[Resenha] Três Chances - Alexandra Bullen | Minha Vida Literária
30

mar
2016

[Resenha] Três Chances – Alexandra Bullen

tres-chances-alexandra-bullen-minha-vida-literariaTítulo: Três Chances
Autor: Alexandra Bullen
Editora: Galera Record
Número de Páginas:  304
Ano de Publicação: 2016
Skoob: Adicione
Compare e Compre: AmazonExtraSubmarino

Três chances traz mais uma aventura com vestidos mágicos, numa mistura de Cinderela e Aladdin, recheada com romance e uma protagonista singular.
Hazel sempre esteve sozinha. Abandonada pela mãe ainda bebê, ela foi mandada de lar em lar por toda a vida. Mas ao completar dezoito anos, o destino lhe preparou uma surpresa. Presenteada com vestidos mágicos, Hazel tem direito a três desejos. E tudo o que ela mais deseja é conhecer sua mãe.
É assim que a garota é transportada para o passado, numa chance única de mudar seu destino, se apaixonar perdidamente, e criar laços de amor com sua família. Mas para que possa refazer a história sem prejudicar seu futuro, Hazel precisa saber exatamente que desejos fazer.

Três chances é o segundo volume da série Desejos, de Alexandra Bullen. Por serem histórias completamente independentes entre si, é possível que cada livro seja lido separadamente e/ou em fora de ordem, de acordo com a preferência de cada leitor. Apenas o que os define como pertencentes a uma série é a mesma ideia central ao redor da qual cada trama se desenvolve: garotas enfrentando difíceis situações que, ao receberem três vestidos mágicos cada uma, recebem, também, a chance de terem três pedidos realizados, de forma a resolverem os problemas por elas encarados. Apesar de ter gostado de Desejos, primeiro volume, não senti tanto entusiasmo por ele, diferentemente de Três chances, pelo qual terminei encantada e desejosa – sem sucesso – de que houvesse mais um livro na série.

tres-chances-alexandra-bullen-minha-vida-literaria2

Aqui, conhecemos a história de Hazel, uma garota entregue à adoção quando bebê e cuja mãe adotiva faleceu quando a jovem ainda era criança. Desde então, seu pai adotivo, por não conseguir lidar com a morte da esposa, tornou-se quase incapaz de cuidar da garota, fazendo com que ela crescesse passando por diversos lares provisórios e criando em si a sensação de ser indesejada e de instabilidade em sua vida. Ao completar 18 anos, porém, ela recebe o nome de sua mãe biológica e passa a ter a chance de conhecê-la. As coisas saem do controle, contudo, quando uma guinada nos acontecimentos muda suas perspectivas e ela recebe três vestidos mágicos, capazes de transportá-la a uma outra época na qual ela finalmente pode ter seu desejo atendido.

Em terceira pessoa, a história se desenvolve de maneira leve e convidativa, com uma narrativa que se aproxima mais da visão de Hazel, de forma a nos tornarmos mais próximos de suas emoções e pensamentos. A garota não consegue se sentir satisfeita com a própria vida – algo completamente compreensível, dada sua experiência -, e se ressente da infância conturbada e instável. Principalmente, ela sofre pela falta de amor e carinho aos quais não teve acesso, e são essas as emoções que cativam o leitor de forma a sentirem compaixão pela jovem e desejarem, juntamente dela, sua felicidade.

tres-chances-alexandra-bullen-minha-vida-literaria1

Embora a história tenha tido alguns pontos que fui capaz de prever durante seu desenrolar, ela também foi capaz de me surpreender e me conquistou pelas próprias surpresas empregadas. Fiquei curiosa pelo desfecho e pela forma de como tudo seria resolvido, ansiando pelo final feliz de Hazel, de forma a virar cada página cada vez com mais voracidade e envolvimento com a leitura. Não foi difícil me apegar às personagens apresentadas e ao cenário conhecido pela protagonista.

Contudo, o que principalmente me agradou foi a mensagem trabalhada por Alexandra Bullen. Hazel, em sua busca desenfreada pelo amor e aceitação, encontra-se capaz de enxergar apenas seus mais profundos desejos, sem, de fato, refletir sobre toda a situação que a envolve. E quantas vezes em nossas vidas não fazemos o mesmo? Quantas vezes não focamos em determinados objetivos e os desejamos com tanta intensidade a ponto de nos tornarmos cegos para outras questões e de nos esquecermos de que, no fundo, nem sempre o que queremos será, de fato, o melhor para nós mesmos? Dessa maneira, adorei a trajetória de Hazel e a compreensão que a garota tira dela.

tres-chances-alexandra-bullen-minha-vida-literaria3

Para resumir, Três chances foi uma leitura leve e cativante, tão mágica quanto os vestidos que Hazel recebe. Mágica não simplesmente pela fantasia presente na história, mas, principalmente, pelo efeito que a leitura é capaz de oferecer a quem a ela se entregar.





Deixe o seu comentário

9 Respostas para "[Resenha] Três Chances – Alexandra Bullen"

rayane colomes - 30, março 2016 às (12:12)

achei a capa linda. e nao sabia que tinha um anterior.. acheimto bacana tua resenha e vai ser mais um pra lista de quero ler hahah achava que ia ser uma coisa super cinderela tipo uma reescrita de cinderela! hahah

Responder

Maria fernanda pinheiro - 30, março 2016 às (13:11)

Que lindo, amo livros inspirados em contos clássicos

Responder

Kelen Vasconcelos - 30, março 2016 às (15:50)

Olá Aione!
A capa dos livros são lindas e a temática parece ser bem emotiva, mas acho q não leria agora… Ando na fase de querer ler livros mais profundos… Mas estão devidamente registrados.
Obrigada pela indicação.
Bjos
http://kelenvasconcelos.blogspot.com.br/

Responder

Ana I. J. Mercury - 30, março 2016 às (20:55)

Gostei bastante, é bem o tipo de livro reflexivo e leve que curto, vou querer lê-lo em breve.
Amei as capas dessa série, e achei que esse volume é meio dramático, mas vou querer ler, pois é sempre importante vermos quais são nossos desejos mais profundos e que diferença eles realmente nos fazer.
bjãooo
Ana
elvisgatao.blogspot.com

Responder

Micheli Pegoraro - 30, março 2016 às (22:03)

Olá Aione,
Está aí um livro que não conhecia, mas fiquei apaixonada logo de cara. Adorei a forma como a história foi desenvolvida, nos proporcionando uma leitura leve, cativante e mágica, sem falar que sou completamente cativada por livros que trazem uma mensagem positiva e de reflexão. Mais um livro para a lista de desejados.
Beijos

Responder

suzana cariri - 31, março 2016 às (18:11)

Oi!
Estou com o primeiro livro para ler e lendo essa resenha gostei muito da historia principalmente termos essa viagem no tempo o que achei bem interessante e da Hazel que é uma personagem que consegue nos conquista e achei bem legal essa mensagem que a Alexandra Bullen nos passa através do livro !!

Responder

Maria Alves - 31, março 2016 às (21:54)

Parece interessante essa historia de três vestidos mágicos e com direito a pedido, e ainda pode transportar a pessoa para outra época, eu queria um vestido assim e poder escolher uma época para conhecer iria ser maravilhoso kkk.

Responder

Lara Cardoso - 01, abril 2016 às (18:42)

Eu li o primeiro livro da serie e gostei bastante. Esse estou esperando chegar meu exemplar e estou muito ansiosa. Eu gosto da escrita da autora, mesmo sabendo que pode ser previsível.

Responder

Liz - 02, janeiro 2017 às (16:48)

Realmente, Alexandra Bullen nos apaixona com seus livros. Comeceu a ler Desejos faz 4 dias, terminei faz 2, durante uma viagem e ainda não tive a chance de comprar o volume 2.

Meu coração está batendo demais, hahahahah

Mas com essa resenha, minha curiosidade triplicou, e agora quero andar pelas ruas da cidade procurando uma livraria. Antes, não queria taaanto esse livro, por ainda estar chocada com o fato de que não teria mais Olivia comigo. Além de Violet, não acredito que outra irmã também “sumiu”. :/

Olivia aparece em alguma cena? Como secundária? Figurante? Lerei o livro do mesmo jeito (mas daqui há 2 meses, do jeito que sou sortuda), mas meu coração ficaria mais alegre se pudesse levar esse “spoiler”. Obrigada, e amei essa resenha.

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por