[Resenha] Sangue na Neve - Jo Nesbo | Minha Vida Literária
23

dez
2015

[Resenha] Sangue na Neve – Jo Nesbo

sangue-na-neve-jo-nesbo-minha-vida-literaria

Título: Sangue na Neve
Autor: Jo Nesbo
Editora: Record
Número de Páginas: 154
Data de Publicação: 2015
Skoob: Adicione
Compare e Compre: AmazonAmericanasCulturaSaraivaSubmarino

Olav tem apenas um talento: matar pessoas a sangue-frio. Não há nada que ele preze mais que ter o poder sobre a vida e a morte. Porém, sua natureza sensível é proporcional às suas habilidades como matador de aluguel. Uma vez tentou roubar bancos, mas não deu certo – ele se sentiu tão culpado que foi visitar uma das vítimas no hospital. Agenciar mulheres para prostituição, idem – Olav se apaixona muito fácil. O assassinato foi tudo que lhe restou.

sangue-na-neve-jo-nesbo-minha-vida-literaria3

Já conhecia a escrita de Jo Nesbo por suas obras pertencentes à série protagonizada por Harry Hole – Boneco de Neve e O Leopardo. Contudo, ainda assim consegui me surpreender com a leitura de Sangue na Neve, sua mais recente obra publicada pela editora Record.

Nesse seu livro, temos a história de Olav, um matador de aluguel contratado para assassinar a esposa de seu chefe. Porém, ao conhecê-la, sua perspectiva sobre o trabalho se altera, levando-o a tomar uma decisão capaz de mudar o rumo de sua própria vida.

“Mas seus quadris passaram a se mover como ondas cortantes e sucessivas embaixo de mim, e sua pele branca reluzia na escuridão. Era como ter o luar em minhas mãos. Tão suave quanto. Tão impossível quanto.

página 65

 

A primeira diferença desse para os outros romances do autor consiste justamente em sua extensão; enquanto os outros lidos por mim são bastante complexos e detalhados, o que os leva a ter um maior número de páginas, esse pode ser considerado como um romance curto ou uma novela. Porém, isso não significa que a história seja contada de maneira inadequada, com detalhes insuficientes. Pelo contrário, o autor consegue envolver o leitor em uma trama tanto interessante quanto surpreendente através de uma narrativa que se assemelha a de um conto.

sangue-na-neve-jo-nesbo-minha-vida-literaria2

Ainda, sua escrita foi, em minha opinião, o maior dos atributos da obra. A narrativa se dá em primeira pessoa, sob a perspectiva de Olav. Dessa maneira, carrega consigo as características inerentes ao personagem, tão singular quanto Harry Hole, protagonista de seus demais livros lidos por mim. Olav, ao mesmo tempo em que se assume disléxico e ignorante em diversas áreas do conhecimento, é um leitor apaixonado e dotado de uma sensibilidade ímpar, que transborda de cada palavra. Foi essa sensibilidade a responsável por me encantar pela leitura e pela história como um todo, principalmente por eu não ter esperado por ela, considerando-se que Sangue Na Neve é um thriller.

“Eu li e sonhei. Sonhei e li. Acrescentei e cortei cenas. No fim, não tinha certeza do que havia sido criado pelo autor e do que era minha própria invenção.

página 110

 

Também, o fato da narrativa se dar em primeira pessoa contribui diretamente para o desenvolvimento da trama e para as reviravoltas nela existentes. São as qualidades de Olav, de sua personalidade, que permitem à história acontecer como ela se dá, além de esconder mistérios inacessíveis ao leitor por serem, também, ocultos a Olav. Além disso, o próprio leitor se questiona, em determinado momento, sobre a confiabilidade dos fatos narrados, visto que eles são apresentados de forma parcial por serem exclusivos de Olav e de sua mente poética e criativa,

De modo geral, Sangue na Neve me surpreendeu por ser uma leitura rápida, fluida e envolvente, capaz de conquistar e agradar os leitores tanto por seu suspense e ação quanto por sua escrita poética e sensível. Jo Nesbo, sem dúvidas, me surpreendeu mais uma vez!

sangue-na-neve-jo-nesbo-minha-vida-literaria1





Deixe o seu comentário

12 Respostas para "[Resenha] Sangue na Neve – Jo Nesbo"

Fernanda Martins - 23, dezembro 2015 às (19:38)

Oi Aione, que sinopse incrível, achei a estoria bem diferente nunca li nada assim já coloquei esse livro na minha lista de leitura obrigada pela dica bjs.

Responder

Rhoana Lersch - 23, dezembro 2015 às (20:39)

Oi Aione!!!!
Amei a capa do livro, acho que deve ter tudo a ver com o livro.
Após ler a resenha percebi que não tem muito a ver com os livros que costumo ler, mas penso em adquiri-lo para sair da zona de conforto. Beijos

Responder

Larissa Oliveira - 24, dezembro 2015 às (13:04)

Olá, Aione! Tenho muita vontade de ler os livros dessa série com Harry Hole. Adoro o gênero e sempre vejo comentários super positivos. Essa é a primeira resenha que leio do livro e já me deixou com uma mega vontade de le-lo. Olav parece ter uma personalidade bem curiosa e achei esse lance de o leitor ficar em dúvida sobre a veracidade dos fatos muito interessante. Pretendo ler com certeza!

Responder

Lara Cardoso - 24, dezembro 2015 às (22:19)

Olá!
O livro apesar de curto, parece trazer uma crise existencial profunda no matador de aluguel.
Gosto de thrillers policiais que abordam o lado psicológico, mesmo que aqui no caso nem seja tão explícita essa ligação.

Responder

Juliana Mattos - 27, dezembro 2015 às (21:45)

Ahhh, eu li Boneco de Neve e adorei! (Vai ter filme, tô tão empolgada <3)
Tinha visto que a Record ia lançar esse livro, mas gente, como é fininho!! Não sabia hahaha, lerei com certeza, a escrita de Jo Nesbo é incrível! ;*

Responder

SUZZY CHIU - 27, dezembro 2015 às (23:16)

Nossa, que capa mais tensa do livro Sangue na Neve, retratando o titulo fielmente.
Não conhecia o trabalho da Jo Nesbo, mas pelos seus elogios, a escrita dela é mto boa.
Acho que nunca li nenhum livro que fosse considerado romance curto ou uma novela e fiquei interessado em ver como é.
Gosto de mistérios a serem desvendados juntos com os personagens, vou tentar ler sim.
Beijos.

♥ Blog Livros e Sushi ♥
https://livrosesushi.wordpress.com/

Responder

rayane colomes - 28, dezembro 2015 às (12:42)

não conhecia nenhuma obra do autor e fiquei admirada.. com toda ctz esta na minha lista de quero ler… adoro livro que envolve assassinatos ou quase assassinatos! hahah

Responder

suzana cariri - 28, dezembro 2015 às (16:06)

Oi!
Ainda não li nada do Jo Nesbo é fiquei muito curiosa sobre a escrita do autor achei a historia me legal e interessante e gostei muito do Olav ele me pareceu o tipo de personagem bem complexo !!

Responder

Liliane Furtado - 30, dezembro 2015 às (14:10)

Já ouvi falar muito desse autor
Bateu aquele interesse de ler pela sua resenha e por ter ação.kkkk sou dessas

Responder

Patrini Viero - 31, dezembro 2015 às (11:37)

Ainda não li nada do autor, mas já ouvi e li muitas opiniões positivas sobre os livros e a escrita dele. Gosto muito das capas que a editora prepara para os títulos, acredito que elas encaixem e personifiquem a história muito bem. Os elementos que ele utilizou nessa história, em particular, são um tanto quanto conhecidos, talvez até batidos, mas acho que o autor conseguiu construir um enredo exclusivo e envolvente apesar desse aspecto. Gosto da personalidade que o protagonista possui, só fico com receio de que a narração em primeira pessoa possa restringir o ponto de vista do leitor, tornando-o parcial, muitas vezes.

Responder

Mariana Fieri - 12, Janeiro 2016 às (09:42)

Oi Aione! Tudo bem? Sangue na Neve foi a 3ª leitura que fiz este ano de 2016 e o meu 1º contato com o autor Jo Nesbo. Gostei muito da escrita do autor, e de como ele desenvolveu a trama. Mas a história em si não mexeu comigo nem despertou nenhuma emoção sabe? Ainda não coloquei resenha deste livro no blog. Quero ler outras obras do autor para ver o que acho.

Adorei a resenha! Bjooos e uma ótima semana para vc!

Responder

Aione Simões 12 jan 2016

Oi Mari!
A história mesmo também não mexeu muito comigo, foi a escrita dele que adorei!
Mas não deixe de ler outros livros dele, se puder, achei tudo bem diferente, até a escrita (não tão poética quanto essa, ainda que bem sensível também – “Boneco de Neve” me deixou mesmo com medo hahaha). E as tramas são muito bem elaboradas, vale a pena!
Beijão!

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por