[Resenha] A Colina Escarlate - Nancy Holder | Minha Vida Literária
29

dez
2015

[Resenha] A Colina Escarlate – Nancy Holder

A-Colina-Escarlate-Minha-Vida-Literaria

Título: A Colina Escarlate
Autor: Nancy Holder
Editora: Record
Número de Páginas: 308
Ano de Publicação: 2015
Skoob: Adicione
Compre: Amazon

Edith Cushing, uma jovem da era vitoriana, alimenta o sonho de escrever um livro. Ainda que, segundo ela mesma, seja uma misantropa irritadiça, não é diferente das jovens de sua época. Porém, há algo tenebroso em seu passado. Aos 10 anos, Edith sofreu dois grandes traumas: o falecimento de sua mãe e, três semanas depois, o encontro com um fantasma — a Sr. Cushing, sua própria mãe. Ainda hoje Edith se lembra daquela noite: o tique-taque do relógio, o ranger das tábuas do assoalho, o farfalhar do robe de seda com o qual a mãe fora enterrada, o estalido dos ossos sob a pele que já definhava, a mão decomposta em seu ombro…e um recado enigmático.Sem medir esforços para realizar seu sonho, ela acaba conhecendo Sir Thomas Sharpe, um homem misterioso, dono de terras na Inglaterra e de uma mente criativa como a dela. Isso logo desperta o interesse da jovem, que busca mais informações sobre ele e sobre Allerdale Hall, a propriedade ancestral da família Sharpe. No entanto, o que Edith não encontra em suas pesquisas são os segredos terríveis guardados pelo nobre inglês, que irão assombrá-la para sempre.

A-Colina-Escarlate-Minha-Vida-Literaria1

A Colina Escarlate é um romance adaptado do filme homônimo com roteiro de Guilherme Del Toro e Matthew Robbins. O filme foi lançado em outubro deste ano e estrelado por Mia Wasikowska, Jessica Chastain e Tom Hiddleston; o livro, por sua vez, é de autoria de Nancy Holder que, reconhecida por seus Best-sellers, publicou mais de oitenta livros e mais de cem contos, muitos deles baseados em Highlander; Buffy, a caça-vampiros e Angel.

O livro possui uma gama de elementos atrativos para quem gosta de suspenses e nos revela uma trama cheia de mistérios, que nos convidam a fazer a leitura em horário noturno e acompanhados de uma boa dose de silêncio e uma xícara de café bem quente. Edith, uma jovem escritora da era vitoriana que desde a infância é assombrada por fantasmas e cujo maior sonho é a publicação do seu livro, se envolve com o enigmático Thomas Sharpe, o qual mora com sua irmã numa antiga mansão no alto de uma colina. Através desses elementos já conseguimos vislumbrar o quão interessante essa história pode se revelar.

A narrativa em terceira pessoa se mostra envolvente e de fácil compreensão, e a escrita, apesar de um tanto descritiva, não deixa de ser objetiva e clara. A trama envolve drama, suspense, fantasia e romance. Cabe colocar que o tempo todo a autora tenta nos aproximar dos personagens, sobretudo de Edith, a qual, vez por outra, aparece de algum modo fazendo reflexões sobre sua vida e os acontecimentos correntes que a envolvem. Desse modo, Edith, torna-se uma personagem bastante cativante, uma mocinha a frente do seu tempo, que, apesar de ter alguns traumas, tem objetivos de vida bem definidos e planejados – até algumas surpresas ocorrerem em sua vida.

A-Colina-Escarlate-Minha-Vida-Literaria2

De modo geral, temos uma boa história, com elementos que nos prendem a atenção e nos fazem querer saber o final o mais rápido possível. Mas não colocaria o livro no topo dos livros de terror e suspense, acredito que a atmosfera criada é capaz sim de proporcionar momentos de tensão ao leitor, porém sempre de um modo mais melancólico e reflexivo, dispondo pelas entrelinhas detalhes que fizeram toda a diferença.

Por fim, costumo pensar que livros como este têm como principal característica nos despertar a curiosidade. Nos perguntamos ao ler a sinopse: o que há nessa misteriosa colina? Quem são os irmãos Sharpe? Qual será o destino dessa jovem escritora? E de antemão, já vamos tirando nossas conclusões, o que pode ou não decepcionar, a depender das expectativas criadas em torno da trama. No meu caso, fui esperando mais um romance shakespeariano do que um livro de terror daqueles de tirar o fôlego, e isso apaziguou um pouco a ansiedade por cenas aterrorizantes. Desse modo, quero dizer que o livro funcionou bem para mim e foi uma ótima leitura, fui transportada para a época e pude vislumbrar toda a ambientação criada; entretanto, é possível que cause alguma decepção em quem busca algo mais sombrio. A meu ver, os enigmas dispostos sobre a trama foram bem dosados e as ligeiras reflexões sobre a natureza humana só agregaram coisas positivas. Essa é uma história de descobertas, para nós leitores e para os personagens desse romance. Afinal, “descobrir o que tememos é descobrir quem somos”- Guillermo Del Toro.

A-Colina-Escarlate-Minha-Vida-Literaria3





Deixe o seu comentário

12 Respostas para "[Resenha] A Colina Escarlate – Nancy Holder"

Rhoana Lersch - 29, dezembro 2015 às (18:22)

Oi Clivia!!
Me interesso muito por livros de suspense. Já assisti o filme e pretendo ler o livro, mesmo que não seja o melhor livro desse gênero, concordo que o que vale é despertar a curiosidade!
Beijoss

Responder

Fernanda Martins - 29, dezembro 2015 às (19:02)

Oi Clivia eu não sabia que o filme a colina escarlate era de um livro que legal agora não vou mais assistir o filme vou ler o livro bjs.

Responder

Juliana Mattos - 30, dezembro 2015 às (00:05)

Já adorei só pelo quote do meu poema favorito de Poe hahaha! Não sabia que tinha livro! Não assisti o filme ainda, mas mesmo não estando no topo dos livros de terror e suspense, vou ver se leio antes de assistir, tenho uma certa mania de sempre ler quando se tem essa opção hahaha ;*

Responder

Liliane Furtado - 30, dezembro 2015 às (13:55)

Eu nuca li nada desse gênero de suspense e terror. Será uma boa começar com ele? rsrsrs
Vamos tentar,né?

Responder

Lara Cardoso - 30, dezembro 2015 às (22:50)

Oi!
Nunca assistir o filme e também não li o livro. Na verdade é minha primeira vez que li uma resenha sobre esse livro. Ache bastante interessante! Um ponto positivo que eu gostei muito é que: Não é uma história de terror ( *** PAUSA PARA UMA DANCINHA DA FELICIDADE***). É só sobre fantasmas e uma missão muito clara.

Responder

Patrini Viero - 30, dezembro 2015 às (23:02)

Eu estava completamente ansiosa pelo lançamento do filme, mas depois que vi que a história viraria livro decidi deixar para assistir um pouco mais tarde. Acredito que o terror/suspense não seja o foco da trama. A curiosidade é o que impulsiona essa leitura, como tu mesma disse. As expectativas possíveis nunca são totalmente verdadeiras, por isso acho que precisamos iniciar uma leitura sempre abertos para aquilo que a história nos trará. Os elementos sobrenaturais e misteriosos combinados desse enredo são o que mais me atraem nesse livro.

Responder

SUZZY CHIU - 31, dezembro 2015 às (00:37)

Eu estava mega interessada no livro, mas qd eu vi o trailer achei que era suspense/terror demais para mim que sou a medrosa em pessoa!
Acho que vc tem razão, o livro realmente desperta a curiosidade em volta de tantos misterios.
mesmo vc falando que nao é mto sombrio, eu prefiro nao arriscar.
Beijos

Blog Livros e Sushi
https://livrosesushi.wordpress.com/

Responder

suzana cariri - 31, dezembro 2015 às (11:46)

Oi!
Ainda não conhecia essa historia sabia do filme mais nunca me interessei muito pois não é gênero que gosto o terror, mais lendo a resenha do livro deu para ver que é um terror bem leve e a historia é interessante !!

Responder

Larissa Oliveira - 31, dezembro 2015 às (13:16)

Olá, Clivia! Quero mto ler esse livro, mas confesso que preferiria um clima mais sombrio haha. A premissa é mto interessante e atrativa e, mesmo sabendo que a trama tem uma outra pegada, ainda quero mto fazer essa leitura.

Responder

Juliana Lucena - 02, janeiro 2016 às (20:56)

Ótima resenha, fiquei muito interessada neste livro! Muito obrigada!

Responder

Joana Amélia - 04, julho 2016 às (18:35)

Ameii, nem é tanto um terror ou suspense, na verdade é uma história de amor,um amor doentio , frio,pessoas que são capazes de matar ou morrer um pelo outro
Enfim…amei o livro e o filme =^-^=

Responder

María Cristina Silva dos Santos - 16, outubro 2016 às (00:07)

Acabei de ver o filme,suspense,misterioso,enigmático. Até meu marido,que gosta de filmes de ação, aprovou o filme,tentando desvendar os mistérios. Muito bom,logo comprarei o livro para aguçar mais uma vez estes mistérios!

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por

Blogs Brasil