[Resenha] Esta Terra Selvagem - Isabel Moustakas | Minha Vida Literária
12

abr
2016

[Resenha] Esta Terra Selvagem – Isabel Moustakas

esta-terra-selvagem-isabel-moustakas-minha-vida-literaria

Título: Esta Terra Selvagem
Autor: Isabel Moustakas
Editora: Companhia das Letras
Número de Páginas: 120
Data de Publicação: 2016
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Amazon ♦ CulturaTravessa

Depois de presenciar a morte da testemunha ocular de um crime tenebroso, a vida do repórter João nunca mais foi a mesma. A jovem que assistiu à tortura e ao assassinato brutal dos pais, para depois ser abusada de todas as maneiras, deu fim à própria vida diante dele após relatar cada detalhe perturbador do que vivera. A partir deste terrível episódio, o jornalista irá seguir todas as pistas que possam levá-lo a um possível grupo racista que vem cometendo as piores atrocidades contra imigrantes, negros, judeus, nordestinos, gays e quaisquer pessoas que eles considerem impuras. Mas a única pista que ele tem são os cadarços verde e amarelo que eles usam nos coturnos.

Esta Terra Selvagem é romance de estreia de Isabel Moustakas. Podendo ser classificado como um romance curto, a agilidade da história contribui ainda mais com sua intensidade e ritmo, no mínimo, angustiante.

esta-terra-selvagem-isabel-moustakas-minha-vida-literaria1

 

João é jornalista em São Paulo, responsável por acompanhar uma série de crimes hediondos ocorridos na cidade. Iniciados pelo assassinato brutal de um casal e pelo sequestro de sua filha, Marta, sete meses se passaram desde então e João será o primeiro a ouvir um depoimento da garota, que, após seu relato, comete suicídio na frente do repórter. A partir disso, João seguirá uma série de pistas que o levará a um suposto grupo racista, responsável pelas atrocidades cometidas ao longo dos últimos meses.

 

“Por alguma razão, embora nunca tivesse ouvido a voz dela, não tive dúvidas de quem era. Alguma coisa no tom e no que emanava dele, acho. Depois, fiquei pensando que a voz de um morto, a voz que os psicógrafos ouvem, deve soar daquele jeito, descarnada, precária, como se esfarelasse um pouco a cada palavra pronunciada.

página 25

 

Além de sua característica sangrenta, o que mais me marcou durante a leitura desse thriller foi, sem dúvida alguma, a escrita de Isabel Moustakas. Assumindo um estilo próprio e sucinto, a autora faz uso de frases curtas em sua narrativa de forma a torná-la ainda mais impactante. Aquilo que não é dito nos salta aos olhos, demonstrando o quanto cada palavra suprimida está presente e tem sua respectiva força. Ainda, os diálogos criados pela autora representam, como poucos em romances, a estrutura da língua falada, sendo caracterizados por fluxos de ideias, truncamentos e ritmos próprios da oralidade.

esta-terra-selvagem-isabel-moustakas-minha-vida-literaria2

E aliada a uma escrita já bastante intensa, a autora desenvolveu a trama com extrema agilidade, causando no leitor uma sensação quase ofegante. Os novos fatos e peças do quebra cabeça criado pela autora são apresentados um após o outro, sem nos dar tempo para respirar, com extremo impacto, seja pela força da escrita de Isabel, sejam pelas imagens praticamente dantescas por ela descritas.

 

“O jornal concorrente fez uma pesquisa e constatou que dezessete por cento dos paulistanos ‘não concordavam com os métodos’, mas ‘compreendiam as razões’ dos agressores.

página 23

 

Ainda, vale ressaltar que não apenas uma obra ágil e intensa, Esta Terra Selvagem é um livro de temática extremamente atual, considerando-se a motivação por trás dos crimes investigados. Vivemos, infelizmente, em uma época de ódio, intolerância e preconceito – talvez sempre tenhamos vivido -, e aqui eles foram levados ao grau máximo, atentando para esse mal tão presente em nossa sociedade.

esta-terra-selvagem-isabel-moustakas-minha-vida-literaria3

Minha admiração por Esta Terra Selvagem não ficou concentrada simplesmente na história narrada ou pela maneira de como ela foi contada. Acima disso, fica a habilidade empregada por Isabel Moustakas em relatar tanto com tão pouco. Há uma economia de palavras e cenas, mas impressões, relatos, reflexões e sensações que vão além do claramente dito. Um livro que certamente indico e recomendo aos fãs do gênero!





Deixe o seu comentário

6 Respostas para "[Resenha] Esta Terra Selvagem – Isabel Moustakas"

Leticia Golz - 12, abril 2016 às (12:06)

Oi, Aione
A premissa desse livro, sem dúvidas, me despertou a curiosidade, e ainda mais por saber que você gostou tanto. Adoro thrillers e ainda mais quando abordam nossa realidade.
Amei a dica, e vou querer ler com certeza.

Responder

AtraenteMente - 12, abril 2016 às (13:21)

Muito interessante a sinopse e a resenha, além da capa ser linda. A história parece ter conteúdo e um ritmo alucinante. Quero ler.

Responder

rayane colomes - 13, abril 2016 às (09:42)

quando vi a capa confesso que julguei o livro e achei que nao iria me interessar! ainda bem que estava errada. adoro livros de investigaçao! parece ser mto bom!

Responder

Maria Alves - 15, abril 2016 às (21:17)

Adoro thrillers e esse mistério que os envolve, com assassinatos e sequestros, fica aquele clima de suspense e ansiedade em adivinhar quem é o culpado rsrs.

Responder

Micheli Pegoraro - 16, abril 2016 às (20:41)

Olá Aione,
Esse livro parece ter um narrativa bem intensa mesmo, não sei se leria logo, pois ainda estou me acostumando a ler thriller, é um gênero que não leio muito, então acho que vou anotar pra ler mais pra frente. Mas gostei muito do que vi na sua resenha, esse livro chama muito a atenção por tratar de temas bem reais mesmo, como a intolerância e o preconceito, que infelizmente estão tão presentes em nossa sociedade.
Beijos

Responder

Lara Cardoso - 17, abril 2016 às (15:11)

A premissa do livro é bem interessante! Com certeza vou ler !

Responder

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por