[Resenha] Felizes Para Sempre - Kiera Cass | Minha Vida Literária
11

nov
2015

[Resenha] Felizes Para Sempre – Kiera Cass

felizes-para-sempre-kiera-cass-minha-vida-literaria

Título: Felizes Para Sempre
Autor: Kiera Cass
Editora: Seguinte
Número de Páginas: 464
Data de Publicação: 2015
Skoob: Adicione
Orelha de Livro: Adicione
Compare e Compre: AmazonCulturaExtra ♦ Saraiva ♦ Travessa

“Esta coletânea traz os contos “A rainha”, “O príncipe”, “O guarda” e “A favorita” ilustrados e com introduções inéditas de Kiera Cass. Conheça o príncipe Maxon antes de ele se apaixonar por America, e a rainha Amberly antes de ser escolhida por Clarkson. Veja a Seleção através dos olhos de um guarda que perdeu seu primeiro amor e de uma Selecionada que se apaixonou pelo garoto errado. Você encontrará, ainda, cenas inéditas da série narradas pelos pontos de vista de Celeste e Lucy, um texto contando o que aconteceu com as outras Selecionadas depois do fim da competição e um trecho exclusivo de “A sereia”, o novo romance de Kiera Cass.

Felizes para sempre é a antologia de Kiera Cass que reúne não só quatro diferentes contos sobre o universo da série A Seleção A Rainha, O Príncipe, O Guarda e A Favorita -, como também diversos conteúdos extras também relacionados à série: três diferentes cenas sob a ótica de Celeste; um pequeno trecho com cenas sob a visão de Lucy; um epílogo extra de A Escolha, trazendo uma cena passada 2 anos após o encerramento do terceiro livro da série; e três pequenos resumos sobre a vida das três outras personagens que compuseram a Elite, ou seja, o seleto grupo de finalistas da Seleção. Além disso, há também os dois primeiros capítulos de A Sereia, próxima obra de Kiera Cass a ser publicada, escrita anteriormente aos livros de A Seleção. No Brasil, o lançamento acontecerá em janeiro de 2016, juntamente do lançamento oficial nos EUA. A Sereia, vale lembrar, é um livro único, e não integrante de uma série.

felizes-para-sempre-kiera-cass-minha-vida-literaria4

Primeiramente, é preciso comentar sobre a belíssima edição produzida pela Editora Seguinte. Assim como os demais livros, estão disponíveis as versões em brochura e em capa dura. Meu exemplar é esse segundo, e eu não poderia ter me apaixonado mais por ele. Além da belíssima capa, todas as ilustrações que acompanham os conteúdos internos são de encherem os olhos, proporcionando ao leitor um pouco mais do universo da série.

 

“Tentei não me assustar com os pensamentos na minha cabeça. Porque se precisasse escolher entre Clarkson e mim, não sei se seria capaz de me colocar em primeiro lugar. Ele era o príncipe, e sua vida tinha um valor inestimável para o país. Mais que isso, tinha um valor inestimável para mim.

A Rainha, página 60

 

O conto de abertura de Felizes para sempre é A Rainha, que traz parte da Seleção vivida pela Rainha Amberly e o Rei Clarkson, pais de Maxon. Infelizmente, foi o conto de que menos gostei e, provavelmente, o conto pelo que mais ansiei, já que tinha muita curiosidade em saber como essas duas personagens conseguiram ficar juntas, considerando-se a grande diferença na personalidade e, me arrisco a dizer, no caráter de ambas. Lamentavelmente, não consegui me convencer e me cativar por suas histórias, simplesmente porque não fui capaz de acreditar, de fato, no amor entre eles. Amberly nutria uma paixão platônica pelo príncipe Clarkson desde pequena, e acredito que ela se manteve durante a Seleção principalmente por conta de toda a ilusão por ela criada sobre ele. Porém, não consigo acreditar que esse amor conseguiria sobreviver após tudo o que viriam a viver como casal, principalmente no que diz respeito aos atos de Clarkson como pai, acima até de suas atitudes reais. Kiera Cass nos possibilitou um vislumbre sobre os horrores vividos por Clarkson durante seu crescimento – algo que teria sido capaz de transformá-lo -, mas, para mim, a narrativa ficou superficial e não convincente. Acredito que parte do problema tenha sido por esse ser o único conto, de certa forma, situado num período fora dos demais livros da série, o que tornaria necessário que muito mais fosse contado e explicado, uma vez que esse, de certa forma, conta uma segunda história, enquanto os demais narram partes de uma outra já conhecida por nós. Entretanto, por ser apenas um pequeno conto, a restrição do gênero limitou a narrativa, tornando-a rápida e, conforme comentado, superficial. Ainda, acredito que houve uma tentativa da autora em romancear a história, buscando mostrar a existência de um afeto verdadeiro entre as personagens. Porém, mesmo que algumas atitudes de Clarkson até demonstrem um sentimento sincero por Amberly, seus traços abusivos já aparecem aqui, e não acredito que eles combinem com o ar romântico dado por Cass.

felizes-para-sempre-kiera-cass-minha-vida-literaria3

O Príncipe e O Guarda, por sua vez, já haviam sido lidos por mim anteriormente. Ambos se passam, respectivamente, em meio aos livros de A Seleção e A Elite, e trazem as visões de Maxon e Aspen de tais momentos da história. O mais interessante neles foi poder observar “o outro lado” da narrativa, até então só conhecida por nós pela visão de America, o que tornou a obra um pouco mais ampla. Foi agradável poder compreender melhor cada um dos personagens, bem como suas emoções e intenções.

 

“Fechei os olhos e fiz que sim com a cabeça enquanto lágrimas desciam pelo meu rosto. Viver com ou sem o amor dele: para mim, as duas opções significavam flertar com a morte.” 

A Favorita, página 328

 

A Favorita, sem dúvidas, foi meu conto favorito. Por trazer a narrativa de Marlee e, por consequência, momentos bastante intensos da história, foi o conto mais emocionante e envolvente para mim. Adorei a maneira de como a autora intercalou passado e presente, de forma que soubéssemos como a personagem e Carter se conheceram, além de saber mais detalhes de suas vidas ocultas no palácio, das quais só tivemos informações rápidas e resumidas nos livros da série. Acima de tudo, o amor entre os dois me comoveu, sentimento esse que permeia cada página do conto.

felizes-para-sempre-kiera-cass-minha-vida-literaria1

Outro recurso interessante de Felizes Para Sempre foram as introduções de Kiera Cass a cada um dos quatro contos, nas quais ela pôde expressar um pouco mais de sua visão sobre as personagens, além de seus receios e anseios sobre as histórias. É sempre interessante conhecer o olhar de um autor sobre sua própria obra, principalmente no que se refere à vida própria tomada pela trama, que foge do controle do autor em si.

Os demais extras, além de interessantes por revelarem mais detalhes e um maior aprofundamento de outras personagens, me cativaram principalmente por demonstrar a abrangência de A Seleção na mente de Kiera Cass. É como se ela, de fato, tivesse conhecimento sobre cada personagem, como se cada vida realmente habitasse sua mente. Certamente, foi esse o ponto que mais se sobressaiu em Felizes Para Sempre para mim, uma leitura complementar e deliciosa mais do que recomendada aos fãs de A Seleção.

felizes-para-sempre-kiera-cass-minha-vida-literaria2





Deixe o seu comentário

20 Respostas para "[Resenha] Felizes Para Sempre – Kiera Cass"

Leticia Golz - 11, novembro 2015 às (10:10)

Oi, Aione!
Eu não li a série A seleção, mas acho que este livro deve ter ficado ótimo para quem quer conhecer mais os personagens, ainda mais da visão da autora. E, pelo jeito ela trabalhou isso muito bem. Confesso que algumas coisas são confusas para mim, mas acho que é porque não li ainda.
Você tem razão, a edição está linda. Vi algumas postagens no facebook, e achei linda.

livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

Responder

Natália Caroline Kiel - 11, novembro 2015 às (10:11)

Olá, Aione…

Amo demais essa Trilogia que agora é serie, sem sombra de duvidas é a serie que mais amo……. Estou esperando o meu livro chegar 🙁 tipo não chega nunca, “tô” muito ansiosa)
Estou realmente empolgada para saber a historia de Marlee….

Responder

Maria Alves - 11, novembro 2015 às (10:20)

Ainda não li os livros dessa série, mas gostei de ler um pouco sobre os contos, A favorita realmente parece ser muito bom e comovente. O príncipe e o guarda também parece ser bom, parece que da para entender melhor os personagens.

Responder

Mari - 11, novembro 2015 às (12:39)

Vou acabar comprando esse livro só para completar a coleção. Acho que a série tem um potencial não explorado e que a Kiera Cass deixou passar muito por decidir não se aprofundar. Fora que a America é muito chata e aparentemente a filha dela também é. Mas mesmo assim são livros gostosos de ler.

Beijos
Mari
http://pequenosretalhos.wordpress.com

Responder

Jéssica Fernanda - 11, novembro 2015 às (13:22)

Aione vou me perder nesses contos! Ansiosa para ler, quero com capa dura, deve ser lindo de morrer, li em ebook e quero comprar o box na Black <3

Responder

Diane Ramos - 11, novembro 2015 às (14:19)

Oi …
Eu tenho até vontade de ler essa série , mas , ainda nem li o primeiro rs
Os fãs que me perdoem ,mas, acho que a autora está rendendo demais essa história , ela devia escrever histórias diversas em vez de sugar até a última gota o seu sucesso .
Imagine se a J. K. Rowling só escrevesse sobre o Harry …

Beijos

Responder

Daiele - 12, novembro 2015 às (05:28)

Olá!
Primeiramente, o livro realmente é muito bonito, assim como todos os outros da série, como vc disse. Mas sabe que apesar de eu achar as edições maravilhosas, não tenho vontade de ler essa série. Não sei bem o motivo. Se é pq eu nunca li nada de distopia e tenho um certo receio em começar, ou se é pq todo mundo fala dessa série e eu ja peguei altos spoilers, hehehe.

beijoos

Responder

Aciclea Vieira - 12, novembro 2015 às (08:27)

Aione,quero muito ler essa antologia do universo da série da Kiera,ele é simplesmente lindo…amei as ilustrações.Legal ela lançar um livro único,depois desse,A Sereia,não integrante dessa série.Realmente esse seu exemplar de capa dura é belíssimo,pena você não ter gostado do conto A Rainha,nem ter sido convencida pelos argumentos da autora. Ainda não li os Contos O Príncipe e O Guarda.A favorita estou ansiosa para ler e conhecer a narrativa da personagem Marlee ,legal ser intercalado o passado e o presente.Que bom que achou uma leitura complementar e deliciosa.Mil beijinhos!!!

Responder

Helio de Oliveira e Souza - 12, novembro 2015 às (10:29)

E bom conhecer mais sobre personagens que li e gostei desta serie muito bom este livro .

Responder

Isabella Paiva - 12, novembro 2015 às (18:38)

Oi Aione 🙂 Preciso dizer que fiquei perdida nessa resenha =/ Eu não li nenhum livro da série por dois motivos: eu não queria ler um livro de modinha, porque eu não suporto isso! E porque mesmo passando a época de modinha não consegui criar interesse pela leitura da série, e não foi por falta porque eu tenho o primeiro livro na minha estante e ele só está pegando poeira lá! Não sei o que aconteceu comigo dessa vez, porque aparentemente tenho tudo para gostar do livro, mas não tenho interesse!

Responder

Priscila Gonçalves - 13, novembro 2015 às (00:21)

A Favorita também foi o meu conto favorito, poder ver a cena deles sendo açoitados em praça pública e mesmo assim não deixarem de se encorajar foi muito lindo. E o que eu menos gostei foi A Rainha, por um único motivo, o rei Clarkson, não me convenceu.

Responder

Sara - 13, novembro 2015 às (16:19)

E eu que só li o primeiro livro? Ela já lançou tanto livro, tanto spin off, tanta coisa! QUERIA TUDO! é tudo lindo!

Responder

Luis Carlos - 13, novembro 2015 às (18:27)

Eu ainda não li A Seleção por conta do livro, apesar de ser distópico, um dos meus gêneros favoritos, ter o seu foco maior no romance. Lendo a resenha desse spin-off, que foi lançado recentemente, vi que ele é abrange várias situações de vários personagens, que é ótimo para os leitores que amam a série. Gostei bastante do trabalha que a Editora fez no livro. Ficou incrível!

Responder

Carol Yamashita - 24, novembro 2015 às (10:41)

Quero tantoooo! Já li alguns contos, mas eu preciso desse livro!!!!

Responder

Joyce Agápito - 31, dezembro 2015 às (05:28)

Ameiiii sua resenhaaa <3
Sou apaixonada pela coleção dos contos e nunca perco sempre que tem uma novidade e sua resenha foi a melhor 🙂

Responder

Fe Fernanda - 29, janeiro 2016 às (14:32)

Louca para ler

Responder

Thalya Brenda - 16, fevereiro 2016 às (13:16)

Sou apaixonada pelos livros da Kiera Cass,estou louca pra ler FELIZES PARA SEMPRE,mas cadê o tim timkkkkkkk

Responder

Juliana - 11, abril 2016 às (12:55)

Olá,

Estou com uma dúvida, contos da seleção e felizes para sempre a história do guarda e o príncipe é a mesma que vem no felizes para sempre?

obg

Responder

Aione Simões 11 abr 2016

Oi Juliana!
Os contos “O Príncipe” e “O Guarda” de “Felizes para sempre” são os mesmos de “Contos da Seleção” sim 🙂
A diferença é que “Felizes para sempre” traz, também, os contos “A Rainha” e “A Favorita”, além de alguns outros extras da série!
Beijos

Responder

Juliana 12 abr 2016

Ah obg….estava na dúvida.
Amo esses livros. <3

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por