Renato Russo deveria ter na coleção!
Beijinhos!

Responder

Suzzy Chiu - 27, agosto 2015 às (20:51)

Hello! Fiquei sabendo do lançamento e acho q pegou mta gente de surpresa! Ainda mais pelo momento q ele foi escrito e lançado depois q ele morreu anos depois.
Renato Russo foi um importante astro pra nossa cultura e seu livro com certeza despertará interesse até se quem não é fã.
Gostei da resenha e eatou bem curiosa pra saber como ficou o livro.
Bjus

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por