[Diversos] Desafio: "Eu e as Mulheres da Literatura" | Minha Vida Literária
08

mar
2016

[Diversos] Desafio: “Eu e as Mulheres da Literatura”

No Dia Internacional da Mulher, trago um post bastante especial: o desafio Eu e as Mulheres da Literatura, criado pelo blog Queria Estar Lendo.  A ideia é divulgar protagonistas e livros escritos por mulheres, de forma a mostrar o quanto essa literatura é vasta e distante da ideia de que “mulheres só escrevem romance”.

O desafio pode ser respondido diariamente ou todo de uma vez. Pode ser feito através de postagens nas redes sociais, no blog, através de fotos ou vídeos. O importante é que a hashtag #MulheresdaLiteratura seja utilizada para que os posts sejam encontrados!

Optei por respondê-lo de uma vez hoje, através de imagens. Vamos conferir?

desafio-as-mulheres-e-a-literatura-1

 

1 – O primeiro livro escrito por uma mulher que você leu.

Muito provavelmente, foi outro o primeiro livro escrito por uma mulher a que tive contato quando criança. Porém, além de não me recordar do primeiro, Pollyanna Moça é um dos únicos livros que conservo da minha infância (infelizmente), e ele e seu antecessor, Pollyanna, são um dos poucos que me recordo de ler naquela época.

 

desafio-as-mulheres-e-a-literatura-2

 

2 – O seu livro preferido escrito por uma mulher.
3 – O seu livro preferido protagonizado por uma mulher.
4 – Sua autora preferida.

Com exceção de Harry Potter, que não é protagonizado por uma mulher e, portanto, não se enquadra no 3º item, fiquei na dúvida de qual livro incluir nessas categorias. Sophie Kinsella, Jane Austen e J.K. Rowling são, sem dúvidas, minhas autoras favoritas, e O Segredo de Emma Corrigan, Persuasão (ambos protagonizados por mulheres) e a série Harry Potter são tanto meus livros favoritos dentre suas obras quanto figuram na minha lista de favoritos da vida inteira.

 

desafio-as-mulheres-e-a-literatura-3

 

5 – Um livro com uma amizade forte entre mulheres.
6 – Um livro com uma heroína que salva a si mesma.
7 – Um livro com uma heroína que não tem medo de armas e lutas.

Só o título de Amigas Para Sempre já indica essa forte amizade do item nº 6. Em O que há de estranho em mim, Brit conta consigo e com suas amigas para sobreviver ao reformatório no qual foi internada pela própria família. E em Jogos Vorazes, Katniss coloca de lado qualquer possível temor não simplesmente para se salvar, mas para fazer justiça e proteger Prim, sua irmã caçula e a pessoa que ela mais ama no mundo.

 

desafio-as-mulheres-e-a-literatura-4

 

8 – Um livro de romance escrito por uma mulher.
9 – Um livro de romance policial escrito por uma mulher.
10 – Um livro de fantasia escrito por uma mulher.
11 – Um livro sobrenatural/sci-fi escrito por uma mulher.
12 – Um livro de terror escrito por uma mulher.

P.S. Eu te amo é um dos meus romances favoritos, e minha obra favorita de Cecelia Ahern. Embora meu primeiro pensamento para o item nº 9 tenha sido Agatha Christie, a Dama do Crime,  optei por Beije-me Antes de Morrer, continuação de Se eu morrer antes de você, série de Allison Brennan e uma das minhas favoritas dentre os thrillers policiais. Deusa do Mar, de P.C. Cast, é o primeiro volume da série Goddess, que mescla romance e fantasia em suas histórias, trazendo sempre a releitura de um diferente mito/conto. Adormecida, de Anna Sheehan, é uma distopia (e talvez a obra mais próxima da minha coleção que se enquadre no item nº 11). Por fim, Atormentada, de Jeannine Garsee, tanto mescla terror quanto thriller psicológico em sua narrativa.

 

desafio-as-mulheres-e-a-literatura-5

 

13 – Um livro com a heroína na capa.
14 – Um livro com uma heroína que não se conforma em ser o que esperam dela.
15 – Um livro escrito por duas (ou mais) mulheres.

Desde Perdida, a combinação de um vestido branco com um All-Star vermelho se tornou sinônimo de Sofia! Em Muito Mais Que Uma Princesa, Lucia está longe de querer ser a recatada jovem que a sociedade espera dela. E, por fim, O Livro das Princesas traz contos independentes, mas cada um deles foi escrito por uma diferente e renomada autora de peso!

 

desafio-as-mulheres-e-a-literatura-6

 

16 – Um livro com a sua heroína preferida.
17 – Uma autora que te inspira.
18 – Um livro com uma heroína na qual você se espelha.

Jane Eyre é, sem dúvidas, uma heroína memorável; sou completamente apaixonada por sua história, possível apenas por conta de sua personalidade e atitudes incríveis! Martha Medeiros, por sua vez, é sempre uma fonte de inspiração, considerando-se que suas palavras parecem sempre compreender muito bem a alma humana. E em Por Linhas Tortas, Cynthia França me apresentou Ester, uma mulher cuja força superou diversos obstáculos e que se tornou, para mim, um exemplo a ser seguido.

 

desafio-as-mulheres-e-a-literatura-7

 

19 – Um livro com uma heroína que as meninas deveriam conhecer desde novas.
20 – Um livro com uma protagonista que você não esperava ser tão forte quanto foi.
21 – Um livro com uma heroína que você começou odiando e terminou amando.
22 – Um livro onde a heroína salva o herói.

Ainda não li Eu Sou Malala, mas não é necessário ler o livro para saber que Malala Yousafzai deve ser conhecida por todos, desde pequenos. A ativista paquistanesa foi a pessoa mais nova a ser laureada com um premio Nobel, e sua história de vida e sua luta são, no mínimo, inspiradoras. Em Quarto, a personagem da Mãe me surpreendeu por sua força tanto para sobreviver e salvar o filho Jack quanto para enfrentar as dificuldades que foram além do seu cativeiro. É muito fácil se revoltar com a atitude fria e indiferente de Anya, mãe de Nina e Meredith em O Jardim de Invernode Kristin Hannah; contudo, ao conhecer sua história, minha vontade foi, apenas, de abraçá-la bem forte e confortá-la para sempre. E em As Batidas Perdidas do Coração, seria mais correto dizer que o herói é quem se salva, de fato, porém seria injusto não atribuir à heroína parte desse mérito, já que foi graças aos seus esforços que ele se permitiu se salvar e encontrou neles a força necessária para isso.

 

desafio-as-mulheres-e-a-literatura-8

 

23 – Um livro com uma mulher transsexual.
24 – Um livro com uma mulher bissexual/homossexual.

Não me recordo, infelizmente, de ter algum livro com uma personagem trans. Assim, escolhi A Garota Dinamarquesa, que originou o filme homônimo indicado ao Oscar de Melhor Filme. Infelizmente, também, tenho poucos livros que se enquadrem na categoria nº 24. Ainda assim, escolhi A Casa das Marés, de Jojo Moyes, que traz um casal feminino bastante importante na trama e cuja história me emocionou bastante.

 

desafio-as-mulheres-e-a-literatura-9

 

25 – Um livro com uma personagem feminina que seja uma figura de poder.
26 – Um livro com uma mulher que escolheu a família.
27 – Um livro com a melhor vilã.

 A Balada de Adam Henry foi minha única escolha, nesse desafio, de um livro escrito por um homem, mas apenas porque Fiona Maye, a protagonista, é juíza do Tribunal Superior especialista em Direito da Família, e achei a leitura incrível. Em De Volta Para Casa, Cassie Madison fugiu de sua cidade natal justamente por conta de problemas familiares. Porém, a saúde debilitada de seu pai fez com que ela fosse obrigada a retornar às suas origens e, pouco a pouco, a força familiar age sobre ela, a ponto de seu orgulho e personalidade conquistados em Nova York perderem o brilho. E dizem que genialidade e loucura caminham lado a lado; exatamente por isso, escolhi Garota Exemplar para esse item.

 

desafio-as-mulheres-e-a-literatura-10

 

28 – Um livro com uma protagonista negra.
29 – Um livro com uma protagonista que superou abusos físicos e/ou emocionais.
30 – Um livro com uma protagonista que não queria salvar o mundo.

A Cor Púrpura, de Alice Walker, se tornou um dos meus livros favoritos – a obra é simplesmente incrível, e retrata com muita veracidade e sensibilidade o preconceito racial e a desigualdade de gêneros existentes no mundo (ainda que a história se passe nos EUA, durante as quatro primeiras décadas do século XX). Em No Escuro, de Elizabeth Haynes, a protagonista enfrenta as consequências dos abusos físicos e emocionais que sofreu em seu último relacionamento. Essa leitura fez com que eu escrevesse sobre a violência contra a mulher para minha coluna dos Delírios, na qual posto crônicas reflexivas de minha autoria. Por fim, em A Seleção, America só queria continuar com sua vida normal, ao lado de sua grande paixão, e foi obrigada a sair de sua zona de conforto, de forma a ter não apenas sua vida modificada para sempre como também a dos demais ao seu redor.

 

desafio-as-mulheres-e-a-literatura-11

 

31 – Um livro com uma personagem feminina (ou a autora) que represente o que é ser mulher para você. 

Em Um Teto Todo Seu, Virginia Woolf examina a dificuldade que escritoras e intelectuais mulheres enfrentaram ao longo dos séculos pelos homens reterem, em sua maior parte, o poder legal e econômico, bem como o futuro das mulheres na educação e sociedade. E mais do que possíveis características sobre nossa personalidade, ser mulher, para mim, é justamente o enfrentar dessa desigualdade e dessa desvalorização, que infelizmente ainda fazem parte do nosso dia a dia – as vezes de forma mais perceptível, as vezes tão silenciosas ou tão comuns a nossa rotina que nem ao menos nos damos conta de que elas estão lá. E, por isso, deixo aqui minha mensagem final: o Dia Internacional da Mulher é um dia de luta, acima de qualquer homenagem que possam querer nos fazer (até porque é no mínimo hipocrisia homenagear a mulher um dia no ano e, em todos os outros, continuar a tratá-la de maneira inferiorizada, como, por exemplo, ao oferecer menores salários a ela, ao privá-la de seus direitos, ao tratá-la como um objeto hipersexualizado). E essa luta, mulheres, deve persistir dia após dia, por meio de nossa união. Já foram muitas as nossas conquistas ao longo dos anos, mas ainda temos muito a conquistar. E tenho certeza: vamos conseguir!

 





Deixe o seu comentário

14 Respostas para "[Diversos] Desafio: “Eu e as Mulheres da Literatura”"

Maria fernanda pinheiro - 08, março 2016 às (10:45)

Amei esse desafio,a maioria dos livros que li são de mulheres, não é proposital, é que parece que nos entendem, fazem uma escrita cativante, e olha que livros perfeitos você citou, os melhores com certeza

Responder

Pah (@LendoEscrevendo) - 08, março 2016 às (11:08)

Adorei as indicações, principalmente pq não conhecia alguns livros
bjos

Responder

Helen Dutra - 08, março 2016 às (12:20)

Estou querendo muito ler alguns dos livros que você mencionou nesse desafio. “O que há de estranho em mim” e “Quarto” são alguns deles, por exemplo. E não sabia que “A casa das marés” trazia essa temática de casal feminino. Eu também não conheço muitos livros que se enquadrem nas categorias 23 e 24. 😉

Um beijo!

Responder

Lara Cardoso - 08, março 2016 às (19:27)

Oi Aione!
Ahhhhh que incrível ver o teu blog apoiando esse projeto! O Mês das Mulheres vai ser um arraso <3 KJASFUASBABGBAOUBAOU
É isso mesmo, vamos divulgar as #MulheresdaLiteratura! <3
Beijos!

Responder

Maria Alves - 08, março 2016 às (20:30)

Muito legal esse desafio e homenagem as mulheres guerreiras da literatura. Dessas mulheres citadas só li Perdida e J.k. Rowlling o Harry Potter. Jardim de inverno vou ler no meio do ano acho e vou poder conhecer essas mulheres.

Responder

Daiele - 09, março 2016 às (06:33)

Olá!

Nossa, adorei as perguntas. Mas confesso que para alguma delas eu nao tenho resposta. Principalmente a primeira, que é uma pena ja que eu definitivamente nao me lembro dos livros que li na infancia e infelizmente nao teho nenhum comigo!
Mas que adorei essa forma de homenagear as mulheres. As perguntas estão bem variadas, e diz muito de todos os livro que vc citou na resposta. Jane Eyre, é um livro que preciso muito ler, mas ainda nao tive oportunidade. A cor purpura tbm esta na minha lista, mas quando vi ele ali, lembrei de outro livro protagonizado por uma mulher negra que eu particularmente amei, que se chama “Pequena Abelha”
Adorei mesmo as perguntas, vai me incentivar muito a ler mais mulheres, tenho certeza que estarei aqui de vez em quando pegando umas dicas bessas belezas♥

beijos

Responder

Bruna Martins - 09, março 2016 às (09:26)

Oi Mi!
Tags já são divertidas e interessantes.. mas essa, em especial, eu adorei!
Você acredita que Pollyanna tb marcou mt a minha infância?! Minha mãe tem um exemplar que é dela desde menina e sempre lia pra mim antes de dormir…Quando aprendi a ler foi o primeiro que li sozinha… e como se não bastasse, a história, por si só, já é linda e super marcante… <3
Tb me identifiquei com várias outras respostas como as escolhas dos livros de Harry Potter, minha paixão literária da adolescência e outros como a Gayle Formam e Sophie Kinsella!
Ótima forma de homenagear o dia da mulher! 🙂
Beijos

Responder

Aciclea Vieira - 09, março 2016 às (12:07)

Aione,amei esse desafio.Realmente as mulheres estão presentes em todas as partes antes ditas só protagonizadas por homens e na literatura não seria diferente ,não apenas em romances ,mas em diversas temáticas como aventuras ,dramas ,tragédias ,thrillers entre outros,enfim todos os gostos e estilos.Beijinhos!!!

Responder

Leticia Golz - 10, março 2016 às (11:36)

Oi, Aione
Adorei esse desafio e suas escolhas. Sem dúvidas, Katniss se encaixou perfeitamente no item.
Eu li recentemente Jane Eyre e você tinha razão, é um livro incrível. Ela é uma das melhores personagens da literatura. Li Eu sou Malala e concordo que todas as meninas deviam ler, pois realmente é inspirador.
Quero muito ainda ler A cor púrpura, pois esse livro é a minha cara. Se eu tivesse feito esse desafio eu indicaria “O livro dos negros”, da Primavera Editorial. Esse livro é a sua cara (acredito eu). Procura ele, pois é incrível!!

Responder

Cristiane Oliveira - 10, março 2016 às (15:46)

Oi Aione!
Nossa, amei este desafio, que pena que não vi antes e este mês já estou participando de outro desafio, mas amei suas respostas.
Beijos

Responder

Micheli Pegoraro - 12, março 2016 às (00:14)

Adorei esse desafio Aione! Uma ótima homenagem ao dia da mulher.
Vou tentar responder todos os itens, mas já vi que vou levar um tempo, pois fiquei bem indecisa em alguns. Eu não consigo lembrar qual foi meu primeiro livro lido escrito por uma mulher, na verdade não consigo recordar qual foi meu primeiro livro lido, fico muito chateado com isso :/ Mas não é a primeira vez que vejo você falar de Pollyanna, quero ler quando tiver a oportunidade. Vários dos livros que você citou eu já li, e sem dúvida são ótimos exemplos para provar que essa ideia de que “mulheres só escrevem romance” é um absurdo. Os demais livros vou buscar conhecer um pouco mais, especialmente Um Teto Todo Seu.
Beijos

Responder

Jéssica Fernanda - 12, março 2016 às (15:10)

Tô passada prq não li nenhum dos livros citados.
Quero muito ler Jane Eyre, O que há de estranho e A cor purpura rss <3

Responder

suzana cariri - 17, março 2016 às (12:12)

Oi!
Gostei muito desse desafio de todos li Pollyanna que também e um livro da minha infância, HP, Adormecida, Perdida e A Seleção e tem vários livros que estão na minha lista de leitura Eu Sou Malala, a serie As Batidas Perdidas do Coração que ouvi falar muito bem e O que há de estranho em mim que quero muito ler !!

Responder

Ana I. J. Mercury - 30, março 2016 às (21:47)

Que lindooooo desafio, ameeeeeeei!!!
Nossa tem vários livros que li e que quero ler, além de me deixar curiosas pelos que ainda não conhecia!
Demaaaais, parabéns pelo post show!!
bjoos

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por